Capa do livro: PROBLEMATIZAÇÕES E DEBATES EM LÍNGUA E LITERATURA

PROBLEMATIZAÇÕES E DEBATES EM LÍNGUA E LITERATURA

Autores: Marília Silva Vieira - Alexandre Bonafim (Orgs.)

livro impresso
de R$ 68,00 por
livro digital
de R$ 68,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Esta obra está dividida em duas seções: Estudos de Língua e Estudos de Literatura. Em ambas as partes, verificam-se perspectivas plurais de análise, que oportunizam um fazer científico sensível a questionamentos atuais. Nos Estudos de Língua, verificam-se capítulos compreendidos em três grandes eixos de pesquisa: ensino, discurso e descrição. Desse modo, o leitor estará diante de estudos que fornecem subsídios para o aperfeiçoamento de metodologias de ensino, tanto sob o prisma intercultural quanto a partir do uso de tecnologias. Ainda terá acesso a artigos que se atêm à problematização da língua como elemento constituinte da identidade, seja ela regional ou de gênero. Perfazendo a obra, encontram-se também artigos que se debruçam mais diretamente sobre a estrutura da língua, com enfoque no nível morfossintático.
Por sua vez, os Estudos de Literatura visaram a uma perspectiva plural, em que diversos fenômenos da vida e da língua foram pensados de maneira crítica, traduzindo e refletindo as mais variadas situações existenciais contempladas pela arte da palavra. O leitor, portanto, diante deste livro, tem nas mãos não somente momentos iluminados de análise crítica e literária, de reflexões linguísticas, mas sobretudo uma vivência de nossa cultura goiana-brasileira-universal, experimentação de nossa língua portuguesa, em textos nos quais nos vemos e vemos o outro, sempre pela generosa leitura de pesquisadores fiéis ao texto e ao aparato crítico por eles escolhido.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3076-7
DOI: 10.24824/978854443076.7
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 294
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

PROBLEMATIZAÇÕES E DEBATES EM LÍNGUA E LITERATURA

Autores

ADOLFO JOSÉ DE SOUZA FROTA
Possui Doutorado em Letras pela UFG (2013) e Pós-doutorado em Estudos Literários pela UFF (Universidade Federal Fluminense – 2015). Atualmente é docente efetivo da UEG Câmpus Cora Coralina, onde atua na coordenação e no ensino de literatura, com destaque para literaturas anglófonas. É docente do POSLLI e orienta projetos nas áreas de literaturas anglófonas, identidade e memória, espaço, gótico, fantástico, melancolia e distopias literárias. É membro do Grupo de Pesquisa da UFF – Habitando Modernidades: (crise da) memória, hierarquias opressivas e utopias possíveis.

ALEXANDRE BONAFIM
Possui graduação em Licenciatura Plena em Letras pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais (2001). É especialista em Fundamentos da Crítica Literária (2002) e mestre em Estudos Literários, ambos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Araraquara (2006). É doutor em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2012). Professor de Literaturas de Língua Portuguesa da Universidade Estadual de Goiás, campus de Morrinhos. Professor e vice-coordenador do POSLLI – Programa de Pós-graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade da Universidade Estadual de Goiás, câmpus Cora Coralina.

ANYELLEN MENDANHA LEITE
É mestranda do Programa de Pós-Graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI), da Universidade Estadual de Goiás, Câmpus Cora Coralina.

ARIANE MOREIRA TAVARES
É licenciada em Letras com habilitação em Português e Inglês pela Universidade Estadual de Goiás (2015) e licenciada em Pedagogia pela Fundação Antares de Ensino Superior, Pós-graduação, Pesquisa e Extensão (2017). É especialista em Docência, Interdisciplinaridades e Demandas Contemporâneas pela Universidade Estadual de Goiás (2016). Foi membro do apoio técnico e editorial do periódico digital Building the way (ISSN 1519-7220), do curso de Letras no Câmpus de Itapuranga (2015), sob vínculo bolsista pela UEG. Atualmente, cursa mestrado no Programa de Pós-graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI) pela UEG, Câmpus Cora Coralina.

BIANCA ALENCAR VELLASCO
É mestranda no Programa de Pós-graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade – POSLLI, da Universidade Estadual de Goiás (Câmpus Cora Coralina). Possui graduação em Letras, com habilitação em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e suas respectivas Literaturas, e especialização em Linguagens e Educação Escolar, ambas pela Universidade Estadual de Goiás (Câmpus Anápolis). Participante regular do Grupo de Estudos INTEGRA: Perspectivas Críticas em Educação Linguística e Letramentos (http://www.integra.ccseh.ueg.br). Tem experiência na área de Letras e Linguística, com ênfase em Língua Portuguesa e Inglesa, com interesse em ensino de línguas, formação de professores, identidade docente e educação linguística crítica.

CAMILA DOS PASSOS ARAUJO CAPPARELLI
É mestranda do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI) pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), Câmpus Cora Coralina. Graduada em Letras Português/Inglês e suas respectivas Literaturas (2017) pela mesma instituição e câmpus. Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG).

CARLA CONTI DE FREITAS
É graduada em Letras Português Inglês (1995), Mestre em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (2003), Especialista em Psicopedagogia, Avaliação Institucional e Docência Universitária. Doutora em Políticas Públicas, Estratégia e Desenvolvimento, UFRJ/UEG, (2013) e Pós-Doutora pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Atua como Docente e Diretora do Câmpus Inhumas da Universidade Estadual de Goiás e como docente do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade. Tem experiência na área de Letras e com temas como abordagem transdisciplinar, formação de professores e multiletramentos.

CLEITON RIBEIRO E OLIVEIRA
Possui graduac?a?o em Letras pela Universidade Estadual de Goia?s. Contribuiu para a revista universita?ria da Cidade de Goia?s como diagramador e revisor de li?ngua inglesa e para a de Aparecida de Goia?nia como membro revisor de perio?dico. Participou do programa de bolsa de iniciac?a?o cienti?fica da UEG PBIC/UEG junto ao projeto de pesquisa Iconicidade em Jose? J. Veiga: Leitura dos Romances A Hora dos Ruminantes e Os Pecados da Tribo. Po?s-Graduado em Li?ngua Inglesa e Novas Tecnologias pela Faculdade de Ipora? – FAI e em Li?ngua portuguesa: texto, discurso e ensino pela Universidade Estadual de Goia?s – Ca?mpus Cora Coralina. Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Li?ngua, Literatura e Interculturalidade da Universidade Estadual de Goia?s – Ca?mpus Cora Coralina.

CRISTIANE ROSA LOPES
Possui graduação em Letras: Português/Inglês pela Universidade Federal de Goiás, mestrado e doutorado em Letras e Linguística também pela Universidade Federal de Goiás. Realizou estágio de doutorado na Universidade de Birmingham, Reino Unido. Atualmente é docente da Universidade Estadual de Goiás, atuando nos cursos de licenciatura em Letras (Câmpus Campos Belos), especialização em Linguagem, Letramento e Cibercultura na Educação Básica (Câmpus Campos Belos) e mestrado em Língua, Literatura e Interculturalidade – POSLLI (Câmpus Cora Coralina). Integra o grupo de pesquisa DIVERSO – Discursos de Diversidade, Diferença, Valorização e Resistências Sociais (UEG). Tem experiência na área de Linguística Aplicada, com interesse em pesquisas ligadas ao ensino-aprendizagem e à formação de professores/as de língua estrangeira, em perspectivas críticas e decoloniais.

DAYANNY SOUSA TAVARES
É mestranda do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI) da Universidade Estadual de Goiás – Câmpus Cora Coralina. Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Goiás (2010) e especialista em Neuropedagogia Aplicada à Educação pela Faculdade Brasileira de Educação e Cultura (2012) e em Psicopedagogia Clínico-Institucional pela Escola Superior Aberta do Brasil – ESAB, (2014). Atualmente é professora titular e Coordenadora do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Goiás – Câmpus São Miguel do Araguaia. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Didática, Práticas de Ensino e Estágio Supervisionado.

EBE MARIA DE LIMA SIQUEIRA
É Doutora em Estudos Literários pelo Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Universidade Federal de Goiás– UFG (2013). Mestre em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás–UFG (1997). Licenciada em Letras/ Português, pela Universidade Federal de Goiás (1992). Professora da Universidade Estadual de Goiás – UEG, Câmpus Cora Coralina onde leciona na graduação e está vinculada ao Programa de Mestrado. Pesquisadora da Cátedra de Leitura da UNESCO/PUC-Rio e da Rede Goiana de Pesquisa e Ensino de Poesia. Presidente da Associação Mulheres Coralinas – ASCORALINAS. Sócia proprietária da Livraria Leodegária.

EDUARDO BATISTA DA SILVA
Possui graduação em Letras com habilitação em Tradução (língua inglesa) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, (2001). Mestre pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, em Estudos Linguísticos (2009). Doutor em Estudos Linguísticos da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP (2015). Atualmente, é professor de Linguística na licenciatura em Letras da Universidade Estadual de Goiás (UEG)/Câmpus Morrinhos. Na UEG/Câmpus Morrinhos, é docente da Licenciatura em Letras e docente da pós-graduação lato sensu Linguagens e Práticas de Ensino. Na UEG/Câmpus Cora Coralina, é docente da pós-graduação stricto sensu Língua, Literatura e Interculturalidade e coordenador e docente da pós-graduação lato sensu Língua Portuguesa: Texto, Discurso e Ensino. Coordenador-Geral do Programa Centro de Idiomas da UEG. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Análise Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: Lexicologia, Linguística de Córpus e Estatística Lexical. Membro convidado do GT Lexicologia, Lexicografia e Terminologia da Anpoll. Membro da Comissão de Estudo de Identificação e Descrição (CE-14:000.003) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Coordenador-Geral do Programa CAPES/FULBRIGHT Assistente de Ensino de Língua Inglesa (English Teaching Assistant – ETA) para Projetos Institucionais, na UEG. Membro da Associação Brasileira de Linguística. Membro da Linguistic Society of America.

ÉMILE CARDOSO ANDRADE
É doutora em Literatura (2011) e mestre em Teoria literária (2006) pela Universidade de Brasília (UnB), possui graduação Letras Português pela mesma universidade (2002). Atualmente é professora da Universidade Estadual de Goiás inscrita no POSLLI – Programa de Pós-graduação stricto sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade – câmpus Cora Coralina. Atua nas linhas de pesquisa que envolvem literatura e outras artes, literatura e mídias contemporâneas e literatura e história. Possui projeto de pesquisa na linha: Literatura, imagens e interculturalidades e é coordenadora do GPTEC Grupo de Pesquisa em Imagens técnicas (CNPq) desde
2011.

EVANDRO FONSECA GONÇALVES
É mestrando no Programa de Pós-graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade, da Universidade Estadual de Goiás (Câmpus Cora Coralina), graduado em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso (Câmpus Universitário do Araguaia); Bacharel em Teologia pela Faculdade Unida de Vitória – ES. É bolsista FAPEG/CAPES e integra o GEF (Grupo de Estudos Funcionalistas: Análise, Descrição e Ensino). Atua, principalmente, na área de Descrição Linguística pelo viés da Linguística Funcional Centrada no Uso e da Gramática de Construções.

GUILHERME FIGUEIRA BORGES
É graduado em Letras pela Universidade Federal de Uberlândia – UFU (2006). Possui Mestrado (2010) e Doutorado (2014) em Estudos Linguísticos pelo Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos, pela Universidade Federal de Uberlândia – UFU. Atualmente, é Docente de Ensino Superior Doutor (DES IV) da Universidade Estadual de Goiás (UEG) no Câmpus Morrinhos, atuando no Curso de Letras e no Programa de Pós-graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI/UEG). Está credenciado, também, no Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem (PPGEL/UFG Catalão). É coordenador do grupo de pesquisa: Grupo de Estudos do Discurso e de Nietzsche (GEDIN/UEG/CNPq). Desenvolve pesquisas nos seguintes temas: Ensino-Aprendizagem de Língua Portuguesa; Análise do Discurso francesa; Teoria(s) de Friedrich Nietzsche.

GUSTAVO DIAS DE SOUSA
É formado em Letras Português/Inglês pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), Especialista em Língua e Inglesa e Mestrando em Literatura e Interculturalidade pelo POSLLI (UEG). Trabalha como professor de literatura e redação no ensino médio e também é docente do ensino superior. É escritor, tem poemas publicados em antologias nacionais e possui um livro solo: “Pormaticus Prosa e Verso”.

HÉLVIO FRANK DE OLIVEIRA
É professor efetivo e diretor da UEG/Câmpus Itapuranga e docente permanente dos Programas de Pós-Graduação stricto sensu Interdisciplinar em Educação, Linguagem e Tecnologias (Câmpus CSEH – Anápolis) e em Língua, Literatura e Interculturalidade (Câmpus Cora Coralina) da instituição. Possui doutorado em Linguística pela UFG (2013) e estágio pós-doutoral no PPGLA da UnB (2014). Líder do grupo de pesquisa “DIVERSO – Discursos de Diversidade, Diferença, Valorização e Resistência Sociais” (UEG/CNPq).

JADSON BORGES DE ASSIS
É mestrando em Língua, Literatura e Interculturalidade pela Universidade Estadual de Goiás. Especialista em Educação para Diversidade: Direitos Humanos e Cidadania pela Universidade Federal de Goiás. Graduado em Letras (UEG). Trabalha atualmente com produção independente de cinema: Pesquisa e roteiro. Atual presidente da Companhia Express’arte e do Ponto de Cultura Imagem da Memória da Cidade de Goiás. Participou de diversos filmes, dentre eles: Reminiscências – Assistente de Direção. Maria Macaca – Pesquisa para roteiro e produtor de arte. As duas Irenes – Assistente de produção de arte. Hugo – Pesquisa para roteiro e produção executiva.

JANE ADRIANE GANDRA
Integra, desde 2016, o corpo docente do Programa de Pós-graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI). É formada em Letras/Espanhol e Inglês pela Universidade Estadual de Montes Claros –UNIMONTES. Cursou Mestrado e Doutorado em Estudos Comparados de Literatura de Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo – USP. Em 2014, fez pós-doutoramento na Universidade Católica de Portugal (Braga). É professora efetiva, com dedicação à Pesquisa (RTDPI), na Universidade Estadual de Goiás – UEG. Durante sua carreira acadêmica, organizou livros e publicou alguns artigos em revistas especializadas e capítulos de livros.

JOSCEMAR TEIXEIRA DE MORAIS JÚNIOR
Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual de Goiás (2013), Câmpus Itapuranga, foi aluno do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu em Docência, Interdisciplinaridade e demandas contemporâneas. No mesmo câmpus, de 2014 a 2018, foi professor do curso de Letras, atuando no âmbito da Sociolinguística, Introdução à Ciência da Linguagem, Linguística Geral, Linguística Textual, Linguagem, tecnologias e produção textual. Além do ensino, desenvolveu atividades extensionistas por meio do projeto “O português que eu falo, o português que eu escrevo”, com foco no ensino de língua portuguesa. Atualmente, é aluno regular do curso de Pós-Graduação Strictu Sensu, nível mestrado, em Língua, Literatura e Interculturalidade, pela Universidade Estadual de Goiás, Câmpus Cora Coralina. Possui vínculo efetivo com o estado de Mato Grosso, como professor de Língua Portuguesa do Ensino Médio.

JOSSIER SALES BOLEÃO
É especialista em Direitos Sociais do Campo pela UFG, graduado em Letras Português pela PUC Goiás, mestrando em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI) na UEG, Câmpus Cora Coralina, bolsista CAPES. Integra o grupo de pesquisa Narrativas e imagens em gêneros híbridos: processos de visibilidade na cultura contemporânea.

LAURA RODRIGUES DA SILVA
É mestranda do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI), da Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Câmpus Cora Coralina. Especialista em Metodologia do Ensino da Língua Inglesa, pelo Centro Universitário Barão de Mauá. Graduada em Letras – Português/Inglês pela UEG – Câmpus Cora Coralina. Professora de Língua Inglesa no Colégio Alternativo (COOPECIGO), na Cidade de Goiás.

LUANA ALVES LUTERMAN
É pós-doutoranda em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFSCar; Pós-Doutora e Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística (Área de concentração: Linguística; Linha de pesquisa: Análise do Discurso) da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás (UFG) e professora da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Professora do Programa de Pós-Graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI – UEG).

LUCIANA CRISTINA DE SOUSA RIBEIRO
É mestranda no Programa de Pós-Graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI), da Universidade Estadual de Goiás – Câmpus Cora Coralina. Pós-Graduação Lato Sensu em Educação de Jovens e Adultos para a Juventude, pela Universidade Federal de Goiás (UFG) (2016). Pós-Graduação Lato Sensu em Administração de Recursos Humanos, pela Faculdade Montes Belos (2013). Graduação em Letras – Português e Inglês (2009). Servidora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, ocupante do cargo de Assistente em Administração, lotada no Câmpus Cidade de Goiás.

MARCOS LUIZ DE ANDRADE
É graduado em Letras pela UEG, especialista em Metodologia de Ensino e Pesquisa na Educação em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira pela UNIEVANGÉLICA e mestrando no Programa de Língua, Literatura e Interculturalidade da UEG, com pesquisa na área de Literatura. Já atuou como professor de Língua Portuguesa no Colégio Estadual Costa e Silva. Atualmente, está de licença para aprimoramento profissional.

MARÍLIA SILVA VIEIRA
É professora na Universidade Estadual de Goiás (UEG/Cora Coralina), onde atua no curso de Licenciatura em Letras e no Mestrado em Língua, Literatura e Interculturalidade. É editora da Revista Coralina e membro do corpo editorial da Revista Sapiência. Possui pós-doutorado em Letras (2018) pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), doutorado em Letras (2016) pela Universidade de São Paulo (USP), mestrado em Estudos de Linguagens (2011) e licenciatura em Letras Português/Espanhol (2009) pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). É membro do Grupo de Pesquisa e Estudos Sociolinguísticos, Dialetológicos e Discursivos da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (NUPESDD – UEMS) e do Grupo de Pesquisas e Estudos em Linguística Aplicada e Sociolinguística (GEPLIAS), da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Líder do Sociolinco – Grupo de Estudos e Pesquisas em Sociolinguística da UEG/Cora Coralina.

NEIMAR CARLOS SANTOS
É licenciado em História pela Universidade Estadual de Goias, Câmpus Cora Coralina. Mestrando no programa de Pós-Graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade pela Universidade Estadual de Goiás. Professor de História no Ensino Fundamental II e Ensino Médio, na rede pública e particular e produtor de textos didáticos.

NEIVALDO MENDES DA CUNHA
Possui Licenciatura Plena em Letras Português/Inglês, pela Faculdade de Filosofia Cora Coralina (1995). Atualmente, é professor do Governo do Estado de Goiás e mestrando da Pós-graduação Stricto sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade, da Universidade Estadual de Goiás, Câmpus Cora Coralina.

NISMÁRIA ALVES DAVID
É Doutora em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e Pós-Doutora em Estudos Culturais pelo Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PACC) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Docente da Universidade Estadual de Goiás (UEG) no Curso de Letras do Câmpus Pires do Rio e no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI) do Câmpus Cora Coralina. Integra a Rede Goiana de Pesquisa em Leitura e Ensino de Poesia, o Grupo de Estudo e Pesquisa em Literaturas de Língua Portuguesa (GEPELLP/CNPq) e o GT da ANPOLL Teoria do Texto Poético. Desenvolve o projeto “Núcleo de Estudos Goianos (NEG): os Estudos culturais e a literatura goiana na escola”, financiado pela FAPEG.
NÚBIA TEODORA CUNHA MATEUS
É graduada em Letras pela Universidade Estadual de Goiás – UEG (1997). Mestranda (2017) em Estudos de Língua e Interculturalidade pelo Programa de Pós-graduação em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI), pela Universidade Estadual de Goiás – UEG. Faz parte, também, do Grupo de Estudos Funcionalistas/Cora Coralina, na Cidade de Goiás, Câmpus Cora Coralina – UEG. Atualmente, é docente do ensino superior da Universidade Estadual de Goiás (UEG), no Câmpus Cora Coralina – Cidade de Goiás, atuando no curso de Letras. Atua, como docente de Língua Portuguesa, no ensino médio, da Escola Educandário Evangélico Durval Pires e pela Secretaria de Educação do Estado de Goiás, na cidade de Itaberaí – GO. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação, Língua Portuguesa, Linguística, Letramento, Produção de Texto e Revisão Textual.

PAULA REGINA RODRIGUES MENÊSES
É graduada em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT (2011), com especialização (2016) em Linguagens e Ensino: Língua e Literatura, também pela a Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT. Atualmente, é mestranda do Programa de Pós-graduação Língua, Literatura e Interculturalidade – POSLLI, na linha de pesquisa de Estudos de Língua e Interculturalidade, na Cidade de Goiás-GO, pela Universidade Estadual de Goiás-UEG.

REGINA BARBOSA TRISTÃO
É graduada Letras – Português/Inglês (UFG-Goiânia-2003), com especialização em Docência Universitária (FABEC-Goiânia-2012). Mestranda em Língua Literatura e Interculturalidade (UEG-Cidade de Goiás). É bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG). Atua como docente, no CEPMG Hugo de Carvalho Ramos, das disciplinas Literatura e Língua Inglesa e na Escola Municipal Madre Francisca da disciplina Língua Portuguesa. Desenvolve pesquisa, sob o viés da Ecocrítica, com o título Topofilia, Ecoativismo e Identidade em Desert Solitaires: A Season in the Wilderness de Edward Abbey.

RENATA SIMIÃO GOUVEIA
É especialista em Metodologia no Ensino de Língua Portuguesa pela Universidade Gama Filho – UGF, graduada em Letras Português/Inglês pela Universidade Estadual de Goiás – UEG, Câmpus São Luís dos Montes Belos. Mestranda em Língua, Literatura e Interculturalidade – POSLLI, na Universidade Estadual de Goiás, Câmpus Cora Coralina.

SANDERSON MENDANHA PEIXOTO
Possui graduação em Letras (Português/Inglês) – Unidade Universitária Cora Coralina (2002), Especialização em Docência Universitária (2007) pela UEG da Cidade de Sanclerlândia e Mestrado em Educação, Linguagem e Tecnologias pela Universidade Estadual de Goiás (2016) de Anápolis. Cursa novo Mestrado em Língua, Literatura e Interculturalidade, pela Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina (2017/2019). Atualmente, é professor da Rede Estadual de Educação de Goiás, vinculado à Secretaria de Estado da Educação. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras. Participou do Programa para Aperfeiçoamento de Professores de
Língua Inglesa em Ames, Iowa, USA (2013), com bolsa da CAPES e da Comissão Fulbright.

VÂNIA CRISTINA CASSEB-GALVÃO
É professora associada da Universidade Federal de Goiás (UFG). Pesquisadora do CNPq. Doutora em Linguística e Língua Portuguesa/UNESP. Mestre em Linguística/UNICAMP. Pós-doutorado pelo Instituto de Linguística Teórica e Computacional – ILTEC/Lisboa (2010) e pela UFPa (2017). Presidente do IV SIMELP – Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa (2013). Coordenadora brasileira do convênio de cooperação internacional UFG/Unisalento (Itália). Pesquisadora na área de descrição e análise linguística na perspectiva da gramática funcional e da gramática de construções. Outros interesses: funcionalismo aplicado ao ensino e políticas de promoção do português brasileiro.