Capa do livro: INTERFACES DA PESQUISA NO CUIDADO DE ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA NEONATAL E PEDIÁTRICA

INTERFACES DA PESQUISA NO CUIDADO DE ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA NEONATAL E PEDIÁTRICA

Autores: Francisca Georgina Macedo de Sousa - Karla Maria Carneiro Rolim - Henriqueta Ilda Verganista Martins Fernandes - Maria do Céu Aguiar Barbieri de Figueiredo (Orgs.)

livro impresso
de R$ 122,90 por
livro digital
de R$ 122,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A obra Interfaces da Pesquisa no Cuidado de Enfermagem em Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica é produto de articulação e parceria entre pesquisadores, docentes e técnicos assistenciais de várias regiões do país. Organizada a partir de duas perspectivas: A Interface Subjetiva e a Interface Objetiva da Pesquisa em Enfermagem em Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica, em um total de 29 capítulos, vislumbrando alcançar a complexidade relacional e técnica do cuidado.

A atual epidemiologia da saúde da criança revela o crescente avanço das condições crônicas, os agravos à saúde decorrentes dos problemas do nascimento, em especial, a prematuridade, o baixo peso e a anóxia neonatal, condição que sugere ao enfermeiro desenvolver competências e habilidades para o cuidado oportuno e eficaz. Nesse contexto, o livro se constitui em importante suporte para o cuidado ao recém-nascido, a criança e suas famílias. Sob diferentes perspectivas, apontam o papel estratégico da pesquisa na construção e reconstrução do conhecimento e o reafirmam como arma indispensável no enfrentamento e na superação dos problemas vivenciados no cotidiano da Enfermagem Neonatal e Pediátrica.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-2702-6
DOI: 10.24824/978854442702.6
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 620
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

INTERFACES DA PESQUISA NO CUIDADO DE ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA NEONATAL E PEDIÁTRICA

Autores

ALACOQUE LORENZINI ERDMANN
Enfermeira. Doutora em Filosofia da Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Vice-Reitora da Universidade Federal de Santa Catarina 2016-2020 (UFSC). Professota Titular da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Membro da Comissão de Avaliação Continuada da CAPES desde 1996. Coordenadora do CA-MS e Coordenadora do CA-EF. Professora Titular da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pesquisadora Líder do GEPADES. Coordenadora do GEPADES.

ALDALICE PINTO DE AGUIAR
Enfermeira. Doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Mestre em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) e Universidade Federal do Pará (UFPA). Professora Assistente da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Enfermeira assistencial na Cooperativa de Trabalho dos Enfermeiros de Urgência e Emergência (COOPENURE).

ALESSANDRA MARIN SANTINI
Enfermeira. Mestre em Saúde Materno Infantil. Especialista em Administração dos Serviços de Saúde. Enfermeira do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Santa Maria, Rio Grande do Sul.

ALINE LEMOS MARCIANO
Enfermeira. Especialista em Gestão em Saúde. Centro Universitário Barriga Verde (UNIBAVE).

AMANDA LUCIA BARRETO
Enfermeira. Especialista em Saúde da Família pela Universidade Regional do Cariri e em Educação na Saúde para Preceptores do SUS pelo Instituto Sírio Libanês de Ensino e Pesquisa. Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí-UFPI.  Docente do Curso de Bacharelado em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Na área da pesquisa atua principalmente nos seguintes temas: enfermagem, saúde da família, neonatologia, DST/AIDS, pesquisa e educação.

ANA GABRIELA COELHO BRÁS
Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria.  Enfermeira do Centro Hospitalar São João, Porto, Portugal.

ANA IZABEL JATOBÁ DE SOUZA
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e do Programa de Pós-graduação em Gestão do Cuidado de Enfermagem (UFSC). Membro do LPTISCA (GEPESCA/UFSC).

ANA LUCIA CERVI PRADO
Fisioterapeuta. Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (UFBA). Professora Adjunta do Departamento de Fisioterapia e Reabilitação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Professora da Especialização em Reabilitação Físico-Motora, Coordenadora da Liga Acadêmica de Membro da Comissão Científica da Gerência de Ensino e Pesquisa (UFSM).

ANA PAULA DIAS FRANÇA GUARESCHI
Enfermeira. Doutora em Ciências pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP). Professora Adjunta I do Departamento de Enfermagem da Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa no Processo de Cuidar na Ótica da Enfermagem (GESPPECEN) e do Grupo de Estudo da Criança Doente (GECD).

ANA PAULA DOS SANTOS JESUS MARQUES FRANÇA
Enfermeira. Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria. Mestre em Ciências de Enfermagem pela Universidade Católica Portuguesa, Portugal. Doutora em Ciências Filosóficas pela Universidade Nova de Lisboa. Professora Coordenadora da Escola Superior de Enfermagem do Porto. Membro da Unidade de Investigação da Escola Superior de Enfermagem do Porto (UNIESEP). Portugal.

ANDREA CRISTINA OLIVEIRA SILVA
Enfermeira. Doutora em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/Universidade de São Paulo (USP). Professora Adjunta da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Vice-Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa na Saúde da Família, Criança e Adolescente (GEPSFCA/UFMA).

ANGEL ALICE JÁCOME DE SOUZA
Enfermeira pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

ANTÔNIA GRAZIELA DANTAS BEZERRA
Enfermeira pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Especialização em Neonatologia e Pediatria (FAMETRO). Membro do Núcleo de Pesquisa Tecnologias no Cuidado Materno Infantil (NUPESTECMI/UNIFOR/CNPq).

ARIANA RODRIGUES DA SILVA CARVALHO
Enfermeira. Doutora em Ciências. Professora do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

ARIANE THAISE FRELLO ROQUE
Enfermeira. Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pós-Doutorado na University of Alberta, Edmonton, Canadá. Professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Departamento de Enfermagem na área da Saúde da Mulher e Recém-Nascido.

BEATRIZ ROSANA GONÇALVES DE OLIVEIRA TOSO
Enfermeira. Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Curso de Graduação em Enfermagem e do Mestrado em Biociências e Saúde da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

BIANCA DA COSTA VIEIRA
Enfermeira. Atuou como bolsista voluntária na pesquisa intitulada: Gestão do cuidado de enfermagem para a qualidade da atenção obstétrica e neonatal (2015-2017). Membro do Grupo de Pesquisa em Enfermagem na Saúde da Mulher e do Recém-nascido (GRUPESMUR) da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC/Santa Catarina.

BRUNA MARIA BUGS
Enfermeira. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

CAMILA CAZISSI DA SILVA
Enfermeira assistencial no Hospital de Clínicas (UNICAMP). Especialista em Enfermagem Pediátrica e Neonatal pelo Instituto de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. Mestra em Ciências da Saúde pela Universidade de Campinas (UNICAMP).  Participante do Grupo de Estudos sobre a Criança, Adolescente e Família (GECAF/UNICAMP/CNPq).

CAROLINA KAHL
Enfermeira. Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

CIRCÉA AMÁLIA RIBEIRO
Enfermeira. Doutora em Enfermagem Pediátrica pela Universidade de São Paulo (USP). Professora Associada Aposentada do Departamento de Enfermagem Pediátrica da Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pesquisadora líder do Grupo de Estudos do Brinquedo (GEBrinq/CNPq) e pesquisadora do Grupo de Estudos em Puericultura (GEP/CNPq).

CLÁUDIA DA COSTA SILVA
Enfermeira Pediátrica Intensivista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

CLÁUDIA SILVEIRA VIERA
Enfermeira, Doutora em Enfermagem em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Curso de Graduação em Enfermagem e do Mestrado Biociências e Saúde da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

CLÁUDIA ZAMBERLAN
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente da Universidade Franciscana (UFN). Enfermeira Intensivista da Unidade de Cardiologia Intensiva do Hospital Universitário de Santa Maria (UFSM) – Santa Maria /RS.

CLEIDIANA FRANÇA DE SOUSA
Enfermeira pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Membro do Núcleo de Pesquisa Tecnologias no Cuidado Materno Infantil (NUPESTECMI/UNIFOR/CNPq).

DANILO MARCELO ARAUJO DOS SANTOS
Enfermeiro. Mestre em Enfermagem. Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Técnico do Hospital Universitário Unidade Materno-Infantil da UFMA/EBSERH. Coordenador da Comissão de Sistematização da Assistência de Enfermagem do HUUFMA. Membro do GEPSFCA/UFMA.

DIRCE STEIN BACKES
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora Adjunta do Centro Universitário Franciscano (CUF). Santa Maria. Rio Grande do Sul. Bolsista de Produtividade em Pesquisa/CNPq. 

EDMARA BAZONI SOARES MAIA
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pós-Doutoranda da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (UNIFESP). Pesquisadora do Grupo de Estudos do Brinquedo (GEBrinq/UNIFESP/CNPq). Membro da Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras (SOBEP).

ELIANE TATSCH NEVES
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professora Associada da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Rio Grande do Sul. Bolsista de Produtividade em Pesquisa/CNPq e Líder do Grupo de Pesquisa Saúde do Neonato, Criança, Adolescente e Família (CRIANDO/UFSM).

ELOETH KALISKA PIVA
Fisioterapeuta. Mestre em Biociências e Saúde. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

FABÍOLA SANTOS LINO
Enfermeira. Mestra em Enfermagem pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Enfermeira do Hospital Infantil Lucídio Portela e do Complexo de Urgência.

FERNANDA LUISA BUBOLTZ
Enfermeira. Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria. Participante do grupo de pesquisa Saúde do Neonato, Criança, Adolescente e Família (CRIANDO-UFSM).

FRANCISCA GEORGINA MACEDO DE SOUSA
Enfermeira Pediátrica. Doutora e Pós-Doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).  Professor Associado da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa na Saúde da Família, Criança e Adolescente (GEPSFCA/UFMA).

GÉSSICA TUANI TEIXEIRA
Enfermeira. Especialista em Saúde Pública com Ênfase em Atenção à Saúde da Mulher. Docente do Departamento de Enfermagem da Universidade Paranaense – UNIPAR, Unidade Francisco Beltrão.

GIANE ZUPELLARI DOS SANTOS MELO
Enfermeira. Mestre em Patologia Tropical pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Amazonas (UEAM). 

GIOVANA CALLEGARO HIGASHI
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pesquisadora do Laboratório de Pesquisa, Tecnologia e Inovação em Políticas e Gestão do Cuidado e da Educação em Enfermagem e Saúde (GEPADES/UFSC).

GIULIANE FERREIRA LOPES DOS SANTOS
Enfermeira. Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa em Saúde da Família, Criança e Adolescente (GEPSFCA/UFMA). Técnica da Secretaria Municipal de Saúde de São Luís, Maranhão.

GREICE LESSA
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pós-Doutoranda em Enfermagem pela UFSC. Docente do Centro Universitário Barriga Verde – UNIBAVE. Área de atuação: Gestão e Gerenciamento do Cuidado e Análise de Política.

HENRIQUETA ILDA VERGANISTA MARTINS FERNANDES
Enfermeira. Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria. Mestre em Ciências de Enfermagem pelo Instituto Ciências Abel Salazar – Universidade do Porto. Doutoramento em Educação pelo Instituto de Educação – Universidade Lusófona de Humanidades de Lisboa. Pós-Doutoranda da Universidade de Fortaleza – UNIFOR. Professora Adjunta da Escola Superior de Enfermagem do Porto. Membro do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde – CINTESIS –Universidade do Porto.

HILDA MARIA BARBOSA DE FREITAS
Enfermeira. Doutora em Ciências. Enfermeira Assistencial da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Hospital Universitário de Santa Maria (UFSM). Docente da Faculdade Integrada de Santa Maria (FISMA) – Santa Maria/RS.

HUGO GONÇALVES MARTINS
Enfermeiro pós-graduado em Cuidados Paliativos Pediátricos pela Universidade Católica Portuguesa, e em Urgência e Emergência: Neonatal e Pediátrica, pela Universidade Atlântica, Portugal. Mestrando em Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal. Enfermeiro no Hospital Prof. Doutor Fernando da Fonseca, EPE, Portugal. Assistente de Investigação da Unidade de Investigação & Desenvolvimento em Enfermagem, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal.

JANAINA CERVO PILECCO
Terapeuta Ocupacional. Mestre em Saúde Materno Infantil pelo Centro Universitário Franciscano (UNIFRA). Coordenadora de Saúde Mental do Núcleo de Apoio à Atenção Básica (NAAB), junto a Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação, da Prefeitura Municipal de Faxinal do Soturno (RS).

JANE CRISTINA ANDERS
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade de Saõ Paulo (USP). Professora do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e do Programa de Pós-graduação em Gestão do Cuidado de Enfermagem (UFSC). Líder do LPTISCA (GEPESCA/UFSC). Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Gestão do Cuidado de Enfermagem (UFSC).

JAQUIELE JACIARA KEGLER
Enfermeira. Mestra em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (PPGEnf/UFSM). Doutoranda do PPGEnf/UFSM. Integrante do Grupo de Pesquisa Saúde do Neonato, Criança, Adolescente e Família (CRIANDO/UFSM).

JAYNARA MENEZES SOUSA PINHEIRO
Enfermeira. Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Técnica da Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação.

JEFFERSON PEDRO PIVA
Médico, Doutor em Medicina, Professor Titular de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Editor do Jornal de Pediatria (1994-2003), Editor Associado do Jornal de Pediatria (2003-2010); Associate Editor do Pediatric Critical Care Journal (2000-2015) agora Senior Editor do Pediatric Critical Care Medicine (2016-). Editor Associado da Revista Brasileira de Terapia Intensiva (2004 até hoje). Editor Acadêmico do Programa de Atualização em Terapia Intensiva Pediátrica (Protiped) desde 2009 (até a presente data), desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB). É membro atuante de diversas sociedades científicas, tendo desempenhado cargos diretivos na Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB), na Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), na Sociedad Latino-Americana de Cuidados Intensivos Pediátricos (SLACIP) e na World Federation of Pediatric Intensive and Critical Care Societies (WFPICCS), onde foi sócio fundador (1998) e exerceu a vice-Presidencia entre 1998 e 2005). É conselheiro por quatro gestôes consecutivas do Conselho Regional de Medicina do RS (CREMERS 1998-2003; 2003-2008; 2008-2013; 2013-2018). É coordenador das Câmaras Técnicas do CREMERS (2009-2013, 2013-2018). No Conselho Federal de Medicina é Membro de quatro Câmaras Técnicas: a) Cuidados Paliativos e Terminalidade, b) Medicina Intensiva e c) Morte Encefálica onde foi co-relator da nova resolução de Morte encefálica, d) Urgência e Emergência. Exerce atualmente o cargo de Chefe do Serviço de Emergência e Medicina Intensiva Pediátricas, onde desenvolve atividades docentes com alunos da graduação, residentes de pediatria e pós graduandos (mestrandos e Doutorandos).

JOSÉ MANOEL PEIXOTO CALDAS
Médico. Professor do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (UP), Portugal. Professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

JOYCE GUIMARÃES RIBEIRO DA CUNHA
Pediatra Neonatologista. Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Coordenadora da Neonatologia Hospital São Camilo Cura d´Ars. Neonatologista do Hospital Gênesis, Fortaleza-CE.

JÚLIA HEINZ DA SILVA
Enfermeira. Professora Substituta do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Membro do Grupo de Pesquisa Saúde do Neonato, Criança, Adolescente e Família (CRIANDO/UFSM).

KAMYLLA SANTOS DA CUNHA
Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

KARLA MARIA CARNEIRO ROLIM
Enfermeira. Pós-Doutora pela Universidade de Rouen/França (CHU-ROUEN). Mestre e Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professora Titular do Curso de Enfermagem da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Coordenadora do Mestrado Profissional em Tecnologia e Inovação em Enfermagem da Universidade de Fortaleza (MPTIE/UNIFOR). Professora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC/UNIFOR). Pesquisadora líder do Núcleo de Pesquisa Tecnologias no Cuidado Materno Infantil (NUPESTECMI/UNIFOR/CNPq).

KÁTIA ADRIANA LINS JAINES CURTINAZ
Mestranda, Ciências Médicas: Pediatria, UFRGS, Porto Alegre, RS. Enfermeira Pediátrica Intensivista, Hospital de Clinicas de Porto Alegre, RS.

KELLI PAZETO DELLA GIUSTINA
Enfermeira. Mestre em Educação pela Universidade Extremo Sul Catarinense (UESC). Professora do Centro Universitário Barriga Verde (UNIBAVE).

LAÍS BARRETO ARAGÃO
Enfermeira. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa na Saúde da Família, Criança e Adolescente da Universidade Federal do Maranhão (GEPSFCA/UFMA).

LARISSA NASCIMENTO RIBEIRO
Graduanda em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Bolsista PIBIC do Projeto Gestão do Cuidado de Enfermagem para a Qualidade da Atenção Obstétrica e Neonatal. Membro do Grupo de Pesquisa em Enfermagem na Saúde da Mulher e do Recém-Nascido (GRUPESMUR).

LEDIANA DALLA COSTA
Enfermeira. Mestre em Gestão em Saúde do Trabalho. Docente do Departamento de Enfermagem da Universidade Paranaense – UNIPAR, Unidade Francisco Beltrão. Membro do Laboratório de Pesquisa na Enfermagem na Saúde da Mulher e do Recém-nascido (GRUPESMUR).

LEONARDO BIGOLIN JANTSCH
Enfermeiro Pediátrico e Neonatologista. Doutor em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Maria. Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Palmeira das Missões/RS. Integrante do grupo de pesquisa Saúde do Neonato, Criança, Adolescente e Família (CRIANDO/UFSM).

LERIS SALETE BONFANTI HAEFFNER
Médico. Doutor em Medicina Ribeirão Preto pela Universidade de São Paulo (USP). Professor Adjunto do Centro Universitário Franciscano (CUF).

LESLIE ROSE ESPER SCAGGION
Enfermeira. Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade de Campinas (UNICAMP).

LIHSIEH MARRERO
Enfermeira. Mestre em Saúde pelo Instituto Fernandes Figueira (FIOCRUZ). Professora Assistente da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

LINDSAY MENA
Enfermeira. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

LUANA GAMA BELÉM
Enfermeira. Pós-Graduanda em Infectologia pela Universidade Estadual do Amazonas (UEA).

LUCAS CORREA PREIS
Enfermeiro. Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (PEN/UFSC). Membro do Laboratório de Pesquisa, Tecnologia e Inovação na Saúde da Criança e do Adolescente (GEPESCA/UFSC) e do Núcleo de Estudos Aplicados a Saúde (NEAS/UNIBAVE).

LUCIANA DE LIONE MELO
Enfermeira. Doutorado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo (USP).  Pós-Doutorado pela Escola Paulista de Enfermagem – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Professora e Coordenadora da Comissão de Residência Multiprofissional em Saúde (COREMU/UNICAMP). Pesquisadora líder do Grupo de Estudos sobre Criança, Adolescente e Família (GECAF/UNICAMP/CNPq). Pesquisadora do Grupo de Estudos do Brinquedo (GEBrinq/UNIFESP/CNPq). Membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras (SOBEP), Gestão 2016-2018.

LUCIANE NAJAR SMEHA
Psicóloga. Doutora em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS). Professora Adjunta do Centro Universitário Franciscano (CUF). Coordenadora dos Cursos de Pós-Graduação na área de Ciências Humanas (UNIFRA). Professora nos Cursos de Especialização em Psicologia Clínica, Psicopedagogia e Família na Contemporaneidade. Professora do Mestrado Profissional em Saúde Materno Infantil – Centro Universitário Franciscano (MPSMF/CUF).

LUÍS MANUEL CUNHA BATALHA
Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria. Mestre em Ciências de Enfermagem-Pediatria pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal. Doutor em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal. Professor Coordenador da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Portugal. Investigador da UICISA, Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Portugal.

LUISA MARIA COSTA ANDRADE
Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria. Mestre em Ciências de Enfermagem-Pediatria pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal. Doutora em Ciências de Enfermagem pelo Instituto Ciências Abel Salazar, Universidade do Porto, Portugal. Professora Adjunta da Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal.

MARIA CRISTINA PRATINHA DE ARAÚJO
Enfermeira. Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria. Enfermeira do Centro Hospitalar São João, Porto, Portugal.

MARIA DE LURDES LOPES DE FREITAS LOMBA
enfermeira. doutora em ciências da enfermagem pelo instituto de ciências biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto – Portugal. Docente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra vinculada à UCP Enfermagem de Saúde da Criança e do Adolescente Pesquisadora da linha de investigação Formação de Profissionais de Saúde e Educação para a Saúde.

MARCELA GONÇALVES TREVISAN
Enfermeira. Especialista em Saúde Pública com Ênfase em Atenção à Saúde da Mulher. Docente do Departamento de Enfermagem da Universidade Paranaense – UNIPAR, Unidade Francisco Beltrão.

MARCELA OSÓRIO REIS CARNEIRO
Enfermeira Especialista pela Residência Multiprofissional em Saúde, São Luís/Maranhão (UFMA).

MÁRCIA GUIMARÃES ALCÂNTARA
Enfermeira graduada pela Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC. Atualmente é enfermeira da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem Obstétrica, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, enfermagem, saúde e alojamento conjunto.

MARIA DO CÉU AGUIAR BARBIERI DE FIGUEIREDO
Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria. Mestre em Enfermagem e Educação pela Universidade de Edimburgo, Escócia. Doutora em Ciências de Enfermagem pelo Instituto Ciências Abel Salazar, Universidade do Porto, Portugal. Professora Coordenadora da Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal. Investigadora Integrada do CINTESIS, Universidade do Porto, Portugal.

MARIA HELENA BRANDELEIRO WERLANG
Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal do Paraná. Atualmente é Coordenadora da CCIH do Hospital Regional do Sudoeste em Francisco Beltrão – PR e Coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente. Atua como profissional Enfermeiro exercendo a função de Chefe do Núcleo de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Regional do Sudoeste, HRS WAP, pertencente à Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde Pública, Vigilância em Saúde, Hemoterapia e na área de Educação Permanente em Saúde. Possui especialização em Administração em Saúde Pública e em Controle de Infecção Hospitalar.

MARIA HERCÍLIA FERREIRA GUIMARÃES PEREIRA AREIAS
Médica Pediatra. Diretora de Serviço do Centro Hospitalar São João, Porto, Portugal. Professora Catedrática da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

MARIA MADALENA RAMOS PEIXOTO
Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria. Mestre em Ciências de Enfermagem-Pediatria pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Enfermeira Chefe do Centro Hospitalar São João, Porto, Portugal.

MARIA SOLANGE NOGUEIRA DOS SANTOS
Enfermeira. Mestre em Tecnologia e Inovação em Enfermagem pela Universidade de Fortaleza (MPTIE/UNIFOR). Enfermeira Assistencial da Unidade de Neonatologia do Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Membro do Núcleo de Pesquisa Tecnologias no Cuidado Materno Infantil (NUPESTECMI/UNIFOR/CNPq).

MARINESE HERMÍNIA SANTOS
Enfermeira. Mestre em Ciências da Saúde pela Federal do Maranhão (UFMA). Especialista em Enfermagem Pediátrica. Professora Adjunta da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa em Saúde da Família, Criança e Adolescente (GEPSFCA/UFMA).

MARLI TEREZINHA STEIN BACKES
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professor Adjunto CI do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PEN) da UFSC e do Programa de Pós-Graduação Gestão do Cuidado em Enfermagem da UFSC. Doutorado Sanduíche na Universität Bielefeld – Alemanha. Integrante do Laboratório de Pesquisa, Tecnologia e Inovação em Políticas e Gestão do Cuidado e da Educação em Enfermagem e Saúde (GEPADES), do Grupo de Pesquisa em Enfermagem na Saúde da Mulher e do Recém-nascido (GRUPESMUR) e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Empreendedorismo Social da Enfermagem e Saúde (GEPESES). Tem experiência na área de Enfermagem Obstétrica e Neonatal, Saúde da Mulher e da criança na Atenção Básica, Saúde do Adulto e Infecção Hospitalar.

MARTA MARIA OSÓRIO ALVES
Médica Pediatra do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, Rio Grande do Sul/Brasil. Doutora em Ciências Médicas.

MICHEL GEORGE DOS SANTOS EL HALAL
Médico Pediatra Intensivista. Mestre em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012). Atua como médico intensivista pediátrico na UTI Pediátrica do Hospital Universitário São Francisco de Paula, em Pelotas/RS.

MIRNA ALBUQUERQUE FROTA
Enfermeira. Pós-Doutora pela Universidade de Rouen/França (CHU-ROUEN), e pela Universidade Federal da Bahia / Instituto de Saúde Coletiva (ISC). Professora Titular do Curso de Enfermagem. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade de Fortaleza (PPGSC/UNIFOR). Professora do Mestrado Profissional em Tecnologia e Inovação em Enfermagem da Universidade de Fortaleza (MPTIE/UNIFOR). Líder do Núcleo de Pesquisa Saúde da Criança (NUPESC/UNIFOR/CNPq).

MIRTES VALÉRIA SARMENTO PAIVA
Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa em Saúde da Família, Criança e Adolescente (GEPSFCA/UFMA).

NICOLE MARIA COSTA E SILVA
Graduanda em Enfermagem pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da Liga Acadêmica de Bioquímica, Liga Acadêmica de Diabetes e Obesidade e do Grupo de Estudo e Pesquisa em Saúde da Família, Criança e Adolescente.

NUNO PEDRO FERREIRA DA SILVA FERNANDES
Enfermeiro pós-graduado em Intervenção à Pessoa em Situação Crítica pela Escola Superior de Enfermagem São Francisco das Misericórdias, Portugal. Doutorando em Enfermagem na Universidade de Lisboa, Portugal. Enfermeiro no Hospital de Vila Franca de Xira, Portugal. Assistente de Investigação da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal.

PATRICIA KLOCK
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem (UFSC). Pesquisadora do Laboratório de Pesquisa, Tecnologia e Inovação em Políticas e Gestão do Cuidado e da Educação em Enfermagem e Saúde (GEPADES) e do Laboratório de Pesquisa em Enfermagem na Saúde da Mulher e do Recém-Nascido (GRUPESMUR).

PATRÍCIA KUERTEN ROCHA
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Vice-Líder do LPTISCA (GEPESCA/UFSC).

PATRÍCIA MIRANDA DO LAGO
Professora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Porto Alegre RS/ Brasil.

PATTRÍCIA DA ROSA DAMIANI
Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Membro do Grupo de Pesquisa em Enfermagem na Saúde da Mulher e do Recém-Nascido (2016). Bolsista do Projeto de Extensão: Movimento a favor de um novo modelo de atenção obstétrica e neonatal (2017-2018). Bolsista PIBIC voluntária da pesquisa: Gestão do cuidado de enfermagem para a qualidade da atenção obstétrica e neonatal (2017-2018).

PAULA MANUELA JORGE DIOGO
Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria. Mestre em Ciências de Enfermagem pelo Instituto Ciências Abel Salazar, Universidade do Porto, Portugal. Doutora em Enfermagem pela Universidade Católica Portuguesa. Professora Adjunta da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal. Investigadora da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal.

PAULO ROBERTO ANTONACCI CARVALHO
Médico. Doutor em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor Associado do Departamento de Pediatria, Faculdade de Medicina (UFRGS).

RAQUEL CANDIDO YLAMAS VASQUES
Enfermeira. Doutora em Ciências pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EE-USP). Professora do Curso de Graduação em Enfermagem e Pós-Graduação do CUSC. Membro do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa em Perdas e Luto (Nippel, EE-USP) e do Grupo de Estudo e Pesquisa em Humanização em Saúde (GEPHUS/CUSC).

REGINA GEMA SANTINI COSTENARO
Enfermeira. Doutora em Filosofia da Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora na Graduação e Pós-Graduação da Universidade Franciscana (UFN) – Santa Maria, Rio Grande do Sul.

ROBERTA JULIANE TONO DE OLIVEIRA
Enfermeira do Departamento de Educação Continuada do Hospital Nossa Senhora da Conceição (ACSC). Professora do Curso Técnico de Enfermagem no SENAC Tubarão. Membro do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Administração, Gerência do Cuidado e Gestão Educacional em Enfermagem e Saúde (GEPADES/UFSC).

ROSEMEIRE CRISTINA MORETTO MOLINA
Enfermeira do Hospital Universitário de Maringá. Mestre em Enfermagem pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).

ROSENDO FREITAS DE AMORIM
Sociólogo. Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (UNIFOR). Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Assessor Técnico da Secretaria de Educação do Estado do Ceará (SEDUC).

SABRINA DOS SANTOS PINHEIRO
Enfermeira, Especialista em Terapia Intensiva Pediátrica, Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente da Faculdade de Medicina da UFRGS/RS. Docente do Curso de Pós-Graduação em Terapia Intensiva e Emergência Pediátrica do Hospital Moinhos de Vento e no curso de Terapia Intensiva Adulto e Pediátrica da Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul- FADERGS. Coordenadora científica da Certificação Profissional da Associação Brasileira de Enfermagem em Terapia Intensiva Pediátrica (ABENTI - Gestão 2017-2018). É enfermeira assistencial na UTIP do Hospital de Clínicas de Porto Alegre desde 2008.

SANDRA MARIA AREIAS VALADÃO
Enfermeira Especialista em Saúde Infantil e Pediatria. Mestre em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal. Enfermeira do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, Portugal.

SILVANA SANTIAGO DA ROCHA
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professora Associada da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Professora dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação em Enfermagem (UFPI).

SONIA SILVA MARCON
Enfermeira. Doutora em Filosofia da Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Coordenadora do Núcleo de estudos, pesquisa, assistência e apoio à família (NEPAAF). Bolsista de Produtividade do CNPq.

SUSANA CRISTINA DOS SANTOS OLIVEIRA DE BARROS ALMEIDA
Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria. Enfermeira do Centro Hospitalar São João, Porto, Portugal. 

TATIANE GRAMINHO
Graduada em Enfermagem, na instituição Universidade Paranaense campus de Francisco Beltrão.

TELMA ELISA CARRARO
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pós-Doutora em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (USP). Professora Aposentada do Departamento de Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

VANISSE BORGES NUNES KOCHHANN
Enfermeira, Mestranda do Programa de Saúde da Criança e do Adolescente da FAMED da UFRGS, com pesquisa voltada para área de segurança e qualidade em Intensivimo Pediátrico. Atuou como Enfermeira Assistencial em Centro Cirúrgico por um período de 4 anos em um Hospital de Referência em Oftalmologia - Hospital Banco de Olhos (RS). Tem experiência na área de Gestão de Enfermagem, atuando como Enfermeira Responsável Técnica por um período de 3 anos na mesma Instituição de Saúde. Atualmente é Enfermeira do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), com atuação na Assistência em UTI Pediátrica desde janeiro de 2010. É membro atuante da Comissão de Prevenção e Tratamento de Feridas (CPTF) e da Comissão de Segurança e Qualidade (COMSEQ) na área de Intensivismo Pediátrico.

VERIDIANA TAVARES COSTA
Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora Adjunta no Centro Universitário Estácio de Sá. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas – Laboratório de Pesquisas e Tecnologias no Cuidado de Enfermagem e Saúde às Pessoas com Doenças Crônicas (NUCRON/UFSC). Membro do Laboratório de Pesquisa, Tecnologia e Inovação em Políticas e Gestão do Cuidado e da Educação em Enfermagem e Saúde (GEPADES).