Capa do livro: EDUCAÇÃO, GÊNERO E DIVERSIDADE SEXUAL: <br>fabricação das diferenças no espaço escolar

EDUCAÇÃO, GÊNERO E DIVERSIDADE SEXUAL:
fabricação das diferenças no espaço escolar

Autores: Pedro Paulo Souza Rios - Alane Martins Mendes (Orgs.)

livro impresso
de R$ 52,90 por
livro digital
de R$ 52,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Os estudos reunidos no livro Educação, gênero e diversidade sexual: fabricação das diferenças no espaço escolar, propõem uma reflexão acerca das questões de gênero e suas intersecções com temas relacionados à educação, sexualidade, currículo, feminismo no Semiárido Baiano.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2265-6
DOI: 10.24824/978854442265.6
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 204
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

EDUCAÇÃO, GÊNERO E DIVERSIDADE SEXUAL: <br>fabricação das diferenças no espaço escolar

Autores

ALANE MARTINS MENDES
Mestrado em Educação. Graduação em Letras Vernáculas pela Universidade do Estado da Bahia – UNEB. Especializações em: Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa e Literatura; Psicopedagogia Clínica e Institucional; Gestão Escolar. Mestranda em Ciências da Educação. Professora da Rede Municipal. Professora da Faculdade de Riachão do Jacuípe. Atuei como Coordenadora de Educação Inclusiva/AEE; Psicopedagoga Clínica e Institucional; Foi Secretaria Municipal de Educação, Esporte, Cultura e Lazer. Experiência como docente; como palestrante; escritora.

ANTÔNIO CARVALHO DOS SANTOS JÚNIOR
icenciado em HISTÓRIA, pela Universidade de Pernambuco; Pós-Graduado em História do Brasil, pela Faculdade de Arte do Paraná; Pós-Graduado em Educação Contextualizada para Convivência com o Semiárido Brasileiro, pela UNEB; e Mestre em Educação, Cultura e Territórios Semiáridos, também pela UNEB. Foi Coordenador de Desenvolvimento da Educação Básica da DIREC15 (Diretoria Regional de Educação). Membro do Núcleo de Arte-educação Nego Dágua (NAENDA), onde desenvolveu atividades relacionadas a Arte-educação, promovendo os debates raciais. Tem interesse em estudos nas temáticas: Currículo/identidade; relações raciais; currículo e sexualidades; educação contextualizada para convivência com semiárido brasileiro.

CLÁUDIA PEREIRA VASCONCELOS
Licenciatura em História na Universidade do Estado da Bahia – UNEB; Especialização em Arte e Educação na PUC de Minas Gerais, Mestrado em Cultura e Sociedade na Universidade Federal da Bahia – UFBA, realiza doutorado em Estudos de Cultura na Universidade de Lisboa. Coordenou projetos de Arte-Educação e Educomunicação em ONGs de Salvador como o CRIA, o Liceu de Artes e Ofícios e a CIPÓ. Atualmente é Professora Auxiliar da UNEB – Campus IV (Colegiado de História). De 2012 a 2014 assumiu a Diretoria de Cidadania Cultural na Secretaria e Cultura do Estado da Bahia – SECULT. Seus interesses de pesquisa remetem às discussões sobre Cultura, Música e Identidades, bem como suas relações com os recortes regionais correspondentes a Sertão, Bahia e Brasil.

CLAUDIA SUELY BARRETO FERREIRA
Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Feira de Santana - BA – UEFS; Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS; Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho pela IBPEX (2009). Atualmente, é Docente Auxiliar da Universidade do estado da Bahia – UNEB, Campus VII . Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde Coletiva, atuando principalmente nas seguintes áreas: Vigilância Epidemiológia, Vigilância Sanitária, Coordenação de Atenção Básica, Consultoria para implantação de Curso Técnico de Enfermagem, Enfermagem do Trabalho e Urgências e Emergências. Pesquisadora com ênfase em: Descentralização, Rede Básica de Saúde, SUS, Enfermagem do trabalho , Condições de saúde e trabalho e sua correlação com saúde docente, Educação Popular em Saúde e Representações sociais do adoecimento crônico e das relações de gênero.

CLEIDENEA BASTOS ALMEIDA
Graduação em Licenciatura Plena em História pela Universidade do Estado da Bahia; Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Universidade do Estado da Bahia; Mestrado em Estudos Interdisciplinares sobre Mulher. Experiência em gestão e organização do Cooperativismo e Associativismo. Presidente da Associação de Mulheres Pintadense, Mobilizadora do Grupo de Mulheres do Território de Identidade da Bacia do Jacuipe; Tem experiência em gestão escolar, formação de professores e Coordenação Pedagógica; Faz parte da Coordenação da Marcha mundial de Mulheres; Participa da Articulação do Fórum de Mulheres do Semiárido baiano; Atualmente é secretária Parlamentar, assumindo a mobilização de grupos de mulheres.

ELDER LUAN DOS SANTOS SILVA
Licenciado em História pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2015). Especialista em História da África, da Cultura Negra e do Negro no Brasil pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2016). Mestre em Estudos Interdisciplinares Sobre a Universidade pela Universidade Federal da Bahia (2017). Desenvolve pesquisa sobre as trajetórias formativas e permanência de estudantes LGBTs no Ensino Superior. Durante a graduação fez parte do Programa de Educação Tutorial, na condição de bolsista. Atualmente atua como Orientador na Especialização em Educação, Pobreza e Desigualdade da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de políticas afirmativas e estudos da vida universitária, atuando principalmente nos seguintes temas: acesso, permanência e afiliação de estudantes de origem popular.

IOLE MACEDO VANIN
Graduação em História pela Universidade Católica do Salvador; mestrado e doutorado em História pela Universidade Federal da Bahia. É docente associada I no Bacharelado em Estudos de Gênero e Diversidade, no Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo/PPGNEIM, da Universidade Federal da Bahia, onde exerce atualmente o cargo de Coordenadora de Ações Afirmativas, Educação e Diversidade na Pró-Reitoria de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil/PROAE. Vice-Diretora da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas/FFCH/UFBA. Pesquisadora filiada da Rede Regional Norte Nordeste de Estudos e Pesquisas Sobre a Mulher e Relações de Gênero/REDOR e do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher/NEIM. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Masculinidades, atuando principalmente nos seguintes temas: gênero, educação, estudos de gênero e feminismo, história e feminismo.

MARIA JOSÉ SOUZA PINHO
raduação em Ciências Biológicas. Pós-Graduada em Docência do Ensino Superior (UCAM/2003), Mestre em Educação – UFBA e Doutora em Educação – UFBA; Professora da rede Estadual de Educação, Professora Assistente da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Campus VII, Coordenadora do Colegiado de Ciências Biológicas , lecionando as disciplinas Prática Pedagógica e Estágio supervisionado e Educação Ambiental . Coordenadora curso de Educação Física/PARFOR. Professora Colaboradora do Mestrado Profissional em Educação e Diversidade. Pesquisadora CNPq do Grupo de Pesquisa Diversidade, Formação, Educação Básica e Discursos/DIFEBA e do Grupo Diversidade e Conservação de Ecossistemas Associados a Região do Semiárido-UNEB. Tem experiência na área de Biologia, com ênfase em Educação Ambiental. Temas de interesse de pesquisa: Educação Ambiental na Formação de educadores e Gênero e Biologia no Ensino de Ciências.

PAULO VICTOR NETO DE JESUS
Pedagogo; Mestrando pelo Programa de Pós Graduação em Extensão Rural – PPGExR, pela Universidade do Vale do São Francisco – UNIVASF; Estudante de Especialização em História Educação e Sociedade Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Campus IV; Membro Do Grupo de Pesquisa e Extensão em Artes Cênicas do Semiárido Brasileiro – GRUPANO; Professor da Rede Pública Municipal em Umburanas – Bahia.

PEDRO PAULO SOUZA RIOS
Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Sergipe – UFS; Mestrado em Educação, Cultura e Territórios Semiáridos, pela Universidade do Estado da Bahia – UNEB; Especialização em Educação de Jovens e Adultos e Filosofia Contemporânea; Graduado em Filosofia e Pedagogia; professor da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Campus VII – Senhor do Bonfim.

RICARDO DOS SANTOS BATISTA

Doutor e mestre em História pela Universidade Federal da Bahia; licenciado em História pela Universidade do Estado da Bahia. Atualmente é professor da Universidade do Estado da Bahia, campus XIV, Conceição do Coité. Tem interesse na área da História da Assistência à Saúde, História da Educação Sanitária e História das Relações de Gênero e Sexualidade. Autor de “Sífilis e reforma da saúde na Bahia (1920-1945)” (Eduneb, 2017) e de “Mulheres Livres: uma história sobre prostituição, sífilis, relações de gênero e sexualidade” (Edufba, 2014). Integra o Grupo de Pesquisa “Formação, Experiência e Linguagens – FEL”, do Cnpq, a Red Iberoamericana de Investigación en Historia, Mujeres y Archivos; e o GT Estudos de Gênero da ANPUH/BA.

TATIANE PINA SANTOS LINHARES
Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Santa Cruz. Atualmente é enfermeira – I Centro de Saúde e professora da Universidade do Estado da Bahia. Mestranda em Educação e Diversidade – Mped – UNEB,Pós-Graduada em Saúde Pública com ênfase em PSF, e em Enfermagem do Trabalho Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, criança, educação em saúde e amamentação. participa do grupo de pesquisa PROFISSÃO DOCENTE NA EDUCAÇÃO BÁSICA DO PIEMONTE DA DIAMANTINA: formação, contextos de diversidade e práticas pedagógicas vinculados a CNPQ. Experiência em pesquisa e extensão nas arás da criança e adolescente.

THAYNARA OLIVEIRA DA SILVA
Graduada do curso de Licenciatura em Pedagogia, da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Campus VII – Senhor do Bonfim; Especializando em Educação, Afetividade e Sexualidade, pela Universidade Cândido Mendes; Membro do Grupo de Estudo em Gênero e Sexualidades Sertanejas – GENESES-Sertaneja.

VANIA NARA PEREIRA VASCONCELOS
Possui graduação em Licenciatura em História pela Universidade do Estado da Bahia; Mestrado em História pela Universidade Federal da Bahia e; Doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense, com período sanduíche na Universitat Rovira i Virigili (Espanha). Atualmente é professora adjunta da Universidade do Estado da Bahia, na graduação em História, atuando na área de Estágio Supervisionado e no Programa de Pós-Graduação em História Regional e Local. Coordena o Projeto de Extensão Gênero, raça, sexualidade e educação: espaço para a diversidade e desenvolve pesquisas nos seguintes temas: relações de gênero, biografia, memória, mulheres e sexualidade. É autora dos livros " É um romance minha" – Dona Farailda, uma casamenteira no Sertão baiano, recentemente lançado pela EDUFBA e " Evas e Marias em Serrolândia: práticas e representações acerca das mulheres em uma cidade do interior da Bahia (1960-1990)", além de artigos na área.