Capa do livro: LEVEZA E ESCRITA EXPERIMENTAL

LEVEZA E ESCRITA EXPERIMENTAL

Autores: Francisco Silva Cavalcante Junior (Org.)

livro impresso
de R$ 42,70 por
livro digital
de R$ 42,70 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Somos leves porque um dia tivemos o corpo cravado na estaca e uma pedra sobre o rosto.

A abordagem da escrita que norteia o trabalho do Coletivo Insopitáveis corrobora o pressuposto de Elliot Eisner, para quem “toda a escrita de uma pessoa está enraizada na sua própria autobiografia.” Trata-se de autoras e autores que pensam e compartilham as suas inquietações e esperanças, agremiados em um coletivo autoral, somando esforços na palavra que se manifesta pluralmente também nos acadêmicos. Ampliando as formas de letramentos na escrita de professoras e professores universitários reunidos neste livro, encontram potência na leveza e somam-se à convocação de Norman Denzin para “mudar o mundo através das formas que escrevemos sobre ele.”

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3163-4
DOI: 10.24824/978854443163.4
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 230
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

LEVEZA E ESCRITA EXPERIMENTAL

Autores

ADRIANA INÊS DE PAULA
Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista (UNESP/Bauru); Especialista em Educação Física Adaptada pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); Mestre e Doutora em Ciências da Motricidade Humana pela Universidade Estadual Paulista (UNESP/Rio Claro); Professora do Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Paraná (UFPR), atuante nas áreas de Educação Física Adaptada e Diversidade Humana; Coordenadora do Curso de Educação Física da UFPR e pesquisadora do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB/UFPR), Atrevida na escrita livre, leve e solta e no compartilhar das percepções das coisas da vida.

ANDRÉ FEITOSA DE SOUSA
Graduado em Psicologia (Universidade de Fortaleza, Brasil), com Mestrado em Saúde Pública (Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, Brasil) e Mestrado em Relação de Ajuda e Intervenção Terapêutica (Universidade Autónoma de Lisboa, Portugal). Psicoterapeuta Humanista, ministrou disciplinas regulares em cursos de Psicologia (FANOR/CE, FIP/PB, UFC/CE), com mais de trinta publicações especializadas em capítulos de livros. Atualmente, Doutorando em Arte Contemporânea do Colégio das Artes da Universidade de Coimbra.

ANTONIO LAYTON SOUZA MAIA
Professor temporário do curso de Artes Visuais da Universidade Estadual do Ceará (UECE), possui interesse por teatro, música e dança. Mestre em Artes e Bacharel em Publicidade e Propaganda, ambos pela Universidade Federal do Ceará (UFC), é improvisador e busca experimentar entre as fronteiras das artes, criando textos, cenas, improvisos que pensem as relações entre corpo, mundo e filosofia.

ÁUREA SILVA DE HOLANDA
Graduada em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Mestre e Doutora em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Docente do Departamento de Integração Acadêmica e Tecnológica (DIATEC) – Centro de Tecnologia – Universidade Federal do Ceará.

FERNANDA MARIA MACAHIBA MASSAGARDI
Graduada em Artes Visuais (licenciatura e bacharelado) pela Universidade Estadual de Campinas. Doutora em Psicologia Educacional pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (tese: Percursos da literatura na educação: ensinar contando histórias). Pós-doutora em Artes – Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (“Memorial dos sentidos em crônicas e arte”, uma investigação voltada à memória social da terceira idade). Pesquisadora/colaboradora do curso de graduação do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (2014-2016). Autora do material de Artes do programa PEQ do Governo do Estado de São Paulo. Possui curso de extensão universitária em Fundamentos Teóricos e Prática Pedagógica em Educação Infantil e Ensino Fundamental. Tem experiência na área de artes, literatura, projetos sociais e inclusivos e contadores de histórias, com ênfase em arte/educação. Líder do grupo de Pesquisa em Educação Estética do Instituto de Artes da Unicamp, certificado pelo CNPq (2014-2016). Integrante do grupo de Educação para a Paz – Laboratório de Psicologia Genética – Unicamp. Integrante do grupo de pesquisa Arte e Espiritualidade – Universidade de São Paulo.

FRANCISCO HÁLLISSON FARRAPO SÁ
Investigador. Alguém que anseia por conhecer a existência e seus mistérios. Professor da rede pública municipal do município de Tianguá há quase uma década. Dedica-se a estudos das temáticas humanas, filosóficas e espirituais desde sua formação em Teologia. Amante de livros e escritor por paixão e fascínio. Graduado em Gestão Empresarial pela Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UEVA). Bacharel em Teologia e licenciado em História e Língua Portuguesa pelo Instituto de Teologia Aplicada (INTA/Sobral). Pós-graduado em Metodologia do Ensino de História e Língua Portuguesa. Graduando em Psicologia pela Faculdade Luciano Feijão (FLF/Sobral).

FRANCISCO SILVA CAVALCANTE JUNIOR
Pesquisador-poeta e professor universitário. Há 25 anos dedica-se ao estudo e ao ensino de pesquisas qualitativas, com experiência no uso dos métodos etnográfico, fenomenológico, heurístico e da cartografia. Motivado pelo chamamento de Norman K. Denzin, no livro The Qualitative Manifesto: a call to arms, para que outros modos de escrever sobre o mundo fossem criados se a intenção dos pesquisadores é produzir mudanças, passou a conceber e a praticar a ciência poética desde 2011. Atualmente ensina estudantes dos cursos de graduação em Cinema, Dança, Filosofia, Gastronomia, Jornalismo, Moda, Música, Publicidade e Teatro, nas disciplinas de Metodologia de Pesquisa em Arte, Filosofia e Ciências; Literatura, Cultura e Arte; e Técnicas de Processos Criativos ministradas no Instituto de Cultura e Arte (ICA) da Universidade Federal do Ceará (UFC). É professor-orientador no Mestrado Acadêmico em Avaliação de Políticas Públicas (MAPP) da UFC, com interesse nos métodos pós-estruturalistas de avaliação. Realizou Estágio de Pós-Doutorado no Grupo Siruiz – Estudos em Comunicação e Produção Literária, no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB). Ph.D. em Leitura e Escrita pela Universidade de New Hampshire (EUA), com mestrado em Educação Especial na mesma Universidade e Psicólogo formado pela Universidade de Fortaleza (Unifor).

GUSTAVO DE CASTRO E SILVA
Poeta, escritor e jornalista. Estágio sênior (2015) em Estudos Ibéricos e Latino-americanos pela Université Sorbonne – Paris IV (Bolsa Capes); Pós-doutorado (2011) em Teoria Literária pela Universidade de Brasília (UnB); Doutorado (2002) em Antropologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com tese sobre o escritor Italo Calvino (Bolsa Capes). Mestrado em Educação (Bolsa CNPq em Tecnologia Educacional) pela UFRN (1997). Pesquisador voluntário no Instituto de Estudos Brasileiros, da Universidade de São Paulo (IEB-USP). Estuda o imaginário na perspectiva do pensamento complexo. Membro do eixo temático Études Lusophones (EL), do Centre de Recherches Interdisciplinaires sur le Monde Ibériques Contemporains (Crimic/Sorbonne). Coordena o Grupo Siruiz – Estudo em Comunicação e Produção Literária, na Universidade de Brasília (UnB), onde é professor de Estética na Faculdade de Comunicação. Dedica-se na atualidade ao projeto “Perfil biográfico de João Guimarães Rosa (1908-67).” É autor de O Enigma Orides (Ed. Hedra, 2015), sobre a poeta Orides Fontela (1940-1998), entre outros.

LIA KRUCKEN
Artista visual, pesquisadora e professora universitária. Investiga textualidades, migrações e deslocamentos na arte contemporânea. Tem especial interesse na arte afro-brasileira. É professora convidada de universidades no Brasil, em Portugal, na Itália e na Alemanha. Tem doutorado e pós-doutorado na área de Design, Comunicação & Arte pela Universidade Federal de Santa Catarina e Politecnico di Milano. Conduz oficinas com cidadãos e artistas, realizando exibições coletivas. Participa de mostras, bienais e residências, considerando o lugar e sua geografia imaterial como protagonistas na criação artística. É Pesquisadora Internacional junto ao Colégio das Artes da Universidade de Coimbra e, desde 2019, integra o Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal da Bahia, em Salvador. É membro do Esfinge Coletivo Ancestral (www.cargocollective.com/esfinge) e atua como voluntária da CABRA – Casas Brasileiras de Refúgio, que recebe artistas e escritores em risco no Brasil.

PATRÍCIA MENDES LEMOS
Leitora de mundo e autora experiencial. Tem se dedicado ao exercício da Psicologia como psicoterapeuta, técnica e pesquisadora há dezessete anos. Teve vasta atuação nas políticas públicas, principalmente nas áreas da Saúde Mental e Sócio-asssistencial. Estas lhe concederam o aprimoramento e o desenvolvimento de atividades interventivas frente a grupos e populações em situações específicas, tais como: pessoas em situação de violência, pessoas com transtorno mental, mulheres em situação de vulnerabilidade social e afetiva, pessoas com comportamento auto-lesivo e suicida. Realiza atividades de pesquisa (coordenação de grupos de estudo e iniciação científica), orientações acadêmicas e produção de textos autorais como crônicas e narrativas clínicas, sendo atravessada por uma diversidade de temáticas que versam sobre a subjetividade social e as relações humanas. Graduou-se em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR/CE). Tornou-se mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC/CE). Atualmente ministra disciplinas em curso de graduação em Psicologia na área do Desenvolvimento Humano e no âmbito da Psicopatologia e Intervenções clínicas. Supervisiona disciplinas de Estágio em Psicoterapia na perspectiva humanista e fenomenológica. Atua como psicóloga clínica no âmbito privado.

RENAN BRASIL CAVALCANTE CITÓ
Graduado em Psicologia (Universidade de Fortaleza); Especialista em Saúde da Família e Comunidade (Residência Integrada em Saúde – Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará); Mestre em Avaliação de Políticas Públicas (Universidade Federal do Ceará); Professor do Curso de Graduação em Psicologia do Centro Universitário Christus; Missionário e voluntário da Obra Lumen e colaborador da Ação Social Lumen. Atua em Psicoterapia e Psicologia Comunitária. É pessoa e escreve para afetar, provocar, anunciar, convidar. Sem mais meias palavras, diz aos afetados que se quiserem conhecê-lo de verdade, acompanhe-o ao Jangurussú (cap. y).

RENATA ROCHA BARRETO GIAXA
Atua como psicóloga clínica, professora adjunta do curso de graduação em Medicina e professora orientadora do mestrado em Ciências Médicas e do mestrado profissional em Direito e Gestão de Conflitos, na Universidade de Fortaleza. É pesquisadora do Centro de Desenvolvimento em Educação Médica da Universidade de São Paulo (CEDEM/USP). Seus interesses de pesquisa incluem personalidade, humanidades, artes e saúde no ensino superior. Psicóloga pela Universidade de Fortaleza (2002), especialista em Psicooncologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2005). Possui mestrado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (2006) e doutorado em Psicologia pela Universidade Autónoma de Lisboa (2015).

TATIANA PASSOS ZYLBERBERG
Escrever poesias lhe trouxe muitas alegrias, uma delas foi ter se tornado Membro da Academia Itajubense de Letras (AIL) quando ainda tinha 23 anos. Titulou-se em licenciatura, bacharelado, mestrado e doutorado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp-SP). Adora criar caminhos para ensinar a ver com todos os sentidos, por isso, inventou exposições no escuro. Atualmente oferta esta experiência no projeto de extensão “De Corpos no Mundo”, instalado no Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (UFC) onde é docente desde agosto de 2011. Seus 18 anos de docência no ensino superior estão entrelaçados ao terceiro setor. Foi consultora no projeto Real Beleza de 2005 a 2009 e, em 2018 publicou o livro infantil Gente precisa aprender a se amar em parceria com a ONG Embaixadores da Prevenção. Para fomentar a inclusão colabora com o Instituto Rodrigo Mendes. Suas intensas dores devido ao diagnóstico tardio de endometriose, fizeram parir o projeto de extensão: Mulheres e novelos, que promove o acolhimento, a escuta e o empoderamento, principalmente, de mulheres atendidas pelo SUS.

VERÔNICA CASTELO BRANCO
Engenheira Civil formada na Universidade Federal do Ceará em 2002. Fez Mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em Engenharia Civil em 2004 e tornou-se Ph.D. também em Engenharia Civil pela Texas A&M University nos Estados Unidos em 2008. Há quase 10 anos é professora do Departamento de Engenharia de Transportes da UFC, de onde saiu e para onde sempre achou que retornaria. Toda essa descrição acadêmica se desfaz quando lembra que sempre foi uma menina dividida entre a Defensoria Pública (profissão do seu pai) e a Engenharia Civil (profissão da sua mãe). Talvez Freud explique porque ela optou pela Engenharia Civil no quase extinto “vestibular”. O fato é que, em algum momento, a voz do seu coração falou muito alto e “lhe puxou pela mão” para a Docência Universitária. Até hoje ela acha que essa “mão” era a do seu pai! Como a enorme maioria dos professores universitários, saiu da sua própria Pós-Graduação para o ambiente da sala de aula (dessa vez deixando de ser aluna e, literalmente, virando professora da “noite para o dia”). Foram precisos 9 anos para que ela se desse conta de que esse é o seu real propósito de vida e que se divertir e crescer junto com os seus alunos é o que lhe move. Utiliza o Instagram Dormi Aluna, Acordei Professora pra realizar um sonho antigo de transformar em palavras e imagens toda a emoção e aprendizado que vive, muito bem acompanhada, diariamente na Universidade!

YURI DE NÓBREGA SALES
Psicólogo, possui mestrado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza/UNIFOR e realiza o doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará/UFC. Foi pesquisador visitante da Universidade de Toronto (2009/2010), com bolsa do Canadian Bureau for International Education. É psicoterapeuta, com formação em Abordagem Centrada na Pessoa, e possui mais de 10 anos de atuação clínica. Atualmente leciona no curso de Psicologia da Unifametro. É autor de mais de duas dezenas de publicações, entre artigos, livros e capítulos, especialmente sobre psicologia clínica, psicologia humanista e educação. Recentemente, tornou-se pai, o que aprofundou sua verve para emulador de poetas inexistentes.