livro digital
ANÁLISE RÍTMICA E FENOMENOLOGIA:<br> pluviosidade, impactos naturais, percepção humana e as inundações em Cáceres/MT – 1971 a 2010

ANÁLISE RÍTMICA E FENOMENOLOGIA:
pluviosidade, impactos naturais, percepção humana e as inundações em Cáceres/MT – 1971 a 2010

Autores: Leandro dos Santos - Cleusa Aparecida Gonçalves Pereira Zamparoni - José Carlos de Oliveira Soares

livro impresso
de R$ 45,90 por
R$ 39,90
livro digital
de R$ 45,90 por
R$ 32,13

Disponibilidade: 5 Dia(s)

Indique para um amigo
Calcule prazo de entrega e frete:

Sinopse

As reflexões em torno da urbanização, pluviosidade e seus reflexos no condicionamento de áreas susceptíveis a inundação, subsidiou analisar a influência dos elementos naturais, dos aspectos meteorológicos (pluviosidade) e antrópicos como variáveis potenciais a ocorrências de inundações durante a série histórica de 1971 a 2010 em Cáceres-MT

Detalhes do produto

ISBN:978-85-444-1483-5
Editora: EDITORA CRV
DOI: 10.24824/978854441483.5
Distribuidora: EDITORA CRV
Ano de edição: 2017
Número de páginas: 160
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

ANÁLISE RÍTMICA E FENOMENOLOGIA:<br> pluviosidade, impactos naturais, percepção humana e as inundações em Cáceres/MT – 1971 a 2010

Autores

LEANDRO DOS SANTOS
Possui graduação em geografia pela universidade do estado de mato grosso (2007) e mestrado em geografia pela universidade federal de mato grosso (2013). Atualmente é professor da universidade do estado de mato grosso (unemat), campus universitário vale do teles pires – colíder/mt, curso de geografia. Atua no tropclim – grupo de estudos de clima tropical – ufmt e a pecuárização e os reflexos socioeconômicos na região de cáceres-mt. Linha de pesquisa: formação socioespacial; ensino e aprendizagem em geografia; formação de professores e diversidades educacionais. Doutorando em geografia pela universidade federal de goiás na linha de pesquisa ensino e apreendizagem em geografia.

CLEUSA APARECIDA GONÇALVES PEREIRA ZAMPARONI
Possui graduação em Bacharelado e Licenciatura Em Geografia pela Universidade de São Paulo (1980), mestrado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Geografia (Geografia Física) – Université de Rennes – Laboratoire Costel (2001). Pós-doutorado (Bolsa pós-doc SENIOR) junto ao Departamento de Geografia – Instituto de Geociências da UNICAMP. Atualmente é professor Associado II da Universidade Federal de Mato Grosso, membro do conselho editorial da Revista Brasileira de Climatologia, Revista Matogrossense de Geografia e GEO UERJ. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Análise Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: desmatamento, ilha de calor, uso do solo urbano, clima urbano e uso do solo. LIDER DO GRUPO DE PESQUISA TROPCLIM – Grupo de Estudos de Clima Tropical entre Brasil e Moçambique/África. Coordenadora do Projeto "Variabilidade, Ritmos e Mudanças Climáticas: Causas Naturais e Derivação Antrópica: reflexões teóricas/metodológicas/práticas sobre o estado da arte na Amazônia Mato-Grossense/Brasil e Moçambique/África": Edital CNPq PROAFRICA n. 06/2007 – Visitas Exploratórias entre Mato Grosso/Brasil e Moçambique/Africa. Coordenadora do Projeto "MUDANÇAS CLIMÁTICAS: MAPEAMENTO DAS ÁREAS DE RISCO E DESASTRES NATURAIS ASSOCIADOS ÀS INSTABILIDADES ATMOSFÉRICAS SEVERAS NA AMAZÔNIA MATO-GROSSENSE/BRASIL E MOÇAMBIQUE/AFRICA" Edital CNPq PROAFRICA 0012/2008 (2009/2010).

JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA SOARES
Possui graduação em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade do Estado de Mato Grosso (1994). Mestrado em Ciências Ambientais pela UNEMAT (2009). Doutorado em Geografia pela Universidade Federal Fluminense. É professor Adjunto no Curso de Geografia/Unemat. Coordenador do Laboratório de Ensino de Geografia- LABEN, no Curso de Licenciatura em Geografia da Universidade do Estado de Mato Grosso no Campus de Cáceres. Membro permanente do Curso de Pós Graduação em Geografia da Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus e Cáceres. Pesquisador do Grupo de Pesquisa em Análise Socioeconômica e Regional – LASER.