Capa do livro: TRABALHO NO CAMPO:  <br>singularidades e perspectivas históricas no Cerrado Mineiro

TRABALHO NO CAMPO:
singularidades e perspectivas históricas no Cerrado Mineiro

Autores: Maria Andréa Angelotti Carmo - Luiz Carlos do Carmo (Orgs.)

livro impresso
de R$ 38,90 por
livro digital
de R$ 38,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A obra apresenta um conjunto de abordagens que objetivam ampliar o olhar sobre as relações sociais de trabalho existentes na região do Cerrado Mineiro buscando compreender o processo histórico, as transformações, permanências e a atualidade da questão do trabalho e do trabalhador no/do campo.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3385-0
DOI: 10.24824/978854443385.0
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 126
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

TRABALHO NO CAMPO:  <br>singularidades e perspectivas históricas no Cerrado Mineiro

Autores

ALESSANDRA SOUZA GONÇALVES
Licenciada e Bacharel em História pela Universidade Federal de Uberlândia. Atualmente está cursando pós-graduação em Psicopedagogia na Universidade de Uberaba. Foi bolsista de Iniciação Científica no projeto Da pequena lavoura à agroindústria: as transformações e as relações de trabalho no campo nas regiões do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba 1970-2010, desenvolvida com o apoio financeiro da Fapemig.

HUGO LEONARDO MENDES SILVA
Licenciado e Bacharel em História pela Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolveu pesquisas de Iniciação Científica como voluntário e como bolsista sobre temas vinculados a cafeicultura e modernização no campo, no Cerrado Mineiro visando a análise e compreensão das relações sociais estabelecidas nas intensas transformações ocorridas na região a partir de 1970.

KISLEY ADRIANA ARAÚJO SILVA
Licenciada e Bacharel em História pela Universidade Federal de Uberlândia. Licenciada em Pedagogia pela Universidade de Uberaba e Pós-Graduação em Supervisão e Educação Especial. Professora da Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais. Desenvolveu pesquisas como bolsista e como voluntária em temas sobre migrações e trabalho rural na região de Prata-MG.

LUIZ CARLOS DO CARMO
Mestre (2000) e Doutor (2005) em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professor da Unidade Acadêmica Especial de História e Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, nos cursos de graduação em História e em Ciências Sociais e no Mestrado Profissional em História: História, Cultura e Formação de Professores.

MARIA ANDRÉA ANGELOTTI CARMO
Mestre (2001) e Doutora (2009) em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professora no Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolve pesquisas em temas como migrações, trabalho e trabalhadores rurais, campo-cidade, ensino e aprendizagem em História, cujas temáticas são contempladas e apoiadas em editais da agência Fapemig. Coordenou o projeto Da pequena lavoura à agroindústria: as transformações e as relações de trabalho no campo nas regiões do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba 1970-2010, desenvolvida com o apoio financeiro da Fapemig.