Capa do livro: SAMBA, CANETA E PANDEIRO: <br>cultura e cidadania no sul do Brasil

SAMBA, CANETA E PANDEIRO:
cultura e cidadania no sul do Brasil

Autores: Karla Leandro Rascke

livro impresso
de R$ 63,00 por
livro digital
de R$ 63,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A obra de Karla Leandro Rascke apreende sociabilidades e solidariedades em agremiações organizadas por afrodescendentes na região sul do Brasil, com recorte aprofundado sobre associações em Florianópolis/SC. Diferentes centros cívicos, clubes recreativos, blocos, cordões, ranchos e escolas de samba, grupos de cacumbi, irmandades religiosas e clubes de futebol  mobilizaram esforços para a alfabetização de seus membros ou de grupos populares empobrecidos. Ao mesmo tempo, construíram estratégias de luta e combate ao racismo por meio de espaços lúdicos de sociabilidade, dimensionando resistências e percepções políticas em momentos de mudanças das configurações republicanas da primeira metade do século XX.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3012-5
DOI: 10.24824/978854443012.5
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 258
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

SAMBA, CANETA E PANDEIRO: <br>cultura e cidadania no sul do Brasil

Autores

KARLA LEANDRO RASCKE
Nasceu em Grão-Pará (SC). 33 anos, é doutora em História Social pela Pontifícia Universidade de São Paulo (2018). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), atuando nos cursos de graduação de História e Pedagogia e na especialização em História. Vice-Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em História (PPGHIST) e Coordenadora de Projeto de Ensino - Programa de Apoio ao Estudante Quilombola (PAEQUI), integrante do Grupo de Pesquisa GREAL - Gênero, Raça, Estudos Amazônicos e Linguagens e do N’UMBUNTU - Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Relações Étnico-Raciais, Movimentos Sociais e Educação.
Atua como pesquisadora associada ao Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade do Estado de Santa Catarina (NEAB-UDESC e ao Centro de Estudos Culturais Africanos e da Diáspora (CECAFRO) da PUC-SP, integra a Associação de Investigadores Negros da América Latina e Caribe (AINALC).