Capa do livro: LUDICIDADE, CULTURA LÚDICA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES

LUDICIDADE, CULTURA LÚDICA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Autores: Cristina d’Ávila - Tânia Ramos Fortuna (Orgs.)

livro impresso
de R$ 46,90 por
livro digital
de R$ 46,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Ninguém nasce professor da noite para o dia. Professores se tornam professores depois de uma longa e diuturna trajetória formativa. Tampouco pode-se dizer que professores se formam por completo em seus cursos de formação inicial. Como dito, os cursos de graduação preparam o professor iniciante. Seu aprendizado para a docência se desenrola num processo de desenvolvimento profissional que engloba formação, autoformação, eco e heteroformação. No que tange à formação de professores que atuam na educação básica o sentido da ludicidade se impõe. Assim, com este livro "Ludicidade, cultura lúdica e formação de professores" buscamos trazer à baila reflexões que partem do lúdico como característica imanente ao humano e da cultura lúdica como substrato basilar para a compreensão da educação na infância e, por conseguinte, da formação de professores. São doze autores de universidades da Bahia, São Paulo, Rio Grande do Sul e Portugal que entrecruzam seus olhares para uma mesma problemática: por que as crianças deixam de brincar na escola do ensino fundamental?  qual o papel do professor e da professora diante desta questão? o que a sociedade, de modo geral, e a escola, especificamente, têm feito para responder a uma demanda tão emergente? Estas são algumas das questões que vicejam em nosso livro, para as quais convidamos os leitores a se debruçarem e refletirem. Abordar os temas da ludicidade, cultura lúdica e formação de professores é uma ação urgente e necessária.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2608-1
DOI: 10.24824/978854442608.1
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 184
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

LUDICIDADE, CULTURA LÚDICA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Autores

ADRIANA FRIEDMANN
Doutora em Antropologia (PUCSP), Mestre em Educação (UNICAMP) e Pedagoga (FEUSP). Especialista, docente, palestrante, pesquisadora e consultora nas temáticas da infância, pesquisas com crianças e linguagens expressivas. Criadora e coordenadora do NEPSID – www.nepsid.com.br – (Núcleo de Estudos e Pesquisas em Simbolismo, Infância e Desenvolvimento) e do Mapa da Infância Brasileira. Autora de vários livros na área, dentre eles: “Protagonismo infantil”, “Quem está na escuta”, “Linguagens e culturas infantis”, “História do percurso da Sociologia e da Antropologia da Infância”, “O olhar antropológico por dentro da infância”, “O desenvolvimento da criança através do brincar” e “A arte de brincar”.

ANTONETE ARAUJO SILVA XAVIER
Pedagoga, Especialista em Educação e Tecnologias de Comunicação e Informação e Mestre em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UENB). Doutoranda em Educação (PPEGE_UFBA), Professora de Assistente da UNEB, Coordenadora Geral da Brinquedoteca Universitária Paulo Freire – Site: www.brinquedotecas.uneb.br. Departamento de Educação – Campus I

CILENE NASCIMENTO CANDA
É professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia- UFBA. É formada em Pedagogia (2001) e fez mestrado em Educação na Universidade Federal da Bahia (2006) e doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas- UFBA (2013). Possui experiências em escolas, universidades, ambientes não formais, movimentos sociais nas áreas de Educação e de Teatro, atuando principalmente nas seguintes áreas de conhecimento e pesquisa: infâncias, ludicidade, educação infantil, teatro, culturas infantis, arte-educação, educação popular, formação de professores e teatro do oprimido. É pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Ludicidade (GEPEL/UFBA) e possui capítulos de livros e artigos publicados em periódicos acadêmicos nas área de educação e teatro.

CIPRIANO CARLOS LUCKESI
Licenciado em Filosofia (1970), Mestre em Ciências Sociais (1976), Doutor em Educação (1992), professor aposentado da UFBA (1971-2010).

CRISTINA D’ÁVILA

É pedagoga, mestra e doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Possui estágio pós-doutoral em docência na educação superior pela Universidade Sorbonne, Paris 5. É professora Titular de Didática da Faculdade de Educação da UFBA e Professora Titular da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Docente do Programa de pós-graduação em educação da UFBA (PPGE). Coordenadora do Grupo de estudos e pesquisas em Educação, Didática e Ludicidade (GEPEL/PPGE/FACED/UFBA). Possui dez livros publicados. É autora de vários artigos publicados em periódicos nacionais e três artigos em veículos internacionais. Além de professora, Cristina d’Ávila é escritora e cantora.

ENNIA DÉBORA PASSOS BRAGA PIRES

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Viçosa (1994), Mestrado (2005) e Doutorado em Educação (2011) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora Titular do Departamento de Ciências Humanas, Educação e Linguagem (DCHEL), da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e professora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação (PPGED/UESB). Coordenadora do Programa de Extensão “Ludoteca: um espaço de práticas interdisciplinares em educação”. Líder do Grupo de Pesquisa CNPq: Ludicidade, Didática e Práticas de Ensino (LUDIPE).

GIOVANA CRISTINA ZEN
Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia, Doutorado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação FACED/UFBA (2014), Mestrado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade UNEB (2007), Graduação em Pedagogia pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB). Integra o FEP, Grupo de Pesquisa de Formação em Exercício de Professores e o GEPEL, Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Ludicidade, ambos vinculados ao programa de Pós-Graduação em Educação da FACED/UFBA. Além disso, leciona o componente curricular “Didática e Práxis Pedagógica II” e coordena um Projeto de Extensão intitulado Ateliê de Pesquisa Didática, que investiga as relações entre formação, ensino e aprendizagem. Antes de ingressar na universidade, trabalhou durante 10 anos no Instituto Chapada de Educação e Pesquisa, instituição que atua na implementação de políticas públicas de formação de professores e que se consagrou como uma experiência reconhecida e premiada no âmbito nacional e internacional.

LEILA DA FRANCA SOARES
Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia/UFBA, Doutora e Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação FACED/UFBA, membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Ludicidade (GEPEL) e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Linguagem (GELING), ambos vinculados ao programa de Pós-Graduação em Educação da FACED/UFBA. Coordenadora do Núcleo Integrado de Estudos e Pesquisas sobre Infâncias e Educação Infantil- NEPESSI, Coordenadora do Projeto de Extensão intitulado Ciranda do Brincar FACED/UFBA.

MARIA DA CONCEIÇÃO OLIVEIRA LOPES
Professora Associada com Agregação da Universidade de Aveiro. Doutorada em Ciências e Tecnologias da Comunicação. Mestrado em Ciências da Comunicação. Licenciatura em Comunicação Social. Bacharel em Educação de Infância. Áreas de docência de que é responsável: na formação de professores do 1º ciclo do ensino básico e educadores de infância Comunicação e Ludicidade. Na formação de tecnólogos de comunicação e de designes: Teorias da Comunicação. Comunicação Institucional. Teoria dos Media. Projeto. Seminário. No programa doutoral Media e Sociedade. É membro do ID+ Atora do conceito de ludicidade (1998), desenvolve investigação neste domínio, especialmente, com crianças. Autora e coordenadora de vários projetos de formação-investigação-ação, dos quais destaca Scratch’ando com o sapo. Arte Éfemera na paisagem. Direitos Humanos em Ação. Os Bons e os Maus da Fita. Faz consultadoria Coach educacional e cursos de formação contínua para professores, educadores e equipas de ludicidade-arte-educação.

MARILETE CALEGARI CARDOSO
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação – UFBA. Mestre em Educação (UFBA), Pedagoga (UNILASSALE), Canoas – RS. Professora Assistente do Departamento de Ciências Humanas e Letras, e Coordenadora do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educação, Formação Docente, Infância, Leitura e Ludicidade (NEPEFILL), Campus Jequié, Universidade do Estadual do Sudoeste da Bahia – Jequié-Bahia. CV: http://lattes.cnpq.br/3527762185893794.

ROBERTA ABREU
Pedagoga, Especialista em Metodologia do Ensino Superior, Mestre em Educação e Doutora em Educação e Contemporaneidade. Docente-pesquisadora do Departamento de Sociologia, Psicologia e Pedagogia no Instituto Federal da Bahia-IFBA em Salvador- BA- BRASIL. Vice coordenadora do projeto O lúdico na era digital: brincadeira de criança na Universidade do Estado da Bahia-UNEB. Pesquisadora do grupo de Pesquisa em Educação, Didática e Ludicidade-GEPEL/ UFBA.

TÂNIA RAMOS FORTUNA
Pedagoga, Especialista em Jean Piaget, Mestre em Psicologia Educacional e Doutora em Educação. Professora de Psicologia da Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em Porto Alegre – RS – BRASIL. Coordenadora Geral do Programa de Extensão Universitária “Quem quer brincar?”, no qual criou e dirige a Brinquedoteca Universitária e realiza ações de formação continuada sobre jogo e educação.