Capa do livro: SABERES E DIZERES NO CARIRI CEARENSE: gêneros, religiosidades, africanidades e segurança pública

SABERES E DIZERES NO CARIRI CEARENSE: gêneros, religiosidades, africanidades e segurança pública

Autores: Miguel Ângelo Silva de Melo, Antoniel dos Santos Gomes Filho, Cecilia Érika D’almeida

livro impresso
de R$ 57,90 por
livro digital
de R$ 57,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O livro propõe uma contribuição significativa para uma abordagem crítica do Direito, de cunho interdisciplinar, voltada para a produção de um conhecimento autóctone concentrado na descrição, na compreensão e na denúncia de violências diversas, incluindo as violências estrutural e institucional em seus vinte e um capítulos. Chama atenção a grande diversidade dos temas tratados, todos de interesse relevante e aptos, sobretudo, a dar imagem e voz às violações de direitos fundamentais de grupos socialmente vulnerabilizados e excluídos, assim como a sugerir possíveis caminhos para sua superação. Neste livro, fiel à tradição empírica e interdisciplinar de pesquisa em torno do Direito – com seus conceitos, objetos, métodos – o leitor encontrará relatos e análises.
Estes, entre outras questões, problematizam as atividades dos órgãos de controle – a começar pelo sistema de justiça criminal –, estudam manifestações violentas e, enfim, ilustram possibilidades abertas por novos dispositivos jurídicos, ou simplesmente pela determinação de atores sociais, voltadas para promoção de direitos humanos e de novas formas de sociabilidade. A obra é atravessada, por uma perspectiva pedagógica instigante, que se espelha não só no conhecido tripé ensino-pesquisa-extensão, mas avança de maneira inter e transdisciplinar do lado do desejo, do compromisso político-acadêmico, da participação e da cultura popular. A diversidade cultural e o continente africano também se encontram nas linhas deste texto, onde cada um dos leitores enxergará propostas de análise, resistência e empoderamento diante de uma série de estigmas e etiquetas hegemônicas que academia continua reproduzindo, inclusive em nossos cursos de Direito.

 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1246-6
DOI: 10.24824/978854441246.6
Ano de edição: 2016
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 350
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

SABERES E DIZERES NO CARIRI CEARENSE: gêneros, religiosidades, africanidades e segurança pública

Autores

MIGUEL ÂNGELO SILVA DE MELO
Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Pernambuco. Mestre em Educação Intercultural e Antropologia pela Faculdade de Ciências da Educação e Antropologia da Universidade de Hamburgo/Alemanha (2005). Mestre em Criminologia Internacional e Direito Internacional Púbico pelo Programa Interdisciplinar e Internacional da Faculdade de Ciências Sociais e da Faculdade de Ciências Jurídicas da Universidade de Hamburgo/Alemanha (2001). Graduação em Direito pela Universidade de Fortaleza (1996). Pesquisador do Grupo de Pesquisa Diversiones- Direitos Humanos, Poder e Cultura em Gênero e Sexualidade do CNPq. Pesquisador do NBlac - Núcleo Brasileiro, Latino Americano e Caribenho de estudos em relações raciais, gênero e movimentos sociais da Universidade Federal do Cariri (UFCA). Pesquisador do Instituto de Multiculturalidade e Transdisciplinariedade da Universitaet Hamburg. (2002-2005). Membro e ativista dos Direitos Humanos na República Federal da Alemanha (1997-2005). Docente do Curso de Direito do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio em Juazeiro do Norte/Ce. Docente do Curso de Direito da Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central da Autarquia Educacional de Sagueiro. Coordenador do Laboratório Interdisciplinar de Estudos da Violência/LIEV (com ênfase em Gênero, Religiosidades, Africanidades e Segurança Pública) do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio. Vice-líder do Núcleo de Estudos Comparados em Corporeidade, Alteridade, Ancestralidade, Gênero e Gerações/NECAGE da Universidade Federal do Cariri (UFCA).

ANTONIEL DOS SANTOS GOMES FILHO
Mestrando em Educação Brasileira na Universidade Federal do Ceará/UFC, na Linha de História da Educação Comparada/LHEC. Especialista em Gestão de Recursos Humanos (Faculdade de Juazeiro do Norte - FJN). Tecnólogo em Gestão Comercial (Faculdade Leão Sampaio - FALS). Pesquisador do Laboratório Interdisciplinar em Estudos da Violência LIEV/FALS.

CECÍLIA ERIKA D ALMEIDA LOBO
Possui graduação em Direito pela Universidade Federal do Ceará (1996), mestrado em Direito (Direito e Desenvolvimento) pela Universidade Federal do Ceará (2005) e especialização em Docência do Ensino Superior pela Universidade Federal do Ceará (2010). Atualmente é Coordenadora Acadêmica do Curso de Direito da Faculdade Leão Sampaio. Foi professora no Curso de Direito da Universidade de Fortaleza- UNIFOR de agosto de 2013 a agosto de 2014. Exerceu de agosto de 2007 a agosto de 2013 a Coordenação Acadêmica do curso de Direito da Faculdade Farias Brito, IES na qual também ocupou a Coordenação de Estágio, foi membro do NDE-Núcleo Docente Estruturante do Curso de Direito, representante docente na CPA- Comissão Permanente de Avaliação da IES, membro do conselho editorial da revista Diálogo Jurídico do curso de Direito. Exerceu a docência em ensino superior, também, nos cursos de Direito da UFC, FIC e UNIFOR, no período de agosto de 2005 a julho de 2007. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Teoria do Direito, Direito Civil e Bioética. É membro do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará desde 2005. Como professora visitante, ministrou módulo no curso de Pós-Graduação em Direito das Família, na Universidade Regional do Cariri - URCA, em março de 2015.