Capa do livro: NA CASA DA FICÇÃO: <br>textos sobre cultura e literatura africana e afro-brasileira

NA CASA DA FICÇÃO:
textos sobre cultura e literatura africana e afro-brasileira

Autores: Sebastião Marques Cardoso - Elen Karla Sousa da Silva - Maria Edneide Ferreira de Carvalho (Org.)

livro digital
de R$ 0,00 por

Disponibilidade: 1 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A maior parte dos textos reunidos, neste livro, decorre dos trabalhos apresentados no I Simpósio Nacional de Literaturas de Língua Portuguesa - SINALLIP, realizado na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN, no ano de 2016. Há também colaborações de outros pesquisadores, que se identificaram com a temática da proposta para o Simpósio, ou seja, discutir as “cartografias literárias e culturais africanas e afro-brasileiras”. Convém lembrar, ainda, que o SINALLIP foi o primeiro evento científico de alcance nacional, organizado pela UERN, mais especificamente na cidade de Pau dos Ferros (RN), através do Grupo de Pesquisa de Literaturas de Língua Portuguesa – GPORT. Assim, a existência desse livro é também reflexo das pesquisas e de intervenções orientadas e promovidas pelo Grupo, que almeja se estabelecer e se consolidar na pesquisa acadêmica, apoiando, inclusive, o Programa de Pós-graduação em Letras – PPGL, existente na instituição.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2213-7
DOI: 10.24824/978854442213.7
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 318
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

NA CASA DA FICÇÃO: <br>textos sobre cultura e literatura africana e afro-brasileira

Autores

TÂNIA MARIA DE ARAÚJO LIMA
Nascida na ilha de Igoronhon – Lençóis Maranhenses – escreve poesia desde os 13 anos. Entre 1986 e 1990, fez Faculdade de Música e Letras. No ano de 1993, Especialização em Filosofia da Educação. Em 1996, ao lançar o primeiro livro "Pedra do Sol, ganha o prêmio SESC no RJ. No ano 2000, recebe prêmio "Ecoturismo uma grande aventura", organizado pelo Jornal O povo no Ceará, com a crônica "Andarilha dos mangues". Em 2001, recebeu em São Paulo, com o livro Bela Estrãgeira o “Prêmio Literário Xerox do Brasil”, que teve como jurados: Claudio Willler, Fábio Lucas, Renata Pallottini. No ano de 2003, com o livro Nus Mangues, o “Prêmio Redescoberta da Literatura brasileira” que foi concedido pela Revista Cult na cidade do Rio de Janeiro. Também em 2003, publica o livro Brenhas que foi prefaciado por Manoel de Barros. Editora responsável, desde 2009, da Revista de Arte Mangues & Letras. Em 2006, juntamente com Sabina Colares, teve o roteiro cinematográfico OS MANGUEZAIS E NÓS, premiado no festival de "Cine Ceará", organizado pela Secult no Ceará. No ano 2007, juntamente com a artista Lúcia Lucena edita o documentário "O caos sem plumas Chico Science", que foi premiado no Recife. Em 2007, defende tese de doutorado, intitulada: "Uma Introdução à Poética dos Mangues". Professora do Departamento de Letras UFRN, atuando como professora de Literaturas em Língua Portuguesa. Coordena desde 2009 o Congresso Internacional de Culturas Africanas: GRIOTS. No ano 2011, recebe o prêmio "Cacto de Poesia", organizado pelo Instituto Ágora – UFRN. Feminista e antirracista, faz parte de grupos de pesquisa voltados às questões de Poesia. Realiza atualmente, em Minas Gerais, pesquisa de Pós-Doutorado sobre a Afro-insularidade em "O útero da Casa", de Conceição Lima, sob orientação de Enilce Albergaria.

SEBASTIÃO MARQUES CARDOSO
Pós-Doutorado em Literaturas Africanas de Língua Portuguesa (USP, Brasil), Doutor em Teoria e História Literária (UNICAMP, Brasil), professor universitário, pesquisador e crítico literário, autor do livro Poéticas da Mestiçagem: textos sobre culturas literárias e crítica cultural (Curitiba, Editora CRV, 2014), dentre outros.  No ano de 2009, foi Leitor brasileiro na Embaixada do Brasil em Guiné-Bissau, auxiliando, também, na docência e na administração da Universidade Amílcar Cabral/ Universidade Lusófona da Guiné como Assessor Científico. Atualmente, é professor Adjunto III em Teoria da Literatura do Departamento de Letras Estrangeiras, Líder do Grupo de Pesquisa em Literaturas de Língua Portuguesa (GPORT) e pesquisador permanente do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN, Brasil).

ROSILDA ALVES BEZERRA
Graduada em LETRAS pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN – 1992), mestrado em Comunicação e Semiótica na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP – 1997) e doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB – 2003). Atualmente é professora do Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade (PPGLI) da Universidade Estadual da Paraíba, em Campina Grande, onde leciona as disciplinas Tradução Intersemiótica e Poéticas das Africanidades. Docente permanente do Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS, UEPB, no Centro de Humanidades, em Guarabira/PB. Leciona a disciplina de Literaturas Africanas, Literatura Afro-Brasileira na graduação em Letras. No mestrado defendeu a dissertação sobre “Barroco e Erotismo na poesia de Murilo Mendes”, e no doutorado: “Ironia na poesia de Augusto dos Anjos”. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas de Língua Portuguesa e Africanas, pesquisando, principalmente, sobre: ironia, melancolia, erotismo, identidade, memória, alteridade e Pós-colonialismo. Pesquisa e orienta na Iniciação Científica (PIBIC) e PROPESQ (UEPB), em torno da representação do negro nas literaturas de Língua portuguesa e Literaturas Africanas, com a aplicação das Leis 10.639/03 e 11.645/08 no currículo escolar da educação básica, além de pesquisas relacionadas à tradução e semiótica nas literaturas e no cinema. No período de agosto de 2015 a julho de 2016, aprovada com bolsa Capes, desenvolveu e concluiu o projeto de pesquisa de pós-doutoramento (Estágio Sênior) em Literaturas Africanas, na Universidade de Coimbra, Portugal, supervisionado pelo Prof. Dr. Pires Laranjeira.

JOÃO BATISTA TEIXEIRA
Graduado em Letras Língua Portuguesa(2005) e Especialista em Literatura e Cultura Afrobrasileira e Africana(2008) (UEPB-CH), Professor de Língua Portuguesa nos municípios de Araruna e Cacimba de Dentro PB, Professor da Faculdade Integrada do Brasil e Faculdade da Aldeia de Carapicuíba, Membro do Conselho Editorial da Rebrale – Revista Brasileira de Literatura e Educação e do Conselho Editorial da Editora Companhia Nacional dos Autores ligada à Universidade Livre de Educação Continuada Guarabira PB, Articulador municipal do Selo Unicef no Município de Cacimba de Dentro.PB, Mestre em Literatura e Interculturalidade e Doutorando em Literatura e Interculturalidade pelo Programa de Pós Graduação em Literatura e Interculturalidade da Universidade Estadual da Paraíba. Pesquisa sobre as Literaturas Africanas de Língua Portuguesa com especial interesse na Obra do escritor Moçambicano João Paulo Borges Coelho com foco na Tese de Doutoramento suas pesquisas se voltam à temas como o Tempo e o Cotidiano nas Narrativas coloniais e Pós-Coloniais .Pesquisou no Mestrado sobre a Obra de um outro moçambicano, Mia Couto mantendo uma interface ainda com a obra do referido autor e outros autores que dialogam com temas tais como: Diáspora, Travessia, Identidades, Alteridades, Memória social e o Tempo na literatura como foco principal de suas pesquisas atualmente.

FRANCISCA AURILÉCIA DE LIMA
É Mestre em Letras, com área de concentração em Estudos do Discurso e do Texto pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN (2016); Especialista em Educação do Campo, pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFRN (2015); Especialista em Literatura e Estudos Culturais pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2010), Graduada em LETRAS pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2008); Atualmente é Agente Técnico Administrativo no Campus Avançado Professora Maria Elisa de Albuquerque Maia-CAMEAM, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN.

MARIA APARECIDA DA COSTA
É Doutora em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com Doutorado Sanduíche na FLUC – Faculdade de Letras de Coimbra em Portugal. Atualmente é professora Adjunto IV na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; faz parte do corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem – PPGL – UERN, atuando na linha de pesquisa: Texto literário, crítica e cultura. Vice-líder do Grupo de Estudos Críticos da Literatura – GECLIT e membro do Grupo de Pesquisa em Literatura de Língua Portuguesa – GPORT. Tem pesquisas dedicadas às literaturas brasileira e portuguesa contemporâneas.

ANTONIO ELIANO JUVENCIO DA SILVA
É poeta, músico, compositor e professor, nascido na década de noventa na cidade de Pau dos Ferros – RN. Licenciado em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte é integrante do grupo de pesquisa GPORT em que desenvolveu um trabalho CNPq sobre a crítica de Oswald de Andrade. Atualmente escreve sobre Existencialismo nos romances de Ondjaki, unindo filosofia e literatura. É membro fundador do Coletivo Ribuliço, grupo conhecido por organizar intervenções artísticas – saraus de poesia, festivais de música e outras manifestações – nos espaços públicos da cidade. Lançou em 2015 seu primeiro álbum intitulado Ecdemomania.

REGILANE BARBOSA MACENO
É Mestra em Letras pela Universidade Estadual do Piauí – UESPI; especialista em Estudos Literários pela Universidade Estadual do Piauí – UESPI; graduada em Letras (Português) pela Universidade Federal do Piauí – UFPI; tem experiência na área de Educação, com ênfase no Magistério da Educação Básica; experiência em revisão e correção de texto; experiência em Educação a Distância; professora de Língua Portuguesa da Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação-SEMECTI-Codó. Atualmente é coordenadora da Área de Linguagem, Códigos e suas Tecnologias na SEMECTI e do Programa Escola Campeã da SEMECTI. Também atua como membro pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro-NEPA da Universidade Estadual do Piauí.

MARIA JULIETA DIAS GONÇALVES
É Graduanda do curso Letras (habilitação em Língua Portuguesa e suas respectivas Literaturas) pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

MARCIO SANTOS SALES
É Doutorando em Estudos Étnicos e Africanos pelo Pós–Afro do Centro de Estudos Afro-orientais (CEAO) da Universidade Federal da Bahia. Atua na área de Estudos de linguagem com ênfase em Leitura Literatura e Identidade. Suas pesquisas estão voltadas para o estudo das literaturas africanas de língua portuguesa – notadamente as literaturas angolanas – e suas interações nos contextos sociais, étnicos e políticos.

FRANCISCO RERITON DE ALMEIDA MOURA
É Graduado em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Mestrando em literatura pela mesma universidade na área de estudos do texto e do discurso, linha de pesquisa em texto literário, crítica e cultura, por meio da qual investiga memória, identidade e representação da cultura literária guineense no Boletim Cultural da Guiné-Portuguesa (1946 a 1973). É membro do Grupo de Pesquisa em Literaturas em Língua Portuguesa – GPORT (DLV/PPGL-UERN).

ELIANA PEREIRA DE CARVALHO
Doutoranda em Letras pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN. Mestrado em Letras, concentração em Estudos Literários, pela Universidade Federal do Piaui – UFPI. Especialização em Literatura Brasileira pela Faculdade São Gabriel/UNESC e Graduação em Licenciatura Plena em Letras/Português pela Universidade Estadual do Piauí – UESPI. Participa do Grupo de Pesquisa de Literaturas de Língua Portuguesa (GPORT) da UERN que se preocupa em facilitar e difundir os estudos literários no eixo luso-afro-brasileiro. É funcionária da Secretaria de Estado da Educação do Piauí – SEDUC/PI, trabalhando com a formação continuada dos professores da Educação Básica, no Centro de Formação dos Profissionais da Educação Básica do Piauí, ligado à Gerência de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação-GEFAPE, localizada no IEAF – Instituto de Educação Antonino Freire. Já trabalhou na Universidade Estadual do Piauí – UESPI (2012 a 2015) como professora temporária.

ANA MARIA CARNEIRO ALMEIDA DINIZ
É Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (PPGL-UERN), Área de Concentração: Estudos do Discurso e do Texto, Linha de Pesquisa: Discurso Memória e Identidade. Atualmente é professora efetiva da Educação Básica 3 (SEEC-RN), supervisora no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência-Pibid (CAPES – UEPB), integra o Grupo de Pesquisa em Literaturas de Língua Portuguesa GPORT (UERN).

ANA CÁTIA ALVES DA SILVA
É Mestre pelo Programa de Mestrado Profissional da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (PROFLETRAS – UERN), Área de Concentração: Linguagens e Letramento, Linha de Pesquisa: Leitura e Produção Textual: diversidade social e práticas docentes. Atualmente é professora efetiva da Educação Básica 3 (SEEC-RN).

JONH JEFFERSON DO NASCIMENTO ALVES
É Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Letras-PPGL da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN, área de concentração em Estudos do Discurso e do Texto, Linha de pesquisa: Texto Literário, Crítica e Cultura. Possui pós-graduação em Língua Portuguesa, Linguística e Literatura, pela Faculdade Aldemar Rosado-FAR (2010) e graduação em Letras, Língua Portuguesa e Respectivas Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA (2009). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas de Língua Portuguesa atuando principalmente nos seguintes temas: Literatura Africana e Afro-Brasileira, Literatura portuguesa, Literatura Brasileira, Teoria Literária e Crítica Literária.

SÁVIO ROBERTO FONSÊCA DE FREITAS
Possui graduação em Letras pela Faculdade de Filosofia do Recife (2001), Especialização em Literatura Brasileira (2003) e mestrado em Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Pernambuco (2006). Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPB, Campus I – CCHLA, João Pessoa, na área Literatura e Cultura, linha de pesquisa Memória e Produção Cultural. Atuou como professor efetivo da Faculdade Sete de Setembro, no Curso de Letras, em Paulo Afonso, Bahia, de Agosto de 2002 a Dezembro de 2009. Professor Adjunto 3 no Curso de Graduação em Letras da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria da Literatura, Literaturas Africanas em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: mímese, poesia, ficção, estudo das representações culturais nas literaturas de língua portuguesa. É de nosso interesse pesquisas sobre literaturas africanas de língua portuguesa, principalmente, a produção literária de autoria feminina. Líder do Grupo de Pesquisa MILBA (Memória e Imaginário nas Literaturas Brasileira e Africanas), cadastrado no CNPq e certificado pela UFRPE.

CIRO LEANDRO COSTA DA FÔNSECA
Doutorando em Estudos do Discurso e do Texto pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, possui graduação em Letras, habilitação em Língua Portuguesa, Especialização em Literatura e estudos Culturais e Mestrado em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Tem experiência em pesquisas na área de Literatura Brasileira e Cultura Popular, atuando principalmente nos seguintes temas: língua portuguesa, literatura, memória, identidade, poesia popular , metodologia do trabalho científico, sociologia, antropogia, psicologia social e relação das ciências sociais com a literatura.

CARLOS ALBERTO DE NEGREIRO
Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1999) e mestrado em Estudos da Linguagem, na área de concentração em Literatura Comparada, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2003). Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Letras, com ênfase no ensino de Literatura e Língua Portuguesa. Desenvolve pesquisas em Estudos Literários e Ensino de Literatura, atualmente dá sequência a um projeto de pesquisa sobre identidade, subjetividade e territorialidade na ficção contemporânea brasileira. Fez pesquisas sobre o imaginário no texto literário e estudos culturais, Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e em linguagem da arte sequencial e arte de videoclipes.

ELEN KARLA SOUSA DA SILVA
Mestre em Letras, com área de concentração em Estudos do Discurso e do Texto pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN (2016), possui pós-graduação em Linguística e Literatura, pela Faculdade Aldemar Rosado – FAR (2010). Pós-Graduação em Psicologia da Educação pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA (2016). Graduação em Letras pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA (2009). Foi docente provisória do Departamento de Letras (DLE-CAMEAM) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2016). Foi professora no Programa Darcy Ribeiro- PDR. Foi professora substituta na Universidade Estadual do Maranhão- UEMA, no Centro de Estudos Superiores de Pedreiras- CESPE, Centro de Estudos Superiores de Santa Inês – CESSIN, Faculdade de Educação São Francisco – FAESF e Faculdade Latina Americana – FLATED. Atualmente é professora substituta da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN/CERES/DEDUC. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Teoria da literatura e Estudos Afro-Brasileiros.

BENÍCIO MACKSON DUARTE ARAÚJO
Mestrando em Letras pelo Programa de Pós-graduação em Letras – PPGL/CAMEAM/UERN, com área de concentração em Estudos do Discurso e do Texto e atuação na linha de pesquisa Discurso, Memória e Identidade através da pesquisa “Entre Nísia Floresta e Lya Luft: a identidade da mulher na escrita literária de autoria feminina”. Foi bolsista do Programa BALE (Biblioteca Ambulante e literatura nas Escolas), bolsista do Programa Institucional de Monitoria nas disciplinas Teoria da Literatura I e Teoria da Literatura II e atuou também como bolsista do Programa Institucional de Iniciação à Docência (PIBID). Tem trabalhos publicados na área da literatura e do ensino de língua portuguesa. 

MARIA EDILEUZA DA COSTA
Graduada em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (1986), Especialização em Alfabetização e Pré-escolar(1997), Especialização em Metodologia do Ensino Superior (1998) pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; Mestrado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB (2001); Doutoramento Letras pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB (2005); Pós-Doutorado na Universidade Estadual do Piaui – UESPI – Bolsista PNPD. Professora adjunto IV do Departamento de Letras Vernáculas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, foi bolsista de produtividade UERN de 2006 a 2013. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira. Professora permanente e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Letras,(PPGL), atuando nos seguintes temas: o feminino na literatura, literatura e ensino, análise literária, personagem feminino e mito. Professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE), atuando principalmente nos temas: ensino aprendizagem, educação, Literatura Infantil. Professora do Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS -UERN. Membro do Grupo de Pesquisa em Literatura da Língua Portuguesa GPORT.

MATEUS FERNANDO DE OLIVEIRA
Mestrando em Literatura Brasileira e Outras Literaturas Vernáculas pela Universidade Estadual de Londrina – UEL. Graduado no curso de Letras – Inglês pela Universidade Estadual do Norte do Paraná – UENP. Atualmente desenvolve estudos sobre as masculinidades na literatura, com foco nas obras do escritor João Antônio. Possui experiência como professor da rede particular, lecionando as disciplinas de Literatura, Produção Textual, Gramática e Língua Inglesa. Atua como revisor de textos em português e inglês.

LUIZ CARLOS SANTOS SIMON
Possui graduação em Letras Português Literaturas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), mestrado em Letras (Ciência da Literatura) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992) e doutorado em Letras (Ciência da Literatura) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999). Fez estágios de pós-doutorado na Universidade Estadual de Campinas e na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (concluídos respectivamente em 2010 e 2016). Atualmente é professor associado da Universidade Estadual de Londrina, onde ministra aulas na Graduação e na Pós-Graduação. Atua na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira Contemporânea. Os interesses de estudos são: as relações entre as masculinidades e a literatura; a crônica; o conto brasileiro contemporâneo; e temáticas relacionadas à vida privada e à intimidade.

LÍVIA MARIA NATÁLIA DE SOUZA
Defende a retomada da democracia e o respeito ao voto no Brasil. É Doutora em Teorias e Crítica da Literatura e da Cultura (2008) pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Mestre na mesma (2005) área e Instituição. Atualmente Professora Adjunto IV do Setor de Teoria da Literatura da Universidade Federal da Bahia. Coordena o grupo de pesquisa CORPUS DISSIDENTE e estuda a escrita de intelectuais e escritoras negras contemporâneas.

ELANE DA SILVA PLÁCIDO
É Mestranda em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, Integra a linha de pesquisa “Discurso, memória e identidade” do programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL-UERN), participada do Grupo de Pesquisa de Literaturas de Língua Portuguesa – GPOST. Atuou como professora substituta do Departamento de Letras Vernáculas da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) com experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, Inglesa e Respectivas Literaturas.

NATHALIA BEZERRA DA SILVA FERREIRA
É Mestranda em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN. Pós-Graduada em Literatura e Formação de Leitores pela Universidade Estadual do Ceará – UECE. Atualmente, é professora da rede estadual de educação básica do Ceará- SEDUC – CE. Têm experiência na área de literatura atuando principalmente nos seguintes temas: autoria feminina, feminismo, literatura infantojuvenil e formação de leitores. Integrante do Grupo do grupo de pesquisa Literatura, Tecnologias e Novas Linguagens (UERN) e do Literatura e as Metodologias para a Formação de Leitores (UECE).

VERÔNICA MARIA DE ARAÚJO PONTES
Doutora em Estudos da Criança pela Universidade do Minho-Portugal, em 2009, com revalidação de diploma pela UNICAMP como Doutora em Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte. Mestra em Educação e Comunicação pela UFRN (1998), Especialista em Administração Educacional (1994 – UFRN) e Graduada em Pedagogia pela mesma instituição (1986), Atualmente, professora adjunto IV da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, líder do Grupo de Pesquisa Literatura e Outras Linguagens, assessora de avaliação institucional da UERN, avaliadora das condições de ensino superior do Ministério da Educação e do Desporto e consultora ad hoc da Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, da Revista Linha Mestra, Revista Agália e Revista Psicologia em Estudo. Leciona disciplinas na área de Psicologia, Educação e Leitura, Literatura e Infância, tanto na graduação como na pós-graduação, com experiências na área de Alfabetização de Crianças e Jovens e Adultos, Literacia, Literatura Infantil, Administração Educacional, Processo ensino-aprendizagem, Psicologia Educacional, Psicopedagogia.

MARIA DAÍSE DE OLIVEIRA CARDOSO
É Mestre e Graduada em Letras pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI).  Tem experiência em Estudos Literários, dando ênfase as pesquisas que relacionam literatura e memória, em prosa e poesia.  Atualmente integra o Núcleo de Pesquisas em Literatura e Linguagem (CESTI – UEMA). 

LUCÉLIA DE SOUSA ALMEIDA
Doutoranda em Letras (2016) pela Universidade de Brasília, Mestre em Letras (2015) pela Universidade Estadual do Piauí, possui pós-graduação em Docência da Educação Superior (2011) pela Faculdade de Tecnologia Equipe Darwin- FTED, pós-graduação em Informática em Educação (2008) pela Universidade Federal de Lavras – UFLA, graduação em Letras/Português (2005) – Licenciatura pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA. Atualmente é professora substituta da Universidade Estadual do Piauí.  Tem experiência na área de Letras, Teoria Literária e Estudos Bakhtinianos,  Estudos do discurso e Literatura Brasileira, atuando, principalmente, na inter-relação da realização dialógica, entre criação estética e sociedade.

JUREMA DA SILVA ARAÚJO
Doutoranda em Letras pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, campus Avançado Prof.ª Maria Elisa de Albuquerque Maia-CAMEAM. Mestre em Letras pela Universidade Estadual do Piauí (biênio 2011-2013). Graduada em Letras Português pela Universidade Estadual do Piauí (2011). Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Piauí (2009). Integra o Grupo de Pesquisa de Literaturas de Língua Portuguesa (GPORT). Integrou o Núcleo de Estudos Literários Piauienses – NELIPI entre 2009-2011, desenvolvendo projeto de iniciação científica (PIBIC). Atualmente estuda a construção do feminino na trilogia da família da escritora Lya Luft. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: crítica feminista, relações de gênero e poder e literaturas regionais.

MIRIAM FIRMINO DA SILVA PAIVA
É Mestre em Ciências da Educação pelo Instituto Superior de Educação Lúcia Dantas – ISEL, mestranda em Letras na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN/CAMEAM, membro pesquisadora do GPORT – Grupo de Pesquisa em Literatura em Literaturas de Língua Portuguesa, desenvolve pesquisas relacionadas à condição feminina/feminista na literatura dentro da linha de pesquisa “Discurso, Memória e Identidade”, disponibilizada pelo PPGL/UERN – Programa de Pós-Graduação em Letras.

 MARIA EDNEIDE FERREIRA DE CARVALHO
É Professora Mestra do Departamento de Letras Vernáculas, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Campus Avançado Prof.ª Maria Elisa de Albuquerque Maia, (CAMEAM/UERN). É, ainda, doutoranda em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), nessa mesma Universidade e desenvolve estudos, especialmente, nas áreas de Literatura Oral, Cultura popular, literatura afro-brasileira e ensino de Língua Portuguesa.