Capa do livro: AS HOMOSSEXUALIDADES DE PHELIPE E NENÉN:<br>uma abordagem sobre a homossexualidade masculina no contexto social e político

AS HOMOSSEXUALIDADES DE PHELIPE E NENÉN:
uma abordagem sobre a homossexualidade masculina no contexto social e político

Autores: Jose Ferrari

livro impresso
de R$ 41,90 por
livro digital
de R$ 41,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Phelipe e Nenén eram amigos e eram os veadinhos da escola primária daquela cidade do interior. Andavam sempre juntos para se proteger mutuamente das agressões e dos preconceitos que sofriam desde a mais tenra idade. Um dia o Destino os separou e cada qual seguiu seu caminho. Ambos, homossexuais, apresentam comportamentos diferentes em função das interferências do meio social e político que os circunda. O mesmo Destino que os separou, promove o reencontro dos amigos em um novo e inesperado cenário e a narrativa se dá em torno do drama de serem diferentes e as consequências nas trajetórias vivenciadas pelos personagens.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1143-8
DOI: 10.24824/978854441143.8
Ano de edição: 2016
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 166
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

AS HOMOSSEXUALIDADES DE PHELIPE E NENÉN:<br>uma abordagem sobre a homossexualidade masculina no contexto social e político

Autores

JOSÉ ODAIR FERRARI
Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1981. Residência Médica em Oncologia pelo Instituto Nacional do Câncer até 1985. Especialista em Terapia Intensiva. Mestrado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo. Doutorado pela Universidade do Porto concluído em 2014. Professor Associado do Curso de Medicina da Universidade Federal de Rondônia. Este é o quarto livro do autor, que publicou pela Editora CRV os seguintes títulos: A Autonomia da Gestante e o Direito à Cesariana a Pedido em 2014; Raimundo Vira Latas Nonato em 2015; Niilo Tomé: o Homem sem Fé em 2015.