Capa do livro: DISCRIMINAÇÃO E RACISMO NAS AMÉRICAS<br>Um problema de justiça, equidade e direitos humanos

DISCRIMINAÇÃO E RACISMO NAS AMÉRICAS
Um problema de justiça, equidade e direitos humanos

Autores: Cristina Gomes (Organizadora)

livro impresso
de R$ 62,90 por
livro digital
de R$ 62,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Nos últimos 26 anos, o mais longo período democrático da história do Brasil, os movimentos negros participaram ativamente na definição dos princípios de justiça social da Constituição de 1988: “promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”, do Sistema Único de Saúde (SUS) e do direito à educação, indispensáveis para o exercício da cidadania e dignidade da pessoa humana. Em 2001, na Conferência Mundial contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlata, ou Conferência de Durban, os países participantes da ONU reconheceram que a escravidão e tráfico de seres humanos foram crimes contra a humanidade. No Brasil, nos últimos treze anos, os governos e parlamentos eleitos tomaram a decisão política de efetivar demandas históricas dos movimentos negros e do plano de ação de Durban: o Programa de Combate ao Racismo Institucional – PCRI (2001, implementado a partir de 2004), a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial/SEPPIR e a Política Nacional de Promoção da Igualdade Racial (PNPIR, 2003);  a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI, 2004), a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN, 2009), o Estatuto da Igualdade Racial (2010) e as leis 10.639/2003, 11.645/08 e 12.711/2012, que incluíram a História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena no currículo oficial e as cotas sociais e raciais nas universidades. Cabe ao Estado implementar leis e políticas de equidade, reconhecendo e respeitando diferenças e garantindo direitos. Entretanto, isso não é suficiente. Os cidadãos são os grandes protagonistas para que os princípios, leis e políticas aprovados sejam uma realidade. Somente a nossa defesa, reflexão, diálogo e práticas cotidianas podem realmente promover os direitos e a igualdade entre os homens. Nesse livro, os diferentes atores comprometidos com os princípios de Durban e os avanços conquistados dialogam e avaliam as contradições vivenciadas no seu esforço cotidiano por implementar políticas afirmativas e inclusivas, identificando avanços, oportunidades e obstáculos na luta pela equidade da justiça social e na defesa dos direitos humanos nas Américas.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1214-5
DOI: 10.24824/978854441214.5
Ano de edição: 2016
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 352
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

DISCRIMINAÇÃO E RACISMO NAS AMÉRICAS<br>Um problema de justiça, equidade e direitos humanos

Autores

CRISTINA GOMES
Médica pela UFRJ com especialidades em Saúde Pública e em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz; especialidades em Gerência Executiva, Negociações e em Pensamento Estratégico pela Cornell University; Mestrado em População e Desenvolvimento pela FLACSO-México e Doutorado em População e Desenvolvimento pelo El Colegio de México; nomeada ao prêmio Marquis Who’s Who in the World em 2011; foi funcionária do Fundo de População da ONU (UNFPA), do Population Council e do Consejo Nacional de Población do governo federal do México. Avaliadora e consultora do Consejo Nacional de Ciência y Tecnología, do Senado do México e de diversos governos estaduais e municipais na América Latina. É professora e pesquisadora da Universidade Católica do Salvador e da FLACSO México

ALINE DE JESUS DA CRUZ
Graduou-se em Serviço Social pela Universidade Federal da Bahia -UFBA, em 2015, onde apresentou o trabalho de conclusão de curso intitulado: Questão Racial e Formação Profissional: uma reflexão acerca da fundamentação teórica da temática racial no processo formativo do assistente social. Atualmente participa como bolsista DTI-B do CNPq na Pós-Graduação da Universidade Católica do Salvador – UCSAL

ANADETE SANTOS DE JESUS
Graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário Estácio da Bahia (FIB), Pós-graduação em Enfermagem do Trabalho em andamento no Instituto Brasileiro de Pós-graduação e Extensão (IBPEX) 2014. Tem experiência profissional na Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS) Salvador Bahia, como Supervisora dos serviços médicos na Secretaria Municipal de Saúde de Camaçari, e como enfermeira na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nova Aliança de Camaçari. Atualmente é pesquisadora e bolsista DTI-C do CNPq e Ministério da Saúde

DANIEL HERNÁNDEZ ROSETE MARTÍNEZ
Antropólogo social graduado pelo Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social, CIESAS e doutor em Sociologia pela Facultad de Ciencias Políticas y Sociales da Universidad Nacional Autónoma de México, UNAM.  Coordena estudos antropológicos e etnografias sobre migrantes indígenas no México, Estados Unidos, Honduras, Panamá e Belize, onde foi consultor da Organização Panamericana de Saúde. Pesquisador titular C no Departamento de Investigaciones Educativas do Centro de Investigación y de Estudios Avanzados do Instituto Politécnico Nacional (Cinvestav) no México. Seu interesse principal está centrado na indagação das causas socioculturais que detonam o absentismo e abandono escolar de população indígena migrante vivendo em condições de pobreza. Com este objetivo tem estudado escolas do bairro La Merced, na Cidade do México e também a vida escolar através de relatos de mulheres latino-americanas migrantes no bairro Malasaña, em Madrid, Espanha. Atualmente explora a vida escolar e comunitária da vila de Cildañez, um dos múltiplos bairros com identidades indígenas de origem Aimara e Quechua na cidade de Buenos Aires, Argentina

DALVAN SENA
Técnico em teatro como ator desde 2010. Concluindo Bacharelado Interdisciplinar em artes com área de concentração em Estudos Coreográficos na UFBA. Desenvolveu diversos trabalhos profissionais artísticos e como dramaturgo. Profesor de expressão corporal convidado pelo Centro de Cultura de Valença

EDSON LOPES CARDOSO
É doutor em Educação (USP) e está vinculado atualmente ao Programa de Pós-Doutoramento em Educação da Universidade Metodista de São Paulo. Entre outros trabalhos, publicou os livros: "Negro, não - a opinião do jornal Ìrohìn. Brasília, Brado Negro, 2015. 230p.; UBÁ. Brasília, 2000; e Bruxas, espíritos e outros bichos. Belo Horizonte: Mazza Edições, 1992. 74p. Foi assessor especial da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, SEPPIR entre 2011 e 2014, professor da Universidade de Brasília, UnB e editor e membro do corpo editorial da revista IROHIN, uma publicação bimestral de circulação nacional voltada para o enfrentamento ao racismo (Brasília)

ELAINE MIRANDA RODRIGUEZ
Cursa graduação em Serviço Social na Universidade Católica do Salvador. Tem diplomas de Técnica em Saúde Bucal e de Auxiliar em Saúde Bucal pelo Centro de Educação Profissional Ética. Trabalhou como auxiliar e como Técnica de Saúde Bucal no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região e no setor privado. Bolsista ITI-A do CNPq e Ministério da Saúde

ELISANA LISBOA BARBOSA
Estudante de Ciências Contábeis, UFBA. Membro de projetos de Ação Social e Cidadania e de Capacitação Solidária (UFBA). Trabalhou como recenseadora do IBGE, como voluntária no Instituto Bahiano de Reabilitação, IBR, na Coordenação da Oficina de Cidadania e na Cooperativa Constelação. Bolsista ITI-A do CNPq e Ministério da Saúde na Universidade Católica do Salvador, UCSsal

FERNANDA PRISCILA ALVES DA SILVA
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGEduc/ Universidade do Estado da Bahia (UNEB).  Pesquisadora-bolsista – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – FAPESB.   Desenvolve uma dissertação de mestrado sob a orientação da Profa. Dra. Lívia Alessandra Fialho da Costa (PPGEduc/Departamento de Educação (UNEB)

IGNACIO MÉNDEZ GÓMEZ-HUMARÁN
Formado em Biologia pela Universidad Autónoma Metropolitana UAM, especialização em Estatística Aplicada pela Universidad Nacional Autónoma de México UNAM, Mestre em Ciências pela Universidad Autónoma de Baja Califórnia, Doutorado em Estatística Aplicada, pelo Colegio de Postgraduados, México. Foi Investigador titular e Diretor de Estatística de El Colegio de la Frontera Norte; Diretor Geral de Investigación Pesquera en el Pacífico Sur do Instituto Nacional de la Pesca (INAPESCA); coordenador técnico nacional em projecto mundial implementado pela FAO-ONU; atualmente é Investigador/Assessor Estadístico do Instituto Nacional de Salud Publica (INSP), onde é responsável pelo desenho e análise de pesquisas e amostragens, intervenções clínicas e modelos estatísticos em pesquisas internacionais com a OMS, OPS e institutos de saúde pública dos Estados Unidos; e Técnico Titular do Centro de Investigações Matemáticas, México. Especialista em Metodologia de Pesquisa, Desenho de amostragem estatística, desenho de experimentos e otimização, manejo de bases de dados, análise e modelação estatística, técnicas para estudos comparativos observacionais

HANNAH FITERMAN
Psicóloga formada pela Fundação Bahiana para o Desenvolvimento das Ciências/Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, fez mestrado e está cursando doutorado no Programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea, da Universidade Católica do Salvador. É membro do grupo de pesquisa Família e Desenvolvimento Humano

HIRAM A. ÁNGEL LARA
Estudou Ciência Política e Relações Internacionais no Centro de Investigaciones y Docencia Económicas (CIDE), o Mestrado em Governo e Assuntos Públicos na FLACSO-México, e o doutorado no CIESAS-Occidente. Trabalhou como professor associado no Centro de Estudos para México-Estados Unidos da Universidade de Califórnia, San Diego. Atualmente é coordenador do Mestrado Interinstitucional em Políticas Públicas da Universidade de Guadalajara. Consultor do BID desde 2010 na área de conhecimento e aprendizagem. Tem atuado como professor da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM), do Instituto Tecnológico y de Estudios Superiores de Occidente (ITESO), e da Universidade de Guadalajara (UdeG), entre outros

LÍVIA ALESSANDRA FIALHO COSTA
Antropóloga. Doutora em Antropologia Social e Etnologia / École des Hautes Études en Sciences Sociales-Paris.  Docente/pesquisadora do Departamento de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação e Contemporaneidade- UNEB.  Docente/Pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea - UCSAL

LÚCIA VAZ DE CAMPOS MOREIRA
Psicóloga e doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP) e fez mestrado em Educação (UFBA). Atualmente coordena o Programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea, da Universidade Católica do Salvador (UCSal) e lidera o grupo de pesquisa "Família e Desenvolvimento Humano"

MANON TOSCANO LOPES SILVA PINTO
Professora de dança e de Educação Física do Colégio Militar de Salvador. Mestre em Fisiologia do Movimento Humano. Doutoranda em Família na Sociedade Contemporânea. Especializações em Dança Educativa; Folclore; Coreografia; Educação Transdisciplinar para o Desenvolvimento Humano: a arte de aprender; Atualização Pedagógica; Docência do Ensino Superior; Letramento; Desenvolvimento Criativo de Pessoas; Arte na Educação; Psicodrama Pedagógico (concludente); Metodologia no Superior de Educação Física

MARÍA ELISA VELÁZQUEZ GUTIÉRREZ
Pesquisadora de tempo integral no Instituto Nacional de Antropologia e Historia e membro do Sistema Nacional de Investigadores desde 1998. Estudou História na Universidad Nacional Autónoma de México e doutorado em antropologia pela Escuela Nacional de Antropología e Historia. Tem livros e artigos publicados sobre população de origem africada no México, com enfoques históricos e antropológicos: Mujeres de origen africano en la capital novohispana, siglos XVII y XVIII (2006) e, junto com Gabriela Iturralde, Afrodescendientes en México. Una historia de silencio y discriminación (2013). Tem atuado como presidenta do Comitê Científico do Projeto Internacional La Ruta del Esclavo: resistencia, libertad y patrimonio de la UNESCO, forma parte do Conselho Consultivo do Consejo Nacional de Población do México e é consultora e assessora do Consejo Nacional para Prevenir la Discriminación, e da Comisión Nacional de Derechos Humanos do México e da Universidade de Harvard

NILZETE BONFIM CARDOSO
Licenciada em História pela Universidade Católica do Salvador, Especialista em Metodologia do Ensino Superior Pesquisa e Extensão de Educação – UNEB; Especialista em Formação para Ensino de História e Cultura Afro-brasileira - CEAO. Atua como Tutora Presencial no Curso de Formação para Ensino de História e Cultura afro-brasileira, do Programa preparatório para Promoção da Igualdade Étnico Racial do MEC e UNIAFRO/UFBA-CEAO. Exerceu as funções de Gestora da Escola de EJA Zilma Gomes Parente de Barros Rede Estadual, da Rede Municipal de Camaçari; Gestora da Escola Normal de Camaçari; Gestora Escola Municipal Luiz Rogério de Educação Fundamental. Atualmente é Técnica de Formação da Coordenação de Educação para a Diversidade e membro da Comissão de Educação do Programa Combate ao Racismo Institucional de Camaçari

TATIANA DE SOUZA PINHEIRO DOS SANTOS
Professora e gestora do ensino público na Educação Infantil, nas classes iniciais do Ensino Fundamental e na Educação para Jovens e Adultos (EJA). Especialista em Coordenação Pedagógica e Mestra em Família na Sociedade Contemporânea (UCSAL). É pesquisadora da educação, suas investigações são centradas nas transmissões e heranças geracionais. Faz parte do GP População e Desenvolvimento Humano, Famílias e Instituições é colaboradora da pesquisa "O lugar estratégico da família para a integração de ações e políticas de proteção e desenvolvimento social na região metropolitana de Salvador, BA”

TELMA REGINA BATISTA NASCIMENTO
Possui graduação em Pedagogi(1995), especialização em Metodologia do Ensino Pesquisa (1997) e mestrado em Educação e Contemporaneidade (2009) pela Universidade do Estado da Bahia. Doutoranda em Família na Sociedade Contemporânea. Professora assistente do Campus XI - Universidade do Estado da Bahia. Tem experiência na área de Educação na área de teoria geral e panejamento curricular e desenvolvimento curricular, Estágio Supervisionado e Educação do Campo. Também apresenta experiência nos temas relacionados à educação, gênero e campesinato no Território do Sisal, e coordena o projeto de pesquisa Formação teórica e prática para a consolidação de novos quadros e lideranças cooperativistas e sindicais, com ênfase em agricultura familiar e desenvolvimento territorial; e do projeto de elevação e qualificação profissional de jovens e adultos do campo - ProJovem Campo Saberes da Terra. Foi assessora do Conselho Regional de Desenvolvimento Rural Sustentável

TEÓFILO ALVES GALVÃO FILHO
Doutor e Mestre em Educação pela Universidade Federal da Bahia - UFBA, especialista em Informática na Educação pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL e graduado em Engenharia Civil pela Universidade Católica de Pelotas – UCPel. Realizou estágio de Pós-Doutorado na Universidade Federal da Bahia com o apoio da CAPES/MEC. É Professor Adjunto da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB, atuando no Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade - CETENS/UFRB, Campus de Feira de Santana, e docente do Programa de Pós-Graduação (Mestrado Profissional) em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social da UFRB. É coordenador do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Tecnologia Assistiva e Acessibilidade (NETAA) e presidente da comissão de elaboração do Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Tecnologia Assistiva e Acessibilidade do CETENS/UFRB. É pesquisador do grupo de pesquisa "Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais" da UFBA e do grupo de pesquisa "Educação, Sociedade e Diversidade" da UFRB. Atuou como consultor nas áreas de Tecnologia Assistiva, Educação Inclusiva e Políticas de Inclusão Social. É membro do Comitê de Ajudas Técnicas (CAT) da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República

THAISE DA SILVA NASCIMENTO
Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal da Bahia (2016), membro voluntária na pesquisa da equipe de pesquisa “O lugar estratégico da família para a integração de ações e políticas de proteção e desenvolvimento social na região metropolitana de Salvador, Bahia” financiado pelo Conselho Nacional de Pesquisa, (CNPq) e pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), implementada pelo programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea, (PPGFSC) da Universidade Católica do Salvador (UCSAL); (2014). Bolsista ITI-A do CNPq e Ministério da Saúde. Cursando especialização em Serviço Social e saúde pelo Centro de Estudo, Pesquisa, Extensão e Desenvolvimento Humano, CEPEX (2016)

URSULA ZURITA RIVERA
Doutorado em Ciência Política pela Universidade Nacional Autônoma do México – UNAM. Desde 2004 é professora-pesquisadora de tempo completo da Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales, sede acadêmica México. É membro do Sistema Nacional de Investigadores do CONACYT com Nível 1. É Coordenadora da Especialidade em Política e Gestão do Desenvolvimento Social. De junho de 2012 a abril de 2014, foi Conselheira Cidadã do Conselho de Avaliação do Desenvolvimento Social da Cidade do México (EVALUA DF). Seus temas de investigação e publicações giram em torno das políticas sociais, desenvolvimento e inclusão social, participação social, políticas educativas, violência nas escolas, entre outros. Seus livros mais recentes são em co-autoria: La violencia escolar en México, editado por Cal y Arena, Universidad de Colima y el Sistema Nacional de Educación a Distancia (2013); e de sua autoria: No gritar, no correr, no empujar. Las miradas, voces y acciones de los estudiantes y los docentes del DF respecto a las normas (2015)

WASHINGTON LUÍS SILVA COUTO
É formando em Administração e se dedica à área da saúde desde 1999. Foi subsecretário da Saúde em Vitória da Conquista, atuou no Ministério da Saúde como Diretor de Planejamento e subsecretário da SAS (Secretaria de Atenção a Saúde). Foi Chefe de gabinete e Secretário de Saúde da Sesab (Secretária da Saúde do Estado da Bahia) e atualmente é Secretário de Saúde de Camaçari.