Capa do livro: CURRÍCULO, DIFERENÇA E PESQUISA NA ESCOLA BÁSICA

CURRÍCULO, DIFERENÇA E PESQUISA NA ESCOLA BÁSICA

Autores: Gilcilene Dias da Costa - José Valdinei Albuquerque Miranda - Josenilda Maria Maués da Silva - Joyce Otânia Seixas Ribeiro (Orgs.)

livro impresso
de R$ 58,90 por
livro digital
de R$ 58,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Esta coletânea reúne um conjunto de textos resultantes de experimentações em campos teóricos minoritários na pesquisa curricular e educacional. Os textos são cunhados pela mobilização de composições teóricas dos planos cultural, artístico, literário e filosófico, atravessados pela discussão da diferença e pelo investimento em reinvenções metodológicas que exercitam os deslocamentos de imagens de pensamento que essas mobilizações teóricas propiciam no campo da investigação curricular. Os/as autores/as, em seu conjunto, visam ampliar as interfaces das pesquisas em currículo na escola básica com foco nas diferenças de gênero-sexualidade, linguagens e culturas. Suas análises e provocações desafiam a pensar uma educação e um currículo vistos por lentes da diferença, que, ao mesmo tempo, problematizam imagens dogmáticas do pensamento no campo educacional e abrem canais para a fluidez de experimentações outras, artísticas e culturais no campo curricular, com atenção às tramas de poder e às práticas inventivas que movimentam os territórios dos encontros e da produção do conhecimento na escola básica.

O livro contém três partes: Currículo e diferentes Linguagens, Currículo e diferenças de gênero-sexualidade, e Currículo, culturas e diferenças. A organização é de um grupo de docentes do PPEB/UFPA, e conta com a inestimável contribuição de pesquisadores/as da SEMEC/PA, UFPR, UFLA, UFJF, UFPel, UFMS, UFPI, UFRGS e UERJ.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2056-0
DOI: 10.24824/978854442056.0
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 300
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

CURRÍCULO, DIFERENÇA E PESQUISA NA ESCOLA BÁSICA

Autores

ANDERSON FERRARI
Professor adjunto da Faculdade de Educação da UFJF. Doutor em Educação pela Unicamp e Pós-doutor em Educação e Cultura Visual pela Universidade de Barcelona/Espanha. Professor do PPGE/UFJF com pesquisas no campo dos processos de subjetivação, Educação, Gênero e Sexualidades.

CAROLINA FARIA ALVARENGA
Pedagoga pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre e Doutoranda em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (Feusp). Professora adjunta I do Departamento de Educação da Universidade Federal de Lavras (Ufla – MG). Foi coordenadora adjunta do Pibid Pedagogia – gênero e sexualidades e do Curso de Especialização em Gênero e Diversidade na Escola (GDE). É pesquisadora dos grupos de pesquisa “Estudos de Gênero, Educação e Cultura Sexual – Edges – FE-USP” e “Relações entre filosofia e educação para a sexualidade na contemporaneidade: a problemática da formação docente – Ufla”. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Sociologia da Educação, principalmente nos seguintes temas: relações de gênero, infâncias, educação infantil, formação inicial e continuada docente.

CARLA GONÇALVES RODRIGUES
Formada em Psicologia pela UFPel (2013). Realizou Estágio de pós-doutorado em Educação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012). Concluiu Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Pelotas (1999. Atualmente é professora associada 2 na Universidade Federal de Pelotas, atuando no PPGE linha 1: Filosofia e História da Educação. É líder no CNPQ do Grupo de Pesquisa Educação e Contemporaneidade: experimentações com arte e filosofia pela UFPel, coordenadora do Núcleo UFPel do Projeto Escrileituras: um modo de ler-escrever em meio à vida. Tem experiência na área de Educação, com ênfase no Currículo e na Formação de Professores, adotando a perspectiva das Filosofias da diferença.

CÍNTIA LANGIE ARAÚJO
Professora dos cursos de Cinema e Audiovisual e Cinema de Animação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPel, com vinculação ao Grupo de Pesquisa Escrileituras da Diferença em Filosofia-Educação. Mestre em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Possui graduação em Comunicação Social – Jornalismo pela PUCRS. Atua como roteirista, diretora e montadora desde 2007, na produtora Moviola Filmes. Compõe a equipe do Cine UFPel, sala universitária digital, onde é curadora. Na pesquisa acadêmica, tem experiência na área de Cinema, atuando principalmente nos seguintes temas: roteiro audiovisual, formação estética audiovisual, cinema brasileiro e distribuição cinematográfica.

CLÁUDIA MADRUGA CUNHA
Licenciada em Filosofia pela UFPEL (1990), Mestre em Filosofia pela PUCRS (1998); Doutora em Educação pela UFRGS (2006); pós-doutora pela Universidade do Porto UP (2016). É professora Adjunto IV da UFPR, integra o Setor de Educação Profissional e Tecnológica. Na graduação leciona uma Filosofia para não Filósofos (Filosofia da Diferença, Filosofia Geral, Ética Profissional; Metodologia Cientifica) e no Mestrado Profissional em Educação: Teoria e Prática de Ensino – leciona Metodologia da Pesquisa em Educação e Filosofia da diferença e educação. Faz parte do Grupo Escrileituras da Diferença em Filosofia-Educação” UFRGS/RS; “Laboratório de Investigação em Corpo, Gênero e Subjetividade na Educação”. UFPR. Participa do projeto de Cooperação Internacional (CAPES e FCT/Portugal): “Qualidade e direito à educação superior: estratégias institucionais em tempos de globalização” – parceria entre a UNISINOS e Universidade do Porto, UP; Integra a equipe nacional de pesquisa sobre os impactos do “Programa Mais Educação” nas políticas públicas de educação desde 2012, financiado pelo MEC. “Programa Mais Educação”. Na produção de conhecimento opera com os filósofos da diferença (Deleuze, Nietzsche e Foucault) e outros da tradição nas seguintes áreas: pedagogia da diversidade (diferença); filosofia da educação, formação de professores e currículo.

CLÁUDIA MARIA RIBEIRO
Possui graduação em Pedagogia pela Fundação Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Lavras (1974), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1994) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2001). Atualmente é professora associada da Universidade Federal de Lavras atuando no ensino, na pesquisa e na extensão produzindo conhecimento nas temáticas de Sexualidade e Gênero. Coordena o Grupo de Pesquisa Relações entre Filosofia e Educação para a Sexualidade na contemporaneidade: a problemática da Formação Docente. Ex-coordenadora do Mestrado Profissional em Educação/Departamento de Educação/UFLA. No período de 01 de março de 2013 a 28 de fevereiro de 2014: pós-doutorado na Universidade do Minho – Braga, Portugal sob a orientação do Prof. Dr. Alberto Filipe Araújo. Bolsista CAPES processo 4038/13-4. Coordenadora do PIBID Pedagogia/Gênero e Sexualidade - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência. Coordenadora do Projeto aprovado PROEXT/MEC 2015 – Borbulhando Enfrentamentos às Violências Sexuais nas Infâncias no Sul de Minas Gerais.

CONSTANTINA XAVIER FILHA
Graduada em Pedagogia pela Faculdade Unidas Católicas de Mato Grosso (1990), com mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1998), doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo - FEUSP (2005) e realização de Pós-Doutorado pela Unicamp (2014/205). Atualmente é professora Associada da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS, campus de Campo Grande, atuando na Unidade de Educação do Centro de Ciências Humanas e Sociais e no Programa de Pós-Graduação em Educação (CPAN/UFMS). Atua na formação inicial e continuada de educadoras e educadores e em pesquisas nas seguintes áreas: educação sexual, educação para a sexualidade, estudos de gênero, sexualidade, gênero e educação, violências de gênero, violências contra crianças e adolescentes e relações pedagógicas. Coordenadora do GT 23 da ANPEd Centro-Oeste. Líder/coordenadora do GEPSEX – Grupo de Estudos e Pesquisas em Sexualidade, Educação e Gênero – CNPq/UFMS. Coordenadora de projetos de extensão em apoio da SECADI/MEC (de 2006-2013) e da PREAE/UFMS. Autora e organizadora de livros, artigos e materiais educativos para a educação para a sexualidade, para a equidade de gênero e para a diversidade sexual, entre eles, livros para a infância: As aventuras da Princesa Pantaneira (2012); Meninas e meninos têm direitos (2014); Viver sem violência é um direito (2014); Do meu corpo eu cuido e protejo (2014); Princesa Pantaneira em: brincando no mundo mágico do cinema (2014). Diretora e Produtora de filmes de animação produzidos com crianças de escolas públicas de Campo Grande/MS: Jéssica e Júnior no mundo das cores (2010); Ser criança em Campo Grande: um documentário animado (2011); A Princesa Pantaneira (2012); Queityléia em perigos reais (2012); João e Maria: dos contos à realidade (2013) e Direitos das crianças: uma aventura intergaláctica (2013).

FÁBIO PINTO GONÇALVES DOS REIS
Possui graduação em Educação Física pela Universidade de Taubaté (1996), Mestrado em Educação pela Universidade São Francisco-USF (2005) e Doutorado pela Universidade de São Paulo-USP (2010). Atualmente é Professor Adjunto IV da Universidade Federal de Lavras – UFLA, no Departamento de Educação Física, atuando em disciplinas pedagógicas e de fundamentação. É orientador de Mestrado no Programa de Pós-Graduação Scricto Sensu do Departamento de Educação, na linha de pesquisa: Gênero e Diversidades na Educação. É integrante do Grupo de Pesquisa “Relações entre filosofia e educação para a sexualidade na contemporaneidade: a problemática da formação docente” registrado no CNPQ. Tem experiência na área de Educação, História e Educação Física, abordando principalmente os seguintes temas: infância, educação infantil, história da educação, educação física escolar e diversidades.

FERNANDA WANDERER
Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRGS, integrando a Linha de Pesquisa Estudos Culturais em Educação. É doutora (2007) e mestre (2001) em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), especialista (1999) em Formação do Professor de Matemática pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) e graduada (1997) em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Membro do Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Educação Matemática e Sociedade (GIPEMS), que integra o Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPQ. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: currículo, educação matemática, etnomatemática, cultura e práticas pedagógicas.

FERNANDO HENRIQUE FOGAÇA CARNEIRO
Mestrando em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Licenciado em Matemática pela UFRGS. Foco nos Estudos Surdos, Estudos Culturais em Educação e Educação Matemática. Trabalha como professor de Matemática na Escola Especial para Surdos Frei Pacífico na cidade de Porto Alegre e como intérprete de LIBRAS na UFRGS.

GILCILENE DIAS DA COSTA
Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGEDU/UFRGS), linha de pesquisa Filosofia da Diferença e Educação, 2008. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGEDU/UFRGS), linha de pesquisa Estudos Culturais em Educação, 2003. Professora Adjunto IV da Universidade Federal do Pará/Campus Universitário do Tocantins/Cametá, vinculada à Faculdade de Linguagem. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação e Cultura (PPGEDUC/CUNTINS/UFPA). Professora colaboradora nos Programas de Pós-Graduação em Educação (PPGED/ICED/UFPA) e do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Currículo da Escola Básica (PPEB/NEB/UFPA). Coordenadora do Curso de Especialização em Educação e Cultura: Confluências (CUNTINS/UFPA). Editora responsável da Revista Artifícios – Revista do Grupo de Pesquisa DIFERE/ICED/UFPA. Líder do Grupo de Pesquisa PHILIA – Filosofia, Linguagem e Alteridade na Educação (UFPA/CUNTINS). Membro-associado da ANPED – Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. Membro-associado da SOFIE/Sociedade Brasileira de Filosofia da Educação. Membro do Grupo de Pesquisa DIFERE/Diferença e Educação. Pesquisadora nas áreas de Filosofia da Diferença, Linguagem, Literatura e Educação; Currículo e Estudos Culturais em Educação. Atualmente coordena o Projeto de Pesquisa: Uma educação no dorso do tigre: literatura e experiências formativas (PROPESP/UFPA).

JOSÉ VALDINEI ALBUQUERQUE MIRANDA
Doutor e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor Adjunto II da Universidade Federal do Pará, Faculdade de Educação, Campus Universitário do Tocantins/Cametá (UFPA). Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação e Cultura do CUNTINS (PPGEDUC/UFPA). Professor do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Currículo na Educação Básica (PPEB/UFPA). Membro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPED). Membro da Sociedade Brasileira de Filosofia da Educação (SOFIE). Pesquisador do Grupo Filosofia, Linguagem e Alteridade na Educação (PHILIA). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Filosofia da Educação e Pesquisa Educacional. Desenvolve estudos sobre Hermenêutica, Pensamento da Alteridade e Educação. Atualmente coordena o Projeto de Pesquisa: Educação e [Po]ética da Alteridade na obra Literária de Dalcídio Jurandir (UFPA).

JOSENILDA MARIA MAUÉS DA SILVA
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará, Mestrado em Educação: Currículo, e doutorado em Educação: Currículo pela PUC/SP. Atualmente é Professora Associada II do PPGED/ICED/UFPA, na Linha de Pesquisa Educação: Currículo, Epistemologia e História do Mestrado e Doutorado. É Coordenadora Adjunta do Plano Nacional de Formação de Professores, PARFOR/UFPA, membro do Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais do Magistério da Educação Básica na UFPA, membro do Conselho Científico da Revista eletrônica Artifícios/UFPA, membro de corpo editorial da Revista Margens/UFPA, membro de corpo editorial da Ambiente & Educação/FURG. Líder do Grupo de Pesquisa Diferença e Educação – Difere, que investe na realização de estudos voltados para a constituição de sínteses disjuntivas apoiadas nas virtualidades e multiplicidades de abordagens filosóficas de inspiração pós-estruturalista. Investe no aprofundamento do pensamento nômade da diferença como potência criadora para a composição do pensamento da diferença no âmbito do currículo e da formação de professores. Aposta na escrita de intensidades e no estilo como linhas de fuga e possibilidades de afrontamento dos limites da linguagem sedentária no campo da investigação educacional.

JOSIMARA WIKBOLDT SCHWANTZ
Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Pelotas (Bolsista CAPES). Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPel e Pedagoga formada pela Faculdade de Educação da mesma instituição. Professora na Escola Estadual de Ensino Fundamental Dona Gabriela Gastal (Em licença). Integrante dos Grupos de Pesquisa: Escrileituras da diferença em filosofia-educação, oriundo do Projeto interinstitucional (UFRGS, UFPel, UNIOESTE, UFMT) Escrileituras: um modo de ler-escrever em meio à vida (2010-2014), do Programa Observatório da Educação (CAPES/MEC/ INEP); e do Grupo de Pesquisa Educação e contemporaneidade: experimentações com arte e filosofia (CNPQ).

JOYCE OTÂNIA SEIXAS RIBEIRO
Professora de Didática da FAECS/Campus Universitário de Abaetetuba/UFPA; mestre e doutora em educação pelo PPGED/ICED/UFPA, na linha de pesquisa Currículo e formação de professores; Professora do PPEB – Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica do ICED/UFPA, na Linha de Pesquisa Currículo da Escola Básica; Líder do Gepege – Grupo de Pesquisa Gênero e Educação (CNPq/UFPA). Integrante do Conselho Científico da Revista eletrônica Artifícios/UFPA e do Conselho Científico da Revista Margens/UFPA. Associada da ANPED – Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação; Associada à ABdC – Associação Brasileira de Currículo. Atualmente desenvolve o projeto de pesquisa A tradição do brinquedo de miriti no currículo da escola básica e ações extensionistas de formação cultural de professores/as.

JOSÉ RAFAEL BARBOSA RODRIGUES
Graduado em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará. Mestrando no programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica, na Linha de Pesquisa Currículo da Escola Básica. Trabalha com os temas currículo, gênero, sexualidade e educação na escola básica, homofobia e educação, diferença sexual e educação, diferenças culturais, conhecimento escolar e currículo.

KELRY LEÃO OLIVEIRA
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Especialização em Gestão, Supervisão e Orientação Escolar e Mestrado em Educação (PPGED/UFPA), na Linha de Pesquisa: Educação: Currículo, Epistemologia e História. Atualmente é Professora Licenciada Plena em Pedagogia na Prefeitura Municipal de Belém.

LUCIVANDO RIBEIRO MARTINS
Mestre em educação na linha de pesquisa Movimentos Sociais, Políticas Públicas e Educação pela Universidade Federal do Piauí. Licenciado no curso de Licenciatura em Pedagogia na mesma instituição. Atuo como membro do Observatório das Juventudes e Violências nas Escolas e do Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação, Gênero e Cidadania – NEPEGECI desenvolvendo estudos que tematizam sobre: Teoria Queer, Juventudes, Corpo, Sexualidades e Educação.

MARIA DOLORES DOS SANTOS VIEIRA
Mestra e doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2016), Pós-Graduada em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Faculdade de Ensino Superior do Piauí – FAESPI (2007), Graduada em Pedagogia pela UFPI – Universidade Federal do Piauí (2004), Licenciada em Educação Religiosa pela Faculdade Assembleiana de Brasília – FASSEM (2001). Professora efetiva da Universidade Federal do Piauí – Campus Senador Helvídio Nunes de Barros. Proficiente em Língua Espanhola pela Universidade Federal do Piauí e pela Universidade Federal de Minas Gerais. Proficiente em Língua Francesa pela Universidade Federal do Piauí. Integra o NEPEGECI – Núcleo de Educação, Gênero e Cidadania vinculado ao PPGED/UFPI. Integra o Observatório de Juventudes e Violências nas Escolas/OBJUVE/UFPI. Integra o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Teorias e Práticas Pedagógicas/NUTTEPE. Realiza estudos sobre Gênero, Cultura de Paz, Juventudes, Formação de Professores/as e Práticas Educativas.

MARCOS LOPES DE SOUZA
Possui Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo - FFCLRP (1995-1998) tendo realizado Iniciação Científica sob orientação da Profa. Dra. Eda Therezinha de Oliveira Tassara e co-orientação da Profa. Dra. Silvana Aparecida Pires de Godoy. É mestre (1999-2002) e doutor (2002-2007) em Educação pelo PPGE da Universidade Federal de São Carlos sendo orientado pela Profa. Dra. Denise de Freitas. Realizou estágio de pós-doutorado pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2014-2015) sob a supervisão do Prof. Dr. Anderson Ferrari. É professor titular do Departamento de Ciências Biológicas (DCB) da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, campus de Jequié/BA. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade da UESB. É professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Formação de Professores (PPG-ECFP) e do Programa de Pós-Graduação em Relações Étnicas e Contemporaneidade (PPG-REC), ambos da UESB, campus de Jequié-BA. Tem experiência na área de Educação, atuando como pesquisador e extensionista, especialmente nos seguintes temas: ensino de ciências e biologia; diversidade de gênero, sexual, étnico-racial e educação; formação docente e as questões de gênero e sexualidade; a interface entre sexismo, racismo e homofobia nas escolas.

PAULO SÉRGIO DE OLIVEIRA ÁLVARES
Possui graduação em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará (2006). Tem Especialização em Gestão e Docência do Ensino Superior pela Faculdade Atual de Macapá/AP (2013). Atualmente é Especialista em Educação Classe I – Secretaria Executiva de Educação do Pará e Pedagogo da Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura Municipal de Portel. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Gestão democrática – Projeto Político Pedagógico – Participação, Inclusão – Educação Infantil – Cidadania – Democracia – Currículo – Política e Legislação Educacional. Coordenou, como Técnico Orientador credenciado junto à Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino (SASE), o Plano Municipal de Educação de Portel. Foi Presidente do Fórum Municipal de Educação de Portel, até março de 2016. Assumiu até fevereiro de 2016 a Diretoria de Ensino da Secretaria Municipal de Educação de Portel. É mestrando do Programa de Pós-graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica do NEB/UFPA. Pesquisa o campo do Currículo, relacionando com a Arte, Literatura e Filosofia.

ROBERTA MOREIRA COUTO
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará (2009), Especialista em Gestão educacional e Docência do ensino Superior (2011). Mestranda no PPEB/ICED/UFPA, na linha de pesquisa Currículo da Escola básica. Atua como professora-formadora efetiva da Secretaria Municipal de Educação de Marabá. Tem experiências na área da Educação Infantil, Educação Básica e Ensino Superior.

RONEY POLATO DE CASTRO
Possui Licenciatura em Ciências Biológicas (UFJF), Mestrado e Doutorado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UFJF, na linha de pesquisa “Linguagem, Conhecimento e Formação de Professores”. Foi professor no Ensino Fundamental. Atualmente é professor adjunto da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação – Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). É coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Gênero, Sexualidade, Educação e Diversidade (GESED) (cadastrado no CNPq). Membro do Grupo de Trabalho 23 da ANPEd – Gênero, Sexualidade e Educação e da diretoria da ABEH (Associação Brasileira de Estudos da Homocultura), biênio 2015-2016. Interesses atuais de estudo/pesquisa: educação, sexualidades e relações de gênero; formação docente (inicial e continuada); discursos religiosos e sexualidades; diversidades; relações entre educação em ciências, gêneros e sexualidades; estudos foucaultianos e estudos pós-críticos em educação.

RITA MARISA RIBES PEREIRA
Licenciada em Filosofia pela Universidade Federal de Pelotas (1990), Mestre em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1996) e Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2003). Atualmente é Professora Associada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, atuando no Programa de Pós-Graduação em Educação. Coordenada o Grupo de Pesquisa Infância e Cultura contemporânea (www.gpicc.pro.br) e estuda as temáticas: infância e cultura contemporânea, infância e mídia, infância e cibercultura, experiências cotidianas e processos de criação infantis. Tem por foco de estudo, ainda, a especificidade da pesquisa com crianças no âmbito das Ciências Humanas. Nesses eixos temáticos orientou 4 teses e 12 dissertações, já concluídas, e 3 projetos de tese e 3 dissertações em andamento. Coordenadora do GT Educação e Comunicação da ANPED nos anos 2009/2010 e Membro do Comitê Científico de 2011 a 2013. Membro do Conselho Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro entre os anos de 2009 a 2013. Nos últimos 5 anos publicou 5 artigos em Revistas Qualificadas, 19 capítulos em livros nacionais e internacionais e organizou 3 coletâneas na área da Educação. Responsável pelo Projeto Editorial do livro A hora das crianças: narrativas radiofônicas de Walter Benjamin, publicado pela NAU Editora, com os Programas de Rádio que o filósofo alemão dedicou às crianças, inéditos até então em língua portuguesa. Foi Jovem Cientista do Nosso Estado - FAPERJ nos anos de 2008 a 2014 e recebeu apoio financeiro através dos Editais “Apoio à Melhoria do Ensino nas Escolas Públicas do Estado do Rio de Janeiro nos anos de 2007, 2010, 2012 e 2014. É Procientista UERJ desde 2006 e é Pesquisadora 2 do CNPq.

RONIQUELI MORAIS PANTOJA
Graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia, pela Universidade Federal do Pará (2006). Especialista em Psicologia Educacional em Psicopedagogia Preventiva, pela Universidade do Estado do Pará. Atualmente é especialista em educação na Secretaria de Estado de Educação do Pará, onde desenvolve atividades técnico-pedagógicas; é professora alfabetizadora da Secretaria Municipal de Educação de Belém, desenvolvendo trabalhos de letramento e alfabetização. Tem experiência na área de Educação, em docência e coordenação pedagógica na escola básica. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica do Instituto de Ciências da Educação/ICED/UFPA, na Linha de Pesquisa Currículo da Escola Básica. É integrante do Difere – Grupo de Pesquisa Diferença e Educação.

SHARA JANE HOLANDA COSTA ADAD
Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Piauí, Especialista em História do Piauí, Doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará/UFC. Professora adjunto da Universidade Federal do Piauí/UFPI, lotada no Departamento de Fundamentos da Educação/DEFE/CCE, atuando na área de Fundamentos Sociológicos e Antropológicos da Educação no Curso de Licenciatura em Pedagogia e na área Educação e Diversidades Culturais – Linha de Pesquisa Educação, Políticas Públicas e Movimentos Sociais, no Programa de Pós-Graduação em Educação da mesma IES. Integra o Núcleo de Pesquisas e Estudos em Gênero e Cidadania/NEPEGECI e o Observatório das Juventudes, cultura de paz e violências na Escola/OBJUVE. Tem formação em arte-terapia, investigando sobre corpo, juventudes, práticas educativas e diversidade cultural em contextos escolares e não escolares. Tem desenvolvido o projeto Educação, Corpo e Movimento: agenciamentos de afectos, processos de criação e de resistências nas práticas educativas com/entre crianças e jovens como produção de outros modos de educar na contemporaneidade com graduandos, pós-graduandos e professores da UFPI.

THIAGO AUGUSTO DE OLIVEIRA DA CONCEIÇÃO
Graduado em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará/UEPA. Especialista em Gestão Educacional Integrada pelo Instituto Superior de Educação de Afonso Cláudio. Mestre em Educação (Currículo) pela Universidade Federal do Pará/UFPA. Professor efetivo dos anos iniciais do ensino fundamental e/ou educação de jovens e adultos da Secretaria Municipal de Educação de Belém/SEMEC. Atualmente está na direção da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Milton Monte. Área de atuação: Educação. Seu interesse de pesquisa investe nos temas sobre Perspectivas Pós-estruturalistas do campo das relações de gênero, educação, Currículo e Formação de Professores. Tem experiência na Educação superior com as disciplinas: TCC (orientação), Política educacional, Didática e Tendências Educacionais.

WALDINA RIBEIRO BRAGA
Historiadora pela UFPA/Campus Universitário de Altamira, 1998; Especialista em Educação e problemas Regionais, pela UFPA/Campus Universitário de Altamira, 2002; Licenciada em Filosofia/Parfor/UEPA, 2014. Professora de História/SEDUC/PA. Professora colaboradora do Parfor/Pedagogia/Abaetetuba. Integrante do Gepege – Grupo de Estudos e pesquisas Gênero e Educação. Atualmente é aluna do mestrado em Currículo e Gestão da Escola Básica/PPEB/ICED/UFPA, na Linha de Pesquisa Currículo da Escola Básica.