Capa do livro: ENVELHECIMENTO & INTERGERACIONALIDADE: <br>olhares interdisciplinares <br>Coleção Família e desenvolvimento humano Volume 2

ENVELHECIMENTO & INTERGERACIONALIDADE:
olhares interdisciplinares
Coleção Família e desenvolvimento humano Volume 2

Autores: Elaine Pedreira Rabinovich - Lúcia Vaz de Campos Moreira - Eliana Sales Brito - Marilaine Menezes Ferreira (Orgs.)

livro impresso
de R$ 76,00 por
livro digital
de R$ 76,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Esta obra abre janelas para um olhar interdisciplinar quanto ao que estão pensando os velhos sobre o envelhecimento e quanto às ideias de quem se dedica a compreender este processo. Uma das vertentes desta busca de compreensão está focalizada nas relações intergeracionais, devido à já forte presença dos avós e dos bisavós na vida familiar e na sociedade, assim como, também, nas relações entre velhos e jovens em diferentes contextos.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3065-1
DOI: 10.24824/978854443065.1
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 456
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

ENVELHECIMENTO & INTERGERACIONALIDADE: <br>olhares interdisciplinares <br>Coleção Família e desenvolvimento humano Volume 2

Autores

ALDA BRITTO DA MOTTA
Socióloga, Mestra em Ciências Sociais e Doutora em Educação (UFBA). Docente da Universidade Federal da Bahia, onde atua como professora da Pós-Graduação em Ciências Sociais e da Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo; pesquisadora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher (NEIM).

ALINE MOTA DE ALMEIDA
Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea da Universidade Católica do Salvador (UCSal). Especialista nas áreas: Nefrologia, Administração de Serviços de Saúde, Saúde Pública e Educação Permanente em Saúde. Professora do Departamento de Saúde da UEFS. Pesquisadora do Núcleo Integrado de Pesquisas e Estudos sobre o Cuidar/Cuidado (NUPEC), na UEFS, e do Grupo de Pesquisa – Família, (Auto) Biografia e Poética (FABEP), na UCSal.

AMANDA LEITE NOVAES
Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), campus de Jequié-BA. Mestre em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora Assistente do Departamento de Saúde da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Focalizadora de Danças Circulares pelo Centro de Formação Espaço Terapêutico Psicologia Para Todos. Colaboradora do Centro de Convivência Domingos Micarone (CCDM)/Instituto Antônio Gasparini (IAG)/Feira de Santana e da Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI)/UEFS. Líder do Núcleo Inter/Transdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão de Educação em Saúde (NIEPEXES)/UEFS.

ANA PAULA FERNANDES DAS NEVES
Curso de Enfermagem Geral. Curso de Estudos Superiores Especializados em Enfermagem de Saúde do Idoso e Geriátrica. Curso de Mestrado em Saúde Pública. Experiência profissional na área clínica de 1985 a 2001, no Hospital de Pulido Valente.
Experiência profissional no ensino de 2001 até a atualidade, presentemente na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, no Departamento de Enfermagem de Saúde Comunitária.

ANA VITÓRIA LIMA FERREIRA
Estudante do Curso de Psicologia da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Bolsista de Extensão da UATI/UEFS, com Plano de Trabalho sobre Práticas Integrativas na ressignificação do envelhecer. Colaboradora do CCDM/IAG/Feira de Santana. Estudante do Núcleo Inter/Transdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão de Educação em Saúde (NIEPEXES)/UEFS.

ANA CECÍLIA DE SOUSA BASTOS
Psicóloga pela Universidade Federal da Bahia, tem mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade Federal da Bahia e doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília. Professora Associada II da Universidade Federal da Bahia, aposentada. Desde 2011, atua como docente na Universidade Católica do Salvador, no Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea. Sua experiência de pesquisa situa-se na interface entre a Psicologia Cultural do Desenvolvimento e a Saúde Coletiva. Ao longo de sua trajetória, sempre interessada no estudo do desenvolvimento em contexto cultural: (a) a análise de fatores e mecanismos de risco-proteção presentes em trajetórias de desenvolvimento, considerando, especialmente, a realidade da infância e da adolescência em diversos contextos (família, escola, relacionamento com serviços de saúde e projetos sociais) e (b) a análise de transições desenvolvimentais, considerando a família enquanto contexto cultural de desenvolvimento, focalizando a interligação entre ideias parentais e práticas ligadas à criação de filhos, e propondo a categoria modos de partilhar para descrever processos pelos quais a criança torna-se membro da família. Mais recentemente, volta-se para analisar transições desenvolvimentais com uma diferente ênfase, numa perspectiva intercultural e tomando como eixo principal o estudo da memória autobiográfica. No momento, propõe-se a integrar todo um conjunto de resultados obtidos ao longo de uma trajetória de pesquisa e oriundos de novos estudos sobre a situação de famílias baianas, numa perspectiva autoetnográfica.

BRUNA IMPROTA

Doutoranda em Psicologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), mestra em Psicologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), especialista em Gestalt-terapia (IGTBa e Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública), psicoterapeuta transpessoal (Dinâmica Energética do Psiquismo) e psicóloga formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Possui diversos cursos complementares na área da Psicologia Clínica, Gerontologia e Psicologia Social/Comunitária. Atua em clínica individual e de grupos através da Gestalt-terapia e arteterapia gestáltica, facilita oficinas e workshops na área. Faz parte do grupo de pesquisa “Estudos Sobre a Universidade”, cadastrado no CNPQ. Atuou como docente da graduação de Psicologia na Universidade Salvador (UNIFACS) e Universidade do Estado da Bahia (UNEB), por mais de cinco anos, e, atualmente, é docente de especializações na área da Gestalt-terapia nas cidades de Salvador-BA, Vitória-ES e Feira de Santana-BA.

CARLA VERÔNICA ALBUQUERQUE ALMEIDA
Pós-doutoranda (UCSal), Doutora em Educação e Contemporaneidade (UNEB). Mestra em Família na Sociedade Contemporânea (UCSal). Licenciada em Pedagogia (UCSal). Professora Adjunta da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – UNILAB. Pesquisadora dos Grupos: Família, (auto)biografia e poética da (UCSal) e Psicanálise e Representações Sociais – Geppe-rs (UNEB).

CARMELA DELL’ISOLA
Pós-doutora em Direitos Humanos pela Universidade de Salamanca, doutora em Direito pela PUC/SP, mestra em Direito pela USP, professora titular da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo.

CIRLENE FRANCISCA SALES DA SILVA
Doutora e mestra em Psicologia Clínica na linha de pesquisa de Família, Gênero e Interação Social (UNICAP); Especialista em Intervenções clínicas na abordagem psicanalítica (FCHE), em Gerontologia Social (UFPE), em Gerontologia (SBGG) e em Psicologia Clínica (FCHE). Coordenadora do curso de Especialização em Gerontologia (UNICAP) e Supervisora de Estágio do Serviço de Atenção ao Idoso na Clínica de Psicologia (UNICAP). Coordenadora dos projetos: Cine legalmente Idoso(a), Momento Gerontológico, Dia internacional da pessoa idosa, SAI (Serviço de Atenção ao Idoso(a) (UNICAP). Membro da comissão colegiada do COMDIR. Presidente da Gerontologia na SBGG/PE (Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia).

CORA CACILDA DE MENEZES MEDEIROS
Graduada em Administração de Empresas pela Universidade de Pernambuco – UPE, com pós-graduação em Administração Pública também pela UPE. É servidora pública da Empresa Municipal de Informática, com larga experiência em Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente, participando das equipes de elaboração do Plano Diretor do Recife, nos anos de 1992 e 2002. Ocupou, ainda, o cargo de Diretora de Segurança Cidadã, atuando na gestão e elaboração de projetos voltados para a prevenção da violência e aos Direitos Humanos, junto a organismos federais e internacionais. Desde 2013, ocupa o cargo de Gerente da Política Municipal da Pessoa Idosa e presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa do Recife – COMDIR. Na área de ensino, lecionou na Universidade Maurício de Nassau, nos cursos de Gestão da Qualidade e Arquitetura e Urbanismo. Integra o quadro de docentes da Escola de Governo da Prefeitura do Recife, para os cursos de Gestão Pública e Direitos Humanos; Envelhecimento e Direitos da Pessoa Idosa; Acessibilidade e Direitos da Pessoa com Deficiência. Professora convidada do curso “Políticas Sociais Integradas”, do Centro Universitário Estácio Recife. Atualmente, é aluna do curso de especialização em Gerontologia, da Universidade Católica de Pernambuco.

CRISTINA MARIA DE SOUZA BRITO DIAS
Possui doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília, mestrado em Psicologia também pela Universidade de Brasília e graduação em Psicologia pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Possui especialização em Terapia familiar e de casal e residência clínica na Clínica Pinel de Porto Alegre. É professora adjunta IV, aposentada, da Universidade Federal da Paraíba. Atualmente, é professora adjunta IV da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica desta Universidade. Tem experiência em pesquisa na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Clínica (Casal e Família) e Desenvolvimento Humano, atuando, principalmente, nos seguintes temas: família, relação avós-netos, relacionamento intergeracional, adoção e envelhecimento. É membro do grupo de pesquisa e linha de pesquisa Família, Interação Social e Saúde, da UNICAP. Membro do grupo da ANPEPP Casal e Família: estudos psicossociais e psicoterapia.

DANIELY DA SILVA DIAS VILELA
Especialista em Neuropsicologia (FPS), Especialista em Intervenção Psicossocial Jurídica (FACHO). Bacharel e Licenciada em Psicologia (FACHO). Tem experiência em Psicologia Clínica com ênfase em Psicodiagnóstico.

DENISE COUTINHO
Professora associada do Instituto de Psicologia da Universidade Federal da Bahia. Tem doutorado em Letras e Linguística pela UFBA, com doutorado-sanduíche em Princeton University – USA (bolsa CAPES). Realizou pós-doutorado sobre o processo de implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia (bolsa FAPESB). É docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas – PPGAC, do qual é vice-coordenadora, e colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia – PPGPSI da UFBA. Coordena o Grupo de Pesquisa “Estudos sobre a Universidade”, cadastrado no CNPq. Orienta estudantes de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado em Psicanálise, Psicologia e Artes Cênicas.

ELAINE PEDREIRA RABINOVICH
Psicóloga, mestrado, doutorado e pós-doutorado pela Universidade de São Paulo. Professora adjunta do Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea e da graduação em Psicologia da UCSal. Membro do Instituto de Estudos Avançados (USP). Coordenadora do Grupo de Pesquisa Família, (Auto)Biografia e Poética (FABEP/UCSal).

ELIANA SALES BRITO

Doutora e mestra em Família na Sociedade Contemporânea pela Universidade Católica do Salvador; Especialista em Metodologia e Didática do Ensino Superior pela Universidade Católica do Salvador; graduada em Fisioterapia pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública; formação em Reeducação Postural Global (RPG/P. Souchard) e Conceito Bobath (ABRADIMENE). Percurso profissional com atuação na área de Neurologia, Ortopedia; Ensino, Pesquisa e Extensão; Supervisão de estágios, Coordenação e Administração de serviços. Foi coordenadora de Estágio, coordenadora do Curso de Fisioterapia e, também, foi Pró-Reitora de Extensão e Ação Comunitária da Universidade Católica do Salvador. Atualmente, é professora da UCSal.

EMILY SCHULER
Mestre em Psicologia Clínica pela Universidade Católica de Pernambuco, com Bolsa da Capes. Concluiu o Curso de Psicologia Clínica também na Universidade Católica de Pernambuco. Foi Bolsista de Iniciação Científica (CNPq). Pesquisa na área de família, intergeracionalidade e envelhecimento. Atualmente, é pesquisadora membro do LAFAM – Laboratório de família, gênero e interação social, bem como da ATCPE – Associação de Terapias Cognitivas de Pernambuco.

GUITA GRIN DEBERT
Professora titular do Departamento de Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É pesquisadora do PAGU – Núcleo de Estudos de Gênero da UNICAMP, pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq pr. n. 303756/2013-6) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP pr. n. 2015/23455-9). Autora do livro “A Reinvenção da Velhice” (Editora da Universidade de São Paulo, 1999, reimpressão 2004 e 2012) e de vários artigos sobre gênero e envelhecimento.

IRENE RAMOS DE AZEVEDO BRITO
Graduada em Serviço Social pela UNOPAR/Feira de Santana. Focalizadora de Danças Circulares pelo Centro de Formação Espaço Terapêutico Psicologia para Todos. Facilitadora de Análise Bioenergética pelo Libertas – Consultoria e Treinamento Centro de Pesquisa e Pós-graduação. Conselheira e Vice-presidente do Conselho do Idoso no município de Feira de Santana. Coordenadora do CCDM/IAG/Feira de Santana.

ÍSIS SANTANA PASSOS MENDES
Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Mestranda em Planejamento Territorial pela UEFS. Focalizadora de Danças Circulares pelo Centro de Formação Espaço Terapêutico Psicologia para Todos. Dançaterapeuta em formação pelo Centro Internacional de Dançaterapia Maria Fux. Colaboradora do CCDM/IAG.

ISOLDA BELO

Doutora em Sociologia e Master em Gerontologia Social pela Universidade de Barcelona. Docente do Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Gerontologia da UFPE. Pesquisadora Titular aposentada da Fundação Joaquim Nabuco do Ministério de Educação. Possui mestrado em Sociologia e graduação em Serviço Social pela Universidade Federal de Pernambuco. É associada à International Sociological Association (ISA) e à Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS).

JOANA D´ARC SILVA SANTOS
Doutoranda e Mestre em Família pelo Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea da Universidade Católica do Salvador -UCSAL. Mestre em Educação Universidade de Jaén da Espanha pela Fundação Ibero Americana FUNIBER modalidade EAD. Psicopedagoga pelas Faculdades Integradas Simonsen-RJ. Especialista em EJA e Educação Inclusiva pela Faculdade de Tecnologia e Ciência FTC- Salvador -BA. Professora da Secretaria de Educação do Estado da Bahia.
   
JUSSARA SOARES LEITE DE MENEZES
Administradora, com 40 anos de experiência em diferentes áreas da Gestão Pública: Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e com Deficiência, Planejamento e Gestão Urbana e Ambiental, Acompanhamento e Controle de Projetos e Gestão de Pessoas. Servidora da Prefeitura da Cidade do Recife, lotada na Gerência da Política da Pessoa Idosa da Secretaria Executiva de Direitos Humanos.

LAURA MARIA MONTEIRO VIEGAS
Curso de Enfermagem Geral na Escola Técnica de Enfermeiras, ex Escola Superior de Enfermagem de Francisco Gentil. Curso de Estudos Superiores Especializados em Enfermagem de Saúde do Idoso e Geriátrica, ex Escola Superior de Enfermagem de Francisco Gentil. Curso de Mestrado em Psicologia Clínica, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. Experiência profissional na área clínica de 1985 a 2003, no Hospital Distrital do Barreiro. Experiência profissional no ensino de 2001 até a atualidade: como equiparada a professora assistente a 30% no Instituto Politécnico de Setúbal; desde 2003 a 2008 na ex Escola Superior de Enfermagem de Francisco Gentil. Desde 2008 na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, no Departamento de Fundamentos de Enfermagem com a categoria de professor adjunto.

LÍVIA ALESSANDRA FIALHO DA COSTA
Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia, mestrado em Sociologia pela Universidade Federal da Bahia, mestrado em Antropologia Social e Etnologia – École des Hautes Études en Sciences Sociales e doutorado em Antropologia Social e Etnologia – École des Hautes Études en Sciences Sociales. Professora Titular do Departamento de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação e Contemporaneidade da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Professora do Programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea, da Universidade Católica do Salvador. Atuação na área de Ciências Sociais, com ênfase em Antropologia, atuando, principalmente, nos seguintes temas: educação, escola, família, religião, protestantismo e conversão.

LÚCIA VAZ DE CAMPOS MOREIRA
Doutora em Psicologia (USP), mestra em Educação (UFBA) e psicóloga (USP). É coordenadora e professora do Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea e docente do curso de Psicologia da UCSal. Líder do grupo de pesquisa “Família e Desenvolvimento Humano”.

MARIA DEOLINDA ANTUNES LUZ LOPES DIAS MAURÍCIO
Enfermeira, doutora em Psicologia Social (UAb). Coordenadora e investigadora da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, tendo como principais áreas de interesse: as representações sociais, geriatria, qualidade dos cuidados de Enfermagem em serviços de internamento hospitalar, formação e aprendizagem em Enfermagem.

MARIA EMÍLIA CAMPOS DE BRITO
Professora Adjunta na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa. Licenciatura em Enfermagem de Saúde do Idoso e Geriátrica, Escola Superior de Enfermagem Francisco Gentil. Mestrado em Comunicação em Saúde, Universidade Aberta. Doutoranda na Universidade de Coimbra, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, na área do idoso e do envelhecimento ativo. Investigadora do Grupo de Investigação “Saúde, Cultura e Desenvolvimento” do CEMRI, Universidade Aberta.

MARIA NATÁLIA PEREIRA RAMOS
Possui licenciatura em Psicologia pela Universidade de Coimbra. Mestrado em Psicologia Clínica e Patológica por esta mesma instituição. Doutora e pós-doutora em Psicologia Clínica Intercultural pela mesma universidade. Está na Universidade Aberta de Lisboa (UAb) desde 1995, onde é professora associada de nomeação definitiva a tempo integral. Nesta universidade, é investigadora do Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais – CEMRI, onde coordena o grupo de investigação Saúde, Cultura e Desenvolvimento.

MARIA TEREZA BARROS FALCÃO
Doutora em Psicologia Clínica pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Mestre em Psicologia Cognitiva pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Psicóloga e Bacharel em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Docente do Departamento de Fundamentação da Educação (Área Psicologia) do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem interesse no estudo dos temas: interação social, empatia, aprendizagem, desenvolvimento, envelhecimento, relação família-escola, contribuições da Psicologia à Educação.

MARIANA CAJUEIRO VIEIRA
Psicóloga pela Faculdade Ruy Barbosa com MBA em Gestão de Pessoas pela DEVRY-FRB. Mestra em Família na Sociedade Contemporânea pela UCSal. Atuação em Psicologia Organizacional e do Trabalho com Recrutamento e Seleção, Treinamento e Avaliação Psicológica.

MARILAINE MENEZES FERREIRA
Enfermeira, Mestre e Doutora pelo PPG em Família na Sociedade Contemporânea da Universidade Católica do Salvador, na linha de Contextos Familiares e Subjetividade. Membro do Grupo de Pesquisa: Família, (Auto)biografia e Poética da Universidade Católica do Salvador. Membro do Grupo de Pesquisa e Extensão na Saúde da Criança e Adolescente – linha de Contextos Familiares. Professora Assistente do curso de Enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP) e Coordenadora Acadêmica de curso de Pós-Graduação. Tem experiência em gestão acadêmica em cursos de graduação e pós-graduação. Atuou na área de Atenção Domiciliar, Terapia Intensiva, Emergência e Ensino na Enfermagem, com cargos de gestão e assistência.

MARISA AMORIM SAMPAIO
Psicóloga com Formação em Clínica Psicanalítica (Centro de Pesquisa em Psicanálise e Linguagem – CPPL), Mestrado e Doutorado em Saúde Materno Infantil (Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira – IMIP), Pós-doutorado em Psicologia Clínica (Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP). Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica da UNICAP. Integrante do Grupo de Trabalho “Parentalidade e desenvolvimento infantil em diferentes contextos” (ANPEPP).

PEDRO SILVA
Sociólogo, docente e investigador, tem atuado nas áreas das Sociologias da Educação, da Família e da Infância. A relação escola-família tem constituído o cerne da sua atividade investigativa. A etnografia, a educação e mediação interculturais e as TIC constituem outros polos de interesse. Licenciado em Sociologia (ISCTE, Lisboa), Mestre em Análise Social da Educação (Boston University) e Doutor em Ciências da Educação (Universidade do Porto), é Professor Coordenador da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria e membro do Centro de Investigação e Intervenção Educativas (Universidade do Porto) e do CICS.NOVA.IPLeiria.

RAFAEL CERQUEIRA FORNASIER
Doutor em Ciências do Matrimônio e da Família (Pontifícia Universidade Lateranense -Roma). Professor do Programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea da Universidade Católica do Salvador e do curso de Teologia da UCSal.

ROSA MARIA DA MOTTA AZAMBUJA
Pedagoga, Mestre e Doutora em Família na Sociedade Contemporânea (UCSal). Pós- doutoranda em Educação (IUNIR). Atua em Clínica psicopedagógica, Docência em cursos de Graduação, Pós-Graduação (FBB) e Ensino Fundamental (SMED). Tutora de Mestrado em Educação (UDE). Os principais focos de pesquisa são: educação, família e subjetividade.

ROSA MARIA DA EXALTAÇÃO COUTRIM
Possui graduação em Ciências Sociais e mestrado em História pela UNESP, doutorado em Ciências Humanas – Sociologia e Política pela UFMG e pós-doutorado em Educação pelo Instituto Politécnico de Leiria, Portugal. Tem experiência nas áreas de Metodologia Científica e Sociologia com ênfase em Sociologia da Educação e Sociologia do Envelhecimento. Atualmente, é professora associada do Departamento de Educação e da Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Ouro Preto. É pesquisadora do Núcleo de Estudos Sociedade, Família e Escola (NESFE- UFOP) e do Observatório Sociológico Família e Escola (OSFE- UFMG). Bolsista Pesquisador Mineiro (FAPEMIG). Os principais focos de pesquisa são: relação família e escola, relações intergeracionais e práticas de escolarização das camadas populares.

SINARA DANTAS NEVES

Doutora em Família na Sociedade Contemporânea pela UCSal (bolsista FAPESB), tendo realizado o doutorado sanduíche no ICS – Lisboa – Portugal (bolsista CAPES); membro dos Grupos de Pesquisa Família, (Auto)biografia e Poética – FABEP (UCSal) e Família e saúde na perspectiva relacional (UCSal); mestra em Psicologia pela Universidade de São Paulo, especialista em Psicologia Organizacional pela UNIFACS e possui formação em Coordenação de Grupos Operativos pelo Instituto Pichon-Riviére de Ribeirão Preto/SP e em Constelação Familiar Sistêmica pela Omniversity/Faculdade Einstein (FACEI). Graduada em Administração de Empresas pela UNIFACS.

THAIS NOVAES CAVALCANTI
Doutora e mestra em Direito pela PUC/SP, mestra em Teologia pela PUL de Roma, pós-doutora em Direito Internacional pela Universidade Nova de Lisboa, professora do Programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea e da graduação da Universidade Católica do Salvador, professora da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo.

UBIRACELMA CARNEIRO DA CUNHA
Doutoranda no Programa de Psicologia Clínica da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Mestre em Psicologia Clínica (UNICAP). Especialista em Clínica Psicossocial pelas Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão (FAINTVISA). Bacharel em Psicologia pela FAINTVISA. Professora do curso de Psicologia (FAINTVISA). Psicóloga voluntária no Serviço de Atendimento ao Idoso (SAI/UNICAP). Experiência profissional na área social como psicóloga no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). Membro do Grupo de Pesquisa na Linha Família, Saúde e Interação Social (LAFAM/UNICAP). Membro fundador do Núcleo de Estudo e Pesquisa sobre as Juventudes (NEPEJ/UNICAP). Temas de interesse: idosos, relações intergeracionais, envelhecimento, família e lares multigeracionais.

MADRE VERA LÚCIA PARREIRAS HORTA
Monja Beneditina com formação na Abadia de Nossa Senhora das Graças, em Belo Horizonte. Integrou, em 1977, o grupo fundador do Mosteiro do Salvador (Bahia). Foi Mestra de Noviças e assumiu a direção do Mosteiro do Salvador em 1995. Hoje é sua Abadessa. Atuou na Diretoria da CRB – Conferência dos Religiosos – do Regional de Salvador e em Comissões para Contemplativas da CRB Nacional. Cursou a Especialização do Instituto Monástico do Colégio Santo Anselmo, Roma, com trabalho final publicado na área de História Monástica. Representante do Brasil como Delegada na Conferência da CIB – Comissão Internacional de Beneditinas, de 1995 a 2007. Participação na Diretoria da CIMBRA – Conferência de Intercâmbio Monástico do Brasil e Presidente da mesma por três triênios consecutivos – de 2009 a 2018. Membro da Coordenação da Assembleia das Monjas da Congregação Beneditina do Brasil. Atua em palestras e artigos sobre espiritualidade e em retiros.

VIRGÍNIA LÚCIA COSTA NEVES
Possui graduação em Psicologia pelo Centro Universitário Maurício de Nassau -UNINASSAU e em Ciências Biológicas Modalidade Médica – Biomedicina, pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, é especialista em Patologia Clínica, pela Universidade de Pernambuco – UPE, em Citologia Clínica pela Universidade Guarulhos – UnG e em Gerontologia pela Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP. É Mestranda em Psicologia Clínica pela Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP. Atualmente, atua como psicóloga clínica (psicoterapia) em consultório e em atendimento domiciliar, tendo como foco pessoas idosas.

WANDERLENE CARDOZO FERREIRA REIS
Mestra e Doutoranda em Família na Sociedade Contemporânea, pela Universidade Católica do Salvador. Psicóloga e Pedagoga pela Universidade Federal da Bahia. Membro do grupo de pesquisa Família Auto(bio)grafia e Poética, na Universidade Católica do Salvador.