Capa do livro: COMPLEXIDADE E EDUCAÇÃO:<br>diálogos epistemológicos transformadores

COMPLEXIDADE E EDUCAÇÃO:
diálogos epistemológicos transformadores

Autores: Ettiène Guérios - Fernanda Hellen R. Piske - Ana Maria Soek - Eloiza Jaguelte Silva (Orgs.)

livro impresso
de R$ 62,90 por
livro digital
de R$ 62,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Diálogo, Complexidade, Educação e Transformação são eixos estruturantes dessa obra. Partimos do pensar sobre um futuro ético, com o qual temos expectativa e esperança, refletimos sobre o sentido de educar e apresentamos indicadores, princípios e desafios do pensamento complexo. Os capítulos têm em comum discussões que apontam para um fazer educativo diferenciado que busque a superação engessante dos paradigmas estatizantes do fazer docente e a persistência por apontar caminhos possíveis, num momento em que a educação é marcada por imensos desafios de diferentes naturezas. O estudo sobre a complexidade e seus fundamentos nos faz pensar que a necessária transformação da educação está vinculada à transformação do pensamento. Por isso, os autores discutem sobre relações existentes entre pensamento complexo, diferentes perspectivas teóricas, atividade cotidiana de educadores, experiência docente e formação do Ser. Entendemos que a diversidade representada nessas discussões, debate antagonismos existentes entre passado e futuro, próximo e distante, pontual e global, visando ampliar diálogos teóricos em perspectiva epistemológica com vistas à transformação do pensar, do ser e, consequetemente, do agir. Esperamos que os diálogos epistemológicos entre complexidade e educação, de fato, sejam transformadores. Transformadores do Ser que somos e, consequentemente, do nosso processo de desenvolvimento profissional no decorrer dos tempos, que por sua vez transformam seus espaços educativos, que transformam crianças e jovens, que transformam a sociedade, que transformam...

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1765-2
DOI: 10.24824/978854441765.2
Ano de edição: 2017
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 314
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

COMPLEXIDADE E EDUCAÇÃO:<br>diálogos epistemológicos transformadores

Autores

ANTÓNIO NÓVOA
Professor Titular- Catedrático e reitor honorário da Universidade de Lisboa. É doutor em Ciências da Computação na Universidade de Genebra e em História Moderna e Contemporânea na Universidade Paris Sorbone.  É Doutor Honoris Causa pela Universidade de Algarve desde Maio de 2015. Atuou em instituições em diferentes países, tais como em Espanha, Suiça, Brasil, Paris, Estados Unidos, Reino Unido e outros. Possui vasta produção acadêmica publicada em 12 países

ANA MARIA SOEK
Professora substituta do Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná - UFPR. Doutoranda em Educação na Linha de Pesquisa de Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano (PPGE/UFPR). É Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR - 2009). Possui Especialização em Tutoria em Educação à Distância (2008); Organização do Trabalho Pedagógico (UFPR - 2007); Neuropsicologia (2006). Graduação em Pedagogia (UFPR - 2004). Autora e Editora de Livros Didáticos e Paradidáticos e Conteúdo Educativo Digital para Editora Interativa. Foi uma das autoras e responsável pela edição final do livro “Um dedo de prosa” material didático usado no Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos do Estado do Paraná, foi pedagoga da Rede Estadual de Ensino, atuando no Departamento de EJA, no Estado do Paraná, agraciada nesse Período com a “Medalha Paulo Freire”. Autora organizadora da Coletânea de Livros “Mediação Pedagógica na Educação de Jovens e Adultos”, com 4 títulos aprovados pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola - Formação de Professores - PNBE/FNDE (2010), distribuído nacionalmente pelo Ministério da Educação. Editora da “Coleção Diversidade EJA” - da Alfabetização ao Ensino Médio, todas as disciplinas, lançada pela Editora Positivo

ANA PAULA CAETANO
Professora Associada no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Possui licenciatura em Psicologia, mestrado em Ciências da Educação, área de especialização em Psicologia da Educação e doutoramento em Ciências da Educação, especialidade de Formação de Professores, pela Universidade de Lisboa. Atua como docente, nomedamente na licenciatura em Educação e Formação, nos mestrados de Educação e Formação – area de Desenvolvimento Social e Cultural e nos doutoramentos de Educação Artística e de Educação – áreas de Formação de Professores, de Psicologia da Educação, bem como no doutoramento Migrações, da Univeridade de Lisboa. Coordena a Área de Investigação e Ensino Currículo, Formação de Professores e Tecnologia e o grupo Currículo e formação de Professores. Tem participado em projetos nacionais e internacionais nas áreas do currículo e formação de professores e em problemáticas interdisciplinares, com destaque para as questões do desenvolvimento profissional, ética, cidadania, mediação socioeducativa, cyberbullying e interculturalidade na educação. A investigação sobre estas problemáticas está na origem de artigos científicos e capítulos de livro publicados em língua portuguesa, espanhola, francesa e inglesa

ARACI ASINELLI DA LUZ
Professora associadA na Universidade Federal do Paraná. Possui graduação em História Natural pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Especialização em Ensino de Ciências, em Psicodrama Pedagógico e em Prevenção da Violência Doméstica contra criança e adolescente, Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná, e Doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo. Atua no Departamento de Teoria e Prática de Ensino, no Programa de Pós Graduação em Educação (Acadêmico) e no Programa de Pós Graduação em Educação: Teoria e Prática de Ensino (Profissional). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em prevenção do abuso de drogas, gênero e sexualidade, prevenção da violência contra a criança e o adolescente, educação socioambiental, educação em direitos humanos e cultura da paz. É a atual secretária regional da SBPC no Paraná e foi membro do Conselho e do GT Educação da SBPC. Foi membro da Comissão da Infância e da Adolescência da OABPR(2011-2012); foi membro do Conselho Curador da Fundação Educacional Meninos e Meninas de Rua Profeta Elias; é membro do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, pela UFPR e membro do Comitê do PRONEA, pela SBPC. Participa dos seguintes Núcleos e Grupos de Pesquisa: Educação, Ambiente e Sociedade (NEAS); Diversidades e Educação; Prevenção de Drogas na Escola. Núcleo Interdisciplinar de Enfrentamento das Dependências Químicas da UFPR- NIED, NEPS - Núcleo de Estudos de Pedagogia Social da UFPR e Grupo de Pesquisa Pedagogia, Complexidade e Educação

CELSO JOSÉ MARTINAZZO
Professor titular na Universidade Regional do Noroeste do Rio Grande do Sul, UNIJUÍ /RS. Possui Licenciatura em Filosofia e Pedagogia, especialização em Orientação Educacional, Mestrado em Educação pale Universidade Federal de Santa Maria, Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Pós-doutorado, com bolsa da Capes, na Uminho/Portugal. É Membro do Banco de Avaliadores do Sinaes/Inep. Atua no Departamento de Humanidades e Educação e no Programa de Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências da Unijuí. Integra o grupo de pesquisa Teorias Pedagógicas e Dimensões Éticas e Políticas na Educação, com subprojeto: complexidade e educação escolar. Autor dos livros A utopia de Edgar Morin: da complexidade à concidadania planetária (2002) e Pedagogia do Entendimento Intersubjetivo: razões e perspectivas para uma racionalidade comunicativa na Pedagogia (2005). Autor de capítulos e organizador dos livros: Teoria da complexidade e educação: conexões e confluências (2007); Estágio de docência na graduação: o desafio da formação de professores (2008); Educação escolar e outras temáticas: ensaios do pensar complexo (2009); A complexidade e a pluralidade do conhecimento (2013); O Curso de Pedagogia da Unijuí e suas interfaces (2015) e A educação escolar em um mundo complexo e multicultural (2016), pela Editora Unijuí/Ijuí

DEISE LEANDRA FONTANA
Professora com Dedicação Exclusiva no Instituto Federal do Paraná, Campus Curitiba. Possui Licenciatura em Matemática, Especialização em Matemática e Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná. Doutoranda em Educação no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná. Atua nos seguintes Grupos de Pesquisa registrados no Diretório do CNPq: “Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano”, “Ensino e Aprendizagem de Ciências e Matemática”, “Estudos e Pesquisas Pedagogia, Complexidade e Educação”. Tem experiência na área de educação e ensino de matemática. Atua principalmente nos seguintes temas: educação matemática e didática

EDMÁRCIA MANFREDIN VILA
Professora Assistente na Universidade Estadual de Londrina, Paraná. Possui graduação em Psicologia pela Universidade Estadual de Londrina e mestrado em Educação Especial (Educação do Indivíduo Especial) pela Universidade Federal de São Carlos. É doutoranda no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná. Atua no Departamento de Psicologia Geral e Análise do Comportamento. Atua no Grupo de Pesquisa registrado no CNPq intitulado “Alternativas de atendimento psicológico na Análise do Comportamento” na linha de pesquisa: Análise do Comportamento: metodologia e tecnologia de intervenção em diferentes contextos. Tem experiência na área de Psicologia Comportamental Aplicada ao contexto clínico e educação, com ênfase em Tratamento e Prevenção Psicológica, atuando principalmente nos seguintes temas: psicoterapia analítico comportamental com populações com diferentes queixas; intervenção em grupo no contexto clínico e educacional; Treinamento de Habilidades Sociais (THS), com ênfase em Análise Funcional e desenvolvimento de práticas parentais positivas. Endereço: Universidade Estadual de Londrina (UEL), Departamento de Psicologia Geral e Análise do Comportamento

ELOIZA JAGUELTE SILVA
Gerente Editorial da Editora OPET/SEFE. Possui Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná. Pós-Graduação em Administração Escolar pela FAE. Possui Curso de Extensão em Produção Editorial pela UNESP/NEaD. Concluiu a disciplina de mestrado Complexidade, Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano pela Universidade Federal do Paraná. Atua na Editora OPET no Departamento Editorial na produção de livros didáticos para a Educação Infantil, Ensino Fundamental Anos Iniciais e Anos Finais e Ensino Médio

ESTELA ENDLICH
Professora e Pedagoga da Rede Municipal de Ensino de Curitiba há 24 anos. Possui Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná, Especialização em Tecnologias Aplicadas à Educação e Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná, na linha Cultura, escola e ensino. Atua como gerente de Tecnologias e Mídias Digitais no Departamento de Desenvolvimento Profissional da Secretaria Municipal da Educação. Membro do grupo de pesquisa Educação, Pedagogia e Complexidade. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em tecnologias e mídias digitais na educação. Atua principalmente nos seguintes temas: formação continuada de professores, integração das tecnologias e mídias digitais no processo ensino-aprendizagem, atuação do pedagogo e as tecnologias e mídias digitais

ETTIÈNE GUÉRIOS
Professora Titular na Universidade Federal do Paraná. Possui Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Pedagogia, Especialização em Metodologia do Ensino nas Séries Iniciais e mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná. Possui doutorado em Educação Matemática pela Universidade Estadual de Campinas. Atua no Departamento de Teoria e Prática de Ensino, no Programa de Pós Graduação em Educação (Acadêmico) e no Programa de Pós Graduação em Educação: Teoria e Prática de Ensino (Profissional). Membro da coordenação do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Professores que ensinam Matemática. (NEPPREM). Atua nos seguintes Grupos de Pesquisa registrados no Diretório do CNPq: “Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano”, “Ensino e Aprendizagem de Ciências e Matemática”, “Estudos e Pesquisas Pedagogia, Complexidade e Educação”. Coordena o SubProjeto PIBID Interdisciplinar Pedagogia e Matemática. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Matemática e em Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano. Atua principalmente nos seguintes temas: cognição e aprendizagem, pensamento complexo, Educação Matemática com ênfase na formação inicial e continuada de professores, didática e metodologia em todos os níveis de ensino

EVERTON RIBEIRO
Professor do Instituto Federal do Paraná, Campus Jacarezinho, estado do Paraná.  Bacharel em Artes Cênicas e Licenciado em Teatro pela Faculdade de Artes do Paraná . Especialista em Estética e Filosofia da Arte pela Universidade Federal do Paraná e em História, Arte e Cultura pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Centro-Oeste na linha de pesquisa Educação, Cultura e Diversidade. Coordenador do Curso de Arte Dramática. Detem o Reconhecimento de Saberes e Competências da Carreira de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, em nível de Doutorado. Possui registro profissional de artista nas funções de ator, diretor teatral, figurinista, maquiador e palhaço (DRT 23511). Tem experiência no magistério do ensino básico, técnico e superior. Concentra pesquisas na Pedagogia do Teatro e na Educação Preventiva, atuando principalmente nos seguintes temas: metodologias do ensino de teatro, drama como experiência, práticas interpretativas, processos de criação, diversidade nos processos educativos, formação de professores e diversidade sexual. Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná, na linha de pesquisa Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano

FERNANDA HELLEN RIBEIRO PISKE
Professora da Rede Municipal de Educação em Curitiba, estado do Paraná. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná e em Tecnologia em Comércio Exterior pela Faculdade de Tecnologia Internacional de Curitiba. Especialista em Educação Especial e Educação Inclusiva pelo Centro Universitário Internacional Uninter, Mestre em Educação e Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Paraná. Mmebro do Grupo de Pesquisa: Criatividade e Altas Habilidades/Superdotação. Apresenta suas pesquisas científicas em congressos e eventos com temas relacionados à Criatividade, Afetividade, Desenvolvimento socioemocional, Formação de professores, Direitos humanos, Educação Especial, principalmente com referência à área de Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD). Organizadora dos livros: “Criatividade na Escola: o desenvolvimento de potencialidades, Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD) e talentos”; “Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD): Criatividade e Emoção”; “Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD) e Criatividade: identificação e atendimento”. Atualmente está realizando Doutorado sanduíche na Universidade Purdue, em West Lafayette, nos Estados Unidos, com foco na área da Criatividade no ensino de superdotados

HELOISA HELENA MODTKOSKI
Professora de Ensino Superior na ESIC Business & Marketing School (ESIC Faculdade Internacional) e professora de Matemática para o Ensino Médio no Colégio ESIC Internacional. Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Paraná, Bacharelado em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário Franciscano do Paraná  (FAE), Mestre e Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Paraná. É membro dos seguintes Grupos de Pesquisa registrados no Diretório do CNPq: “Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano”, “Ensino e Aprendizagem de Ciências e Matemática”, “Estudos e Pesquisas Pedagogia, Complexidade e Educação”.  At nos seguintes temas: cognição e aprendizagem, pensamento complexoe formação de professores que ensinam matemática

IZABEL PETRAGLIA
Professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Administração e do Programa Profissional em Administração - Governança Coorporativa - do Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, em São Paulo. Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Psicologia pela Universidade Paulista, mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo e Pós-doutorado pelo Centro Edgar Morin (antigo CETSAH - Centro de Estudos Transdisciplinares Sociologia, Antropologia e História) da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais - EHESS, em Paris, França (2001). É líder do GEPEC - Grupo de Estudos e Pesquisas em Complexidade, membro do Grupo de pesquisas em Organizações Competitivas, da UniFMU e, pesquisadora permanente do COMPLEXUS - Núcleo de Estudos da Complexidade, da PUC/SP. É autora de diversos livros, tais como: Interdisciplinaridade: o cultivo do professor (Pioneira/Edusf, 1993); ?Olhar sobre o olhar que olha?: complexidade, holística e educação (Vozes, 2001), Edgar Morin: ética, cultura e educação, organizado em parceria com Alfredo Pena-Vega e Cleide Almeida (Cortez, 4ª edição, 2011); Edgar Morin: a educação e a complexidade do ser e do saber (Vozes, 13ª edição, 2011); Estudos de complexidade; Estudos de complexidade 2; Estudos de Complexidade 3; Estudos de Complexidade 4; Estudos de Complexidade 5, organizados com Cleide Almeida (Xamã, 2006, 2008, 2009, 2010 e 2012) e Pensamento Complexo e Educação (Livraria da Física Editora, 2013). Tem experiência em gestão universitária e em pesquisa em Ciências Humanas e Sociais, com ênfase nos seguintes temas: Educação e Complexidade, Transdisciplinaridade, Edgar Morin, Complexidade nas Organizações, Organizações de Aprendizagem e, Pensamento Complexo

MARIA APARECIDA FLORES DE CINTRA VASCONCELOS
Professora, coordenadora pedagógica e supervisora escolar, no ensino da rede pública de educação da Prefeitura do Município de São Paulo (1976/2003)..Possui graduação em Psicologia, Bacharelado e Formação de Psicólogo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, graduação em Pedagogia pela Universidade Nove de Julho com habiitação em Orientação Educacional e Supervisão Escolar pelas Faculdades Farias Brito. Possui Especialização em Psicopedagogia pela Faculdade Mozarteum de São Paulo, Mestrado em Educação pela Universidade Nove de Julho na seguinte temática: contos de fada, educação, educação complexa, transdisciplinaridade, e a importância dos contos de fada no processo ensino-aprendizagem. Em 2003/2009 atuou como docente do Ensino Superior, ministrando aulas referentes às disciplinas pedagógicas na Faculdade Paulista de Artes. Em 2009/2011 participou como mestranda na linha de pesquisa em Educação e Complexidade da Universidade Nove de Julho. É pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Complexidade, CNPq

MARIA DA CONCEIÇÃO DE ALMEIDA
Professora Titular do Departamento de Fundamentos e Políticas da Educação do Centro de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Graduação em Sociologia e Politica pela Fundação Jose Augusto, Mestre em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Coordenadora do Grupo de Estudos da Complexidade, primeiro ponto brasileiro da Cátedra itinerante Unesco;Edgar Morin na UFRN. Colaboradora e consultora da Multiversidad Mundo Real Edgar Morin. Membro da Cátedra itinerante Unesco ;Edgar Morin- Universidad Del Salvador/Instituto Internacional para o Pensamento Complexo. Membro da Associação Internacional para o Pensamento Complexo. Membro do Comitê Científico Internacional - Universidad de Valladolid. Membro do Conselho Editorial das revistas: Famecos - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Cronos - Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais- UFRN; Educação em Questão - PPGEd/UFRN. Coordenadora da Coleção Baobá e Coleção Saberes da Tradição. Tutora de Doutorado de Pós-Grade em Educação com Enfoque em Complexidade e Transdisciplinaridade na Escuela Militar de Ingenieria nas cidades de Santa Cruz de La Sierra, Cochabamba e La Paz. Tem experiência na área de antropologia e complexidade, com ênfase em Epistemologia, atuando principalmente nos seguintes temas: complexidade, educação, cultura, ciência e conhecimento

MARIA DE FATIMA MINETTO
Professora Adjunta da Universidade Federal do Paraná.  Possui  graduação em Psicologia pela Universidade Tuiuti do Paraná, graduação em Educação Artística pela Faculdade de Artes do Paraná, Especialização em Educação Especial e Mestrado em Educação e Universidade Federal do Paraná e Doutorado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atua no Departamento de Teoria e Fundamentos da Educação e no Programa de Pós Graduação em Educação. Atua no Grupo de Pesquisa registrado no Diretório do CNPq: “Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano”. É pesquisadora no Laboratório de Estudos sobre Atenção e Estimulação Precoce de Bebês (LABEBÊ), o qual conta com a parceria de pesquisadores do Grupo de Investigación en Atención Temprana, da Universidade de Murcia, Espanha. É membro da equipe interdisciplinar do Ambulatório a Síndrome de Down do Hospital de Clinicas desde 1997. Atua principalmente nos temas: família e escola, prevenção e promoção do desenvolvimento e educação de crianças com necessidades especiais, praticas educativas parentais, inclusão escolar e suas interfaces, intervenção precoce. Coordena um Programa de Atenção a Criança com Risco Estabelecido - PRACRIANÇA. É autora do livro: O currículo na escola inclusiva: entendendo esse desafio. Editora InterSaberes, dentre outros materiais didático-pedagógico, artigos e capítulos de livros

MARIA JIMENA SARMIENTO BOLANOS
Possui graduação em Psicología - Universidad del Bosque-Colombia (2004) e mestrado em Diagnostico y Rehabilitación Neuropsicologica - Benemérita Universidad Autónoma de Puebla, México (2009). Doutoranda da Universidade Federal de Paraná (Brasil) na linha de pesquisa Cognição, aprendizagem e desenvolvimento humano. Sua pesquisa atual se baseia no desenvolvimento da empatia por meio de técnicas de meditação. Tem experiência na área da Neuropsicologia, com ênfase em Reabilitação Neuropsicológica Infantil e do adulto jovem, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, reabilitação neuropsicológica, desenho, aprendizagem, desenvolvimento, cognição e aprendizagem, Ioga e Mindfulness

MARILDA APARECIDA BEHRENS
Professora Titular da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Possui Graduação em Pedagogia-Orientação Educacional, pela Universidade Federal do Paraná, Graduação em Pedagogia Supervisão Escolar pela Universidade Federal do Paraná, Mestrado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Doutorado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como docente no Programa de Pós-Graduação- Mestrado e Doutorado em Educação e no Curso de Pedagogia. Exerceu por vinte anos funções na gestão superior da PUCPR. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Superior, Docência universitária, Formação de professores, Prática pedagógica, Paradigmas e Metodologias inovadoras. Coordena os Grupos de pesquisa registrados no Diretório do CNPQ- PEFOP- Paradigmas Educacionais e Formação de Professores e atua como vice coordenadora no grupo PRAPETEC-Prática Pedagógicas com Tecnologias. Coordena uma REDE de Pesquisa em Formação de professores num paradigma da complexidade, que agrega a Pontifícia Universidade Católica do Paraná, a Universidade Federal do Paraná, a Universidade do Porto-Portugal, a Universidade de Lisboa-Portugal e a Universidade do Minho-Portugal

RAFAELI CAPPELLARO KOBREN
Realiza Avaliação Diagnóstica Psicoeducacional na Prefeitura Municipal de Curitiba. Possui Bacharelado em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná, Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Castelo Branco, Especialização em Educação Especial pelo Instituto Brasileiro de Pós Graduação e Extensão (IBPEX) e especialização em Gestão Escolar: Orientação e Supervisão pela Universidade Castelo Branco. Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná na linha de pesquisa Cognição Aprendizagem e Desenvolvimento Humano. Experiência como psicóloga pedagoga e professora na Educação Infantil, no Ensino Fundamental, e em Escola Especial. Atuou como Psicóloga no Centro Psiquiátrico Metropolitano, no Hospital Evangélico e em consultório particular. Também atuou no Núcleo Regional de Educação como suporte à Inclusão dos Centros Municipais de Educação Infantil da Prefeitura Municipal de Curitiba. Atua como pedagoga avaliadora no Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado Arlete Procotte

RICARDO ANTUNES DE SÁ
Professor Associado da Universidade Federal do Paraná. Possui Licenciatura em Pedagogia e Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná e Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Atua no Departamento de Planejamento e Administração Escolar no Programa de Pós Graduação em Educação (Acadêmico) e no Programa de Pós Graduação em Educação: Teoria e Prática de Ensino (Profissional). É líder do Grupo de Estudos e Pesquisa Pedagogia, Complexidade e Educação - UFPR - CNPq. É membro do Grupo de Pesquisa de Formação Docente, Currículo e Práticas Pedagógicas: paradigmas contemporâneos - UFPR - (CNPq). É membro do Grupo de Pesquisa Paradigmas Educacionais e Formação de Professores - PUC-PR - (CNPq). Estuda e orienta os seguintes temas: Epistemologia da Pedagogia, Formação e Prática do Pedagogo; Epistemologia do Pensamento Complexo; Prática Pedagógica e as Tecnologias e Mídias Digitais na Escola; Educação a Distância; Cibercultura e Práticas Pedagógicas

SONIA MARIA CHAVES HARACEMIV
Professora Associada da Universiodade Federal do Paraná. Possui Licenciatura e Bacharelado em Química pela PUC-Paraná, Mestrado em Educação e Ciências pela UFSC, Doutorado em História e Filosofia da Educação pela PUC-SP e Pós-Doutorado em Currículo e Avaliação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO. Atua no Departamento de Teoria e Prática de Ensino, no Programa de Pós Graduação em Educação (Acadêmico) e no Programa de Pós Graduação em Educação: Teoria e Prática de Ensino (Profissional). Coordena a Pesquisa Vozes do Cárcere-Sistema Penal do Paraná. Pesquisadora do Grupo de Estudos Pesquisa de Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano. Coordena o Projeto de Pesquisa Vozes do Cárcere - Paz e não violência em busca de um novo modelo de gestão penal. Pesquisadora do Grupo de Estudos Pesquisa de Avaliação e Currículo - UNIRIO. Pesquisadora CNPq no Projeto Fundamentos e Autores Recorrentes do Campo da Educação de Jovens e Adultos no Brasil: a construção de um glossário eletrônico. Integrante do Projeto Educação em Direitos Humanos: Educação básica: ensino e formação docente, coordenado por Ana Maria Dietrich da Universidade Federal do ABC de São Paulo. Temas em que atua: Educação de Jovens, Adultos e Idosos no espaço da escola de Educação Básica, Prisões e CENSEs. Educação a Distância

TANIA STOLTZ
Professora Associada da Universidade Federal do Paraná. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Tuiuti do Paraná e  em Educação Artística pela Faculdade de Educação Musical do Paraná, mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná, doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, pós-doutorado pelos Archives Jean Piaget, em Genebra, Suíça  e pós-doutorado pela Alanus Hochschule, Alemanha (2011-2012). Coordenou o acordo de cooperação científica entre a Universidade Federal do Paraná e os Archives Jean Piaget, em Genebra, na Suíça (2003-2008). Coordena o acordo de cooperação científica entre a Universidade Alanus, em Alfter, Bonn (Alemanha) e a Universidade Federal do Paraná. Atua no Departamento de Teoria e Fundamentos da Educação e no Programa de Pós Graduação em Educação. Membro do Board of Directors da Jean Piaget Society, EUA, gestão 2016-2019. Tem experiência na área da Educação, com ênfase em Psicologia da Educação, atuando como orientadora de dissertações e teses voltadas às discussões em torno dos pensamentos de Jean Piaget, Rudolf Steiner e Lev Vygotsky. Bolsista produtividade do CNPq

UBIRATAN D´AMBROSIO
Professor Emérito da Universidade Estadual de Campinas/UNICAMP, Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da UNIAN (Universidade Anhanguera de São Paulo) e nos programas de pós-graduação em Educação Matemática da Faculdade de Educação da USP/Universidade de São Paulo, da UNESP/Universidade Estadual Paulista/Rio Claro e em História da Ciência da  PUCSP/Pontifícia Universidade Católica SP. É Doutor em Matemática pela Universidade de São Paulo. Foi internacionalmente agraciado com a “Medalha Felix Klein” (Educação Matemática/ICMI/IMU), com a “Medalha Kenneth O. May” (História da Matemática/ICHM/IMU) e o “International Mathematics Education Achievement Award” do Teachers College Program in Mathematics da Columbia University, New York. É “fellow” da AAAS/American Association for the Advancement of Sciences e do IMA/Institute of Mathematics and Its Applications. Membro da International Academy of the History of Science, da ACIESP/Academia de Ciências do Estado de São Paulo e Correspondiente da Academia Nacional de Ciencias Exactas, Físicas y Naturales da Argentina. Atualmente

WESLEY CORREA
Psicólogo na área clínica, educacional e social. Docente para cursos de Graduação, Pós-Graduação e Formação Continuada. Possui graduação em Psicologia pela Faculdade Evangélica do Paraná (FEPAR) e Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) na linha de pesquisa em "Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano". Compõe a equipe de Conciliadores e Mediadores credenciados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), atuando no Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) do Fórum Civil de Curitiba. Desenvolve trabalhos essencialmente com as temáticas: sistemas familiares, práticas educativas, desenvolvimento infantil, necessidades especiais, intervenção precoce, inclusão escolar, prevenção de violência doméstica e mediação de conflitos