Capa do livro: UNIVERSIDADE E PARTICIPAÇÃO:<br> inclusão, ética e interculturalidade

UNIVERSIDADE E PARTICIPAÇÃO:
inclusão, ética e interculturalidade

Autores: Monica Pereira dos Santos - Ângela Maria Venturini - José Guilherme de Oliveira Freitas - Elisa Maçãs - Regina Maria de Souza Correia Pinto (Orgs.).

livro impresso
de R$ 54,90 por
livro digital
de R$ 54,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O presente livro reúne artigos sobre o tema: Inclusão, Ética & Interculturalidade discutidos e debatidos no IV Seminário Internacional Inclusão em Educação: Universidade e Participação, realizado no Rio de Janeiro, Cidade Universitária, Ilha do Fundão, em 2016. As conferências e palestras proferidas e os trabalhos apresentados tiveram por foco central a compreensão da educação a partir de referenciais relativos à linha de pesquisa Inclusão, Ética & Interculturalidade, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da UFRJ. Esta linha de pesquisa contribui em várias áreas do conhecimento humano no entendimento dos processos ensino-aprendizagem e da experiência educacional, permitindo ao LaPEADE – Laboratório de Pesquisa, Estudos e Apoio à Participação e à Diversidade em Educação  se desdobrar nos seguintes projetos de pesquisa em andamento: OEERJ – Observatório Estadual de Educação Especial do Rio de Janeiro; NESEI – Núcleo de Estudos sobre Sexualidades, Identidades, Diversidades e Inclusão; NUGINE – Núcleo de Estudos sobre Gestão e Inclusão em Educação; e OIIIPe – Observatório Internacional de Inclusão, Interculturalidade e Inovação Pedagógica. Os artigos expressaram o pensar por um mundo mais inclusivo, baseados nas relações humanas em todas as suas possibilidades de interações, ao disseminar e compartilhar o conhecimento produzido tanto na academia quanto na Educação Básica, entre todas as pessoas que lutam por um mundo menos desigual.

 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1574-0
DOI: 10.24824/978854441574.0
Ano de edição: 2017
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 280
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

UNIVERSIDADE E PARTICIPAÇÃO:<br> inclusão, ética e interculturalidade

Autores

SOBRE OS ORGANIZADORES

MÔNICA PEREIRA DOS SANTOS
Professora Associada da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Possui graduação em Psicologia, Mestrado e PhD em Psicologia e Educação Especial pela Universidade de Londres. Tem atuado como parecerista ad hoc em várias agências financiadoras de pesquisa, além de ser membro efetivo de importantes Associações nacionais e internacionais, como por exemplo, a Associação Nacional de Pesquisadores em Educação (ANPEd), Associação Nacional de Direitos Humanos – Pesquisa e Pós-Graduação (ANDHEP), Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO), Association pour la Recherche InterCulturelle (ARIC), e Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial (ABPEE). Atualmente, é coordenadora do Observatório Estadual de Educação Especial (OEERJ), diretamente vinculado ao Observatório Nacional (ONEESP), bem como coordena ações de pesquisa e extensão em níveis institucional, de sistemas e nacional, todas voltadas para a temática da Inclusão em Educação em uma perspectiva omnilética, que extrapola o campo da educação especial. É autora de três livros sobre inclusão em Educação e publicou vários artigos sobre a temática. É membro do conselho editorial da Revista Espaço, do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), da Revista Brasileira de Educação Especial, da Revista Conhecimento e Diversidade e da Revista Poiesis Pedagógica. Atuou como gestora nacional da Gerência de Educação do Departamento Nacional do SESC entre 2004-2007 e Cocoordenadora do Programa Nacional Escola de Gestores/MEC (2009-2011). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Psicologia da Educação, Políticas Educacionais e Inclusão em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Culturas, políticas e práticas de Inclusão em Educação, Interculturalidade em Educação, Direitos Humanos, Formação de Professores, Ensino-aprendizagem, Psicologia da Aprendizagem, Psicologia do desenvolvimento, Psicologia Escolar, Psicologia Social, Psicopedagogia, Educação Especial. Fundadora e coordenadora do LaPEADE – Laboratório de Pesquisa, Estudos e Apoio à Participação e à Diversidade em Educação. Orienta monografias de graduação, de especialização, dissertações de mestrado e teses de doutorado.

JOSÉ GUILHERME DE OLIVEIRA FREITAS
Possui graduação em Licenciatura Plena em Física – Fundação Técnico Educacional Souza Marques (1978-1981), Pós-Graduação em Psicopedagogia Diferencial da Aprendizagem – PUC-RJ (1995-1996), Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001-2004), Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005-2010) e Pós-Doutorado em Educação – UFRJ (20012-2013). Atua como Pesquisador no Laboratório de Pesquisas, Estudos e Apoio à Participação e à Diversidade em Educação – LaPEADE/UFRJ na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, desde 2005, e como Coordenador do Grupo de Estudos sobre Sexualidades, Identidades, Diversidades e Inclusão GESEI/LaPEADE desde 2014.

ANGELA MARIA VENTURINI
Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), da Faculdade de Educação (FE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Graduação em Psicologia pela Universidade Santa Úrsula (1974). Licenciatura em Psicologia pelo Centro Universitário de Brasília (1970-1973). Mestrado em Psicologia Social e Personalidade (1988) pela Fundação Getúlio Vargas/RJ (FGV). Especialização em Gênero e Sexualidade (2015-2016) pelo Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos/Instituto de Medicina Social/Universidade Estadual do Rio de Janeiro (CLAM/IMS/UERJ). Especialização em Psicologia do Trabalho pela FGV/RJ (1980-1981). Especialização em Psicologia Comunitária pela FGV/RJ (1975). Especialização em Psicologia Escolar pela FGV/RJ (1975). Professora do Ensino Superior Público no Instituto Superior de Educação do RJ (ISERJ), estatutária da Fundação de Apoio à Educação Técnica, da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do RJ (FAETEC/SECTI) desde 2005. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Políticas Públicas Educacionais e Inclusão em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Culturas, Políticas e Práticas de Inclusão em Educação, Formação de Professores, Didática do Ensino-Aprendizagem e Educação Especial. Membro efetivo da Associação Nacional de Pesquisadores em Educação (ANPEd) e da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial (ABPEE). Pesquisadora Externa do Laboratório de Pesquisa, Estudos e Apoio à Participação e à Diversidade em Educação (LaPEADE/FE/UFRJ), coordenado pela Profª Drª Mônica Pereira dos Santos, desde 2008. Pesquisadora do Observatório Estadual de Educação Especial (OEERJ), diretamente vinculado ao Observatório Nacional (ONEESP), coordenado pela Profª Drª Mônica Pereira dos Santos, desde 2011. Pesquisadora externa do Núcleo de Estudos sobre Sexualidades, Identidades, Diversidades e Inclusão (NESEI/LaPEADE), coordenado Pelo Prof. Pós-Doutor José Guilherme de Oliveira Freitas, desde 2015. Possui artigos publicados em dois livros e em seis revistas. Coordenadora da Pós-Graduação Lato Sensu: “O processo de letramento e alfabetização do aluno com deficiência visual (cegueira e baixa visão) da Educação Infantil ao 1º ano do Ensino Fundamental”, em convênio com o Instituto Benjamin Constant (IBC/MEC), de abril de 2012 a abril de 2014. Orienta Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) na graduação e monografias em especialização lato sensu.

ELISA MARIA MAÇÃS FERNANDES DE CASTRO FILGUEIRAS
Professora, pedagoga e dinamicista. É graduada em Filosofia e Pedagogia. Tem aperfeiçoamento em dinâmica de grupo. Especializou-se em educação a Distância, tendo feito Mestrado em Educação com foco na formação de professores. Em setembro de 2014 defendeu sua tese de doutorado em Educação, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, intitulada “Reconhecimento social dos educadores do ensino superior a distância: possibilidades, dificuldades e dilemas”. Foi diretora da Divisão de Formação Profissional, assim como do Centro de Educação a distância do SENAI-RJ. Durante vários anos atuou como consultora de grandes empresas do país, tais como a Petrobrás. Tratou didático-pedagogicamente vários materiais de estudo, para a modalidade de EAD. Em 2008 ministrou três cursos de formação de professores para atuar em EAD, na Universidade Politécnica de Moçambique, no continente africano. Foi professora da Universidade de Uberaba-MG durante 14 anos, de 2002 a 2016, onde começou em 2000 como consultora de assuntos da EAD. Nessa instituição atuou também como coordenadora pedagógica regional – polo Rio de Janeiro, em Belford Roxo e, quando necessário, por meio da plataforma virtual dessa universidade, ministrou cursos relacionados à formação de educadores, via web, em nível nacional, percorreu os polos de apoio presencial localizados em diversos estados brasileiros ministrando cursos, realizando reuniões e visitas técnicas. Ainda na Uniube fez parte da equipe do curso de pedagogia como professora tutora, acompanhando alunos em diversos componentes do currículo. Atualmente é consultora educacional e, coordena os Encontros para maiores de 30, 40, 50... 80..., com foco na melhoria da qualidade de vida.

REGINA MARIA DE SOUZA CORREIA PINTO
Possui graduação em Português-Francês pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), graduação em Português-Inglês pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998) e mestrado em Interdisciplinar Linguística Aplicada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e membro do Laboratório de Pesquisa, Estudos e Apoio à Participação e à Diversidade em Educação (LaPEADE), da UFRJ, coordenado pela Profa. Dra. Mônica Pereira dos Santos. Ex-Diretora Pedagógica do Campus São Cristóvão III, do Colégio Pedro II e atualmente professora de Inglês, no mesmo Campus. Seus principais focos de interesse são “inclusão em educação” e “ensino de Língua Estrangeira”.

SOBRE OS AUTORES

PAULA ALEXANDRA CANAS DE PAIVA NAZARETH
Doutora em Economia pelo Instituto de Economia (IE/UFRJ), Mestre em Economia Industrial (IEI/UFRJ) e Bacharel em Ciências Econômicas (FEA/UFRJ). Analista de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) desde 1995, onde exerceu os cargos de Diretora-Geral da Escola de Contas e Gestão do TCE-RJ (2009/2017), de Subsecretária de Auditoria e Controle da Gestão e da Receita (2007/2009) e de Coordenadora-Geral de Controle da Receita no TCE-RJ (2004/2007). Professora de Desenvolvimento Econômico Local e Gestão Urbana, Finanças Públicas e de Lei de Responsabilidade Fiscal. Membro da Comissão Permanente de Estudos e Pesquisas da Escola de Contas e Gestão do TCE/RJ.

SANDRA MACIEL DE ALMEIDA
Professor Adjunto da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (FEUFF). Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PROPED/UERJ). Mestre em Educação (PROPED/UERJ) e Pedagoga (FEUFF). Atuou como Assessora-chefe da Assessoria Pedagógica da Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (ECG/TCE-RJ). Integra o Núcleo de Etnografia em Educação (NetEdu/PROPED/UERJ), onde pesquisa sobre educação de mulheres privadas de liberdade. Tem experiência na área de Educação, com ênfase nos temas relacionados a Didática; Exclusão; Educação Prisional e Etnografia e Educação.

DALVA STELLA PINHEIRO DA CRUZ
Assessora Pedagógica da Escola de Contas e Gestão/TCE-RJ.  Mestre em Educação (UFRJ), Pós-Graduada em Planejamento, Gestão e Implementação de EaD (UFF), e Pedagoga (FE/UERJ).  Até 2012, atuou como pedagoga em atividade de ensino na Faculdade de Medicina da UFRJ. Lecionou nos cursos de Pedagogia da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense (FEBF/UERJ) e na UNIGRANRIO. Tem experiência na área de Educação, com ênfase nos processos de ensino-aprendizagem.

RENATO JOSÉ DE OLIVEIRA
Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1982), graduação em Licenciatura Em Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1984), mestrado em Educação pela Fundação Getúlio Vargas – RJ (1990) e doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1996). Atualmente é Professor Titular de Filosofia da Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenador do Grupo de Pesquisas sobre a Ética na Educação (GPEE) e pesquisador do Grupo de Pesquisa sobre Retórica e Argumentação na Pedagogia. Suas principais áreas de investigação são: relações entre ética, retórica e educação; análise retórica dos discursos educacionais; racionalidade argumentativa em pesquisas educacionais: questões de teoria e de método.

CLÁUDIO ALVES FURTADO
Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1985), mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1988) e doutorado em Sociologia pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da USP (1994). Atualmente é professor da Universidade Federal da Bahia, membro do comité executivo do Conselho para o Desenvolvimento da Pesquisa em Ciências Sociais em África (CODESRIA) entre 2012 e 2015 e presidente da direção da Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa (2011-2015). Tem experiência na área de História, com ênfase em História África e na de Sociologia, mormente em Sociologia Rural, Sociologia do Desenvolvimento, Sociologia Demográfica, Teorias Sociológicas.

NICANOR REBOLLEDO RECENDIZ
Doctor en Antropología (2000), Universidad Iberoamericana. Profesor-investigador titular de Tiempo Completo en la Universidad Pedagógica Nacional, México, desde 1988 a la fecha. Professor Visistante con categoría de Pesiquisador Senior del Programa PVE/CAPES 2011 en el Posgrado de Antropologia Social de la Universidad Federal de Santa Catarina, Brasil (2011-2012). Miembro del Sistema Nacional de Investigadores Nivel 1, desde 2002 a la fecha. Miembro del Seminario de Historia, Filosofía, Sociología y Antropología de la Antropología Mexicana, desde 1993 a la fecha. Desarrolla investigación en los campos de la antropología de la educación, bilingüismo y educación bilingüe.  Miembro Evaluador de los Comites Interinstitucionales de Evaluación de la Educación Superior (CIEES), en el Comité de Humanidades, desde el 2001 a la fecha. Tiene diversa publicaciones, artículos, ensayos y libros, de antropología de la educación, antropología política, educación bilingüe, ecología cultural y educación intercultural.

CELESTE AZULAY KELMAN
Possui graduação no Instituto de Psicologia pela Universidade Federal do Rio de janeiro (1972), mestrado em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1995) e doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília (2005). Foi Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília, atuando na Graduação e na Pós-Graduação. Atualmente é Professora Associada da UFRJ, atuando na Graduação e na Pós-Graduação. No programa de Pós-Graduação atua na Linha de pesquisa Inclusão, Ética e Interculturalidade. É autora do livro Sons e Gestos do Pensamento.: um estudo da linguagem egocêntrica na criança surda e coautora e organizadora de outros 6 livros. Tem 15capítulos em livros com temas na área de Educação Especial/Inclusiva e surdez, 3 artigos publicados no exterior e 18 em publicações nacionais em temas como educação inclusiva, surdez, educação especial e linguagem. É parecerista ad hoc de várias publicações nacionais e uma internacional.

MARIANA GONÇALVES FERREIRA DE CASTRO
Possui graduação em Pedagogia no Centro Educacional Celso Lisboa (2000) e possui graduação em tradução e interpretação em Língua Brasileira de Sinais pela Universidade Estácio de Sá (2006). Especialização em Educação Especial-deficiente auditivo, Unirio (2010) e Possui mestrado em Educação pela Universidade Estácio de Sá (2011). Atualmente é doutoranda do PPGE – programa de Pós-Graduação da UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro orientanda da Prof. Dr. Celeste Azulay Kelman na linha de pesquisa inclusão, ética & interculturalidade e integra o corpo docente como Professora assistente da Faculdade de Educação da UERJ – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, atuando na Graduação, ministrando aulas de educação inclusiva e LIBRAS e Coordena a disciplina de LIBRAS na licenciatura de Pedagogia EAD-Educação à distância do CEDERJ/UERJ. É vice-coordenadora do Programa de extensão Rompendo Barreiras: luta pela inclusão e membro do GEPeSS- Grupo de estudos e pesquisas sobre surdez da UFRJ coordenado pela a professora citada acima. Desenvolve pesquisas na área da educação de surdos, de surdocegos e de Tradução e interpretação em LIBRAS-Língua Brasileira de Sinais.

MARTHA KASCHNY BORGES
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (1991), mestrado em Educação pela Université Pierre Mendes France II (1998), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1997) e doutorado em Educação – Université Pierre Mendes France II (2001). Foi Presidente e Diretora Técnico-Científico da Fundação Escola de Governo ENA. Atualmente é professora associada da Universidade do Estado de Santa Catarina, professora do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Doutorado em Administração – ESAG/UDESC. Realizou Estágio Pós-Doutoral na Université Aix-Marseille, França e Estágio Pós-Doutoral na Universitat de Barcelona, Espanha, no grupo de pesquisa Esbrina. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente na linha de pesquisa Educação, Comunicação e Tecnologias, com os seguintes temas: formação de professores, educação e cibercultura, ensino superior, tecnologias digitais de informação e de comunicação, políticas educacionais e teoria Ator-Rede.

CARMEN LÚCIA GUIMARÃES DE MATTOS
Professora Associada e Pesquisadora – Prociencia no Programa de Pós Graduação em Educação (1997- atual) Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, atuando nas disciplinas, Etnografia e Exclusão em Educação e Tecnologia e Educação. Possui como formação: Pós-Doutorado na University of British Columbia, Vancouver (CA); Pós-Doutorado na University of Cambridge, (UK), 2012; Pós-Doutorado University of Sydney (AU) 2008 – 2009; Pós-Doutorado em Etnografia na Université René Descartes (Paris V CNRS, FR), 2000. Pedagogia (1976); Mestrado em Educação, pela Universidade de Pensilvânia, USA, 1987); Ph.D. em Educação pela Universidade da Pensilvânia (USA), 1992. Tem interesse nos seguintes temas: Etnografia, Exclusão, Ensino e Aprendizagem; Violência; Injustiça Social; Gênero; Metacognição e Tecnologia e educação.

ANA IVENICKI
É PhD em Educação pala University of Glasgow. Tem Mestrado em Educação pelo Departamento de educação da PUC-RIO e Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente é Professora Titular Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), lotada no Departamento de Fundamentos de Educação/Faculdade de educação. Possui inúmeras publicações em periódicos nacionais e internacionais, bem como livros publicados/organizados, e vários trabalhos em anais de eventos. Tem sido Palestrante/Conferencista convidada em diversas instituições. Desenvolve pesquisas em Multiculturalismo e Formação de Professores, tendo especial interesse nas áreas de Educação Comparada, Avaliação da Aprendizagem e Avaliação Institucional. Foi agraciada com o prêmio CORA CORALINA, pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação/ANPEd e a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão/SECADI, conferido na 36ª Reunião Anual da ANPEd/2013, Goiânia, pela contribuição à Educação com Inclusão Social.

MYLENE CRISTINA SANTIAGO
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1998), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2002) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal Fluminense e vice coordenador do lapeade da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículo, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, inclusão em educação, inclusão e exclusão, educação intercultural e currículo.

SANDRA CORDEIRO DE MELO
Possui graduação em Psicologia pela Universidade Católica de Petrópolis (1998), Mestrado em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2004) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010), É Pós-doutoranda em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. É Professora Adjunta do Departamento de Fundamentos da Educação, da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atuou como Assessora Pedagógica da Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro durante os anos de 2010-2011. É membro participante do LaPEADE – Laboratório de Pesquisas, Estudos e Apoio à Participação e à Diversidade em Educação – UFRJ e do NETEDU – Núcleo de Etnografia em Educação – UERJ. Atualmente desenvolve pesquisas sobre Inclusão na Administração pública.

JUAN CORNEJO ESPEJO
Investigador da Facultad de Humanidades da Universidad de Santiago de Chile Doutor em Ciência Política e História. Profesor del Dpto. de Fundamentos de la Educación (Universidad Católica del Maule).

ALESSANDRA SARKIS DE MELO
Psicóloga e mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Possui experiência em Educação Infantil, atuando como supervisora e psicóloga escolar. Atualmente trabalha na escola de educação Infantil da UFRJ.

MARIA JUDITH SUCUPIRA DA COSTA LINS
Professora Associada do Departamento de Fundamentos da Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Coordenadora de pesquisas no Grupo de Pesquisas de Ética e Educação – GPEE da UFRJ. Experiência na área de Filosofia da Educação, com ênfase em Ética e Educação Moral. Consultora internacional da MOKORO Supporting Sustainable Development (England) desde 2013. Membro da Academia Brasileira de Educação na Cadeira Tobias Barreto desde junho de 2009. Membro da Asociacion Latinoamericana de Filosofia de la Educacion (ALFE) desde 2010. Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia do Recife (1969), mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1972) e doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996). Membro da Association for Moral Education desde 1999 e Membro do Comitê de Avaliação de Teses para o prêmio anual Association for Moral Education Kuhmerker Dissertation Award desde 2012. Desenvolveu pesquisa de pos-doutoramento sobre Filosofia da Educação e Ética, tendo apresentado trabalho final na Association for Moral Education Conference, Chicago, USA, 2002 com base na Filosofia Moral de Alasdair MacIntyre. Atuação nas seguintes áreas: Ética, Escola e Educação Moral, História da Educação e Filosofia da Educação, Educação Brasileira e Psicologia da Educação (Desenvolvimento Infantil e do Adolescente e Aprendizagem).

JOSÉ MENDES FONTELES FILHO
Possui doutorado em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2003) e graduação de Licenciatura em Filosofia pela Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP (1990). Atualmente é Professor Associado do Curso de Psicologia, da Universidade Federal do Ceará – Campus de Sobral, e coordenador do Curso de Magistério Indígena Tremembé Superior – MITS (Licenciatura Intercultural). Tem experiência nas áreas de Antropologia, Filosofia, Educação e Metodologia da Pesquisa, atuando principalmente nos temas: Cultura e Processos de Subjetivação, Educação Indígena, Formação de Professores, Movimentos Sociais, Arte-Educação e Epistemologia das Ciências Humanas. Atualmente está realizando Estágio Pós-Doutoral junto ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGA) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), investigando os temas Interculturalidade, Inclusão e Inovação nas experiências de formação de professores indígenas no Brasil.

MARIA VITÓRIA CAMPOS MAMEDE MAIA
Professor Adjunta da UFRJ em Psicologia da Educação, Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRJ, Pós-Doutorado em Psicologia (em andamento) na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2005), Mestre em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1986). Graduada em Psicologia pelo Centro Universitário de Brasília (1998) e em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1982). Coordenadora e fundadora do Espaço de Atendimento Psicopedagógico ao aluno da Faculdade de Educação – UFRJ – EAP. Coordenadora do grupo de pesquisa “Criar & Brincar: o lúdico no processo de ensino-aprendizagem” – LUPEA. Este grupo desenvolve sobre o espaço lúdico como propiciador de criação de um espaço de reelaboração da aprendizagem e de criação de espaços que lidem com problemas de aprendizagem e sofrimento psíquico. É membro associado da ANPEPP – GT Desenvolvimento, Saúde e Educação coordenado pelo Prof Dr Sávio Silveira de Queiroz e pelo Prof Dr Antonio Carlos Ortega. Membro associado da ANPED – Região Sudeste – GT – Psicologia da Educação. Membro associado da SBPC. Pesquisadora associada da Universidade Federal do Paraná (Núcleo de pesquisa do Desenvolvimento Humano e Núcleo de Psicanálise) com convênios já estabelecidos com o Laboratório Interdisciplinar de Pesquisa e Intervenções Sociais da PUC-RJ e a Uniteé dethinopsychiatrie et de Sttress Post-Traumatique, do Service de Consultation de lÉcole de Psychologie da Universidade de Laval, Quebec, Canadá. Pesquisadora fundadora do Grupo Interdisciplinar de Educação e Inclusão – GIEI – UNIRIO, tendo parceria com UERJ, UFF e UFSCar e internacional como Università degli Studi di Roma Foro Italico, Universidad de La Rioja e Universidad Distrital de Bogotá..Pesquisadora associada da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) ( LIPIS e Núcleo de Pesquisa de Psicanálise, cultura e violência) Consultora de diversas revistas, como: Arquivos Brasileiros de Psicologia (1809-5267); Revista Mal-Estar e Subjetividade (1518-6148); Interação em Psicologia (1981-8076) e Revista Psicologia Clínica (0103-5665), dentre outras. Possui experiência na área de Psicopedagogia, Psicanálise, Psicologia, com ênfase em Linguagem e Subjetividade, Pensamento winnicottiano e freudiano, atuando principalmente nos seguintes temas: Winnicott, tendência antissocial, agressividade, autismo, psicose, Psicanálise, Freud, problemas de aprendizagem e problemas de desenvolvimento da aprendizagem, criatividade, ludicidade, jogos e brinquedos. Autora do livro Rios sem discurso: a agressividade da infância na contemporaneidade, São Paulo: Vetor, 2007 e do livro Criar & Brincar: o lúdico no processo de ensino-aprendizagem, Rio de Janeiro: WAK, 2014.

CAMILA NAGEM MARQUES VIEIRA
Professora de Artes Visuais do Colégio Pedro II. Mestre (2014) e Doutoranda em Inclusão, Ética e Interculturalidade pelo Programa de Pós Graduação em Educação da UFRJ. Possui licenciatura em Educação Artística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Já atuou como Técnica em Assuntos Educacionais do IBRAM no desenvolvimento de projetos educativos e culturais, possui experiência em Educação em Museus, prática de Ensino em Artes e desenvolvimento de projetos na área de Artes, Educação e Museus. Atualmente, desenvolve pesquisa sobre Criatividade e Inovação na Educação Básica e Criatividade Docente junto ao grupo de pesquisa Criar e Brincar: o lúdico no processo ensino-aprendizagem (LUPEA).

MONIQUE MAIQUES DE SOUZA ALVES REZENDE
Mestranda em Educação pela UFRJ. Graduada em Pedagogia pela UFRJ, Pesquisadora do Grupos de pesquisa de Ética e Educação (GPEE – UFRJ). Membro da Association for Moral Education (AME), com ênfase em Ética e Educação Moral. Atuação na área de Educação, com ênfase em métodos e Técnicas de Ensino.

TALITA ADÃO PERINI DE OLIVEIRA
Doutoranda em Educação pela UFRJ. Mestre em Educação Física pela UCB. Graduada em Licenciatura em Educação Física pela UFRJ. Professora assistente do Centro Universitário Augusto Motta (UNISUAM). Pesquisadora do grupo de pesquisa de Ética e Educação GPEE – UFRJ. Membro da Association for Moral Education (AME). Tem experiência na área de Educação Física Escolar e Filosofia da Educação, com ênfase em Ética e Educação Moral. Atuação nas seguintes áreas: Educação Física Escolar, Ética e Educação Moral.

GLAUCYA MARIA LOPES LINO
Mestranda em Educação pela UFRJ. Graduada em Letras (Português- Inglês) pela Universidade da Amazônia (UNAMA). Pesquisadora do grupo Ética em Educação – GPPE (UFRJ). Membro da Association os Moral Education (AME). Professora de Educação Básica da Rede Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro. Tem experiência em Ensino de Português como Língua Português Língua Portuguesa.

VERA REGINA SOUZA DOS SANTOS
Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Avaliação e Currículo (GEPAC) da UNIRIO. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), na linha de pesquisa Práticas Educativas, Linguagens e Tecnologias. É especialista em Avaliação Educacional pela UERJ (2006). Possui licenciatura e bacharelado em História pela UERJ (2003). Atualmente é coordenadora pedagógica da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro e professora tutora da disciplina História na Educação I do Curso de Pedagogia à Distância da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (convênio UAB/ UERJ/ CEDERJ). Foi professora do Curso de Pedagogia e do Curso Normal Superior do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (ISERJ). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Avaliação e Currículo.

TERESA CRISTINA LAFONTAINE
É licenciada em Geografia pela Universidade Estadual do Maranhão (2004), Especialista em Educação Especial pela Universidade Federal do Maranhão e Mestra em Geografia pela Universidade Federal do Pará, sendo bolsista do CNPq. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Humana, Geologia e Geomorfologia; em Educação para a Diversidade e em Educação Especial, com ênfase em Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, Constituição de Sinais, Laboratório de Tradução e Interpretação em Libras e em Transtornos de Aprendizagem e Síndrome de Down.

DULCE NÚBIA RODRIGUES RÊGO
Discente do Curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas/História, com ênfase em História do Brasil e bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) na UFMA – Universidade Federal do Maranhão – Centro de Ciências Humanas, Naturais, Saúde e Tecnologia - CCHNST – Pinheiro, MA.

JULYANA ARAÚJO
Discente do Curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas habilitação em História com ênfase em História do Brasil, Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID- CAPES) pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – Centro de Ciências Humanas, Naturais, Saúde e Tecnologia – Pinheiro, MA.

LEANDRO TEÓFILO DE BRITO
Licenciado em Educação Física e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Doutorando em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professor EBTT do Colégio Pedro II – Campus Engenho Novo II e docente do curso de Especialização em Educação Psicomotora na mesma instituição. Realiza pesquisas nas áreas de Educação e Educação Física com ênfase nos seguintes temas: gênero e sexualidade, educação escolar da juventude e inclusão em educação.

MARIANA SILVA ALBUQUERQUE
Licenciada em Educação Física na Escola de Educação Física e Desportos (EEFD) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Estudante de Graduação na Escola de Educação Física e Desportos (EEFD) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Integrante do Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Inclusão e Diferenças na Educação Física Escolar (LEPIDEFE). Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de ExtensãoPIBEX.

MICHELE PEREIRA DE SOUZA DA FONSECA
Professora adjunta da Escola de Educação Física e Desportos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEFD – UFRJ). Doutora em Educação (PPGE – UFRJ – 2014), Mestre em Educação (PPGE/UFRJ – 2009), Licenciada em Educação Física (EEFD/UFRJ – 2004). Coordenadora de Extensão da EEFD – UFRJ. Fundadora e Coordenadora do LEPIDEFE – Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Inclusão e Diferenças na Educação Física Escolar (EEFD – UFRJ). Tem experiência na área de Educação Física escolar, formação docente e inclusão em educação.

MAITÊ MELLO RUSSO
Doutora em Fisiologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (IBCCF). Mestre em Fisiologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (IBCCF). Licenciada plena em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEFD). Professora no Centro Universitário Celso Lisboa e Centro Univeritário Abeu de Ensino (UNIABEU). Professora colaboradora voluntária na Escola de Educação Física e Desportos (EEFD – UFRJ). Co-fundadora e Coordenadora do LEPIDEFE – Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Inclusão e Diferenças na Educação Física Escolar
(EEFD – UFRJ). Possui experiência na área Educacional, com ênfase em formação docente, atuando principalmente nos seguintes temas: Inclusão em Educação e Inovação em Educação.