INFÂNCIA, PESQUISA E EDUCAÇÃO:<br>olhares plurais

INFÂNCIA, PESQUISA E EDUCAÇÃO:
olhares plurais

Autores: Reginaldo Santos Pereira - Ennia Débora Passos Braga Pires (Orgs.)

livro impresso
de R$ 45,90 por
livro digital
de R$ 45,90 por

Disponibilidade: 5 Dia(s)

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Na busca de itinerários para (re) pensar nossas crianças e infâncias, o livro INFÂNCIA, PESQUISA E EDUCAÇÃO: OLHARES PLURAIS reúne um conjunto de estudos e pesquisas de profissionais que trazem ao debate e reflexão as seguintes temáticas: o processo de racialização na educação infantil; a cultura lúdica em espaços de brinquedotecas universitárias; currículo e culturas infantis; as contribuições dos estudos culturais para pensar a literatura infantil; o trabalho, sociabilidades e agenciamentos entre as crianças indígenas pataxó do território Kaí-Pequí; a produção imagética, discursiva e as relações étnico-raciais nos espaços educativos infantis; as contribuições das pesquisas com/do/no cotidiano escolar para compreender as crianças, suas linguagens e culturas; e, a relação entre professor e as crianças com dificuldades de aprendizagem no contexto escolar

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1705-8
DOI: 10.24824/978854441705.8
Ano de edição: 2017
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 192
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

INFÂNCIA, PESQUISA E EDUCAÇÃO:<br>olhares plurais

Autores

ANA LÚCIA GOULART DE FARIA
Doutora em Educação (USP), com pós-doutorado na Universitá degli Studi di Milano-Bicocca, onde é Membro do Colegiado Docente de Doutorado. Coordenadora da Linha de Pesquisa Culturas Infantis do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Diferenciação Sociocultural (GEPEDISC/FE/Unicamp). Membro da gestão 2016-2018 do Fórum Paulista de Educação Infantil

ANA JUVENAL CRUZ
Mestre (2010) e Doutora (2014) em Educação pela UFSCar. Professora Adjunta e Vice-Diretora do Centro de Educação e Ciências Humanas da UFSCar. Desenvolve trabalhos na área de Educação com ênfase em relações étnico-raciais, estudo e ensino das histórias africanas e afro-brasileiras, estudos pós-coloniais e da diáspora negra

ANETE ABRAMOWICZ
Socióloga e Doutora em Educação, é Professora Titular do Centro de Educação e Ciências Humanas da UFSCar e Bolsista Produtividade do CNPq. Tem experiência na área de Educação, com ênfase na Educação para a infância, atuando principalmente nos seguintes temas: criança e infância, sociologia da infância, diferenças, relações raciais, etárias e de gênero. Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSCar de 2003 a 2005, coordenadora do FORPRED da ANPED e Vice-coordenadora do GT de 0 a 5 anos da ANPED. É Editora responsável da Revista Eletrônica de Educação (REVEDUC)

EDMACY QUIRINA DE SOUZA
Mestre em Educação (UFBA) e Doutorado em Educação (UFSCar). Professora Assistente do Departamento de Ciências Humanas, Educação e Linguagem (DCHEL), da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Tem experiência na área de educação, atuando nos seguintes temas: criança, infância, educação infantil e relações étnico-raciais

ENNIA DÉBORA PASSOS BRAGA PIRES
Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV - 1994), Mestrado (2005) e Doutorado em Educação (2011) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora Adjunta, do Departamento de Ciências Humanas, Educação e Linguagem (DCHEL), da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e professora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação (PPGED/UESB), Linha de Pesquisa: Políticas Públicas e Gestão da Educação. Coordenadora do Programa de Extensão “Ludoteca: um espaço de práticas interdisciplinares em educação”. Líder do Grupo de Pesquisa CNPq: Ludicidade, Didática e Práticas de Ensino – LUDIPE. Áreas de estudo: educação e ludicidade, política e gestão educacional

FLÁVIO SANTIAGO
Graduado em Pedagogia pela UFSCar, Mestre em Educação pela Unicamp e Doutorando em Educação pela mesma instituição. Bolsista Fapesp. Membro do Grupo de Pesquisa GEPEDISC – Linha: Culturas Infantis (FE/UNICAMP), atuando principalmente nos seguinte temas: educação infantil, relações raciais e relações de gênero. Membro da gestão 2016-2018 do Fórum Paulista de Educação Infantil

JACQUELINE ARAUJO CORRÊA MENDES
Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES) (2000). Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Unimontes (2001) e Psicopedagogia pela Funorte (2002). Mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) (2007) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) (2015). Professora do Departamento de Educação da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).  Coordenadora do Projeto “Brinquedoteca: espaço de interação sociocultural no contexto da universidade”. Membro do Grupo de Pesquisa CNPq: Ludicidade, Didática e Práticas de Ensino – LUDIPE

JOSÉ VALDIR JESUS DE SANTANA
Mestre em Educação (UNEB) e Doutor em Antropologia Social (UFSCar). Professor Adjunto da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), do curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Relações Étnicas e Contemporaneidade. Tem experiência na área de Educação Escolar Indígena, Antropologia e Educação, Gestão na Educação, Educação e relações étnico-raciais, Fundamentos da Educação Infantil e Educação, Gênero e Sexualidade

MYRTES DIAS CUNHA
Mestrado em Educação (UFG) e Doutorado em Educação (UNICAMP). Professora Associada IV da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: cotidiano da escola, infâncias, crianças, educação infantil, anos iniciais do ensino fundamental, subjetividade, intersubjetividade e ensino-aprendizado

NILSON FERNANDES DINIS
Professor Associado do Departamento de Educação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação. Tem experiência nas áreas da Educação e Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: estudos de gênero, sexualidade e educação, pedagogia queer, currículo, mídia e educação, infância, produção da subjetividade, grupos minoritários de resistência, subjetividade e imaginário (literatura, teatro e cinema). É coordenador do grupo de pesquisa Diversidade em Educação

PAULA AMARAL FARIA
Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Uberlândia (2003), Especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela UNIMINAS (2006). Mestrado em Educação pelo PPGED/UFU (2014). Atua como Docente na Educação Infantil na Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia (ESEBA/UFU). Integrante do Grupo de Pesquisa em Processos de Significação dos Sujeitos e Espaço Escolar (GPPS). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Infantil

PAULO DE TÁSSIO BORGES DA SILVA
Mestre em Educação (UFS), Mestrando em Linguística e Línguas Indígenas pelo Museu Nacional (UFRJ) e Doutorando em Educação (PROPED/UERJ). Professor colaborador na Licenciatura Intercultural Indígena Tupinikim e Guarani e Professor Substituto na UERJ, Campus Maracanã nas disciplinas de “Currículo”, “Didática” e “Estágio Supervisionado”. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Escolar Indígena e Educação Indígena, atuando principalmente nos seguintes temas: interculturalidade, diferença, currículo, gênero, sexualidades, crianças e infâncias

PETERSON RIGATO DA SILVA
Pedagogo e Mestre em Educação pela Unicamp. Doutorando em Educação pela UNESP e Diretor de EMEI na cidade de Piracicaba-SP. Membro do grupo de pesquisa GEPEDISC –Linha: Culturas Infantis (FE/UNICAMP). Membro do Grupo de Pesquisa IMAGO (UNESP) e membro da gestão 2016-2018 do Fórum Paulista de Educação Infantil/MIEIB

REGINALDO SANTOS PEREIRA
Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC - 1998), Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU - 2008) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar - 2015). Professor Adjunto do Departamento de Ciências Humanas, Educação e Linguagem (DCHEL), da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação (PPGED/UESB), Linha de Pesquisa: Currículos e Práticas Educacionais. Líder do Grupo de Pesquisa CNPq: Infância, Educação e Contemporaneidade (GPIEC). Áreas de estudo: infâncias, currículo, avaliação, formação docente, estudos culturais e estudos pós-estruturalistas em educação

RITA DE CÁSSIA SOUZA NASCIMENTO FERRAZ
Mestre em Psicologia (UFU) e Doutora em Psicologia (UFBA). Professora Adjunta e coordenadora do Centro de Pesquisa e Estudos Pedagógicos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Tem experiência na área de Psicologia da Educação (Aprendizagem e Desenvolvimento), atuando principalmente nos seguintes temas: dificuldades de aprendizagem, violência na escola e educação infantil

SOLANGE ESTANISLAU DOS SANTOS
Mestre (UNESP) e Doutora em Educação (UNICAMP). Professora Adjunta do Centro de Educação da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Membro do Grupo de Pesquisa GEPEDISC – Linha: Culturas Infantis (FE/UNICAMP). Líder do GEPEECI – Grupo de Estudos e Pesquisas em Pedagogias e Culturas Infantis. Membro da gestão 2016-2018 do Fórum Paulista de Educação Infantil

TATIANE COSENTINO RODRIGUES
Mestre em Ciências Sociais e Doutora em Educação. Professora Adjunta do Centro de Ciências Humanas e Educação da UFSCar. Coordenadora do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da UFSCar. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas educacionais, relações raciais, diversidade, diferença, movimento negro, currículo e formação de professores