Capa do livro: NOVOS OLHARES SOBRE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO, A PARTIR DE PESQUISAS EM EXPERIÊNCIAS BEM-SUCEDIDAS

NOVOS OLHARES SOBRE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO, A PARTIR DE PESQUISAS EM EXPERIÊNCIAS BEM-SUCEDIDAS

Autores: Norma Lucia Neris de Queiroz - Sandra Vivacqua Von Tiesenhausen (Orgs.)

livro impresso
de R$ 45,90 por
livro digital
de R$ 45,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Esta obra, “Novos olhares sobre alfabetização e letramento, a partir de pesquisas em experiências bem-sucedidas”, construídos por uma pesquisa, cujo objetivo foi compartilhar as 16 práticas docentes bem-sucedidas de alfabetização e letramento, nos anos iniciais do ensino fundamental, das 14 Coordenações Regionais de Ensino do Distrito Federal.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2273-1
DOI: 10.24824/978854442273.1
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 198
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

NOVOS OLHARES SOBRE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO, A PARTIR DE PESQUISAS EM EXPERIÊNCIAS BEM-SUCEDIDAS

Autores

AMARALINA MIRANDA DE SOUZA
Psicóloga, Doutora em Ciências da Educação pela Universidade Nacional de Educação a Distância – UNED – Espanha – Madrid. Mestre em Educação Especial pela Universidade de Salamanca – Espanha. Professora da Universidade de Brasília-UnB, área de Educação Especial e Inclusiva. Pesquisadora e Orientação no Mestrado Acadêmico, na linha da Educação, Tecnologias e Comunicação (ETEC) do Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE Tem realizado estudos sobre os temas: Tecnologias Educativas aplicadas ao processo de ensino e aprendizagem nos diversos contextos educativos, Educação a Distância, Acessibilidade, Educação inclusiva e Pedagogia Hospitalar.

ADRIANA DEMITE STEPHANI
Licenciada em Letras e Pedagogia. Especialista em Língua Portuguesa: Métodos e Técnicas de Produção de Textos. Mestrado e Doutorado em Literatura pela Universidade de Brasília (UNB). Atualmente é docente (Adjunto II) do Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Tocantins, em Arraias. Tem experiência na área de Letras e Pedagogia com ênfase em Ensino de Língua e Literatura e outras Artes, atuando principalmente nos seguintes temas: Formação de professores, Letramentos, Arte e ensino, Arte Literária, Literatura e ensino, Literatura e recepção, Literatura e outras Artes, Leitura e formação, Leitura e Escrita Acadêmica e Literatura infanto-juvenil.

JÚNIA LUZ DE SOUZA
Graduanda em Pedagogia pela Universidade de Brasília, bolsista do Grupo de Pesquisa Profissão docente: formação, saberes e práticas. Participou como bolsista desta pesquisa em questão. Participou em Congressos, apresentando os seguintes trabalhos: DANTAS, O. M. A. D. N. A. “A Política de ação afirmativa e sistema de cotas no Brasil: sua influência na formação dos cursistas de pedagogia da UnB”. 2015. SOUZA, J. L.; QUEIROZ, N. L. N. “Contribuições da literatura infantil para produção textual de alunos do 3º ano do ensino fundamental”. 2015. SOUZA, J. L.; DANTAS, O. M. A. D. N. A. “A universidade de Brasília e a política de ação afirmativa: um estudo com os cursistas de pedagogia”. 2015. SOUZA, J. L; DANTAS, O. M. A. D. N. A. “A Política de ação afirmativa e sistema de cotas sua influência na formação dos cursistas de pedagogia da UnB” 2015. SOUZA, J. L.; QUEIROZ, N. L. N. “Produção textual: uma experiência inovadora em uma escola pública do Distrito Federal”. 2015.

LEILA CHALUB MARTINS
Graduada em Pedagogia pela Universidade de Brasília (1973), mestre em Antropologia pela Universidade de Brasília (1986) e doutora em Ciências Sociais – Antropologia pela Universidade Estadual de Campinas (2001). Estagio pós-doutoral no Centre d’Analyse et d’Intervention Sociologiques – CADIS, da École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris, França (2011/2012). Professora Associada e dos Programas de Mestrado e Doutorado em Educação, na Faculdade de Educação, e em Sociedade, Desenvolvimento e Cooperação Internacional no Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, da Universidade de Brasília – UnB. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Antropologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, sustentabilidade, complexidade, cultura e juventude. Coordenadora do Observatório da Juventude da UnB (2008/2017) e Coordenadora Geral do Pacto pela Alfabetização na Idade Certa pela UnB (2012/2016).

LEILANE OLIVEIRA SILVA
Graduada em Pedagogia pela Universidade de Brasília, pós-graduanda em Educação Especial, atualmente atua como professora temporária da Secretaria de Educação do Distrito Federal. Participei como bolsista de pesquisa.

LUZIA COSTA DE SOUSA
Pedagoga, formada pela UFRN e Mestre em Educação pela UnB. Aposentada como Técnico em Assuntos Educacionais do MEC. Atuou como professora Faculdade de Artes Dulcina de Moraes e como professora substituta da Faculdade de Educação da UnB. Tem experiência na área de Educação, com ênfase na formação de professores, atuando principalmente nos seguintes temas: formação docente, organização do trabalho pedagógico, no ensino médio, na educação profissional e na educação de jovens e adultos, além de avaliação de políticas públicas. Desenvolve pesquisas sobre a formação de professores(as) vinculada a Redecentro – Rede de Pesquisadores sobre Professores do Centro-Oeste.

MAGALIS BÉSSER DORNELES SCHNEIDER
Doutora em Educação pela Universidade de Brasília – UNB, Pedagoga, especialista em Educação à distância, Administração escolar e psicopedagogia. Pesquisadora dos grupos: HISTEDBR-DF e “Análise, formação de professores e intervenção pedagógicas” (UnB). Pesquisadora da formação inicial e continuada de professores para atuação na Educação Básica, Práticas pedagógicas dialógicas e emancipadoras na sala de aula, Tecnologias na educação e no ambiente virtual de aprendizagem moodle (UFT). Coordenadora do Laboratório de alfabetização dialógica UFT/SEMED/Arraias-TO. Pesquisadora do Centro de Estudos Avançados Multidiciplinares – CEAM/CFORM/UnB e da Formação de professores PNAIC/UFT-Tocantins – 2016/2017.

MARIA DO CARMO NASCIMENTO DINIZ (IN MEMORIAM)
Doutora em Educação pela Universidad Nacional de Educación a Distância- Espanha/Madrid (2011), Pós doutoramento em Ciências da Educação, especialidade de Desenvolvimento Curricular pela Universidade do Minho/Instituto de Educação – Braga/Portugal (2017), Mestre em Educação pela Universidade Católica de Brasília (1997), Pedagoga pela Universidade Federal de São João del-Rei - MG. Tem experiência na área de Educação, Psicologia Educacional com ênfase em Didática Fundamental, ensino e aprendizagem. Pesquisadora na área de formação inicial e continuada de professores da educação básica, tecnologia da educação, psicologia do desenvolvimento e educacionais.

NORMA LUCIA NERIS DE QUEIROZ
Doutora em Psicologia (IP – UnB). Mestre em Educação (FE- UnB). Graduada em Pedagogia (FE) e Letras (IL), ambas realizadas na Universidade de Brasília. Orientadora Educacional aposentada da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF). Docente no curso de graduação de Pedagogia a distância (UAB/UnB) e da Especialização da Educação Infantil (CEEI/UnB/MEC/SEEDF). Pesquisadora do OBEDUC – FE/UnB/Capes e CEAM-NEAL/CForm/UnB nas áreas de alfabetização/letramento infantil, formação de leitores e escritores no ensino fundamental e da Rede de pesquisadores sobre professores (REDECENTRO) com 07 universidades da região Centro Oeste.

PAULA MARIA COBUCCI
Professora Adjunta da Universidade de Brasília, atua na Faculdade de Educação, Departamento de Métodos e Técnicas (MTC), na área de Língua Materna. Ministra as disciplinas Ensino e Aprendizagem da Língua Materna e Processo de Alfabetização. Doutora e Mestre em Linguística pela Universidade de Brasília. Graduada em Letras (Licenciatura Plena em Língua Portuguesa e Respectiva Literatura) pela Universidade de Brasília. Autora dos seguintes livros: Leitura e Mediação Pedagógica (2011), Parábola Editorial. Por que a Escola Não Ensina Assim? (2014), Parábola Editorial. Sociolinguística, Sociolinguísticas (2016), Editora Contexto.

PRISCILA NASCIMENTO DIAS
Professora da Secretaria de Educação do DF. Mestranda do Programa de Desenvolvimento Humano e Saúde da Universidade de Brasília (PGPDS/IP/UnB). Graduada em Pedagogia (FE/UnB). Bolsista na Pesquisa em questão “O Pacto pela Alfabetização na Idade Certa no Distrito Federal: reflexões sobre a formação continuada de professores e resultados de aprendizagem”.

SANDRA VIVACQUA VON TIESENHAUSEN
É professora doutora aposentada da Universidade de Brasília, e pesquisadora do Grupo Análise e Intervenção Pedagógica UnB/CNPq. Atua ainda no eixo Literatura Infantil e Educação, em pesquisas referentes à formação do leitor intérprete (em contraponto ao “leitor escolarizado”), privilegiando a prática cultural da leitura literária e as formas de articulação entre ética, estética e pedagogia.