Capa do livro: OPACAM-SE VIDROS – O OLHAR DE MACHADO DE ASSIS SOBRE O BRASIL, EM 50 CRÔNICAS DA SÉRIE “A SEMANA”

OPACAM-SE VIDROS – O OLHAR DE MACHADO DE ASSIS SOBRE O BRASIL, EM 50 CRÔNICAS DA SÉRIE “A SEMANA”

Autores: Benito Petraglia - Mariana da Silva Lima - Maria Elizabeth Chaves de Mello (Orgs)

livro impresso
de R$ 45,90 por
livro digital
de R$ 45,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Esta obra é uma seleção de crônicas de Machado de Assis, publicadas entre 1892 e 1897, na Gazeta de Notícias, às quais se somam duas avulsas de 1900, perfazendo 250. Foram selecionadas 50 crônicas, que trazemos ao leitor de hoje. A antologia que oferecemos agora ao público apresenta um olhar bem original sobre o Brasil do século XIX, a perspectiva de Machado de Assis, brasileiro que, pela acuidade do olhar e da visão crítica do seu tempo e do seu país, torna-se quase um “outro” ao analisar o contexto em que viveu.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2172-7
DOI: 10.24824/978854442172.7
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 226
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

OPACAM-SE VIDROS – O OLHAR DE MACHADO DE ASSIS SOBRE O BRASIL, EM 50 CRÔNICAS DA SÉRIE “A SEMANA”

Autores

BENITO PETRAGLIA
Possui graduação em Letras - Português/Literaturas - pela Universidade Federal Fluminense (2005), graduação em Medicina também pela Universidade Federal Fluminense (1985) e doutorado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (2012). Completou o Pós-doutorado em Estudos de Literatura na Universidade Federal Fluminense, no período de 2014 a 2017, com o projeto de pesquisa “Machado de Assis e as crônicas de A Semana”, sob a supervisão da Profª Drª Maria Elizabeth Chaves de Mello.Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: letras, pesquisa em literatura brasileira e língua portuguesa.

MARIANA DA SILVA LIMA
Possui graduação em Letras pela UERJ e em Artes Cênicas pela UNIRIO, mestrado em Teoria Literária e doutorado em Literatura Comparada pela UFRJ e pós-doutorado pela USP. Integra os Grupos de Pesquisa do CNPq Formação do Brasil Moderno: literatura, cultura e sociedade (sob a coordenação dos Professores Doutores André Luiz de Lima Bueno e Luís Augusto Fischer), A crônica brasileira: dilemas, paradoxos e soluções de um gênero moderno (sob a coordenação do Professor Doutor Marcos Vinícius Scheffel) e A Circulação Transatlântica dos Impressos - a globalização da cultura no século XIX (coordenado por Márcia Abreu e Jean-Yves Mollier). Foi Professora Substituta na Faculdade de Letras da UFRJ, onde ministrou as disciplinas das áreas de Teoria Literária e Fundamentos Literários da Cultura Brasileira. Atualmente é professora de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira no CEFET-RJ e realiza pesquisa de pós-doutorado na UFF.

MARIA ELIZABETH CHAVES DE MELLO
Realizou pós-doutorado na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, Paris, em 2008, defendeu mestrado (1986) e doutorado(1993) em Letras na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Foi professora de língua e literatura francesa na PUC-RIO (1988 a 1992) e de literatura brasileira na Université du Québec à Montréal, em 2002. Atualmente é professora titular, na pós-graduação em Estudos de Literatura, no Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense e pesquisadora PQ1D, do CNPQ. É cientista do nosso estado da FAPERJ desde janeiro de 2012. Atua na área de Letras, com ênfase em Teoria da Literatura, Literatura Comparada e Literaturas Estrangeiras Modernas, principalmente nos seguintes temas: critica literária, literatura e historia, cruzamento de olhares França/Brasil, olhares sobre o Brasil, o Brasil no olhar de Machado de Assis, o Brasil no olhar de viajantes, tradução e construção de antologias. Orienta mestrado, doutorado, pós-doutorado. Em 2001, foi condecorada pelo governo francês com a medalha de Chevalier des Palmes Académiques. Coordena, desde 2011, o convênio entre a UFF e a Université de Paris 3, Sorbonne Nouvelle, onde é membro associado do CREPAL (Centre de Recherches sur les Pays Lusophones). Coordena também o convênio com a Université de Pau et des Pays de l´Adour.