EDUCAÇÃO NA AMAZÔNIA CAMPESINA:<br>processos de construção do conhecimento no campo

EDUCAÇÃO NA AMAZÔNIA CAMPESINA:
processos de construção do conhecimento no campo

Autores: Elenilson Silva de Oliveira - Maércio de Oliveira Costa - Ramofly Bicalho dos Santos (Orgs.)

livro impresso
de R$ 38,90 por
livro digital
de R$ 38,90 por

Disponibilidade: 5 Dia(s)

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O presente livro aprofunda os debates acerca da educação do campo na Amazônia, compreendo-a num cenário onde os processos de construção do conhecimento se concretizam nas mais diversas formas e situações, vivenciadas por meio das lutas sociais por políticas públicas, organizadas pelos sujeitos, individuais e coletivos, do campo. Sabe-se que a educação do campo, na estreita articulação com os movimentos sociais, é um processo permanente de lutas e construção histórica. Compreender suas origens e finalidades é imprescindível para consolidar as reflexões acerca do seu papel frente a Amazônia contemporânea. As reflexões sobre as políticas públicas de educação do campo na Amazônia devem dialogar com a diversidade de concepções deste território. Logicamente que, tratando-se de Amazônia, as análises devem considerar as formas de ocupação e os objetivos do poder público que transformam esse espaço, num campo de interesses e especulações do capital, frente aos desejos e histórias de vida das populações tradicionais. Nossa intenção não é entender o mérito sobre o processo de ocupação da Amazônia, mas compreender que ela é marcada pela entrada do capital e o consentimento dos governos, que a enxergavam com bastante potencial para exploração de suas riquezas naturais. No século XX, com o lema “Homens sem terra do nordeste, para terras sem homens da Amazônia”, o governo incentivou a migração de milhares de pessoas, em especial, do nordeste brasileiro. As famílias que conseguiram se fixar, contribuíram (juntamente com as populações indígenas e quilombolas) na consolidação dos povoados, vilas e cidades. Esses sujeitos, individuais e coletivos, vivenciaram, por muitos anos, a falta de acesso às políticas públicas sem, no entanto, perder o desejo de lutar, cotidianamente, por melhores condições de vida.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1822-2
DOI: 10.24824/978854441822.2
Ano de edição: 2017
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 168
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

EDUCAÇÃO NA AMAZÔNIA CAMPESINA:<br>processos de construção do conhecimento no campo

Autores

RAMOFLY BICALHO
Docente na UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Campus Seropédica. Lotado no Departamento de Educação do Campo, Movimentos Sociais e Diversidade. Atua na Licenciatura em Educação do Campo, no PPGEA – Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola e no PPGEduc – Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares. Desenvolve pesquisas com as seguintes temáticas: História da Educação do Campo e os Movimentos Sociais. Educação Popular e Educação de Jovens e Adultos

ELENILSON SILVA DE OLIVEIRA
Professor de Agricultura do IFAM – Instituto Federal do Amazonas, Campus Tabatinga. Mestre em Educação Agrícola na UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Licenciado em Ciências Agrárias pela UFAM – Universidade Federal do Amazonas. Possui Pós-graduação Latu Sensu em Conservação de Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas. Atua nas áreas de Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, com ênfase na Agroecologia e Educação do Campo

MAÉRCIO DE OLIVEIRA COSTA
Graduado em Geografia pela Universidade Estadual do Maranhão. Professor do quadro efetivo do Instituto Federal do Amazonas – Campus Tabatinga. Mestre em Educação Agrícola na UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Atua nas linhas de pesquisa: Ensino de Geografia, Território e Política

MANOEL RAIMUNDO BARREIRA DIAS
Mestre em Ciências pelo programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola, com ênfase, em Educação do Campo/UFRRJ. Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Profissional Integrada a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos.  Professor de História do IFAP – Campus Macapá

ELIAS DA SILVA SOUZA
Instituto Federal do Amazonas. Mestre em Educação Agrícola - PPGEA/UFRRJ. Possui graduação em Filosofia, pela Universidade Católica de Brasília, com habilitação em Filosofia, Sociologia e História

LUIZ ANTÔNIO TAVARES DE OLIVEIRA
Professor do Instituto Federal do Amazonas, Campus Maués. Mestre em Educação Agrícola - PPGEA/UFRRJ. Possui graduação em Química pela Universidade do Estado do Amazonas. Pós-Graduado em Ensino de Química pela Universidade Federal do Amazonas

JEANE COLARES DA SILVA VIOLINISTA
Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Especialista em Educação Profissional Integrada à Educação Básica na Modalidade de Educação Indígena. Professora de Artes/Música no Instituto Federal do Amazonas, Campus Tabatinga-AM

CINARA DOS SANTOS COSTA
Graduação em Pedagoga pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS. Pedagoga no Instituto Federal do Amazonas. Especialização em Psicopedagogia / Gestão e Docência em EAD – UFSC. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

LUZIRAY BARBOSA GRAÇA
Docente no Instituto Federal do Amazonas. Bacharel em Ciência Política pela Universidade do Estado do Amazonas – UEA. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

ROGÉRIO FERREIRA NAKAÚTH
Docente no Instituto Federal do Amazonas. Engenheiro de Pesca pela Universidade Federal do Amazonas – UFAM. Especialização em Perícia, Auditoria e Gestão Ambiental – IPOG. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

EDUARDO LIMA DE SOUSA
Docente no Instituto Federal do Amazonas. Médico Veterinário pela Universidade Federal do Amazonas – UFAM. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

DARLANE CRISTINA MACIEL SARAIVA SOARES
Docente no Instituto Federal do Amazonas / CMA. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Especialista em Educação Matemática Comparada – ESAB. Licenciada em Matemática pela UFAM

FREDY VERAS DOS SANTOS
Docente no Instituto Federal do Amazonas / CMA. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Bacharel em Ciência da Computação – UNIP

MARIA DAS GRAÇAS SERUDO PASSOS
Pedagoga no Instituto Federal do Amazonas, Campus Manaus Zona-Leste. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

IARA VANESSA MAFRA BICHARA
Professora de Letras no Instituto Federal do Amazonas, Campus Eirunepé. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

CÉLIA REJANE CORRÊA GLÓRIA
Assistente Administrativo no Instituto Federal do Amazonas, Campus Tabatinga. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

ANTÔNIO CARLOS DE SOUZA ABBOUD
Docente na UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Graduado em Engenharia Agronômica pela UFRRJ. Mestrado em Agronomia (Ciências do Solo) pela UFRRJ. Doutorado em Agroecologia pela Dalhousie University

JOSE ITAPUAN DOS SANTOS DUARTE
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá – IFAP, Campus Porto Grande. Graduado em Pedagogia. Especialização em Docência do Ensino Superior. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

NATALIA PEREIRA ZATORRE
É professora do quadro efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá- IFAP- Campus Porto Grande. Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2006). Mestrado (2009) e Doutorado (2013) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro