Capa do livro: CADERNO DE MULHER:<br> olhares sobre percursos e imagens de mulheres na sociedade

CADERNO DE MULHER:
olhares sobre percursos e imagens de mulheres na sociedade

Autores: Fernando Augusto de Oliveira e Silva Filho (Org.)

livro impresso
de R$ 35,90 por
livro digital
de R$ 35,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Organizado em seis capítulos, o livro consiste em uma significativa contribuição para os estudos sobre a construção sociocultural da desigualdade entre homens e mulheres e permite ao leitor compreender a relação das representações sociais sobre as mulheres com as formas como se constrói socialmente a supremacia masculina, na sociedade ocidental.
No primeiro capítulo, “A construção do imaginário sobre a mulher no ocidente”, Eliani Ferreira discorre sobre o imaginário ocidental e a sua influência sobre o comportamento de submissão da mulher ao homem, construídos social e historicamente sob os ditames do patriarcalismo e das religiões judaico-cristãs. No capítulo “Ordem e progresso? Gênero, educação e positivismo no pensamento republicano brasileiro”, Carla Moreira analisa o paradoxo civilizatório em que se dá a participação das mulheres na sociedade brasileira, no período republicano inicial. Tatiana Pacheco, em “Docência feminina e magistério: o que diz um grupo de crianças dos anos iniciais do Ensino Fundamental”, realça os discursos de crianças a respeito da mulher no exercício da docência, objetivando compreender a percepção das crianças acerca dessa prática, e situar possíveis seguimentos e/ou interrupções apresentadas nesses discursos. No capítulo intitulado “A influência da cultura patriarcal no meio acadêmico: um paradoxo no curso de Pedagogia da UFPA,” Erika Souza discorre sobre a interferência das ideias patriarcais no ambiente acadêmico, especificamente no curso de Pedagogia da Universidade Federal do Pará. No capítulo intitulado “O poder das mulheres no Judiciário brasileiro”, Erika Pamplona objetiva fazer ver o quanto é reduzida a representabilidade feminina nos ambientes públicos, especialmente no poder judiciário. Questiona a qualidade da democracia no Brasil, posto que esta ainda mantém uma perniciosa prática excludente, como, por exemplo, a desigualdade de gênero. Em “Prostituição e cidade: o cotidiano de prostitutas no bairro da Campina, Belém-PA”, capítulo que encerra o livro, Sílvia Sousa põe em evidência as dificuldades vividas pelas prostitutas, desde a existência de políticas desfavoráveis a elas aos diversos tipos de violência e repressão sofridas.
A leitura do livro nos ajuda a refletir que, apesar dessa concepção descaracterizante da real feminilidade, no transcorrer da história em todas as épocas e em muitas civilizações, desde as mais remotas, é possível localizar muitas mulheres que se destacaram em diferentes aspectos da vida social e política. 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3252-5
DOI: 10.24824/978854443252.5
Ano de edição: 2018
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 122
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

CADERNO DE MULHER:<br> olhares sobre percursos e imagens de mulheres na sociedade

Autores

CARLA CILENE SIQUEIRA MOREIRA
Titulação: Doutoranda em Sociologia
Mestra pelo Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia – PPGSA/UFPA, área de concentração Sociologia, linha de pesquisa: ações pública e coletiva, território e meio ambiente. Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará com ênfase em Sociologia. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas “Eneida de Moraes” sobre Mulher e Relações de Gênero-GEPEM/UFPA e do Núcleo de Pesquisa Ação Pública, Território e Ambiente – ACTA. Possui experiência em projetos de pesquisa com os temas: políticas públicas, meio ambiente, Unidades de Conservação, gênero, violência doméstica e Educação. Atuou como formadora, tutora e docente em cursos de aperfeiçoamento/extensão, especialização e graduação na área de Educação.

ELIANI GALVÃO FERREIRA

Titulação: Mestra em Educação
Possui Mestrado em Educação ICED-UFPA (2011), Especialização em Planejamento e Gestão do Desenvolvimento Regional ICSE-UFPA (2004) e Gestão de Instituições Educacionais ICED-UFPA (2002). Complementação Curricular em Pedagogia ICED-UFPA (2002) e Graduação em Pedagogia ICED-UFPA (2000). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Didática, atuando principalmente nos seguintes temas: Didática e Formação de Professores, Didática Geral, Metodologias de Ensino, Educação Infantil, Planejamento Educacional, Avaliação Educacional, Coordenação Pedagógica em ambiente escolar e não escolar. Ministra Cursos de Formação Continuada para servidores da administração pública (Secretarias Municipais e Estaduais). Desenvolve Assessoria e Consultoria nas áreas de Educação Profissional, Planejamento Estratégico, Elaboração de Projetos Sociais.

ERIKA AIRES DE SOUZA
Titulação: Especializando em Saberes, Linguagens e Práticas Educacionais na Amazônia.
Pedagoga graduada pela Universidade Federal do Pará – UFPA (2017). Atualmente cursando Especialização em Saberes, Linguagens e Práticas Educacionais na Amazônia pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA.

ERIKA SOUZA PAMPLONA
Titulação: Mestranda em Ciência Política
Mestra em Ciência Política pela Universidade Federal do Pará. Especialista em Filosofia do Direito pela Pontifícia Universidade Católica De Minas Gerais. Possui graduação em Direito pela Universidade da Amazônia, e graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará. Foi advogada – Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Pará. Atualmente, é Analista Judiciária no Tribunal de Justiça do Estado do Pará.

FERNANDO AUGUSTO DE OLIVEIRA E SILVA FILHO
Titulação: Doutorado em Sociologia
Possui Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará. Especialização em Educação e Problemas Regionais. Mestrado e Doutorado em Ciências Sociais. Atualmente, é Professor Adjunto III da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, estado, políticas públicas, cotidiano escolar, diploma e poder e mercado de trabalho.

SILVIA LILIA SILVA SOUSA
Titulação: Mestrado em Antropologia
Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará. Doutoranda em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA), Mestre em antropologia pelo mesmo programa. Tem experiência na área de antropologia urbana, com comunidades quilombolas, em estudos sobre prostituição, memória, narrativas e paisagem. Realizou pesquisa de campo na ONG GEMPAC (Grupo de Mulheres Prostitutas do Pará), onde permanece como voluntária. Faz parte do grupo de estudos Antropologia das Paisagens: Memórias e Imaginários na Amazônia, CNPq. Trabalhou na elaboração de Relatórios Antropológicos e como professora colaboradora horista na Universidade Estadual do Pará.

TATIANA DO SOCORRO CORRÊA PACHECO
Titulação: Doutora em Educação
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará (1996), Especialização em Alfabetização Infantil (UEPA- 2000), Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Pará, na linha de pesquisa Currículo e Formação de Professores (2008) e Doutorado em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação (ICED/UFPA) na linha de pesquisa Educação, Cultura e Sociedade. É professora Adjunta da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Tem experiência na área da Educação, com ênfase em Educação Infantil, Experiências educativas de crianças, Infância, Educação Inclusiva, Formação de Professores.