Capa do livro: BALÉ SOBRE OUTROS EIXOS:<br> traçados de William Forsythe para a criação de tecnologias de improvisação.

BALÉ SOBRE OUTROS EIXOS:
traçados de William Forsythe para a criação de tecnologias de improvisação.

Autores: Rousejanny Ferreira

livro impresso
de R$ 69,90 por
livro digital
de R$ 69,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Este livro discute os contextos e reformulações na dinâmica do balé propostos pelo coreógrafo norte-americano William Forsythe, entre as décadas de 1980 e 1990. Período em que ele dirigiu o Balé de Frankfurt (Alemanha). O trabalho percorre narrativas contra-hegemônicas referentes à abordagem docilizada e, por vezes, romântica do modo de se observar a construção social do balé. Ao fazer uma análise plural dos atravessamentos de Forsythe ao longo do período supracitado, chega-se, na pesquisa, àquilo que personifica seu modo de pensar o balé: as Tecnologias de Improvisação lançadas em formato CD-ROM, no ano de 1994, e que representam grande avanço nas formas de manejar o vocabulário balético e relacionar-se com este. Aqui são apresentadas e analisadas todas as tarefas criadas para a primeira versão do material, tomando como referência principal os estudos de Corêutica, do importante estudioso do movimento Rudolf Laban. É um convite à cara reflexão dos modos de compreender o balé em seus aspectos formativos e criativos, que tanto necessita de modos distintos e plurais na contemporaneidade. 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1567-2
DOI: 10.24824/978854441567.2
Ano de edição: 2017
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 124
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

BALÉ SOBRE OUTROS EIXOS:<br> traçados de William Forsythe para a criação de tecnologias de improvisação.

Autores

ROUSEJANNY FERREIRA
Mestre em Performances Culturais, EMAC-UFG; especialista em Pedagogia da Dança, CEAFI/PUC-GO, e Filosofia da Arte, IFITEG/UEG; e graduada em Educação Física pela ESEFFEGO/UEG. Professora do curso de Licenciatura em Dança do Instituto Federal de Goiás – Campus Aparecida de Goiânia. É interessada pelas questões históricas, políticas e estéticas que atravessam as danças acadêmicas, principalmente em seus modos de reexistência a partir do século XX. Diretora do Projeto Pelas Beiras, que investiga contextos da cena da dança goianiense e promove/participa de ações de formação e vivências artísticas nesta área.