Capa do livro: EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E PAULO FREIRE:  <br>ações e reflexões em tempos de chumbo - Volume 38

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E PAULO FREIRE:
ações e reflexões em tempos de chumbo - Volume 38

Autores: Cláudio Aparecido de Sousa - Valdilene Aline Nogueira - Daniel Teixeira Maldonado (Orgs.)

livro impresso
de R$ 56,00 por
livro digital
de R$ 56,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Um livro em que diversos educadores e educadoras buscam refletir sobre como os ensinamentos de Paulo Freire influenciaram as teorias educacionais e a prática pedagógica da Educação Física Escolar. Essas poucas palavras resumem a importância dessa obra, já que nesse exato momento observamos que o ministro da educação enviou uma carta para os diretores das escolas públicas brasileiras solicitando que as crianças e jovens mencionassem o slogan da campanha política que elegeu o presidente. Parece inacreditável, mas as mesmas pessoas que brigam por uma escola considerada sem partido, querem impor a sua ideologia, de qualquer maneira, para as futuras gerações. Portanto, é nesse contexto social que surge essa obra. Paulo Freire é um dos educadores mais atacados por pessoas que nunca leram uma página de seus livros e ainda se acham no direito de dizer que as suas ideias “destruíram a educação brasileira”. Muito pelo contrário, o pensamento dele nos fez enxergar a importância de lutar por uma escola de qualidade para a população mais carente, escancarou as relações de poder existentes entre opressores e oprimidos, fomentou uma pedagogia que resulte na consciência crítica e na autonomia do povo, levou os/as docentes a compreenderem que a democracia precisa ser conquistada. Todos esses ensinamentos influenciaram na elaboração de propostas pedagógicas progressistas na área de Educação Física, além de possibilitar que os/as educadores/as desse componente curricular pensassem em projetos educativos em que a problematização de temas sociais, históricos, políticos, econômicos e culturais se tornassem obrigatórios nas suas ações didáticas. Viva Paulo Freire!

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3292-1
DOI: 10.24824/978854443292.1
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 282
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E PAULO FREIRE:  <br>ações e reflexões em tempos de chumbo - Volume 38

Autores

ALESSANDRA ANDREA MONTEIRO
Possui graduação em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1994). É professora titular da Prefeitura Municipal de São Paulo desde o ano 2000. Exerce a função de Assistente de Direção. Tem experiência na área de Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: educação física escolar, cotidiano escolar, Paulo Freire, currículo, formação e atuação de professores e corporeidade. Mestre em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu, com a dissertação "Corporeidade e Educação Física: histórias que não se contam na escola!", orientada pela Profª. Drª Vilma Lení Nista-Piccolo e pelo Prof. Dr. Wagner Wey Moreira. Doutora em Educação, pela Universidade de Sorocaba, sob a orientação da Prof. Dra. Vilma Lení Nista-Piccolo, com a tese "Práticas pedagógicas em Educação Física: diálogos com Paulo Freire". É membro do Grupo Potencial, da Universidade de Sorocaba (UNISO), coordenado pela Profª. Drª Vilma Lení Nista-Piccolo. É coordenadora do curso de Educação Física (Licenciatura e Bacharelado) da Universidade Ibirapuera.

BRUNA GABRIELA MARQUES
Possui Doutorado, Mestrado (2012), Bacharelado (2009) e Licenciatura (2011) em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu-USJT. Atua como Professora nos Cursos de Graduação e de Mestrado em Educação Física na USJT. Na extensão coordena o Projeto Sênior para a Vida Ativa da USJT. Tem experiência na área de Educação física atuando, principalmente com envelhecimento, saúde pública, educação popular em saúde e Fotovoz – Photovoice. Na pós-graduação atua nas linhas “Educação Física, Escola e Sociedade” e “Promoção e Prevenção em Saúde”. Campos de Orientação: desenvolve estudos referentes a Educação Física, Educação, Envelhecimento e Pesquisas participativas e colaborativas. Grupo de Estudo e Pesquisa Sênior (GREPES) que discute questões relacionadas a Educação Física para idosos e a Promoção da Saúde, bem como os conceitos de empowerment e autonomia relacionada a prática de atividades físicas.

CLÁUDIO APARECIDO DE SOUSA
Doutorando em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu. Mestre em Educação. Licenciado em Pedagogia. Licenciado e Bacharel em Educação Física ambos pela Universidade Nove de Julho. Professor de Educação Física nas redes municipais de São Bernardo do Campo e Santo André, atuando no Ensino Fundamental I.

CRISLEY SANTANA DA SILVA

Cursa Jornalismo na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP (2018-2022). Faz parte da gestão 2019 da empresa júnior de jornalismo da ECA (Jornalismo Júnior. Cursou Administração na Escola Técnica Estadual de Itaquera (Etec) (2015-2016). Cursou Ensino Médio na Escola Técnica Estadual de Itaquera (Etec) (2014-2016).

DANIEL CARREIRA FILHO
Graduado em Educação Física (1975), e mestrado em Educação Física (1987) pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo e doutorado em Saúde da Criança e Adolescente pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (2005). Tem experiência na área de Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: corpo e droga na adolescência, corpolatria, lutas e administração nos esportes. Tem experiência em gestão acadêmica, de projetos e pessoas, tendo assumido cargos de Diretor, Pró-reitor e Reitor ao longo da carreira. Atualmente responde pela editoria da Revista Brasileira de Educação Física Escolar e coordena a edição da Coleção " Educação Física: formação para o cotidiano escolar", coleção que conta com mais de 35 títulos distintos na área da Educação Física Escolar, pela Editora CRV.

DANIEL TEIXEIRA MALDONADO
Bacharel e Licenciado em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu (2008). Especialista em Educação Física Escolar (2010) e em Pedagogia dos Esportes (2012) pela Universidade Gama Filho. Mestre em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu (2012). Doutor em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu (2016). Atuou como professor efetivo de Educação Física na Secretaria Estadual de Educação (2010-13), na Secretaria Municipal de Educação (2010-15) e no Centro Paula Souza (2014-15) no Ensino Fundamental, Médio e Técnico em São Paulo. Atualmente é professor de Educação Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo.

ELAINE PRODÓCIMO
Professora Livre Docente da Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas – FEF-Unicamp, com pós-doutorado em Murcia – Espanha. Doutora em Educação Física pela FEF-Unicamp. Mestre em Educação Especial pela Ufscar. Licenciada e Bacharel em Educação Física pela FEF-Unicamp. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação Física escolar – EscolaR e o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Violências – Gepevs. Desenvolve pesquisas na área da Educação Física escolar com ênfase nos temas Jogo e Violência.

ELISABETE DOS SANTOS FREIRE
Licenciada (1990) e Mestre (1999) em Educação Física pela Universidade de São Paulo e Doutora (2012) em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu. É Vice Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Física da Universidade São Judas Tadeu e professora nos cursos de Pós-Graduação e de graduação em Educação Física. Atuou, também, com o Ensino da Educação Física na Escola, trabalhando nos diferentes níveis de ensino da Educação Básica, o que motivou a escolha da principal linha de pesquisa a qual se dedica: Educação Física, Escola e Currículo. Nos últimos anos tem desenvolvido pesquisas sobre os saberes escolares a serem aprendidos nas aulas de Educação Física e, especialmente, sobre a construção de valores na escola. É Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Física, Escola e Currículo – GEPEFEC.

ELIZALDO INALDO DA SILVA
Realizou licenciatura em Educação Física pela Universidade de Guarulhos. Atualmente é professor de Educação Física, na instituição privada colégio coliseu e SEE/SP, nos anos iniciais e anos finais do ensino fundamental.

EMERSON FELICIANO MATHIAS
Formado em Licenciatura em História pela Universidade Nove de Julho no ano de 2013. Tem experiência na área de História, com ênfase em História. Mestrado em Educação pela Universidade Nove de Julho – concluído em 27 de junho de 2017. Bolsista Capes. Professor de Ensino Funda mental II e Médio da rede municipal de São Paulo.

GRACIELE MASSOLI RODRIGUES
Licenciada em Educação Física e Especialista em Educação Física para Pessoas com Deficiência (Universidade Federal de Uberlândia – 1994) possui Mestrado e Doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (1998) e (2002). Tem experiência na área de Educação Física e Dança nos contextos escolares e não escolares atuando principalmente nos seguintes temas: educação física adaptada, esporte adaptado, educação física inclusiva, envelhecimento e atividade física, grupos de convivência de idosos, deficiência e envelhecimento.Coordena o Grupo de Estudos em Educação Física e Pessoas com Deficiência na Universidade São Judas Tadeu. Atualmente é professora titular da Escola Superior de Educação Física de Jundiaí e no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Física e em Ciências do Envelhecimento da Universidade São Judas Tadeu.

FABIANO BOSSLE
Professor Associado da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ESEFID/UFRGS). Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano atuando na linha de pesquisa Formação de Professores e Prática Pedagógica. Pós-doutorado em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS (2011); Doutorado em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS (2008); Mestrado em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS (2003); Especialização em Ciências do Esporte pela UFRGS (1995); Graduado em Educação Física – Licenciatura plena – pelo IPA (1991). Coordenador do Grupo de Pesquisas Didática e Metodologia do Ensino na Educação Física (DIMEEF/UFRGS). Coordenador do Grupo de Trabalho Temático Escola (GTT ESCOLA) do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE) para o biênio 2017-2019. Experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: didática e metodologia do ensino da Educação Física, Teoria Crítica, Educação Libertadora de Paulo Freire, etnografias (críticas) e autoetnografias (críticas).

GABRIEL DA COSTA SPOLAOR
Mestrando no programa de Pós-Graduação e Graduado em Licenciatura na Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas – FEF-Unicamp. Atualmente é professor de Educação Física na Educação Básica. Coordena o EscolaR (Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar) da FEF/UNICAMP e é membro do GRUBAKH (Grupo de Estudos Bakhtinianos), sub-grupo do GEPEC situado na FE/UNICAMP. Desenvolve pesquisas com os temas: Educação Física escolar, Brincar, Prática pedagógica e Formação docente.

IGNEZ DE NARDI
Cursou Pedagogia (USP) com especialidade em Supervisão Escolar. Possui habilitação em Psicologia da Educação, História da Educação e Metodologia do Ensino de 1º e 2º graus. Professora de curso de formação de professores. Coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental e Educação Infantil. Trabalhou na Gestão e na Direção Escolar em escolas de Educação Infantil.

IVAN LUIS DOS SANTOS
Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (2016), mestre em Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2009), licenciado em Educação Física (2006) e Pedagogia (2017). Bolsista de iniciação científica (Bolsista CNPq), Bolsista de mestrado (CAPES) e contemplado com Bolsa de doutorado (CAPES – 2015). Atuou como professor dos cursos de Educação Física e Pedagogia da Universidade Cruzeiro do Sul (2010-2015). Atualmente é professor EBTT em regime de dedicação exclusiva do Instituto Federal de São Paulo (IFSP – Campus Itaquaquecetuba). É membro pesquisador do Grupo de Pesquisa em Educação Física Escolar (GPEF) da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP). Tem experiência com os seguintes temas: Currículo, Práticas pedagógicas, Formação de professores, Educação Física escolar.

LEANDRO PEDRO DE OLIVEIRA
Possui Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Guarulhos; Pedagogia pela Unijales; Especialização em Esporte Escolar pela Universidade Estadual de Campinas; Especialização em Educação Física Escolar pela Universidade Federal de São Carlos; Mestrado em Educação pela Universidade Nove de Julho. Atualmente é Assistente de Diretor de Escola na Rede Municipal de São Paulo; Professor de Educação Física e Professor Articulador do Programa Escola da Família na Rede Estadual de São Paulo; Professor na Universidade Guarulhos e no Centro Universitário Santa Rita de Cássia, no curso de Educação Física; Tem experiência com Formação de Professores desde 2008 e em Cursos preparatórios para concurso público na área docente desde 2009.

LINO CASTELLANI FILHO
Doutor em Educação – FE/Unicamp. Professor Livre-Docente – FEF/Unicamp. Professor-Visitante – FEF/UnB (2012/13; 2016/17). Secretário Nacional – Secretaria Nacional de Desenvolvimento do Esporte e do Lazer – Ministério do Esporte – 2003/06. Presidente do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte – CBCE (1999/2002). Presidente da Associação de Docentes da Unicamp – Adunicamp (1997/98).

LUCIANA VENÂNCIO
Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista/Unesp-Rio Claro, Especialista em Educação Física Escolar/FEF-Unicamp, Mestre em Educação Física Escolar/Unesp-Rio Claro, Doutora em Educação pela Unesp-Presidente Prudente. Foi bolsista de Doutorado FAPESP (2010-2014). Atualmente é Professora Adjunta Classe A na Universidade Federal do Ceará (UFC), no Instituto de Educação Física e Esportes (IEFEs). Realizou Pós-Doutorado em Educação na Universidade Federal de Sergipe (UFS) sob a supervisão do Prof. Dr. Bernard Charlot. Membro do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPGEF/UFRN-Natal). Foi professora efetiva de Educação Física na Rede de Educação Básica do Município de São Paulo (1998-2016). Pesquisa e leciona temas referente à Educação Física escolar e relação com o saber, processo de ensino e aprendizagem com ênfase nos saberes discentes. Coordena o eixo de pesquisa Educação Física e relação com o saber do grupo de pesquisa saberes em ação (Instituto de Educação Física e Esportes/UFC). Membro do ISATT (International Study Association on Teachers and Teaching). Membro da REPERES (Rede de Pesquisa sobre a Relação com o Saber). É membro do grupo autônomo de professores-pesquisadores em Educação Física Escolar.

LUIZ SANCHES NETO
Professor adjunto da Universidade Federal do Ceará (UFC), no Instituto de Educação Física e Esportes (IEFEs), e orientador no Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Bacharel (1994-98) e Licenciado em Educação Física (1997-99) pela Universidade de São Paulo (USP). Mestre (2000-3) e Doutor em Pedagogia da Motricidade Humana (2011-14) com Pós-Doutorado em Educação (2015-16) pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Estudante pesquisador visitante na Université de Montréal, Québec, Canadá (2013-14) com projeto financiado pela FAPESP. Professor em universidades na região metropolitana, interior e litoral norte de São Paulo (2001-16). Professor da rede municipal (2002-7) e coautor do currículo de Educação Física da rede estadual paulista (2007-8). Pesquisa e leciona temas relacionados à Educação Física Escolar: sistematização de princípios curriculares, narrativas (auto)biográficas, práticas colaborativas e o processo de formação permanente de professores(as). Membro do grupo autônomo de "Professores(as)-Pesquisadores(as)" de Educação Física Escolar (desde 2005), NEPEF-FPCT (Unesp) [Antena CRIFPE-Brasil], GEPEFEC (USJT), da rede internacional de pesquisa SINC – Special Interest Network on Complexity, AERA – American Educational Research Association e ISATT – International Study Association on Teachers and Teaching (desde 2011). Atualmente é coordenador do eixo de pesquisa sobre "processos formativos colaborativos" no grupo Saberes em Ação do IEFEs e responsável pelas "relações internacionais" da Revista Brasileira de Educação Física Escolar: www.rebescolar.com

MÁRCIO CARDOSO COELHO
Graduado em Educação Física licenciatura plena, (UNISINOS-2003), especialista em Fisiologia do Exercício (Universidade Veiga de Almeida-2005) e em Cinesiologia (UFRGS-2008), mestre em Ciências do Movimento Humano (UFRGS-2017), atualmente é professor de Educação Física da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre/RS. Tem experiência nos seguintes temas: Educação Física, Educação Física escolar, formação de professores, práticas pedagógicas e metodologia do ensino de Educação Física. É pesquisador do grupo de pesquisa Didática e Metodologia do Ensino de Educação Física (DIMEEF/UFRGS).

MARCOS GARCIA NEIRA

Licenciado em Educação Física e Pedagogia com Mestrado e Doutorado em Educação, Pós-Doutorado em Educação Física e Currículo e Livre-Docente em Metodologia do Ensino de Educação Física. Professor Titular da Faculdade de Educação da USP, onde atua nos cursos de Graduação e Pós-Graduação, orienta pesquisas de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado, supervisiona pesquisas de Pós-Doutorado e coordena o Grupo de Pesquisas em Educação Física escolar (). É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

MARCOS ROBERTO SO
Doutorando em Educação Física na Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas – FEF-Unicamp. Mestre em Educação – Unesp Presidente Prudente-SP. Licenciado em Educação Física – Unesp Bauru-SP. Bacharel em Educação Física – Unesp Bauru-SP. Professor de Educação Física do IFSULDEMINAS Campus Pouso Alegre-MG. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação Física escolar – EscolaR. Desenvolve pesquisas na área da Educação Física escolar.

MARIA LUIZA DE JESUS MIRANDA
Licenciada em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1975), mestre em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1991) e doutora em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente Coordena o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Física da Universidade São Judas Tadeu, níveis Mestrado e Doutorado. É uma das idealizadoras da proposta de educação física para idosos baseada na educação dialógica de Paulo Freire e no ideário da Promoção da Saúde, implementada no projeto de extensão Projeto Sênior para a Vida Ativa realizado desde 2002 nesta Universidade.

MESAQUE SILVA CORREIA
Sou professor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), lotado no Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino (DMTE) atuo como docente no curso de Licenciatura em Educação Física e Pedagogia. Como professor e pesquisador volto minhas atenções para as investigações qualitativas e radicalmente qualitativas em Saúde, Estudos Sociais e Educação Física Escolar. No campo da Saúde os estudos que conduzo dirigem-se, especialmente aos programas de intervenção pública em saúde para a população LGBT, na perspectiva dos Ideários da Promoção em Saúde e na Educação para Autonomia. Na área dos Estudos sociais direciono minhas análises para as temáticas de Gênero e Diversidade; Corpo e Sexualidade, Identidade; Políticas Públicas para a população LGBTs; Direitos Humanos e Políticas de reconhecimento. Na área da Educação Física Escolar eu proponho intervenções e projetos de investigação na área de formação e atuação de professores, assim como o empoderamento de professores e alunos por meio das práticas corporais. O locus dessas investigações tem sido as Instituições de Ensino públicas e privadas do Estado do Piauí. Coordeno o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Educação Física Escolar (GEPEEFE/CNPq/UFPI).

MONICA CALDAS EHRENBERG
Pós Doutora em Educação (Unicamp e UMinho/ Portugal – 2018). Doutora em Educação Física pela UNICAMP, Mestre em Educação Física também pela UNICAMP. Licenciada em Educação Física pela Unesp-Rio Claro. Atualmente é professora da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP), onde também coordena o grupo de estudos e pesquisas em Gesto, Expressão e Educação (GEPGEE), além de coordenar conjuntamente com outra docente o grupo de extensão GYMNUSP.

PEDRO XAVIER RUSSO BONETTO

Pedro Xavier Russo Bonetto, formado bacharel e licenciado em Educação Física. Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP), na área temática Didática, Teorias de Ensino e Práticas Escolares. Doutorando também em Educação na temática Educação e Ciências Sociais: Diferenças e Desigualdades (FE-USP). Membro do Grupo de Pesquisa em Educação Física Escolar da FEUSP. Professor da rede municipal de São Paulo e da Faculdade Flamingo.

PETERSON AMARO DA SILVA
Mestrando em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Pós-graduado (lato sensu) em Ensino Lúdico pelo Centro Universitário Barão Mauá, Educação Física Escolar pela Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), Docência no Ensino Superior pela Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). Formado em Pedagogia pela Universidade Camilo Castelo Branco (UNICASTELO). Formado em Educação Física (licenciatura) pela Faculdade Brasília de São Paulo (FABRASP) e Professor de Educação Física Escolar nas redes Estadual e Municipal de São Paulo/SP.

SÁVIO CAMPOS DE SOUZA

Estudante do 4º.ano do ensino médio integrado ao técnico em eletrônica no IFSP-Campus São Paulo. Delegado Nacional da Conferência de Direito da Criança e do Adolescente e Delegado Nacional na Conferência Nacional da Educação. Concluiu o ensino fundamental na EMEF. Des. “Amorim Lima”, atuando como gremista na sexta e sétima série. Premiado com o 2º lugar na categoria Grêmio Estudantil no concurso Educação em Direitos Humanos (2014), angariando materiais esportivos para a escola.Membro do Comitê Nacional de Participação de Adolescentes do CONANDA (2018-2019) e delegado das Conferencias de Direitos Humanos, da Criança e do Adolescente e de Educação. Membro do FEDDCA – São Paulo e do FOCA-Butantã. Membro do Grêmio IFSP (2016-2018) e Fundador da Horta Comunitária IFSP. Medalhista de Olimpíadas Cientificas OBMEP e OBFEP. Capoeirista do CEACA. Participou do Projeto Esporte Talento (PET/USP), Projeto Curumim Sesc Pinheiros e é escoteiro GERT RT.

VALDILENE ALINE NOGUEIRA
Bacharel e licenciada em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa (2009) e Pedagoga pela Universidade de Uberaba (2015). Especialista em Educação, com ênfase nas questões de Gênero e Raça pela Universidade Federal de Viçosa (2016). Mestra em Educação Física pela Universidade São Judas (2017) e doutoranda em Educação Física também pela Universidade São Judas. Tem sua trajetória profissional e acadêmica dedicada aos estudos pedagógicos da Educação Física escolar. Atua na Educação Básica desde 2009, com experiência nas redes particulares e públicas de ensino, e na formação profissional, em cursos de Graduação e Pós-graduação desde 2013. Atualmente é professora efetiva da Rede Municipal de Educação de São Paulo e do curso de Educação Física da Universidade Guarulhos.

THIAGO BATISTA COSTA
É Doutorando no Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), Mestre em Educação, Especialista em Educação Física Escolar, Licenciado em Educação Física e Pedagogia, Foi Atleta Profissional de Basquetebol por 10 anos. É Professor Efetivo na Secretaria Municipal de Educação da Cidade de São Paulo, Professor da Graduação em Educação Física na Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Pesquisa nas áreas de Educação Física e Relações Étnico-Raciais e Culturais, com ênfase nos seguintes temas: Educação Física Escolar, Corpo Negro e Currículo. Integra o grupo de pesquisa Yêle Educare (CNPq).

UIRÁ DE SIQUEIRA FARIAS
Mestre em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu (2017). Graduado em Bacharel em Educação Física pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (2009) e em Licenciatura em Educação Física pela Faculdade Diadema (2008). Possui Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Nove de Julho (2013). Pós-Graduação Lato Sensu em Exercício Físico Aplicado à Reabilitação Cardíaca e a Grupos Especiais, pela Universidade Gama Filho – SP (2011). Pós-Graduação em Educação Física Escolar na Universidade Estácio de Sá (2015). Atua a nove anos na área da Educação Física Escolar no ensino infantil, fundamental, médio e EJA. É professor concursado nas redes Municipais de São Paulo (capital) e de Santo André – SP. Atualmente realiza o Doutorado em Educação Física na Universidade São Judas Tadeu.

VILMA LENÍ NISTA-PICCOLO
Licenciada em Educação Física e Bacharel em Fisioterapia, Mestre em Educação e Doutora em Psicologia Educacional pela Universidade Estadual de Campinas. Foi professora da Faculdade de Educação Física da UNICAMP, chefe do Departamento de Educação Motora. Foi professora titular da Universidade São Judas Tadeu, onde criou e coordenou o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Física, sendo a responsável pela implantação dos Cursos de Mestrado e Doutorado na área. Implantou o curso de graduação em Educação Física e Esporte da Metrocamp (Campinas. Tem experiência com pesquisas e publicações nas seguintes Linhas de Pesquisa: Cotidiano Escolar, Formação Docente, Educação voltada à Saúde, Educação Física escolar, Ginástica e Inteligência Corporal Cinestésica. Atualmente integra o Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Sorocaba. Coordena o Grupo de Pesquisa POTENCIAL. Foi pesquisadora do CNPq até 2016.

VINICIUS DOS SANTOS MOREIRA
Licenciado (2008) em Educação Física pela Universidade Metodista de São Paulo, Bacharel (2010) em Educação Física pelo Centro Universitário Ítalo Brasileiro. Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Física Escolar pela Universidade Estácio de Sá (2015). Mestrando (2017) em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu. Atua desde (2011) na área da Educação Física Escolar com educação infantil, fundamental e médio. Atualmente é professor efetivo nas redes Municipais de Santo André e São Paulo. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Física, Escola e Currículo – GEPEFEC.