Capa do livro: Do controle das paixões à maestria de si: <br> um estudo das práticas e das representações de moralização na escola pública paulista

Do controle das paixões à maestria de si:
um estudo das práticas e das representações de moralização na escola pública paulista

Autores: Katiene Nogueira da Silva

livro impresso
de R$ 60,90 por
livro digital
de R$ 60,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Este livro busca compreender mediante a perspectiva sócio histórica como foram configuradas e mobilizadas as práticas e as representações de moralização na escola pública paulista em um período marcado pela democratização das oportunidades de educação e que mudou as configurações da estrutura do ensino, que passou a receber professores das mais diversas origens sociais e formações profissionais e que trouxe a heterogeneidade para dentro da sala de aula, com o ingresso de uma clientela escolar distinta da que anteriormente frequentava os bancos escolares, o que repercutiu não apenas na configuração do espaço escolar como também no exercício do trabalho docente, alterando o modelo de escola que era mantido desde a época republicana. O termo “moralização” é entendido neste estudo como a moral que visa a ser praticada, e que é inculcada no comportamento das pessoas. As fontes escolhidas, os manuais de didática e metodologia do ensino, as revistas pedagógicas e a legislação vigente no período, permitiram conhecer melhor os discursos veiculados, as normas e a obrigatoriedade referentes às práticas e às condutas nas escolas assim como as orientações dadas aos professores sobre como deveria ser realizado o trabalho docente, visando a oferecer a formação considerada “adequada” aos alunos. Ao longo da pesquisa, foi possível perceber que as práticas de moralização eram diversas e a sua justificativa era fundamentada mediante variados discursos, que obedeciam a três eixos principais: psicológico, religioso e cívico. Portanto, as principais evidências indicam que, para que as representações acerca da ideia de “moral” fossem transformadas em práticas nas escolas, era necessário evocar um discurso que é legitimado pela ideia de autocontrole, de Deus e de nação.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2362-2
DOI: 10.24824/978854442362.2
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 284
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

Do controle das paixões à maestria de si: <br> um estudo das práticas e das representações de moralização na escola pública paulista

Autores

KATIENE NOGUEIRA DA SILVA
A autora é graduada em Pedagogia, Mestre e Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), com período sanduíche no Institut National de Recherche Pédagogique (INRP), em Paris, na França e estágio de pós-doutorado na FEUSP. Atualmente é professora do Departamento de Metodologia do Ensino e Educação Comparada da FEUSP.