Capa do livro: NO CORAÇÃO DA ESCOLA: <br> origens, teoria e práticas da pedagogia institucional

NO CORAÇÃO DA ESCOLA:
origens, teoria e práticas da pedagogia institucional

Autores: Fernando Cézar Bezerra de Andrade - Marta Helena Burity Serpa - Katherinne Rozy Vieira Gonzaga (Orgs.)

livro impresso
de R$ 34,90 por
livro digital
de R$ 34,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Festejando meio século de publicação de seu livro fundador (Vers une Pédagogie Institutionnelle, por Fernand Oury e Aïda Vasquez, em 1967), a Pedagogia Institucional (PI) trata do que está no coração da escola: a vida e seus movimentos, seus conflitos, para aprendermos a conviver e, assim, desejarmos saber. Interessada na formação ética e cidadã do alunado, a PI articula em suas bases teóricas psicologia de grupo, psicanálise e técnicas Freinet, e amadurece a cada reflexão, prática e interlocução. Este livro registra a vitalidade de uma pedagogia que não teme “o lobo mau”. Organizado em duas seções, a primeira concentra-se na história e na teoria da Pedagogia Institucional e a segunda, nas práticas que se apoiam nessa Pedagogia ou a tomam como referencial para ajudar educadores e educadoras a manejarem os conflitos entre discentes ou, ainda, criticarem a violência da própria instituição escolar – acostumada a estranhar os conflitos e a manejá-los apenas pela repressão. Com as autorias de Jacques Pain e Bruno Robbes (França), Katherinne Gonzaga (PB), Rosane Gumiero (PR), Anunciata Lyra e Lima (PB) e Marta Helena Burity Serpa (PB), os artigos tratam de estratégias para a comunicação e a gestão da violência e do conflito na escola, da formação de docentes, da crítica às práticas tradicionais de gestão disciplinar e de como a educação pode, sim, valorizar as tensões para ensinar a conviver a partir delas. Símbolo da Pedagogia Institucional, o banco tripé sintetiza: a escola será mais feliz e vitalizada na proporção em que conduzir o processo de ensino-aprendizagem por uma pedagogia que presuma o reconhecimento do desejo inconsciente; o coletivo grupal como lugar de confluência e limite para o desejo; e técnicas (dispositivos instituídos) para mediarem essa relação entre o individual e o coletivo. Boa leitura!

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2643-2
DOI: 10.24824/978854442643.2
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 140
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

NO CORAÇÃO DA ESCOLA: <br> origens, teoria e práticas da pedagogia institucional

Autores

ANUNCIATA CLARA LYRA E LIMA
Mestre em Educação (UFPB, 2014). Tem Licenciatura Plena em Psicologia e Formação em Psicologia Clínica pela Universidade Federal da Paraíba (1991). Especialização em Psicopedagogia pela Fundação Francisco Mascarenhas (2002). Especialização em Fundamentos Linguístico-pedagógicos do Processo de Produção de Leitura e de Escrita pela Universidade Federal da Paraíba (2006). Professora aposentada dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1988-2016). Atualmente, exerce a função de Psicóloga Escolar/Educacional no Centro de Referência de Educação Infantil no Sistema de Ensino Público de João Pessoa, Paraíba.

BRUNO ROBBES
Professor da Universidade de Cergy-Pontoise (França). Pedagogo, é mestre e doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Paris X Nanterre La Défense. Tem larga experiência na educação básica da rede pública francesa, como professor, gestor escolar, formador de docentes e assessor pedagógico. Praticante da Pedagogia Institucional, fez sua formação com Jacques Pain e Fernand Oury. Orientador de pesquisas de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado, na Universidade de Cergy-Pontoise. É conferencista internacional e autor de diversas obras, sendo coautor, com Édith Héveline, de livro introdutório sobre a Pedagogia Institucional traduzido para o Português em 2009. Integra, na França, os Grupos de Pesquisa Recherches sur les écoles et les pédagogies différentes e Recherche avec. Como pesquisador, atua nos seguintes temas de interesse: Pedagogia Institucional, formação docente, disciplina na escola, autoridade docente, gestão da violência na escola.

FERNANDO CÉZAR BEZERRA DE ANDRADE

Professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – Brasil. Graduado em Psicologia, Filosofia e Letras, Mestre e Doutor em Educação pela UFPB. Especialista em Teoria Psicanalítica pela UFPB. Estágio Doutoral na Universidade de Paris X Nanterre La Défense (Bolsista CAPES), sob a orientação de Jacques Pain, em 2006. Professor de Psicologia da Educação no Departamento de Fundamentação da Educação, é vinculado aos Programas de Pós-Graduação em Educação (CE/UFPB) e em Cidadania e Direitos Humanos (CCHLA/UFPB). Interessa-se na pesquisa de temáticas relativas à resolução não violenta de conflitos na escola, à formação docente para a gestão dos conflitos e prevenção à violência, bem como pelas interlocuções entre psicanálise e educação. Pesquisador do Grupo Cidadania e Direitos Humanos (UFPB/CNPq).

JACQUES PAIN
Provavelmente o maior representante da Pedagogia Institucional francesa de orientação psicanalítica após Fernand Oury e Aïda Vasquez, é Professor Emérito da Universidade de Paris X Nanterre La Défense. Psicólogo, pertence à primeira geração dos colaboradores diretos de Fernand Oury, com quem trabalhou diretamente até o falecimento do fundador da Pedagogia Institucional, tendo publicou “Chronique le l’école caserne” (1971), um dos marcos da crítica ao modelo escolástico de ensino escolar e de defesa da Pedagogia Institucional em suas origens. Conferencista internacional, orientou pesquisas de mestrado e doutorado na pós-graduação daquela Universidade. É autor de dezenas de livros sobre a Pedagogia Institucional, sobre a gestão de conflitos e a violência na escola. Anima toda a rede de pesquisas, formação e intervenções em Pedagogia Institucional na Europa, mantendo interlocuções com pesquisadores e educadores de outros continentes.

KATHERINNE ROZY VIEIRA GONZAGA
Psicóloga Clínica, Psicanalista, Doutoranda em Educação (PPGE/UFPB), Mestre em Educação (UFPB), Especialista em Psicologia Clínica – Psicanálise (EPSI/PB) e Especialização na Área da Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes (TELELACRI/USP), Psicanalista da Sociedade Psicanalítica da Paraíba, Membro do Centro Jean Laplanche – Psicanálise (CJL) e Membro do Grupo Winnicott Paraíba (GWPB).

MARTA HELENA BURITY SERPA
Professora da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)-Brasil. .Doutora em Ciências Sociais pela UFCG com Estágio Doutoral na l’ Université Paris X Nanterre/ La Défense (Bolsista da CAPES); Mestre em Psicologia Social pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Possui Licenciatura e Formação de Psicólogo pelo Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ). Tem Curso em Psicopatologia da Criança na França e foi Professora de Autistas também na França. Fez vários estágios em instituições Francesas de Educação Especial. Foi Diretora de uma Escola Inclusiva (autistas e outros) nos anos 1990 (instituição privada pioneira em João Pessoa-PB). É Líder do Grupo de Pesquisa do CNPQ “Inclusão Escolar, Universitária, Sociabilidade e Sustentabilidade” e Coordenadora Geral do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da UFCG (NAI). Palestrante Internacional.

ROSANE GUMIERO
Estágio Pós-Doutoral na Université Ouest Nanterre – França (Université Paris X Nanterre/ La Défense), em 2011, em Pedagogia Institucional e Violência Escolar. Doutorado em Educação e Políticas Públicas, pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP (2005) e Mestrado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP (1995). Graduada em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá – UEM (1985). Professora da Universidade Estadual de Maringá (UEM) – Brasil, atuando no Curso de Psicologia na área de Psicologia Escolar, tendo como tema maior os conflitos escolares: violência escolar, pedagogia institucional, técnicas de Freinet, ensino médio (adolescente-psicologia-ensino).