Capa do livro: TER SIDO ESTAR SENDO – A PROSA POÉTICA DE HILDA HILST

TER SIDO ESTAR SENDO – A PROSA POÉTICA DE HILDA HILST

Autores: Deneval Siqueira de Azevedo Filho

livro impresso
de R$ 45,90 por
livro digital
de R$ 45,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

“Azevedo Filho, portanto, não recua diante do que se evidencia após as análises e arrisca-se a julgar, o que faz grande diferença na crítica de nossos dias, mais interessada em afagar alguns autores, principalmente aqueles que fazem parte de nossa eleição. Fiel a  tal postura conclui que a chamada trilogia ocupa um lugar ambíguo, ‘entre a boa literatura – quando (a autora) cede ao próprio talento – e a banal – quando se entrega à irresponsabilidade literária e ao mau gosto’”.

“Apesar das ressalvas feitas durante a travessia crítica, Deneval aposta na sobrevivência da obra, composta com grande vivacidade. Vivacidade, isto sim, que é também uma qualidade do ensaísta”.

“Antigo admirador de Hilst, Azevedo Filho não é entretanto complacente com seu texto e imperfeições são apontadas no ajustamento e confecção do gênero. Atitude rara, convenhamos. Frisa-se assim que os sacolejos da página são demasiadamente abruptos: salta-se do prazer ao repúdio, da linguagem preciosa à chula, de alusões políticas a passagens góticas, da comicidade ao patético, do comovente ao besteirol. Em suma, trata-se de uma pseudopornografia, na conclusão do ensaísta”.

Vilma Arêas
Unicamp

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2144-4
DOI: 10.24824/978854442144.4
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 172
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

TER SIDO ESTAR SENDO – A PROSA POÉTICA DE HILDA HILST

Autores

DENEVAL SIQUEIRA DE AZEVEDO FILHO
Campista-goitacá (RJ). Possui bacharelado em Arquitetura (USU) e graduação em Letras-Português/Inglês e respectivas literaturas pela UNIFLU – Faculdade de Filosofia de Campos (1985), mestrado em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (1996) e doutorado em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (1999). Atualmente é Research Associate Professor – campus Nassau College – State University of New York, Research Associate Professor da Fairfield University, Connecticut, E.U.A. e Professor Titular de Teoria e História Literária do Centro de Ciências Humanas e Naturais da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Letras e Artes, com ênfase em Crítica Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura – história e crítica, crítica literária, teoria literária, escritores brasileiros e literatura brasileira contemporânea. Possui pós-doutorado em Literatura Comparada e Estudos Culturais pelo Harpor College of Arts, State University of New York in Binghamton e Pós-doutorado em Letras, Artes e Culturas, no International College of Letters and Cultures, Hispanic Research Center, da Arizona State University e Pós-doutorado Sênior pela Universidade Federal Fluminense, em Literatura Brasileira Contemporânea. É membro da Academia Campista de Letras e Curador do acervo de Literatura do Espírito Santo nas bibliotecas estaduais no Estado do Espírito Santo. Já publicou diversos artigos em revistas científicas, organizou coletâneas, publicou capítulos de livro e editou periódicos. São de sua autoria: Desarraigados – ensaios (Edufes, 1995), De cantos, de fotografias, de (in)vocação, do obsceno e dos palcos (Edufes, 1999), Holocausto das Fadas – a trilogia obscena e o Carmelo bufólico de Hilda Hilst (Annablume/Edufes, 2002), Lira dos sete dedos – a poética de Valdo Motta (2002), Anjos Cadentes – a poética de Bernadette Lyra (ACL, 2006), A bela, a fera e a santa sem saia – ensaios sobre Hilda Hilst (PPGL/UFES/Edgeites, 2007), Os bandidos na mesa do café (Edufes, 2012) Organizou Masculinidades Excluídas (Flor&Cultura, 2007), Bandid@s na pista – ensaios homoculturais (2008), A Multiplicidade das linguagens híbridas na ficção de Nuno Ramos (Arte & Ciência, 2012); Por um
(im)possível (anti)cânone contemporâneo – literatura, artes plásticas, cinema e música (Arte & Ciência, 2014). Recentemente publicou Literatura em Transe (Curitiba, CRV Editora, 2016) e O Brasil é um escambo – Literatura Telúrica e Memória Cultural. O Brasil e O Outro – Da Carta ao Golpe (Curitiba, CRV Editora, 2017).