Capa do livro: PESQUISA EM MÚSICA II:<br> o ensino, a vivência e a aprendizagem musical

PESQUISA EM MÚSICA II:
o ensino, a vivência e a aprendizagem musical

Autores: Eliane Leão - Valéria Lazaro de Carvalho (Orgs.).

livro impresso
de R$ 52,90 por
livro digital
de R$ 52,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Considerando os muitos desafios que encontramos na atualidade, ressaltamos que as questões sobre o conhecimento se impõem como tarefa emergente da pesquisa na área do Ensino da Música. Nesse sentido, o livro que ora apresentamos à comunidade acadêmica – Pesquisa em Música II: o ensino, a vivência e a aprendizagem musical – apresenta uma importante contribuição para a área da formação docente, na medida em que toma como referência algumas pesquisas em andamento que estão sendo desenvolvidas pelos alunos dos programas de pós-graduação em música das Universidades Federais, de Goiás e do Rio Grande do Norte.
Desde a aprovação da Lei em 18 de agosto de 2008, que altera a Lei nº 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) sobre a obrigatoriedade do ensino da Música na Educação Básica, vemos deflagrado um processo de investigação e reflexão sobre a metodologia da educação musical não só no contexto da escola, mas também em variados contextos. Os desdobramentos que vemos ocorrer a partir daí nos indica um universo em construção e nos impulsiona a formar pesquisadores que venham a contribuir para a construção de caminhos para uma educação musical de qualidade, estreitando o diálogo entre a teoria e a prática emergente no âmbito do Ensino da Música.
Dr.ª Valéria Lázaro de Carvalho

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1669-3
DOI: 10.24824/978854441669.3
Ano de edição: 2017
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 196
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

PESQUISA EM MÚSICA II:<br> o ensino, a vivência e a aprendizagem musical

Autores

CAIO HIGOR MORAIS ARAÚJO
Tem Especialização em Educação Musical no Ensino Básico pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Brasil (2013). Professor N2 – N1/A da Prefeitura Municipal de Natal, Brasil. Aluno do PPG, da EMUFRN. Conduzindo projeto subsidiado pela Lei Municipal de Natal/RN. Possui graduação em Licenciatura Plena em Música (2011) e Especialização no Ensino de Música na Educação Básica (2013) e atualmente está cursando o Mestrado pelo Programa de Pós-Graduação em Música da Escola de Música da UFRN. Durante a graduação foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) e depois retornou ao programa como supervisor. É professor efetivo da Prefeitura de Natal/RN, músico, produtor cultural. Desenvolve trabalhos com formação nas áreas da Educação Musical, do Meio Ambiente e da Produção Cultural. Atualmente é coordenador geral do projeto cultural Música Potiguar na Escola.

CAMILA LARISSA FIRMINO DE LUNA
É natural de Natal, Rio Grande do Norte, e possui Curso Técnico em Música, com habilitação em violino (2010), Graduação em Música – Licenciatura Plena (2010), Especialização em Educação Musical na Educação Básica (2011), e atualmente cursa o Mestrado em Música – Processos e Dimensões da Formação em Música, todos os cursos realizados pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Tem experiência na área de Artes – Música, com ênfase em Educação Musical e Práticas Interpretativas de Violino. Atuou entre o ano de 2011 a 2015 na Educação Básica, com o público da Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II, nas redes pública e privada de ensino, e atualmente está trabalhando como professora substituta da UFRN, no curso de Licenciatura em Música, nas disciplinas de Estágio Supervisionado e Atividades Orientadas.

CARLOS ANTONIO SANTOS RIBEIRO
Faz pós-graduação em música na UFRN. Licenciado em Música, pela UERN. Membro do Grupo de Pesquisa Perspectivas em Educação Musical (GPPEM) da UERN. Atua na área de Arte/Música, principalmente na temática música mediada por tecnologias digitais na escola da educação básica. Foi bolsista de PIBIC/CNPq, UERN, de 2013 a 2015. Recebeu o Prêmio Mérito Acadêmico de melhor trabalho da área de Linguística, Letras e Artes, no XI Salão de Iniciação Científica da UERN, durante a III Semana de Ciência, Tecnologia e Inovação, no ano de 2015. Autor do livro Educação Musical mediada por tecnologias digitais: uma investigação nas aulas de Arte/Música na rede da educação básica no município de Mossoró/RN, pela MoreBooks.de.

CARMELA MATTOS
É violinista, nascida em Anápolis, Goiás. Estudou com Crundwald Costa, Natan Schuwartzman e Valeska Hadelich no Conservatório de Música da Universidade Federal de Goiás. É bacharel em violino pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde estudou com o violinista Santino Parpinelli. Integrou a Orquestra Sinfônica de Campinas e a Orquestra Sinfônica Brasileira. Foi professora de violino da Escola de Música de Brasília e do ITEGO em Artes Basileu França, em Goiânia. Atualmente é violinista da Orquestra Sinfônica de Goiânia e cursa o Mestrado em Música pela Universidade Federal de Goiás.

CLAUDIA REGINA DE OLIVEIRA ZANINI
É Doutora em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás (UFG); Mestre em Música, Especialista em Musicoterapia em Educação Especial e em Saúde Mental; e, Graduada em Piano pela Escola de Música e Artes Cênicas – EMAC/UFG; Bacharel em Administração de Empresas/Pontifícia Universidade de Goiás. Pesquisadora e Professora do Curso de Musicoterapia e do PPG-Música da EMAC/UFG. Coordenadora da Comissão de Pesquisa e Ética da Federação Mundial de Musicoterapia (WFMT). Líder do NEPAM – Núcleo de Musicoterapia (Diretório de pesquisa do CNPq).

ELIANE LEÃO
É professora dos programas de pós-graduacão da UFRN (Professora Titular Visitante Nacional) e UFG (Professora colaboradora, da EMAC). Doutora pela UNICAMP, São Paulo, com bolsa sanduíche CNPq na Purdue University, no Gifted Resource Institute, West Lafayette, Indiana, USA. Pós-doutorado na Auburn University, Alabama, USA. Pesquisa Criatividade, Processos Cognitivos e Interdisciplinaridade. Seus projetos giram em torno de Metodologias de ensino da música, de ensino de intrumentos e influências da música na aprendizagem. Trabalha pela valorização do ensino da música visando o desenvolvimento da inteligência, criatividade e inserção social. Autora do livro Pesquisa em Música: apresentação de metodologias, exemplos e resultados, pela CRV.

FRANCISCO CANINDÉ DE MEDEIROS SENA
É multi-instrumentista, arranjador e compositor. Técnico em Trompete, Rege
̂ncia e Flauta Doce. Bacharel em Trompete e licenciado em música, especialista em músicas dos séculos XX e XXI e em Psicopedagogia clínica e institucional. Cursa Pós-Graduação da UFRN. Atuou como 1º Trompete da Filarmônica de Cruzeta, 2º Trompete (convidado) da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte OSRN, 1o Trompete (convidado) da Banda Sinfônica do Natal/RN, Músico-trompetista na Banda de Música Nossa Senhora do Carmo, em Betim/MG, 1º Trompete e chefe de naipe da Gerais Big Band, grupo pertencente à Escola de Música da UFMG, e 1o Trompete da Big Band Jerimum Jazz da Escola de Música da EMUFRN. Professor e regente titular das bandas Filarmônica Maestro Romildo Batista dos Santos (Santana do Matos/RN) e Filarmônica Abel Belarmino de Amorim (Almino Afonso/RN). Desde 2012 é docente externo da EMUFRN PRONATEC. É professor no Centro Educacional São Miguel, em Jucurutu/RN e Maestro da Prefeitura Municipal de Jucurutu/RN. Autor de trabalhos publicados na ABEM, ANPPOM, FLADEM, SEFIM e CONEDU.

JEFFERSON PEREIRA DA SILVA
É graduado em Musicoterapia pela Universidade Federal de Goiás. Foi bolsista de Iniciação Científica/Cnpq. Atualmente trabalha como musicoterapeuta no Hospital Espírita Eurípedes Barsanulfo Goiânia – GO.

JOSÉ HÉRIKSON DANTAS DO AMARAL
É aluno do Programa de Pós-Graduação em Música, Mestrado em Música, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Graduado em Licenciatura em Música pela UFRN, em 2012. Tem experiência com Educação Musical e Regência de Banda de Música, como na Banda de Música Cleto Nunes, Almino Afonso-RN de 2006 a 2009; na Banda Filarmônica Josefa Vianna, Antônio Martins-RN de 2007 a 2013; na Banda Filarmônica Abel Belarmino de Amorim de 2012 a dezembro 2016. Professor do ensino básico do município do Natal na disciplina artes/música. Publicou artigos sobre representações sociais de bandas de música e atualmente pesquisa sobre a formação docente de maestros que atuam em bandas de música do Alto Oeste Potiguar.

LIANA MONTEIRO DE ARAÚJO
Natural de João Pessoa (PB), é educadora musical, pianista e co-repetidora, com experiência na área de performance, regência coral, co-repetição e ensino de música, com ênfase em Educação Musical e Ensino de Piano, individual e em grupo. Desenvolve atividades em escolas particulares da rede regular de ensino e em escolas particulares de música, na cidade de Natal. Atua em projetos de extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com co-repeticão das turmas de Canto e Bacharelado. Cursa a pós-graduação da UFRN, é colaboradora do Projeto de Extensão Som Azul – Grupo de Musicalização e Autismo desta instituicão, além de ser aluna da Especialização em Saúde Mental com ênfase em autismo (TEA), na Faculdade INESP – Instituto Nacional de Ensino e Pesquisa.

MÁXIMO JOSÉ DA COSTA
Músico, educador e pesquisador na área de música. Cursou dois cursos técnicos em piano, um popular e outro, erudito. Bacharel em música, com habilitação em piano e licenciado em música. Especialista em música, com enfoque na educação básica. Curso pós-graduação lato sensu na UFRN. Atua como professor de escolas especializadas dos instrumentos teclado e piano; e é pianista correpetidor de coral evangélico na cidade do Natal-RN. No setor público, trabalha com uma banda de música municipal do RN. Áreas de interesse em música e cotidiano; epistemologia musical; música e indústria cultural; e filosofia da música. Pesquisando música e mídia correlacionada com a formação musical em escolas básicas no RN.

ROBERTO WAGNER DE MEDEIROS DAMASCENO
Natural de Natal, Rio Grande do Norte, e possui Graduação em Música – Licenciatura Plena (2014), cursando atualmente o Mestrado em Música – Processos e Dimensões da Formação em Música, todos os cursos realizados pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Tem experiência na área de Artes – Música, com ênfase em Educação Musical e Práticas Interpretativas de Rabeca. Atua desde 2013 como professor voluntário de rabeca em projeto de extensão no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) localizado na Cidade Alta, onde também desenvolve a formação da orquestra potiguar de rabecas.

SONIA R. ALBANO DE LIMA
Doutora em Comunicação e Semiótica – Artes (PUC/SP, 1999); pós-doutorado em interdisciplinaridade e educação pelo Grupo de Estudos e Pesquisa em Interdisciplinaridade da PUC-SP (GEPI-PUC/SP), sob a orientação da Prof. Dr. Ivani C. A. Fazenda; pós-doutorado em Música no IA-UNESP (2015), sob supervisão da Prof.ª Dr.ª Yara Caznók, pós-graduação lato sensu em práticas instrumentais e música de câmara (Faculdade de Música Carlos Gomes – FMCG); especialização em interpretação musical e música de câmara com o Prof. Walter Bianchi (FMCG); bacharelado em instrumento – piano (FMCG, 1982); bacharelado em direito (USP, 1973); licenciatura curta em educação musical e habilitação para o ensino de piano (Instituto Musical de São Paulo, 1967). Estudou piano e música de câmara com os professores Martins Braunwieser, Sonia Muniz, Roberto Sabbag e Walter Bianchi. Participou de cursos de extensão com intérpretes nacionais e internacionais, entre eles destacam-se: Bruno Seidholfer, Camargo Guarnieri, Rosalyn Tureck, Sérgio Magnani e Homero Magalhães. Foi professora de piano da Escola Municipal de Música (EMM) de 1975 a 1999. Na FMCG foi professora de música de câmara e piano (1983 a 1993); vice-diretora (1985 a 1999); diretora executiva (1999 a 2010); coordenadora pedagógica dos cursos de graduação (canto, instrumento, composição e regência) e pós-graduação lato sensu em educação musical e música (1998 a 2009). Foi professora pesquisadora da UNIABC de 2010 a 2012 para a implantação do Mestrado Profissional em Educação; bolsista coordenadora de pesquisa da FUNADESPS (2012). É professora do Programa de Mestrado e Doutorado em Música do IA-UNESP desde 2005. Foi diretora e coordenadora artística da Escola de Música de São Paulo de 2013 a 2014. É pesquisadora junto ao GEPI-PUC/SP e líder de pesquisa do Grupo de Pesquisa em Educação Musical do IA-UNESP (GEPEM). É colaboradora junto ao Projeto Pensar e Fazer Arte da PUC/SP sob a organização do Prof. Dr. Cláudio Picollo. Autora e organizadora de livros, coletâneas e textos de revistas científicas voltadas para a interdisciplinaridade, performance e educação musical.

VALÉRIA LÁZARO DE CARVALHO
Possui graduação em Licenciatura em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), Mestrado em Música – Conservatório Brasileiro de Música Centro Universitário (2000) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2008). Atualmente é professora Associada da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, atuando no Programa de Pós Graduação em Música e na Graduação com as disciplinas Didática Musical e Fundamentos da Arte na Educação. Atua na pesquisa como vice-coordenadora do GRUMUS – Grupo de Estudos e Pesquisas em Música da EMUFRN. Atua na Extensão ministrando Cursos de Formação Continuada para professores de Música – Projeto Continuum – MEC/UFRN. Integrante do Banco de Avaliadores da Educação Superior – BASIs. Coordenadora da área de Música do Programa PIBID – UFRN. Vice-diretora da Escola de Música da UFRN – EMUFRN.