Capa do livro: PRÁTICAS E PESQUISAS NO CAMPO DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

PRÁTICAS E PESQUISAS NO CAMPO DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

Autores: Celia Finck Brandt - Ettiène Guérios (Orgs.)

livro impresso
de R$ 57,90 por
livro digital
de R$ 57,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Esta obra, mais que a partilha de produções e das discussões do XIII EPREM, retrata um profícuo diálogo de profissionais, educadores e pesquisadores comprometidos profundamente com a apreensão e a compreensão dos complexos processos de aprendizagens matemáticas. [...] Temos o privilégio da publicação desta obra voltada aos professores, educadores e pesquisadores, sensibilizados com o desafio epistemológico e metodológico do aprender matemática que, na diversidade de temas e questões do campo da Educação Matemática, articula e aprofunda o debate, encarando questões fundantes da pesquisa científica, mas com os olhos voltados aos alunos e seus professores e com os pés no chão da escola. [...] É com a postura investigativa do educador matemático (presente e atuante na educação básica, assim como nas universidades) que teremos, cada vez mais, consolidado o casamento do curso superior com a educação básica, fazendo com que assumamos cada professor como um permanente investigador de suas práxis, voltando seus olhares para os processos de aprendizagem matemática de todas as nossas crianças e de todos os nossos jovens. Para tanto, em muitos dos capítulos, a obra traz desejável e necessária contribuição teórico-epistemológica para a melhor e mais profunda compreensão do fenômeno da aprendizagem matemática, como as construções conceituais, os contextos de representações semióticas, as relações dinâmicas e complexas entre as trocas e as validações dos conhecimentos produzidos. Pelo exposto, é uma honra apresentar a obra. Recomendo fortemente sua leitura e discussão.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1821-5
DOI: 10.24824/978854441821.5
Ano de edição: 2017
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 268
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

PRÁTICAS E PESQUISAS NO CAMPO DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

Autores

ALESSANDRO RIBEIRO
Atualmente é Professor adjunto no Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC), da Universidade Federal do ABC (UFABC). Atua como Docente e orientador no Programa de Pós-graduaçãograduação em Ensino e História das Ciências e da Matemática (PEHCM), da UFABC. Doutor (2007) e mestre (2001) em Educação matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Educação matemática e licenciado em Matemática (1998) pela mesma universidade. Realizou estágio de Pós-doutorado na Rutgers, The State University of New Jersey, Estados Unidos, em 2015. Experiência acadêmica na área de Matemática, com ênfase em Educação matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação matemática, Educação Algébrica e Formação de Professores. Atuou como docente na Educação Básica, em escolas das redes pública e privada no Estado de São Paulo, por 10 anos. Participou como formador, de programas de educação continuada de professores de Matemática, financiados pela SEE/SP. Foi Presidente da Sociedade Brasileira de Educação matemática (SBEM) no período de 07/2013 a 07/2016

ANA LÚCIA PEREIRA
Professora do Departamento de Matemática e Estatística da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG, Brasil) desde 2012. Professora do Programa de Pós-graduaçãograduação em Educação, em que serviu como vice-coordenador (2014-2015) e do Programa em Ensino de Ciências e Educação matemática (2017) ambos na mesma instituição. Doutora e mestre em Ensino de Ciências e Educação matemática pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e graduada em Ciências e Matemática na Universidade do Norte Pioneiro (UENP, 1994). Educação matemática.Atualmente realiza Pós-doutorado na Universidade de Strathclyde, no Reino Unido, com bolsa da Capes. Também atuou como coordenadora Institucional do Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID / Capes / UEPG, 2012-2013) e como Coordenadora de Gestão e Processos Educacionais no PIBID (Capes / UEPG, 2014-2016). Foi Chefe do Núcleo Regional de Educação de Jacarezinho no estado do Paraná (2009-2010) e presidente do Sindicato dos Professores (APP) da região Jacarezinho (2002-2009). Autora de vários artigos em revistas e atua como referee nas áreas de Políticas educacionais, Formação de professores, Práticas e desenvolvimento curricular, Ensino e aprendizagem, Psicanálise e educação matemática. Editor associado da Frontiers in Psicologia da Educação desde 2015. Atua nos seguintes grupos de pesquisa registrados no Diretório do CNPq EDUCIM – Educação em Ciências e Matemática, da UEL; Políticas educacionais e formação de professores, da UEPG, e no grupo de pesquisas cadastrado no CNPq, FORMATE – Formação Matemática para o Ensino: conhecimento profissional docente e desenvolvimento curricular – UFABC

ANA MARIA MARTENSEN ROLAND KALEFF
Professora titular da Universidade Federal Fluminense – UFF, em Niterói, Rio de Janeiro. É licenciada em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1968), Doutora em Educação (2004) e mestre em Matemática (1972) pela Universidade Federal Fluminense. Professora do Curso de Especialização em Ensino de Matemática da UFF (presencial) e do Curso de Especialização Novas Tecnologias em Ensino de Matemática, no âmbito da Universidade Aberta do Brasil – NTEM/UFF/UAB. Tem experiência nas áreas de Análise matemática, Geometria e Educação matemática, com ênfase em Ensino de Geometria, atuando principalmente nos seguintes temas: Geometria; formação de professores de Matemática, ensino de Geometria, laboratório de Educação matemática, aluno com deficiência visual, materiais didáticos concretos e virtuais. Coordena o Laboratório de Ensino de Geometria da UFF– LEG/UFF. É autora de diversos livros sobre ensino de Geometria para a formação de professores de Matemática

ANA PAULA MALHEIROS
Atualmente é professora na UNESP, CampusCampus de São José do Rio Preto. Doutora (2008) e Mestre (2004) em Educação matemática e graduada em Licenciatura em Matemática (2000), todos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.Educação matemática Atua no Programa de Pós-graduaçãograduação em Educação matemática da UNESP, CampusCampus de Rio Claro, e é pesquisadora associada do GPIMEM (Grupo de Pesquisa em Informática, outras Mídias e Educação matemática). Tem experiência na área de Educação, com destaque para Tecnologias na educação e Modelagem matemática, atuando principalmente na Educação matemáticamatemática, com ênfase em: Modelagem matemática, Formação de professores, Tecnologias digitais, Educação a distância online, Teoria de projetos e interdisciplinaridade

ANDRÉ LUIS TREVISAN
Professor de ensino básico, técnico e tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Doutor em Ensino de Ciências e Educação matemática pela Universidade Estadual de Londrina, mestre em Matemática Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas. Possui Licenciatura em Matemática e Bacharelado em Matemática Aplicada e Computacional. .Educação matemática. Atua no Departamento de Matemática e no Programa de Mestrado Profissional em Ensino de Matemática. Atuou como professor de Matemática nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. Atua principalmente nos seguintes temas: Educação matemáticamatemática na educação básica e ensino superior, Avaliação da aprendizagem, Tarefas matemáticas, Ensino de cálculo diferencial e integral

CELIA FINCK BRANDT
Professora adjunta da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Pós-Doutora em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Especialista em Educação pela Universidade Federal do Paraná elicenciada em Matemática pela mesma instituição. Atua no curso de Licenciatura em Matemática do Departamento de Matemática e Estatística da UEPG como professora de Estágio Curricular Supervisionado. Atua como professora do curso de Pós-graduação em Educação, Mestrado e Doutorado, e do curso de Mestrado em Ciências e Educação matemática, da UEPG Atua nos seguintes grupos de pesquisa registrados no CNPq: GEPAM – Grupo de Estudo e Pesquisa em Aprendizagem da Matemática – UEPG (líder), Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação matemática – UEPG (pesquisador) e Grupo de Pesquisa em Epistemologia e Ensino de Matemática – GPEEM – UFSC (pesquisador). Atuou como coordenador institucional do PIBID na UEP, no período de 2009 a 2013. Recebeu, no ano de 2016, como professor Visitante no programa de Pós- graduação em Educação da UEPG, Méricles Thadeu Moretti, Professor do Departamento de Matemática e do Programa de Pós-graduação em Educação Científica e Tecnológica/PPGECT/CED/CFM/UFSC e pesquisador de Raymond Duval. Atua com pesquisas no campo da Educação matemática

CLAUDIA LISETE OLIVEIRA GROENWALD
É professora titular da Universidade Luterana do Brasil., Pós-doutora pela Universidade de La Laguna na Espanha. Doutora em Ciências da Educação pela Universidade Pontifícia de Salamanca, Espanha, título reconhecido pela Universidade de São Paulo (USP). Especialista e graduada em Matemática pela Universidade do Vale do Rio do Sinos (UNISINOS). Atua no curso de Licenciatura de Matemática e como coordenadora do Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática da ULBRA. Tem experiência na área de formação de professores, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Educação matemáticamatemática, Currículo de Matemática, Tecnologias da informação e comunicação, Formação continuada e ensino e aprendizagem. Atua nos seguintes grupos de pesquisa cadastrados no CNPq: Ensino de Ciências e Matemática na perspectiva da inclusão – ULBRA; Estudos curriculares em educação matemática – ULBRA; Formação inicial e continuada de professores de Matemática e Ciências – ULBRA

CLÉLIA MARIA IGNATIUS NOGUEIRA
Professora aposentada da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Professora do Centro de Estudos Superiores de Maringá (UniCESUMAR). Professora do Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Educação matemática (PPGECEM) da Universidade do Oeste do Paraná (UNIOESTE).;;Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), mestre em Matemática pela Universidade de São Paulo (USP), especialista em Educação Especial – Surdez , pela UEM, e licenciada em Matemática pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Tupã (FAFIT), estado de São Paulo. Participa dos seguintes grupos de pesquisa registrados no Diretório do CNPq: GEPEMCAM – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação matemática de Campo Mourão – UNESPAR; GEPEGE – Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Filosofia e Epistemologias Genéticas – UNESP; GEPSEM – Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Surdez e Educação matemática – UNESPAR. Participa também do grupo de trabalho Diferença, Inclusão e Educação matemática (GT13) da Sociedade Brasileira de Educação matemática. Atua nas áreas de Epistemologia Genética, Educação matemática, Educação Inclusiva e Educação de Surdos. Autora de diversos livros acadêmicos, didáticos e paradidáticos nas áreas em que atua. Professora de EAD na UEM e UniCesumar

DIONÍSIO BURAK
Professor aposentado da Universidade Estadual de Ponta Grossa e professor titular da Universidade Estadual do Centro-Oeste. , Pós-doutor pela Universidade Federal do Pará (2010) (orientadora Profª Drª Rosália Maria Ribeiro de Aragão), Doutor pela Universidade Estadual de Campinas (1992), mestre em Ensino de Matemática pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987) e graduado em Matemática pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (1973). Atua no programa de Pós-graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da Universidade Estadual de Ponta Grossa e do programa de Mestrado em Ciências e Educação matemática da mesma instituição. Tem experiência na área de Educação matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Modelagem matemática, Educação matemática, Ensino e aprendizagem e Ensino de matemática

DOLORES FOLLADOR
É Coordenadora de articulação acadêmica na Secretaria de Estado da Educação do Paraná. , e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná (2004), especialista em Tutoria em Educação a Distância pela Uninter (2008) e em Processamento de Dados pela Unifae (1987), bacharel em Matemática (1986) e graduada em Ciências com Habilitação Plena em Matemática, ambas pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1986). Atuou como professora colaboradora da PUCPR, das Faculdades Integradas do Brasil e da Uninter e coordenou o curso de especialização em Metodologia do Ensino de Matemática e Física da Uninter. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação matemática, Matemática, Educação, Tecnologia educacional, Formação de professores e Produção de material didático

ETTIÈNE GUÉRIOS
Professora Titular na Universidade Federal do Paraná.. Doutora em Educação matemática pela Universidade Estadual de Campinas, mestre em Educação e especialista em Metodologia do Ensino nas Séries Iniciais pela Universidade Federal do Paraná. Licenciada em Matemática e Pedagogia também pela UFPR. Atua no Departamento de Teoria e Prática de Ensino, no Programa de Pós-graduação em Educação (Acadêmico) e no Programa de Pós-graduação em Educação: teoria e prática de ensino (Profissional). Membro da coordenação do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Professores que ensinam Matemática (NEPPREM). Atua nos seguintes grupos de pesquisa registrados no Diretório do CNPq: Cognição, aprendizagem e desenvolvimento humano, Ensino e aprendizagem de Ciências e Matemática, Estudos e pesquisas pedagogia, complexidade e educação. Coordena o Subprojeto PIBID Interdisciplinar Pedagogia e Matemática. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação matemáticamatemática e em cognição, Aprendizagem e desenvolvimento humano. Atua principalmente nos seguintes temas: Cognição e aprendizagem, Pensamento complexo, Educação matemáticamatemática com ênfase na formação inicial e continuada de professores, Didática e metodologia em todos os níveis de ensino

FLÁVIA DIAS DE SOUZA
Professora adjunta do Departamento de Educação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e do Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e em Matemática (PPGECM) da Universidade Federal do Paraná (UFPR)., Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná e licenciada em Matemática pela Universidade Federal do Paraná. Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre a Atividade Pedagógica (GEPAPe –FEUSP). Desenvolve pesquisas em Educação matemática, com foco na formação de professores, aprendizagem da docência, teoria da atividade e teoria histórico-cultural. Atualmente coordena a subárea de Matemática do Subprojeto PIBID Interdisciplinar na UTFPR, Campus Curitiba e atua como assessora para licenciaturas na Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional (PROGRAD) na mesma universidade

HELENARA REGINA SAMPAIO FIGUEIREDO
Professora titular da Universidade Norte do Paraná. Educação matemática. Educação matemáticaDoutora em Educação para a Ciência e a Matemática, mestre em Ensino de Ciências e Educação matemática pela Universidade Estadual de Londrina, especialista em Educação matemática e licenciada em Ciências e Matemática. Leciona Matemática nos Ensinos Fundamental II e Médio, pela Secretaria Estadual de Educação do Paraná. Atua como docente do Mestrado em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias, da Universidade Norte do Paraná, em Londrina. Participa do grupo de pesquisa Ensino e aprendizagem na educação científica. Atua na linha de pesquisa Formação de professores e ação docente em situações de ensino. Realizou a pesquisa de mestrado com o tema Uma abordagem histórico-filosófica na educação matemática: contribuições ao processo de aprendizagem de trigonometria no Ensino Médio. E do doutorado com a pesquisa intitulada Investigações a respeito das habilidades matemáticas de licenciandos em Pedagogia na modalidade a distância

JOSELI ALMEIDA CAMARGO
Professora assistente da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) desde 1994. Doutoranda mestre em Educação, especialista em Metodologia do Ensino Superior e licenciada em Matemática. Lotada no Departamento de Matemática da UEPG. Coordenadora do Ensino de Matemática na Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa (1995-1999). Coordenadora do subprojeto Matemática do Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID/ 2010-2017), diretora de extensão (2011 – 2014), diretora de ensino (2014 – 2015), integrante do Grupo de Estudo e Pesquisa em Aprendizagem da Matemática (GEPAM), coordenadora do projeto de extensão Formação do professor e pesquisador em educação matemática: desafios e perspectivas (2015 – 2019) e orientadora no Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE. Atua em temas: Formação inicial e continuada de professores, Tendências de ensino da matemática, Estratégias de ensino e aprendizagem da matemática, Resolução de problemas no ensino de matemática

KARINA ALESSANDRA PESSOA DA SILVA
Professora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Londrina. Educação matemática Doutora e mestre em Ensino de Ciências e Educação matemática, especialista em Educação matemática e licenciada em Matemática pela Universidade Estadual de Londrina. Atua no Departamento Acadêmico de Matemática e no Programa de Pós-graduação (Mestrado profissional) em Ensino de Matemática (PPGMAT). Membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Educação matemática (SBEM-PR). Atua nos seguintes grupos de pesquisa registrados no Diretório do CNPq: Grupo de Estudo e Pesquisa em Ensino e Aprendizagem de Matemática (UTFPR), GRUPEMMAT – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação matemática (UEL) e Grupo da Fronteira de Ensino e Pesquisa em Educação matemática – UFMS. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisa em Modelagem, Investigações e Tecnologia (GEPMIT) e o Projeto de Extensão Estudos de aula na formação de professores que ensinam Matemática nos anos iniciais, na parceria UTFPR/UEL. Tem experiência na área de Educação matemáticaEnsino e Aprendizagem da Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Modelagem matemática, Semiótica peirceana, Registros de representação semiótica e Livro didático

LEÔNIA GABARDO NEGRELLI
Atualmente é professora adjunta do Departamento de Matemática da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Curitiba. Doutora (2008) e mestre (2000) na área de Educação matemática e graduada em Matemática pela Universidade Federal do Paraná (1998). Tem experiência na área de Educação matemática, com interesse nos seguintes temas: Modelagem matemática, Estatística, Epistemologia e Formação de professores. Atua no seguinte grupo de pesquisa cadastrado no CNPq: Grupo de Estudos e Pesquisa em Formação de Professores (GEForProf-UTFPR) – UTFPR

MAGNA NATALIA MARIN PIRES
Professora adjunta da Universidade Estadual de Londrina, UEL. Doutora em Ensino de Ciências e Educação matemática, pela Universidade Estadual de Londrina, e mestre em Educação pela UFPR. Especialista em Educação matemática e licenciada em Matemática pela UEL. É membro do GEPEMA – Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação matemática e Avaliação. Áreas de estudos e pesquisas: Avaliação, Formação de professores, Resolução de problemas e Investigação matemática

MARCELI BEHM GOULART
Professora na Universidade Estadual de Ponta Grossa. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Paraná, mestre em Modelagem matemática e licenciada em Matemática. Atua no Departamento de Matemática. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação matemática. Atua principalmente nos seguintes temas: Educação matemáticamatemática com ênfase na formação inicial e continuada de professores, didática e tecnologia

MARCIA VIVIANE BARBETTA MANOSSO
Possui graduação em Matemática LP pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1996). Mestrado no PPGECM da UFPR. Atualmente é professora do Colégio estadual do Paraná e trabalha na revisão e edição de livros voltados para o ensino da matemática com materiais didáticos no contexto de um Laboratório de Matemática. Participou da construção das diretrizes estaduais de matemática pela Secretaria de Estado da Educação do Paraná

MARIA TEREZA SOARES CARNEIRO
Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Paraná, e Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (1995), mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná (1988) e licenciada em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1976). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação matemática, Ensino fundamental, Avaliação em matemática, Formação continuada de professores e Formação do professor

MÉRICLES THADEU MORETHI
Professor titular em exercício voluntário na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC; professor permanente do Programa de Pós-graduação em Educação Científica e Tecnológica – PPGECT/UFSC. Foi professor visitante na Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG. Pós-doutor pela Universidade de Lisboa (2008-2009), Doutor em Educação matemática pela Universidade Louis Pasteur, Estrasburgo I (1992), mestre em Matemática Aplicada pela Unicamp (1979), licenciado em Matemática pela UFSC (1977). Nesta última, entre outras atividades, foi chefe de departamento, diretor e vice-diretor do Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, presidente da Comissão de Avaliação Institucional, membro do Conselho Universitário e da Câmara de Pesquisa Central. Pesquisa na área de Educação matemática com ênfase em Semiótica e Aprendizagem Matemática. Editor da REVEMAT (Revista Eletrônica de Educação matemática) e líder do Grupo de Pesquisa – GPEEM. Orienta, atualmente, 6 doutorandos e 1 mestrando. Professor pesquisador do CNPq

PAMELA EMANUELI ALVES FERREIRA
Professora adjunta na Universidade Estadual de Londrina. Doutora (2013) e mestre (2009) em Educação matemática (2009) Educação matemáticaambos pelo Programa de Mestrado e Doutorado em Ensino de Ciências e Educação matemática da Universidade Estadual de Londrina, graduada em Matemática pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Atualmente é coordenadora do colegiado do curso de Matemática e pesquisadora do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação matemática e Avaliação (GEPEMA). Áreas de interesse: Educação matemáticamatemática; Avaliação escolar; Tarefas de Matemática; Educação matemáticamatemática realística; Formação de professores em Matemática

REGINA MARIA PAVANELLO
Professora associada aposentada da Universidade Estadual de Maringá, tendo ali atuado no Departamento de Teoria e prática da educação, no Programa de Pós-graduação em Educação e no Programa de Pós-graduação em Educação para a Ciência e a Matemática. Doutora e mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, especialista em Estatística pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras “Sedes Sapientiae”, e licenciada em Matemática e Pedagogia. Atualmente, faz parte do Grupo de Pesquisa em Educação matemática de Campo Mourão – GPEMCAM – da Universidade Estadual do Paraná e participa dos seguintes Projetos de Pesquisa O PROFMAT e a formação de professores de Matemática: uma avaliação dos Trabalhos de Conclusão de Curso e Elaboração de materiais para a Educação Infantil e anos iniciais do ensino fundamental com vistas ao desenvolvimento das capacidades espaciais em Geometria. Tem experiência na área da Educação, com ênfase na Formação inicial e continuada de professores, Comunicação e argumentação no ensino de Matemática, Ensino/aprendizagem de Geometria

RENATO FRANCISCO MERLI
Professor assistente na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Toledo. Mestre em Ensino de Ciências e Educação matemática, pela Universidade Estadual de Londrina, e em Filosofia, pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, especialista em Educação a Distância pela Faculdade de Apucarana e licenciado em Matemática com ênfase em Informática, pela Faculdade de Apucarana. Atua no curso de Licenciatura em Matemática e no Programa Especial de Formação Pedagógica (PROFOP). Pesquisa, principalmente, nos seguintes temas: Matemática fuzzy, Modelagem matemática, Tecnologias no ensino de matemática, Filosofia e história da matemática, Formação de professores e educação matemática inclusiva. Participa do Grupo Educação e Educação matemática, da UTFPR, e é membro do Grupo História da Filosofia da Natureza, da UNICAMP, ambos registrados no Diretório do CNPq. Foi coordenador do PIBID de Matemática da UTFPR – Campus Toledo, de 2013 a 2016. Atualmente, é coordenador de Tecnologias da Educação (COTED), e coordenador do projeto Clube da Matemática, ambos em Toledo. É membro do Comitê de Ética em Pesquisa da UTFPR

RODOLFO EDUARDO VERTUAN
Professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Toledo. Doutor em Ensino de Ciências e Educação matemática e licenciado em Matemática, ambos pela Universidade Estadual de Londrina. Atua no Programa de Pós-graduação em Ensino de Matemática da UTFPR de Londrina e Cornélio Procópio (profissional), e no Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Educação matemática, da Unioeste, em Cascavel, no Paraná (acadêmico). É coordenador do Grupo de Pesquisa registrado no Diretório do CNPq, Educação e Educação matemática – GEPEEM. É diretor da regional do Paraná da Sociedade Brasileira de Educação matemática, SBEM-PR, das gestões 2013-2016 e 2016-2019. Tem experiência na área de Educação matemáticamatemática, mais especificamente em Modelagem matemática, em Cognição e em Metacognição

RODRIGO DUDA
Professor do Ensino básico, técnico e tecnológico no Instituto Federal do Paraná. Mestre em Matemática e licenciado em Matemática pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Atua em cursos técnicos de nível médio e no Curso de Especialização em Ensino de Ciências da Natureza e Matemática, do Instituto Federal do Paraná, Campus Irati. Membro dos grupos de pesquisa Prática pedagógica e pesquisa na educação básica, técnica e tecnológica e Abordagens e referenciais para o ensino-aprendizagem de matemática. Coordenador do projeto IFDROID, relacionado ao uso de programação visual e pensamento computacional no ensino de Matemática. Pesquisador da área de ensino de Matemática, com ênfase no uso de tecnologias digitais no processo educativo

SÉRGIO CARRAZEDO DANTAS
Professor da Universidade Estadual do Paraná, Campus Apucarana, e membro do Instituto Geogebra de São Paulo. Educação matemáticaeEducação matemática, Doutor em Educação matemáticamatemática pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Mestre em Ensino de ciências e Educação matemática e especialista em Educação matemática, ambos pela UEL. Licenciado em Matemática também pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Possui experiência de dez anos na Educação básica, com o que trabalhou em escolas das redes pública e particular. Possui experiência na formação de professores de Matemática e atua neste campo desde 2007. Atualmente é formador de professores na UNESPAR e coordena um projeto de formação de professores, intitulado Curso de GeoGebra (atualmente na 12ª edição), com uma equipe composta por 75 professores

SERGIO LORENZATO
Professor colaborador na Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas/Unicamp. Pós-doutor em Educação matemática pela Université Laval (Canadá), doutor em Ciências Humanas pela Unicamp, área de Metodologia do ensino da Matemática, mestre em Educação pela Universidade de Brasília/UnB, licenciatura em Matemática pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro (UNESP). Possui experiência em Educação matemática matemática, direcionada para a formação inicial e continuada de professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, com ênfase nos temas Matemática visual, Metodologia do ensino, Prática docente e Aprendizagem significativa. Participa dos grupos de pesquisa CEMPEM (Círculo de Estudo, Memória e Pesquisa em Educação matemática) e GEPEMAI (Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação matemática nos/dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental), ambos da Faculdade de Educação/Unicamp

TÂNIA STELLA BASSOI
Professora associada na Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Paraná, mestre em Educação pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná, especialista em Matemática Pura pela Universidade Estadual de Campinas e licenciada em Matemática pela Universidade Federal do Paraná. Atua no Colegiado de Matemática, no Programa de Pós-graduação em Ensino (Acadêmico) Campus Foz do Iguaçu e no Programa de Pós-graduação em Educação em ciências e Educação matemáticamatemática (Acadêmico) Campus Cascavel. Vice-líder do grupo de pesquisa Formação de Professores em Ciências e Matemática (FOPECIM). Atua nos seguintes grupos de pesquisa registrados no Diretório do CNPq Formação de Professores em Ciências e Matemática, Grupo de Ensino e Pesquisa em Aprendizagem da Matemática. Coordena o Subprojeto PIBID de Matemática. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação matemáticamatemática e em Cognição, aprendizagem e desenvolvimento humano. Atua principalmente nos seguintes temas: Cognição e aprendizagem, Educação matemática, matemática com ênfase na formação inicial e continuada de professores, Didática e metodologia em todos os níveis de ensino

WAGNER RODRIGUES VALENTE
Livre docente no Departamento de Educação da Universidade Federal de São Paulo (2010). Pós-doutor pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1999), doutor em Educação pela Universidade de São Paulo/INRP- Paris (1997), mestre em Educação: história e filosofia da educação, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1991), graduado em Engenharia (Escola Politécnica) pela Universidade de São Paulo (1979) e em Pedagogia pela Universidade Santa Cecília dos Bandeirantes (1987). Realizou estágio-pesquisa FAPESP na Université de Genève, Suíça, junto à Équipe de Recherche en Histoire des Sciences de l’Éducation (ERHISE) em 2015. Coordenador do GHEMAT – Grupo de Pesquisa de História da Educação matemática (www.unifesp.br/centros/ghemat). Professor adjunto da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase na Educação matemáticamatemática. Coordenador, pelo lado brasileiro, de projeto de cooperação internacional CAPES-GRICES (Brasil-Portugal) (2006-2009). Coordenador, pelo lado brasileiro, de projeto de cooperação internacional CAPES-COFECUB (Brasil-França) (2014-2017). Coordenador Científico do I ENAPHEM – Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação matemática (2012). Presidente da Comissão Científica do XI ENEM – Encontro Nacional de Educação matemática (Curitiba, 2013). Membro da Diretoria Nacional da Sociedade Brasileira de Educação matemática (2011-2013). Coordenador de Matemática do Projeto Livres – Banco de Dados de Livros Escolares Brasileiros (1810 a 2005). Editor do International Journal for Research in Mathematics Education – RIPEM (2011-2013). Coeditor do International Journal for Research in Mathematics Education – RIPEM (2013-2016). Coorganizador das Journées d´études – L´Enseignement des mathématiques à l´école primaire en France et au Brésil – Universidade de Paris SUD, Centre Scientifique d´Orsay (junho 2013). Co-chair do II Congresso Iberoamericano de História da Educação matemática (México, 2013). Membro do Comitê de Avaliação Externa, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova, de Lisboa, Portugal, desde 2011. Membro da diretoria da Sociedade Brasileira de História da Matemática (2015-2019). Editor da HISTEMAT – Revista de História da Educação matemática. Na pesquisa, investiga principalmente os seguintes temas: Livro didático de matemática, Didática da matemática, História da educação matemática e História da matemática. Atua no seguinte grupo de pesquisa cadastrado no CNPq: GHEMAT – Grupo de Pesquisa de História da Educação matemática – UNIFESP