Capa do livro: POLÍTICAS EDUCACIONAIS, REPRESENTAÇÕES SOCIAIS E DOCÊNCIA NA INTERFACE COM A ESCOLA

POLÍTICAS EDUCACIONAIS, REPRESENTAÇÕES SOCIAIS E DOCÊNCIA NA INTERFACE COM A ESCOLA

Autores: Romilda Teodora Ens - Marciele Stiegler Ribas - Elizabeth Dantas de Amorim Favoreto (Orgs.)

livro impresso
de R$ 54,90 por
livro digital
de R$ 54,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Este livro traz no seu bojo valiosas contribuições que as pesquisas em rede entre Programas de Pós Graduação oferecem para a atualização dos debates da área da educação, possibilitado pelo confronto entre grupos nacionais e internacionais, pela cooperação acadêmica e pelo aperfeiçoamento do processo crítico.  Cada capítulo apresenta uma discussão atualizada, consistente e com análises significativas do contexto político educacional.
As discussões geradas por interesse em aprofundar análises sobre políticas educacionais e representações sociais voltam-se aos aspectos epistemológicos e metodológicos a elas relacionados. Essa obra se endereça, sobretudo, a todos aqueles interessados pelas pesquisas e experiências relativas às análises sobre como as políticas educativas são comprometidas direta ou indiretamente pelas políticas governamentais, sobre como os reflexos dessas políticas impactam a escola, a formação docente, e ainda como as representações sociais de práticas educativas vem sofrendo as influências dessas políticas.
Esse livro apresenta um panorama amplo das dificuldades políticas de governo que tem construído políticas educacionais com graves distorções, grandes equívocos e conduzido os professores a desconstrução de sua profissionalidade. As representações permitiram revelar o distanciamento do sujeito professor de sua identidade profissional, do aluno, e indicaram a importância de se construir novas perspectivas. 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1672-3
DOI: 10.24824/978854441672.3
Ano de edição: 2017
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 262
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

POLÍTICAS EDUCACIONAIS, REPRESENTAÇÕES SOCIAIS E DOCÊNCIA NA INTERFACE COM A ESCOLA

Autores

ANA PAULA DE MORAES SIQUEIRA
Graduada em Pedagogia e Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. Atualmente é professor da Faculdade Educacional da Lapa – FAEL e Professora dos anos iniciais da Educação Básica em escola da rede particular de ensino de Curitiba/PR. Realiza estudos na área de políticas de formação de professores, desenvolvimento profissional docente, formação continuada e sobre o programa PDE-PR Ao longo dos quatros anos de graduação realizou pesquisa de iniciação científica desenvolvendo projetos na área de formação de professores, trabalho e saúde docente. Membro do grupo de Pesquisa: Políticas, Formação do Professor, Trabalho Docente e Representações Sociais – POFORS, que integra a Cátedra UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed/FCC

CÉLIA SOUZA DA COSTA
Doutoranda vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), na linha de História e Políticas da Educação. Participa dos Grupos de Pesquisa Fundamentos Epistemológicos das Políticas Educacionais e a Problemática da Escola na Contemporaneidade e do Grupo Pensamento Educacional Brasileiro: História e Políticas. Bolsista Capes

EDINA DAYANE DE LARA BUENO
Mestranda em Educação pela (PUC/PR), na linha de pesquisa de história e política de educação. Participa do grupo de pesquisa Políticas, Formação de professor e Representações Sociais (POFORS), coordenado pela professora doutora Romilda Teodora Ens, vinculado ao Centro Internacional de Estudos em Representações Socais e Subjetividade e Educação (SIERS – Ed) da Fundação Carlos Chaga/FCC e a Cátedra da UNESCO sobre Profissionalização Docente . Participa do grupo de pesquisa Bioética e educação, na linha de pesquisa Bioética ciência e sociedade. Graduada em Pedagogia na PUC/PR em 2015, ao longo dos 4 anos de graduação realizou pesquisas de iniciação científica como bolsista do CNPQ em 2013 e 2014

ELIZABETH DANTAS DE AMORIM FAVORETO (ORGANIZADORA)
Doutoranda em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Habilitada em Língua Inglesa pela Universidade Federal do Paraná – UFPR (1994), possui graduação em Pedagogia (2007) e mestrado em Educação, ambos pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR (2013), na linha de pesquisa de História e Políticas da Educação com projetos de pesquisa relacionados às Políticas de Formação de Professores e as Representações do Trabalho Docente coordenado pela doutora e pesquisadora Romilda Teodora Ens. Atualmente é pesquisadora do grupo de pesquisa Políticas, Formação de Professores, Trabalho Docente e Representações Sociais na PUCPR (POFORS), que integra a Cátedra UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed/FCC. É autora de material didático, em inglês, para crianças

ELSA MARIA MENDES PESSOA PULLIN
Doutorado (1985) e Mestrado (1979) em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (IPUSP) e Pós- Doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (Escola de Educação e Humanidades). Pós Doutora pela Pontificia Universidade Católica do Paraná (2012). Graduada em Pedagogia, pela Faculdade Estadual de Filosofia Ciências e Letras de Londrina (1967). Exerce o cargo de Professor Associado na Universidade Estadual de Londrina (PR). Atua na graduação e no mestrado em educação. Consultora de fundações estaduais de ciência e tecnologia (Santa Catarina, Pernambuco e do Paraná). Parecerista de periódicos nacionais e internacionais (áreas de Psicologia e de Educação), e de eventos dessas áreas. Como docente, conta com vasta experiência acadêmica e administrativa junto a cursos de graduação e pós nas áreas de Psicologia e Educação. Membro do grupo de pesquisa: Políticas de formação do professor, trabalho docente e representações sociais (POFORS) na PUCPR, que integra a Cátedra da UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed (Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais, Subjetividade e Educação da Fundação Carlos Chagas). Temáticas de pesquisa: Linguagem e Educação; Representações Sociais e Educação. Leitura: estratégias e práticas de leitura

FLÁVIA BRITO DIAS
Doutoranda e Mestre em Educação – linha de pesquisa História e Políticas Educacionais pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Possui graduação em Letras – Português/Francês pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (1994). Especialista em Metodologia de Ensino Superior e Psicopedagogia Clínica e Institucional. Atualmente é Coordenadora do curso de Letras da Faculdade FAEL, professora no Colégio Bagozzi e Faculdades Santa Cruz. Tem experiência nas áreas de Letras e Educação. Membro do grupo de pesquisa: Políticas de formação do professor, trabalho docente e representações sociais (POFORS) na PUCPR, que integra a Cátedra da UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed (Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais, Subjetividade e Educação da Fundação Carlos Chagas

GEYSO DONGLEY GERMINARI
Doutor em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professor Adjunto e pesquisador do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Pós-Graduação em História, da Universidade Estadual do Centro-Oeste, campus Irati, na mesma instituição coordena o Laboratório de Ensino de História (LEHIS), também é pesquisador do Laboratório de Pesquisa em Educação Histórica (LAPEDUH), articulado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná

GILBERTO DOS SANTOS COUTO
Mestrando em Educação pela PUCPR, na linha de pesquisa História e Políticas. Participa do grupo de pesquisa História e Políticas da Educação e a Formação de Professores. Professor da rede municipal de Ensino de Curitba-PR. Bolsista Capes

JACQUES DE LIMA FERREIRA
Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – linha de pesquisa: Teoria e Prática Pedagógica na Formação de Professores. Mestre em Tecnologia em Saúde – Mestrado Interdisciplinar pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Especialista em Metodologia do Ensino de Biologia e Química pelo Centro Universitário Uninter. Licenciatura em Pedagogia pelo Centro Universitário Uninter. Licenciatura Plena em Biologia pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem experiência em Educação, com ênfase em Biologia da Educação, Metodologia do Ensino de Ciências e Biologia, Ensino e Aprendizagem, EAD, Ambiente Virtual de Aprendizagem, Meios Tecnológicos na ação Docente e mediação pedagógica. Atua principalmente nos seguintes temas: Formação de Professores, Tecnologias Educacionais, Metodologia da Pesquisa Científica, Análise de dados Qualitativos, Prática Pedagógica, Educação e Saúde e Atendimento Pedagógico ao escolar em tratamento de saúde. Atualmente, é professor da Universidade Positivo (UP) na Graduação e Pós-Graduação

JANIS HELEN VETTORAZZO
Mestranda em Educação e Novas Tecnologias pela UNINTER. Pós-graduação em Organização Pedagógica da Escola – Orientação Educacional – UNINTER (2013). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná (2010). Atualmente é pedagoga concursada – Secretaria Municipal de Araucária/PR. E em exercício da função de coordenadora do Programa Mais Educação em Escola Municipal de Araucária/PRPR. Com experiência na área de Educação em coordenadoria escolar

JAQUELINE NAGEL
Mestranda em Educação pela PUCPR, na linha História e Políticas da Educação. Participa do Grupo de Pesquisa Políticas, Formação do Professor e Representações Sociais (POFORS) vinculado ao Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais e Subjetividade Educação (CIERS-ed) da Fundação Carlos Chagas/FCC e à Cátedra da Unesco sobre Profissionalização Docente coordenado pela professora doutora Romilda Teodora Ens. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná (2008). Especialista em Educação infantil pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2010) e em Gestão e Educação Ambiental pela SPEI (2012). Atua como professora e pedagoga da Rede Municipal de Ensino de Curitiba na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental

JORGE GOROSTIAGA
PhD en Análisis Social y Comparado de la Educación por la University of Pittsburgh – EEUU. Profesor Titular de la Universidad Nacional de San Martín (UNSAM), Profesor de Posgrado en la Universidad Torcuato Di Tella e Investigador Adjunto del Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), Argentina. Miembro del Consejo Académico de la Red Latinoamericana de Estudios Epistemológicos en Política Educativa (ReLePe)

JOSÉ LUIS OLIVEIRA
Doutorando e Mestre em Educação e Graduado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná na linha de Pesquisa: História e Políticas da Educação. É membro do grupo de pesquisa Políticas, Formação do Professor, Trabalho Docente e Representações Sociais (POFORS). Participa do Projeto de Pesquisa: Políticas de Formação de Professores, Representações Sociais sobre inserção, Trabalho Docente e Profissionalização no Espaço Escolar na PUCPR, que integra o projeto sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed (Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais, Subjetividade e Educação da Fundação Carlos Chagas), além de desenvolver pesquisas em políticas educacionais e educação em direitos humanos. Bolsista Capes / Fundação Araucária

LEILA CLEURI PRYJMA
Doutora em Educação pela UNESP – Presidente Prudente, Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Londrina, graduada em Letras, com especialização em Gestão Escolar, Psicopedagogia Escolar, Clínica e Institucional. Atualmente, trabalha como docente do Instituto Federal do Paraná – Campus Pitanga. Membro do grupo de pesquisa: Políticas de formação do professor, trabalho docente e representações sociais (POFORS) na PUCPR, que integra a Cátedra da UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed (Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais, Subjetividade e Educação da Fundação Carlos Chagas). Coordenadora do Grupo de Pesquisa: Subjetividade, Identidade e Representação Social no Instituto Federal do Paraná. Professora de Português de Ensino Médio, faculdades, cursos preparatórios para concursos. Professora de Especialização. Ampla experiência na área da Educação, com ênfase em Leitura, Produção de Texto e Metodologia da Ação Docente. Atuando principalmente nos seguintes temas: análise linguística, treinamento de docentes, processo de ensino aprendizagem, elaboração de questões, técnicas e formação de docentes, correção de redação de vestibular

MARCIELE STIEGLER RIBAS (ORGANIZADORA)
Doutoranda em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Mestrado em Educação (2013) pela mesma instituição. Especialista em Formação Pedagógica do Professor Universitário pela PUCPR (2006). Graduada em Pedagogia, pela Universidade Federal do Paraná – UFPR (2005). Membro do grupo de pesquisa Políticas, Formação de Professores, Trabalho Docente e Representações Sociais na PUCPR (POFORS), que integra a Cátedra UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed/FCC. Bolsista CAPES/Fundação Araucária

MARIA DE FÁTIMA BARBOSA ABDALLA
Doutora em Educação, FEUSP/SP, e pós-doutora em Psicologia da Educação, PUC/SP, professora e pesquisadora da pós-graduação stricto sensu em Educação da Universidade Católica de Santos/UNISANTOS. Pesquisadora Associada da Fundação Carlos Chagas, participando do Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais e Subjetividade-Educação/CIERS-Ed, e pesquisadora do Núcleo de Pesquisa da Associação Nacional pela Formação dos Profissionais em Educação/NUPANFOPE. Coordenadora do Núcleo de Pesquisa Parfor/NPP, do Projeto OBEDUC/CAPES e do Grupo de Pesquisa “Instituições de Ensino, Políticas e Práticas Pedagógicas”/CNPq

MARIA DE LOURDES S. ORNELLAS
Graduada em Pedagogia e Psicologia com Licenciatura e Bacharelado pela Universidade do Estado da Bahia (UFBA), mestrado e doutorado em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e pós-doutorado pela Universidade de São Paulo. Psicanalista. Professora titular da Universidade do Estado da Bahia e líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicanálise e Educação e Representação Social – GEPPE-rs -, do PPGEduC, na UNEB, que abriga duas linhas de pesquisa: Psicanálise e Educação e Educação e Representação Social. Tem parceria com o LEPSI – Lugar de Vida – USP. Participa como pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa de Representações Sociais em Educação da PUC/SP , vinculado ao Centro Internacional de Estudos em Representação Social – CIERS-ed da Fundação Carlos Chagas – FCC. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisas em Análise do Discurso da Universidade Católica do Salvador – UCSAL. É Coordenadora do NEARS – Núcleo de Estudos em Representação Social e Afeto na Educação. Membro da Associação de Psicanálise da Bahia

PAOLA ANDRESSA DOS REIS OSTROVSKI OLIVEIRA
Graduada em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Membro do grupo de pesquisa: Políticas de formação do professor, trabalho docente e representações sociais (POFORS) na PUCPR, que integra a Cádetra da UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed (Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais, Subjetividade e Educação da Fundação Carlos Chagas)

PAULO EDUARDO DIAS DE MELLO
Doutor e Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Possui graduação em Bacharelado e Licenciatura em História (1989) pela Universidade de São Paulo (USP); em Licenciatura em Pedagogia (1992) pela Universidade de Guarulhos. Atuou como docente da Educação Básica pública; na Educação Superior privada; na Formação Continuada de Professores; e no Ministério da Educação (MEC) como consultor na área de Currículo, Materiais e Livros Didáticos e Educação de Jovens e Adultos. A produção atual está em torno da área de Educação de Jovens e Adultos, Livros Didáticos, Currículos, Formação de Professores e Ensino de História. Atualmente é docente adjunto da Universidade Estadual de Ponta Grossa/PR – UEPG e Diretor do Museu Campos Gerais

ROMILDA TEODORA ENS (ORGANIZADORA)
Doutora em Educação pela PUC-SP. Atualmente, é professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Stricto Sensu da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e pesquisadora associada da Fundação Carlos Chagas. Lidera o grupo de pesquisa Políticas, Formação de Professores, Trabalho Docente e Representações Sociais (POFORS) na PUCPR, que integra a Cádetra da UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed (Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais, Subjetividade e Educação da Fundação Carlos Chagas). Atua e desenvolve pesquisas em políticas educacionais, formação de professores, profissionalização docente e representações sociais

SANDRA MARA DE LARA
Mestranda em Educação e Graduada em Pedagogia (2016) pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. Membro do grupo de pesquisa: Praxis Educativa – Dimensões e Processos. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, processos formativos, qualidade na educação básica, projeto e aprendizagem

SUELI PEREIRA DONATO
Doutora e Mestre em Educação e Graduada em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR na linha de Pesquisa: História e Políticas da Educação. Professora do Curso de Pedagogia da PUCPR. Membro do grupo de pesquisa Políticas, Formação de Professores, Trabalho Docente e Representações Sociais na PUCPR (POFORS), que integra a Cátedra UNESCO sobre Profissionalização Docente, coordenada pelo CIERS-ed/FCC. Atualmente é professora do Curso de Pedagogia da PUCPR