Capa do livro: A CAMINHO DA INDÚSTRIA 4.0 E DA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL: <BR> gênese e ferramentas de uma nova geração de reestruturações do Mundo da Produção

A CAMINHO DA INDÚSTRIA 4.0 E DA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL:
gênese e ferramentas de uma nova geração de reestruturações do Mundo da Produção

Autores: Rogerio de Aragão Bastos do Valle

livro impresso
de R$ 57,90 por
livro digital
de R$ 57,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A paixão e o afinco com que o Rogerio sempre abordou assuntos relacionados com aspectos sociais, ambientais e econômicos da produção, porfiando nas especificidades das periferias do capitalismo global e nas grandes questões e desafios associados à sustentabilidade, são garantia inequívoca do legado deste livro que será certamente muito inspirador para estudantes e jovens pesquisadores. Trata-se de uma análise crítica sobre a evolução histórica do sistema produtivo, do taylorismo, da globalização e da indústria 4.0, conceitual e metodologicamente muito rica e atual, escrita com a sabedoria, a paixão e o comprometimento ideológico, timbres do autor. Por fim, merece-me uma chamada especial de atenção o cruzamento harmonioso de linguagens proposto nesta obra. Aborda aspectos técnicos, de que destaco a Avaliação de Ciclo de Vida e a Análise Multicritério, pela sua importância nas linhas de pesquisa do SAGE (e que, aliás, estão presentes nos artigos em que tive o prazer de colaborar); exemplifica com diversos casos da realidade brasileira aspectos centrais da análise crítica e comprometida que propõe; e promove um enquadramento filosófico plural dos problemas, apresentando e discutindo propostas de autores mundialmente reconhecidos como Max Weber e Habermas. Merece-me uma palavra especial o economista, talvez menos conhecido fora de França, René Passet, personalidade fascinante que tive o prazer de conhecer durante uma visita à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Estou certo de que o Rogerio, durante o período em que estudou na França, se identificou com o rigor e o desassombro das posições de René Passet, tornando-se incontornável a sua inclusão nesta obra.
Concluo com uma referência à fresta de otimismo que nos é deixada por Rogerio no final deste livro. Infelizmente tenho muita dificuldade em acompanhá-lo na esperança de que a Humanidade possa caminhar, em tempo útil, para um sistema produtivo sustentável e mais justo socialmente. Oxalá eu esteja enganado!

Coimbra, 23 de maio de 2018.

João Clímaco
INESC, Universidade de Coimbra

Rogerio Valle, grande amigo, pesquisador de fronteira e professor generoso de inúmeras gerações. Engenheiro com uma inteligência integral e enorme capacidade de diálogo com a filosofia, a economia, a sociologia, a administração de empresas e o ambientalismo. Neste livro, ele nos conduz com leveza e maestria pela evolução e transformação dos paradigmas produtivos e pelo diálogo entre o Mundo da Produção e o Mundo da Vida, recusando os determinismos e reafirmando sempre “quão aberta é a História e quão múltiplas são as opções que as sociedades têm à sua frente”, ensinamento mais que fundamental nos dias de hoje. Uma leitura imprescindível.

Laís Abramo
Diretora de Desenvolvimento Social da Cepal

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2417-9
DOI: 10.24824/978854442417.9
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 256
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

A CAMINHO DA INDÚSTRIA 4.0 E DA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL: <BR> gênese e ferramentas de uma nova geração de reestruturações do Mundo da Produção

Autores

ROGERIO DE ARAGÃO BASTOS DO VALLE
Professor Titular do Programa de Engenharia de Produção da COPPE/UFRJ, fundador do SAGE (Laboratório de Sistemas Avançados em Gestão da Produção), laboratório no qual a Engenharia de Produção interage com Biotecnologias e Química Analítica.
Suas principais áreas de interesse são a Análise do Ciclo de Vida e Logística Ambiental, Modelos multicritérios de tomada de decisão, Gestão de Processos e de Projetos, Sustentabilidade e Gestão de Competências e de Informações.
Graduado em Engenharia Mecânica e de Automóveis pelo IME-Instituto Militar de Engenharia (1979), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro
(1984) e doutorado pela Universite Paris V (René Descartes) (1989).
Autor e organizador de vários artigos científicos e livros, entre estes "Logística Reversa, processo a processo" (Ed. Atlas, 2014). Dentre os projetos destacam-se a Avaliação da Sustentabilidade dos Jogos Rio2016 para o COI e o programa da COPPE de Treinamento em Relatórios de Sustentabilidade certificado pela Global Reporting Initiative (GRI), além de outros sobre ACV com a Halliburton, Embrapa e Braskem.