Capa do livro: ANÁLISE DO DISCURSO AFINIDADES EPISTÊMICAS FRANCO-BRASILEIRAS (Tomo II) <br>Coleção Ciência Aberta Nº 16

ANÁLISE DO DISCURSO AFINIDADES EPISTÊMICAS FRANCO-BRASILEIRAS (Tomo II)
Coleção Ciência Aberta Nº 16

Autores: Sérgio Nunes de Jesus - Ida Lucia Machado (Orgs.)

livro impresso
de R$ 54,90 por
livro digital
de R$ 54,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A Análise do Discurso (AD), criada por pesquisadores franceses na segunda metade do século XX, trouxe avanços importantes para a linguística e outras áreas da Ciência da Linguagem. Autores brasileiros e de outros países perceberam logo a relevância dessa nova linha de pesquisa, passando a estudá-la, adaptá-la às suas especificidades, utilizá-la em seus trabalhos e em sala de aula.
De lá para cá, a integração entre pesquisadores brasileiros e franceses só fez aumentar. Muitos autores e alunos do Brasil têm ido estudar na França, autores daquele país vêm regularmente ao Brasil participar de eventos científicos e muitas de suas obras foram publicadas aqui, com sucesso. Assim como autores brasileiros já publicaram seus livros na França.
Podemos dizer que se estabeleceu entre as duas partes uma relação de “compadres/comadres”. Por fé ou tradição, quando os casais têm filhos convidam amigos queridos para apadrinhá-los em seu batismo. O sacramento cristão prevê que o padrinho/madrinha é como um segundo pai/mãe, no sentido de cuidar e acompanhar o desenvolvimento da “criança” por toda a vida. E é isso que os pesquisadores brasileiros e de outros países têm feito em relação à AD.
Neste livro, autores brasileiros e europeus dão uma demonstração do quanto a AD está enfronhada no seu cenário acadêmico. Utilizando estudos de diferentes autores, eles propõem novos olhares e analisam corpora bastante diversificados e de suma importância epistemológica. Uma clara demonstração de que nesse pouco mais de meio século de existência, a AD só fez crescer e contribuir para o desenvolvimento da Ciência da Linguagem na França, no Brasil e em muitos outros países.

(Do Prefácio, Eduardo Assunção Franco/UFMG, NAD/FALE, Brasil).

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2478-0
DOI: 10.24824/978854442478.0
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 250
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

ANÁLISE DO DISCURSO AFINIDADES EPISTÊMICAS FRANCO-BRASILEIRAS (Tomo II) <br>Coleção Ciência Aberta Nº 16

Autores

ADRIANA DO CARMO FIGUEIREDO
Cursa doutorado no do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos do PosLin/FALE/UFMG. É Mestre em Teoria da Literatura pelo PosLit/UFMG. Advogada constitucionalista. Atualmente é professora no CEFET/MG. Pesquisadora nas seguintes áreas: Estudos Linguísticos e Literários, Direitos Humanos e Hermenêutica Jurídica.

ALINE TORRES SOUSA CARVALHO
É professora do Instituto Federal do Triângulo Mineiro, Campus Patrocínio. É doutora em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais/UGMG. Mestre em Letras pela Universidade Federal de São João-del-Rei. Especialista em Educação pela Universidade Federal de Lavras. Graduada em Letras pela Universidade Federal de São João del-Rei.

DOMINIQUE MAINGUENEAU
É professor de Linguística no Departamento de Língua Francesa da Université Paris IV-Sorbonne, atuando, principalmente, no domínio da análise do discurso. Publicou várias obras no âmbito dessa disciplina. Organizou, juntamente com Patrick Charaudeau, o Dictionnaire D’Analyse du Discours (2002; edição brasileira: 2004). Inscreve-se na tradição francesa de análise do discurso, privilegiando as abordagens de Michel Foucault, da pragmática e das teorias da enunciação linguística.

EDUARDO ASSUNÇÃO FRANCO
Doutor em Análise do Texto e do Discurso pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais (2014-2018). Bolsista do CNPq. Mestre em Análise do Texto e do Discurso pela Faculdade de Letras da UFMG (2010-2012). Especialista em Imagens e Culturas Midiáticas pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG (2005). Graduado em Comunicação Social (Jornalismo) pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG (1983-1987). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo e Editoração. Tutor da Oficina de Leitura e Produção de Textos (on-line) da Faculdade de Letras da UFMG (02/2015, 01/2016, 02/2016, 01/2017).

GILMAR BUENO SANTOS
É doutor em Linguística do Texto e do Discurso pelo PosLin da FALE/UFMG. Realizou dois pós-doutorados em Estudos Linguísticos na UFMG e em Paris Est-Créteil (França). Atualmente é professor da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

IDA LUCIA MACHADO
Doutora ès Lettres pela Université de Toulouse II (França) com dois pós-doutorados em Análise do Discurso, realizados em Paris XIII e Paris III (França). Membro do Núcleo de Análise do Discurso da FALE/UFMG. Atualmente é professora permanente no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da FALE/UFMG. Autora de várias publicações sobre análise do discurso, sobretudo, a Semiolinguística. Suas pesquisas centram-se sobre análise do discurso, fenômenos identitários, narrativas de vida, ironia e paródia. É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

LIOZINA KAUANA DE CARVALHO PENALVA
É professora do Instituto Federal do Pará e possui mestrado em Estudos Literários pela Universidade Federal do Espírito Santo. Atualmente é bolsista do CNPq e doutoranda em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense.

LUCIANA IOST VINHAS
Doutora em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

LUIZ MARCELO ROBALINHO FERRAZ
Jornalista e publicitário, mestre em Comunicação pela UFPE e doutor em Informação e Comunicação em Saúde pela Fiocruz, com estágio sanduíche pela Université Paris XIII (2014). Ganhador dos prêmios Adelmo Genro Filho de Tese da SBPJor (2016), Freitas Nobre de Doutorado do Intercom (2012) e Compós de Dissertação de Mestrado (2011). Estuda a relação mídia e saúde.

MARIA APARECIDA LINO PAULIUKONIS
Professora titular de Língua Portuguesa do Departamento de Letras Vernáculas da UFRJ. Mestre em Literatura pela USP, Doutora em Língua Portuguesa pela UFRJ, com Pós-Doutorado em Análise do Discurso pela Universidade Paris 13. Coordenou o Grupo de pesquisa CIAD-Rio por vários anos e atua nas áreas de Linguística do texto e língua, discurso e ensino. Tem publicações em estudos semânticos, textuais e discursivos.

MARIA CRISTINA RAMOS BORGES
Possui graduação em Educação Artística pela Associação Prudentina de Educação e Cultura. Graduação em Pedagogia pela Fundação Educacional de Penápolis. Graduação em Letras pela Faculdade de Educação Ciências e Letras Urubupungá. Mestrado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas. Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista UNESP, além de vários cursos de especialização e de extensão universitária. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Discurso Político, atuando principalmente nos seguintes temas: aprendizagem, linguística, conscientização, ensino e dificuldades de aprendizagem. Trabalha com responsabilidade social e projetos de inclusão, voluntariamente.

MILLAINE DE SOUZA CARVALHO
É graduada em Letras pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Mestranda em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

MÔNICA SANTOS DE SOUZA MELO
Doutora em Estudos Linguísticos pela UFMG, com Pós-Doutorado em Estudos Linguísticos pela mesma instituição. É professora Associada IV de Linguística da Universidade Federal de Viçosa, onde leciona e orienta pesquisas na Graduação e Pós-Graduação, atuando principalmente nos seguintes temas: discurso religioso, político e midiático; semiolinguística; argumentação. É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

RUI ALEXANDRE GRÁCIO
É doutor em Ciências da Comunicação. Mestre em Filosofia Contemporânea. Licenciado em Filosofia. É professor profissionalizado e formador especialista desde 1997, reconhecido pelo Conselho Científico-Pedagógico de Formação Contínua (Portugal). Autor de vários manuais escolares e de diversas publicações na sua área de pesquisa. É investigador do CECS (linha de investigação de Estudos Culturais), integra grupo de pesquisa GPARA da UFPE e é colaborador estrangeiro do grupo de pesquisa ELAD, da UESC, Brasil. É editor desde 1996, dirigindo atualmente a Grácio Editor.

SÉRGIO NUNES DE JESUS
Pós-Doutor em Educação/UFLO. Doutor em Ciências da Educação/UTIC. Mestre em Linguística/UNIR. Licenciado em Letras Português – Inglês/UNEB. Assessor Científico da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência/SBPC. Da American Organization of Teachers of Portuguese – AOTP/EUA. Da Associação Brasileira de Editores Científicos/ABEC. Professor convidado do Programa de Pós-Graduação FAP e UNESC. Membro do Conselho Consultivo do Movimento Internacional Lusófono – MIL/Portugal. Membro Fundador da Academia de Letras de Cacoal/ACLEC. Membro da Associação Cacoalense de Imprensa/ACI-RO. Atualmente lidera o Grupo de Pesquisa Língua(gem), Cultura e Sociedade: Saberes e Práticas Discursivas na Amazônia/CNPq, Campus Cacoal-IFRO e desenvolve pesquisas nas áreas de Estudos da Linguagem, Educação, Povos e Comunidades Tradicionais; bem como faz trabalhos voluntários em diversos projetos sociais com o GP PDA-IFRO. Jornalista/Articulista (DRT 0001619 / RO – Portaria 89, de 22 de Janeiro de 2016 – MTPS). Coordenador do Projeto Simpósio PDA-IFRO, Campus Cacoal. Pesquisador, escritor, músico e poeta.

TATIANA EMEDIATO CORRÊA
Mestre em Linguística do Texto e do Discurso, ênfase em Análise do Discurso: dissertação intitulada Os discursos e representações da/sobre a mulher em Ensaio sobre a Cegueira, de José Saramago. Atualmente, doutoranda no programa de pós-graduação em Linguística na Faculdade de Letras/Universidade Federal de Minas Gerais na mesma área do título de mestre. Bolsista do CNPQ e professora na graduação como colaboradora na Faculdade de Letras/UFMG. Membro do Núcleo de Análise do Discurso (NAD), Fale/UFMG. Possui diversos artigos publicados relacionados ao discurso sobre /da mulher. Possui vasta experiência em sala de aula nas disciplinas ligadas às línguas portuguesa e francesa.

VIRGÍNIA BARBOSA LUCENA CAETANO
É graduada em Letras pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Mestranda em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

WANDER EMEDIATO
Professor da UFMG, com doutorado em Ciências da Linguagem (Universidade de Paris XIII) e pós-doutorado em Linguística (Universidade de Lyon2-Laboratório ICAR-CNRS). Membro do Núcleo de Análise do Discurso da UFMG. Trabalha na área de estudos do Texto e do Discurso, em especial, nas seguintes linhas de pesquisa: Análise do Discurso, teorias da Enunciação, da Argumentação e do Texto.

YANA GRINSHPUN
MCF – Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3. CLESTHIA – Langage, systèmes, discours – EA 7345. ED 268 – Langage et langues: description, théorisation, transmission. Département: Littérature et Linguistique Françaises et Latines (LLFL).