Capa do livro: O ADOLESCENTE E A MEDIDA SOCIOEDUCATIVA DE INTERNAÇÃO:<br>um encontro com a psicanálise

O ADOLESCENTE E A MEDIDA SOCIOEDUCATIVA DE INTERNAÇÃO:
um encontro com a psicanálise

Autores: Luciana Mara Finger - Maria Virgínia Filomena Cremasco

livro impresso
de R$ 35,90 por
livro digital
de R$ 35,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Esta pesquisa tem por objetivo analisar a intervenção psicanalítica com jovens em cumprimento de medida socioeducativa de internação. Nesse contexto especial, essa clínica adquire novos formatos, sobretudo no manejo da transferência, e em alguns elementos da técnica. Por esta razão, este estudo traz a articulação teórica da psicanálise com a experiência vivenciada em uma unidade de internação para adolescentes infratores. Por conceber que a intervenção psicanalítica circunscreve-se na díade paciente–analista, a “comum-idade” – o sujeito adolescente – é o foco da discussão, que também aborda o conceito de sujeito, especialmente o freudiano. Em seguida, reflexões psicanalíticas pertinentes à adolescência foram consideradas, bem como as temáticas relacionadas à formação de grupos, às famílias dos jovens, à sociedade e ao universo infracional – nesse ponto, surge o segundo sentido da terminologia “comum-idade”: a comunidade em si, que não exclui a tensão dialética entre o sujeito e o social, a família, o grupo, ou mesmo entre o sujeito e a unidade socioeducativa. Quanto a essa última, realizou-se uma apresentação da trajetória do sistema socioeducativo para contextualizar, do ponto de vista do dispositivo legal, a intervenção psicanalítica inserida nesse lugar. A partir dessas considerações, encaminhou-se para a discussão dos limites e das possibilidades da clínica psicanalítica em uma instituição disciplinar, em busca de uma escuta do sujeito adolescente para além do ato infracional. Nesse ínterim, uma lacuna no lugar da simbolização distinguiu o ato ilegal do ato que diz algo sobre o recalcado – logo, um acting out em campo simbólico –, e tal distinção delineou a possibilidade de uma intervenção psicanaliticamente orientada junto a esses jovens.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-0154-5
DOI: 10.24824/978854440154.5
Ano de edição: 2014
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 144
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

O ADOLESCENTE E A MEDIDA SOCIOEDUCATIVA DE INTERNAÇÃO:<br>um encontro com a psicanálise

Autores

Luciana Mara Finger

 Psicóloga, Especialista em Saúde Mental e Intervenção Psicológica pela Universidade Estadual de Maringá, Mestre em Psicologia Clínica pela Universidade Federal do Paraná. Professora do Curso de Psicologia da FACEL – Faculda­de de Administração, Ciência, Educação e Letras. Servidora públi­ca do Estado do Paraná. Suas atividades profissionais consistem na elaboração e gestão de programas, projetos e serviços de cunho so­cial, sobretudo ao público infanto-juvenil. Tem como embasamento teórico os princípios da psicanálise e da psicologia social. Sua área de estudos direciona-se Às manifestações da violência, suas conse­quências e efeitos traumáticos.

 

Maria Virginia Filomena Cremasco

Psicóloga; Psicanalis­ta; Professora Associada do Departamento e do Mestrado em Psico­logia da Universidade Federal do Paraná. Doutora em Saúde Mental (Unicamp, 2002) e pós-doutorado em Psicopatologia e Psicanálise (Université Paris VII, 2010). Diretora do Laboratório de Psicopato­logia Fundamental da UFPR (CNPq). Organizadora, dentre outros, do livro Trauma, Traços e Memória pela Editora CRV, 2013.