Capa do livro: A ILUSÃO DO LEITOR:<br> cartas, imprensa e educação

A ILUSÃO DO LEITOR:
cartas, imprensa e educação

Autores: Ana Chrystina Mignot (Org.)

livro impresso
de R$ 63,90 por
livro digital
de R$ 63,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Captar a leitura é um grande desafio. Fugidia, embora realizada sempre em diálogo com o texto, a leitura é, quase sempre, executada sem que dela se efetue nenhum registro. Porém, é somente a leitura que torna o texto existente. Sem leitores, não há mensagem. Este livro, organizado por Ana Chrystina Mignot enfrenta o desafio de alcançar os leitores. Por meio das cartas de leitores enviadas aos mais distintos meios de comunicação e com os mais diversos objetivos, o livro alcança o estimável mérito de tornar o leitor tangível. Os artigos que compõem o livro identificam temas, questões, conflitos e debates sugeridos, compartilhados e apropriados por leitores, buscando compreender suas particularidades e seus matizes. As cartas, veículos por excelência de duplo sentido, evidenciam as opiniões do leitor e, por consequência, exibem a leitura, pois, como já afirmou, certa vez, Jorge Luis Borges, “se tens algo a dizer ou uma mensagem a comunicar, escreve uma carta”. Este livro trata de cartas, leitores e leituras. Sua proposta é original e, ao conseguir alcançar práticas de leitura, essencial a todos os que se preocupam com os modos de circulação social das ideias e consideram que uma mensagem só se torna efetiva quando sensibiliza àqueles a quem se destina.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2949-5
DOI: 10.24824/978854442949.5
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 236
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

A ILUSÃO DO LEITOR:<br> cartas, imprensa e educação

Autores

ORGANIZADORA
ANA CHRYSTINA MIGNOT
Professora titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com atuação na graduação e na pós-graduação em Educação. Doutora em Ciências Humanas – Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1997) e Mestre em Educação pela mesma instituição (1988). Autora de livros, organizadora e coorganizadora de coletâneas que reúnem historiadores da educação brasileiros e estrangeiros, tem publicações no Brasil, Argentina, Portugal, Itália, França, México e Espanha. Presidiu e atuou como membro de comissão organizadora e de comitês científicos de eventos acadêmicos internacionais, de comissões de avaliação da CAPES, da FAPERJ e da FINEP. Atualmente, integra o conselho científico de editoras, coleções publicadas no país e no exterior e revistas especializadas: Cadernos de História da Educação, Educação em Questão, Le sujet dans la Cité e Educação e Contemporaneidade. Pesquisadora do CNPq, Cientista de Nosso Estado (FAPERJ) e Procientista (UERJ/FAPERJ).

AUTORES
ALEXANDRA LIMA DA SILVA
Professora adjunta da Faculdade de Educação da UERJ, Campus Maracanã, e professora no Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPed/UERJ. Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com período de bolsa sanduíche financiado pela Capes na Universidad de Alcalá e bolsa Doutorado nota 10 da FAPERJ. Bacharel, licenciada e mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Atuou como professora adjunta do Departamento de História da Universidade Federal de
Mato Grosso – UFMT (2013-2015) e professora permanente do PPGHIS/UFMT (2014-2016). Atualmente é Procientista (UERJ/FAPERJ) e Jovem Cientista de Nosso Estado (FAPERJ). Autora do livro Escritas de viagem, escritas da História. Estratégias de Legitimação de Rocha Pombo no Campo Intelectual (2018).

DAIANE DE OLIVEIRA TAVARES
Professora substituta da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Possui graduação em Pedagogia, mestrado e doutorado em educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e realizou doutorado sanduíche na Universidade de Alcalá, Espanha. Atuou como produtora de conteúdo do Observatório Jovem da Universidade Federal Fluminense (UFF), como professora substituta da UERJ, na Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro e como consultora do Ministério da Educação na área de educação em prisões. Participou de vários congressos no Brasil e, também, em eventos científicos em Portugal e México. Dedica-se à pesquisa na área de educação de jovens e adultos em espaços de privação de liberdade, direitos humanos e políticas públicas.

DAIANE ALVES DE BRITO
Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com bolsa de Iniciação Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) no projeto “Sujeitos em trânsito: redes de sociabilidade, instituições e circulação de saberes”, que investiga viagens de educadores e educadoras. Tem trabalhos apresentados em eventos científicos da área de Educação.

ELIZEU CLEMENTINO DE SOUZA
Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade, da Universidade do Estado da Bahia (PPGEduC-UNEB). Pesquisador 1C CNPq. Bolsista CAPES Estágio Sênior. Doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia, UFBA, com pós doutorado em Educação pela Universidade de Paris 13-França e pela Universidade de São Paulo Coordenador do GRAFHO –Grupo de Pesquisa (Auto)biografa, Formação e História Oral. Pesquisador associado do Laboratoire EXPERICE (Université de Paris 13- Paris 8). Tesoureiro da Associação Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfca (BIOgraph). Membro do Conselho de Administração da Association Internationale des Histories de Vie en Formation er de La Recherche Biographique em Education (ASIHIVIF-RBE). Coordenador do Projeto: “Multisseriação e trabalho docente: diferenças, cotidiano escolar e ritos de passagem” (CNPq e FAPESB).

EVELYN DE ALMEIDA ORLANDO
Professora da Escola de Educação e Humanidades e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro com bolsa sanduíche na Universidade de Lisboa. Mestre em Educação e licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal de Sergipe. Vice-líder do Grupo de Pesquisa Pensamento Educacional Brasileiro: histórias e políticas e membro do Grupo de Pesquisa História e Memória da Educação Brasileira. Organizadora do livro Histórias da Educação Católica no Brasil e em Portugal (2017) e como macroorganizadora do livro Mulheres em trânsito: intercâmbios, formação docente, circulação de saberes e práticas pedagógicas (2015). Desenvolve pesquisas na área de História da Educação com ênfase na relação entre educação, religião e cultura, privilegiando os seguintes temas: Igreja Católica, intelectuais, impressos pedagógicos, práticas educativas, gênero.

FRANCISCO GOMES VILANOVA
Professor Assistente da Universidade Federal do Piauí na área de História vinculado ao Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino, no Centro de Ciências da Educação. Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (ProPEd) na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ); Mestre em Educação pela Universidade Federal do Piauí; Especialização em Gestão Pública e Especialização em Gestão Escolar pela mesma IES; Graduação em História pela Universidade Estadual do Piauí; Membro do Núcleo de Ensino e Pesquisa em História da Educação (NEPHE) na Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Pesquisador do Núcleo de Educação, História e Memória (NEHME) na Universidade Federal do Piauí; Bolsista da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ).

HELOISA HELENA MEIRELLES DOS SANTOS
Professora aposentada do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro, onde criou e coordenou, até janeiro de 2011, o Centro de Memória Institucional (CEMI). Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde cursou o pós-doutorado em Educação e o Mestrado em Educação e, atualmente, pesquisadora do grupo de pesquisa Instituição, Práticas Educativas
e História. Administra e escreve o blog Pesquisando História no Rio de Janeiro (http://www.heloisahmeirelles.blogspot.com) e o blog do Centro de Memória Institucional do ISERJ (http://www.cemiiserj.blogspot.com) com mais de quinhentos pequenos artigos on-line sobre as temáticas. É autora do livro Esther, uma mulher [in]visível (2017). Tem artigos em várias publicações impressas e on-line no Brasil e exterior.

KAROLYNE AMANCIO DE PAULA
Mestranda da linha de pesquisa “História e Políticas da Educação” pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Especialista em Alfabetização e Letramento pela Uninter, graduada em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Integrante do Grupo de Pesquisa Pensamento Educacional Brasileiro: histórias e políticas. Desenvolve pesquisa sobre História da Educação, imprensa periódica educacional, pedagogia católica e educação das famílias.

LUCIANA MARA ESPÍNDOLA SANTOS
Professora da rede municipal de educação de Florianópolis. Doutora em Educação pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2017), com período de bolsa sanduíche na Universidad de Alcalá com a supervisão de Antonio Castillo Goméz. Em sua tese de doutorado esteve voltada para a imprensa para crianças: Infâncias por escrito. O Estadinho: um suplemento infantil catarinense
(1972 - 1987). Licenciada em Educação Física. Mestre em Educação Física, Linha de Pesquisa: Teoria e Prática Pedagógica - Universidade Federal de Santa Catarina (2008). Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física Infantil, atuando principalmente nos seguintes temas: educação física, educação infantil e movimento humano; história da infância, impressos para crianças.

MARIJÂNE SILVEIRA DA SILVA
Professora Adjunta da Universidade Federal de Rondônia, lotada no Departamento de Ciências da Educação, Campus José Ribeiro Filho, em Porto Velho/RO. Doutora em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (2015) na Linha de Pesquisa Cultura, Memória e Teorias em Educação. Coordenadora do Curso de Pedagogia, na modalidade à Distância, EaD/UAB/UNIR; Coordenadora da Comissão Própria de Avaliação Institucional (CPAv); Vice-Coordenadora do Laboratório de Multimídia (Labmidia). Membro dos Grupos de Pesquisas: EDUCA/UNIR - Grupo de Pesquisa Multidisciplinar em Educação e Infância e GEM/UFMT - Grupo História da Educação e Memória. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Educação, Ensino Primário, Infância, Escolarização, Imprensa e Impressos, Memória da Escola.

PATRÍCIA COELHO
Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro -PUC-Rio. Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo-USP (2012). Mestre em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. É autora de Educadores do rádio: programas para ouvir e aprender (1935-1950). Coordenadora do grupo de pesquisa Educação, história e comunicação, onde desenvolve pesquisa sobre Universidade do ar: um programa radiofônico dedicado aos nossos mestres (1940-1945) e A Universidade do ar: concepções de metodologia de ensino de História, práticas docentes e primeiras licenciaturas.

PATRÍCIA AMARAL SIQUEIRA
Professora da Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC). Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade doEstado do Rio de Janeiro (ProPed-UERJ). Possui graduação em Ciências Sociais pela UERJ (1994) e mestrado em Ciências Sociais pela UERJ (1999). Foi colaboradora da Fundação Cesgranrio e da Fundação Getúlio Vargas e coordenadora de pesquisa do Centro de Memória da FAETEC. Participou de vários congressos internacionais de História da Educação no Brasil, Colômbia, Peru, Uruguai, Espanha e Portugal. Atua principalmente nos seguintes temas: educação, cultura, memória e cidadania.

ROBSON FONSECA SIMÕES
Professor Adjunto da Universidade Federal de Rondônia, UNIR, Campus Porto Velho, com atuação na graduação e no Programa de Pós-Graduação em Educação, Mestrado Profissional em Educação Escolar (PPGEE/MEPE). Doutor em Educação (2012) pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UERJ; Mestre em Educação (2007) pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UERJ; graduado em Letras (2003) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Pós-Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Educação-PROPED/UERJ, com bolsa PNPD/CAPES. Autor de Memórias digitais: histórias escolares nas comunidades do orkut (2018).
Seus principais interesses de estudos: Educação além dos muros escolares, Ações pedagógicas e as novas tecnologias, Histórias escolares e cultura digital. Autor de livros, artigos e comunicações em eventos nacionais e internacionais.