Capa do livro: NIETZSCHE E O ERUDITISMO

NIETZSCHE E O ERUDITISMO

Autores: Felipe Luiz Gomes Figueira

livro impresso
de R$ 30,90 por
livro digital
de R$ 30,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Antes de mais nada veja-se que o problema filosófico apresentado por Nietzsche não é a erudição, conveniente para todo pesquisador que visa compreender o debate sobre um tema e apresentar novas visões e novas versões sobre um problema existente. Todos os grandes filósofos foram eruditos. A decadência vital, portanto, se encontra no eruditismo, que na filosofia de Nietzsche se configura como o dispositivo hipertrofiado de um intelecto que visa apreender o conhecimento como uma armadura epistêmica que, ao fim e ao cabo, protege o frágil sujeito de sua imersão com a imanência do mundo. O eruditismo é assim uma forma cognitiva que se contrapõe ao espírito trágico e sua inerente impossibilidade de resolução das contradições da vida. O tipo erudito conforme Nietzsche não é apenas um acumulador de conhecimento, mas alguém que, repleto de conteúdos heteróclitos em sua mente, visa desviar o foco de sua existência da contemplação do grande abismo, para assim se manter plácido em sua ignorância acerca do poder dionisíaco que perpassa a vida.  O eruditismo não fomenta a formação pessoal singular pois impossibilita o discernimento seletivo acerca do que é útil ou inútil para a vida. O conhecimento deve estar ao serviço do homem e não o homem ao serviço do conhecimento, tal como os formalistas e tecnocratas do pensamento defendem como máxima universal.

Renato Nunes Bittencourt – Doutor em Filosofia pelo PPGF-UFRJ/Professor da FACC-UFRJ

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2523-7
DOI: 10.24824/978854442523.7
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 122
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

NIETZSCHE E O ERUDITISMO

Autores

FELIPE LUIZ GOMES FIGUEIRA
 Doutor Educação e Pós-Doutor em História. É professor de História e Pedagogia no Instituto Federal do Paraná (IFPR), Campus Paranavaí. Desde 2015 tem realizado diversas viagens pelo Brasil e pelo mundo, seja para verificar aspectos há muito lidos, seja para acompanhar situações que, devido aos personagens não terem voz, dificilmente serão narradas em livros. É autor do livro “Entre Médicos e Imigrantes” (Editora CRV).