Capa do livro: TÓPICOS ESPECIAIS EM BIOTECNOLOGIA E BIODIVERSIDADE <br>Volume 4

TÓPICOS ESPECIAIS EM BIOTECNOLOGIA E BIODIVERSIDADE
Volume 4

Autores: Clemilson Antônio da Silva - Patrícia Martins Guarda - Paulo Cléber Mendonça Teixeira - Francisco Nairton do Nascimento - Virgílio Ribeiro Guedes - Maria Lucimar de Oliveira Souza - Jéssica Barros Aguiar Silva (Orgs.)

livro impresso
de R$ 46,90 por
livro digital
de R$ 46,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O livro Tópicos especiais em biotecnologia e biodiversidade – volume IV é fruto do trabalho enriquecedor de pesquisadores da região centro-norte do Brasil voltado para produção de conhecimento com foco no potencial de utilização dos recursos da Biotecnologia e da Biodiversidade nesta região. Em seus capítulos são apresentadas, com atenção ao rigor do método científico, informações sobre a Influência da agricultura em larga escala sobre diversidade fúngica de solos; O risco de contaminação por metais pesados relacionados ao uso de fertilizantes na agricultura; A utilização de farinha de baru na produção de biodiesel e ainda, uma Análise da evolução das lavouras de mandioca (Manihot Esculenta Crantz) no Estado do Tocantins. São abordados ainda temas como a Bioprospecção de fungos em insetos aquáticos para produção de celulase; Dinâmica populacional e índices faunísticos de insetos associados a diferentes habitats do cerrado; Utilização de Forídeos parasitoides como agentes de controle biológico como método complementar em programas de Manejo Integrado de Pragas (MIP); e a relevante Influência da Biotecnologia na identificação de aspectos genéticos de marcadores moleculares do câncer colorretal. Os mais variados temas desta obra contribuem não só para a obtenção de produtos de suma importância para a sociedade, mas também para o enriquecimento e disseminação do conhecimento sobre aspectos da biotecnologia e biodiversidade brasileira. De fato, é uma leitura consciente, importante e atraente.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3689-9
DOI: 10.24824/978854443689.9
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 178
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

TÓPICOS ESPECIAIS EM BIOTECNOLOGIA E BIODIVERSIDADE <br>Volume 4

Autores

ABRAHAM DAMIAN GIRALDO ZUNIGA
Possui graduação em Engenharia de Alimentos (diploma revalidado pela Universidade Federal de Viçosa – MG) mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Viçosa (2000) e doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Viçosa (2003). Pós-doutorado em Biotecnologia (2012). Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Operações de Separação e Mistura, atuando principalmente nos seguintes temas: desidratação, biotecnologia e biocombustíveis.
Afiliação institucional: Professor Associado II da Universidade Federal do Tocantins Curso de Engenharia de Alimentos. Atua como professor efetivo do curso de mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos, mestrado de Agroenergia da Universidade Federal do Tocantins e Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia da rede Bionorte – UFT.

ACÁCIO GERALDO DE CARVALHO
Possui graduação em Engenharia Florestal – UFRRJ (1978) e Lic. Em Ciências Agrícolas – UFRRJ (1988). Mestrado em Proteção Florestal pela Universidade de São Paulo (1985) e doutorado em Proteção Florestal pela UFPR (1992). Professor Titular E da UFRRJ/Instituto de Florestas. Experiência na área de Recursos Florestais e Eng. Florestal.
Afiliação institucional: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Florestais, Curso de Engenharia Florestal – UFRRJ.

CARLA FRANCISCA DE SOUSA VIEIRA
Possui graduação em Engenharia de Alimentos pela Fundação Universidade Federal do Tocantins (2008) e Licenciatura em matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (2013), Especialização em Segurança do Trabalho pelo instituto tocantinense de educação superior e pesquisa Ltda. (2009) e Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos, também pela UFT (2017). Atualmente é Técnica em Laboratório no LAPSDEA/UFT, laboratório do curso de Engenharia de Alimentos em que são desenvolvidas pesquisas na área de desidratação de alimentos, separação e biomoléculas e desenvolvimento de novos produtos.

CAROLINE ROBERTA FREITAS PIRES
Possui graduação em Nutrição pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), 2007. Mestrado em Ciência dos Alimentos pela Universidade Federal de Lavras (2009). Doutorado em Ciência dos Alimentos pela Universidade Federal de Lavras (2012). Atualmente é professora da Universidade Federal do Tocantins. Tem experiência na área de Nutrição e na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Bioquímica e Fisiologia Pós-Colheita de Frutos e Hortaliças, atuando principalmente nos seguintes temas: pós-colheita, química de alimentos, tecnologia de alimentos, processamento mínimo e conservação de alimentos.
Afiliação: Professora Adjunta do Curso de Nutrição da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Campus Universitário de Palmas.

CAROLINE TAVARES DA SILVA TORRES
Estudante do Curso de Nutrição na Universidade Federal do Tocantins Campus Palmas. Atual diretora de marketing da Liga Acadêmica de Plantas Medicinais e Fitoterapia, UFT Campus Palmas. Diretora financeira na Liga Acadêmica de Ciência e Tecnologia de Alimentos. Bolsista no Programa de Educação Pelo Trabalho - PET-Saúde, Miracema do Tocantins. Pesquisadora Grupo de Estudos, Pesquisa e Desenvolvimento da Cultura da Mandioca do Tocantins - GEMANTO. Pesquisadora voluntária no Projeto de Iniciação Científica de Desenvolvimento e caracterização físico-química e nutricional de farinha da casca de mandioca (Manihot esculenta Cranz).
Afiliação institucional: Curso de Nutrição da Universidade Federal do Tocantins.

CLEMILSON ANTONIO DA SILVA
Graduado em Nutrição e Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB; Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia pela Rede BIONORTE. Docente do Curso de Graduação em Nutrição da Universidade Federal do Tocantins – UFT.
Afiliação: Professor Assistente do Curso de Graduação em Nutrição da Universidade Federal do Tocantins. Doutorando do programa de pós-graduação stricto sensu em Biotecnologia e Biodiversidade da Amazônia Legal (BIONORTE).

DANYLO BEZERRA MENDES
Possui graduação em Ciências Biológicas, mestrado em Agroenergia e Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia pela Fundação Universidade Federal do Tocantins. Tem experiência na área de Biocombustíveis, atuando principalmente nos seguintes temas: biodiesel, antioxidantes e catálise enzimática.
Afiliação institucional: Professor pela Secretaria de Educação do Estado do Tocantins – SEDUC –TO.

EMERSON ADRIANO GUARDA
Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal de Santa Maria, mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Doutorado em Química Orgânica pela Universidade Federal de Santa Maria. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Orgânica, atuando principalmente nos seguintes temas: líquidos iônicos, síntese orgânica, química ambiental e biocombustíveis.
Afiliação institucional: Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Tocantins (UFT), onde atua no curso de Engenharia Ambiental no mestrado em Agroenergia e no doutorado em Biotecnologia.

FRANCISCO NAIRTON DO NASCIMENTO
Possui graduação em Licenciatura em Ciências Agrícolas e Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, especialização em Metodologia do Ensino Superior – Universidade Federal de Viçosa e mestrado em Fitotecnia – UFRRJ (1998). Experiência na área de Manejo Integrado de Pragas, Bioecologia e Irrigação. Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia da Rede Bionorte.
Afiliação institucional: Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Biotecnologia da Rede Bionorte. Professor do Instituto Federal do Tocantins.

JÉSSICA BARROS AGUIAR SILVA
Possui graduação em Licenciatura em Ciências Naturais com Habilitação em Biologia pela Universidade do Estado do Pará (2012), mestrado em Ciências do Ambiente pela Universidade Federal do Tocantins (2014) e concluindo Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal – Rede Bionorte com pesquisa intitulada “Bioprospecção de fungos celulolíticos associados a insetos aquáticos em córregos do Cerrado e Mata Atlântica” pela Universidade Federal do Tocantins (2019) onde desenvolve sua pesquisa no Laboratório de Microbiologia Ambiental e Biotecnologia. Suas linhas de pesquisa são: micologia, bioprospecção, biotecnologia, biologia molecular de fungos, celulases.
Afiliação institucional: Aluna do curso de Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal – Rede Bionorte pela Universidade Federal do Tocantins.

JOSÉ EXPEDITO CAVALCANTE
Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Alagoas (1995), mestrado em Química pela Universidade Federal de Pernambuco (1997) e doutorado em Química pela Universidade Federal de Pernambuco (2001). É Professor Associado da Universidade Federal do Tocantins (UFT), atuando como Diretor do Campus Universitário de Araguaína (2005- 2008), Presidente do Conselho Superior da Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins - FAPTO (2005-2008) e Vice-Reitor da UFT (2008-2012). Atualmente é membro do Colegiado de Química e da Pós-Graduação em Biotecnologia (rede BIONORTE), e coordenador estadual do Programa Olimpíadas de Química (Capes/CNPq). Tem experiência na área de Química Inorgânica e Química do Solo (relação solo-planta).
Afiliação institucional: Professor Associado da Universidade Federal do Tocantins (UFT), membro do Colegiado de Química e da Pós-Graduação em Biotecnologia (rede BIONORTE).

JOSÉ MARIA RODRIGUES DA LUZ
Possui títulos de Bacharel em Bioquímica e Mestrado e Doutora em Microbiologia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa. Desenvolve pesquisas em Biotecnologia, Microbiologia industrial, Micologia, Biologia Molecular, Bioquímica e Biodiversidade. 
Afiliação institucional: Professor visitante, Programa de Pós-Graduação Multicêntrico em Bioquímica e Biologia Molecular, Instituto de Ciência Farmacêutica, Universidade Federal de Alagoas.

INGRID TOMÉ DE SOUZA
Graduanda do Curso de Nutrição na Universidade Federal do Tocantins Campus Palmas (UFT); Ligante da Liga Acadêmica de plantas medicinais e Fitoterapia (LAFITO-UFT); Diretora de comunicação da liga de Acadêmica de Ciência e Tecnologia de Alimentos (LACTA-UFT); Monitora da disciplina de Técnica Dietética na UFT Campus de Palmas; Colaboradora do projeto Efetividade das Ações para Controle da Obesidade Infantil pelo Programa Saúde na Escola em Palmas, Tocantins, no Grupo de Pesquisa em Nutrição, Alimentação e Saúde Coletiva – GPNASC;  Pesquisadora Grupo de Estudos, Pesquisa e Desenvolvimento da Cultura da Mandioca do Tocantins – GEMANTO; Pesquisadora voluntária no Projeto de Iniciação Científica Efeitos do tratamento hidrotérmico em autoclaves sobre as propriedades nutricionais e tecnológicas da farinha de casca de mandioca (Manihot esculenta Crantz);
Afiliação institucional: Curso de Nutrição da Universidade Federal do Tocantins

MARIA CRISTINA DA SILVA PRANCHEVICIUS
Possui Graduação em Ciências Farmacêuticas com Habilitação em Bioquímica pela Universidade de Ribeirão Preto (1998), Mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade de São Paulo – Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (2002) e Doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade de São Paulo – Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (2006). Pós-Doutorado em Biologia (ênfase em Biotecnologia) pela Universidade de São Paulo – Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto (2008), Pós-Doutorado (Pesquisadora Visitante) em Biologia do Câncer e Ciclo Celular pelo Oklahoma Medical Research Foundations (OMRF) nos Estados Unidos (2017). Foi Diretora de Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESQ-UFT) no período de 2010 a 2012, Diretora de Inovação e Transferência de Tecnologia no período de 2012 a 2013, Coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT-UFT) no período de 2011 a 2013, Vice-coordenadora do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia da Região Norte (FORTEC-Norte) no período de 2012 a 2013. Foi Professora Adjunta na Universidade Federal do Tocantins – Campus Palmas (Curso de Medicina) no período de 2008 a 2014. Atualmente é Coordenadora do Curso de Biotecnologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar – Campus São Carlos) e Professora Associada da Universidade Federal de São Carlos-Departamento de Genética e Evolução (UFSCar-DGE). Atua nas áreas de Biologia Celular e Molecular, Imunologia, Bioquímica, Biotecnologia Associada à Saúde, com ênfase nos seguintes temas: Reparo de DNA e o desenvolvimento de câncer e doenças relacionadas a aneuploidia; Resistência e Virulência Bacteriana; Plantas Medicinais; Glicobiologia, Citoesqueleto e Motores Moleculares.
Afiliação institucional: Coordenadora do Curso de Biotecnologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar – Campus São Carlos) e Professora Associada da Universidade Federal de São Carlos-Departamento de Genética e Evolução (UFSCar-DGE).

MARIA LUCIANA BARBOSA MENDES
Graduanda do Curso de Nutrição na Universidade Federal do Tocantins Campus Palmas. Atual presidente da Liga Acadêmica de Plantas Medicinais e Fitoterapia, UFT Campus Palmas. Diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão na Liga Acadêmica de Ciência e Tecnologia de Alimentos. Bolsista no Programa de Educação Pelo Trabalho – PET-Sáude Miracema do Tocantins. Pesquisadora Grupo de Estudos, Pesquisa e Desenvolvimento da Cultura da Mandioca do Tocantins – GEMANTO. Pesquisadora voluntária no Projeto de Iniciação Científica Efeitos do tratamento hidrotérmico em autoclaves sobre as propriedades nutricionais e tecnológicas da farinha de casca de mandioca (Manihot esculenta Cranz).
Afiliação institucional: Curso de Nutrição da Universidade Federal do Tocantins.

MARIA LUCIMAR DE OLIVEIRA SOUZA
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará – UFC (2000), mestrado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal do Ceará – UFC (2002) e é doutoranda em Biotecnologia e Biodiversidade (BIONORTE) pela Universidade Federal do Tocantins. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Agronomia, atuando principalmente nos seguintes temas: dormência, germinação, sementes, cultivo múltiplo e controle de insetos.
Afiliação institucional: Professora do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Tocantins – IFTO, Curso de Agronomia e Gestão em Agronegócio.

NATHÁLIA BEATRIZ DOBLER DE SOUZA
Graduanda do Curso de Nutrição na Universidade Federal do Tocantins Campus Palmas. Atual tesoureira da Liga Acadêmica de Plantas Medicinais e Fitoterapia, UFT Campus Palmas. Secretária na Liga Acadêmica de Ciência e Tecnologia de Alimentos.
Filiação: Luiz Antonio de Souza e Neiva Beatriz Dobler de Souza.

PATRÍCIA MARTINS GUARDA
Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal de Santa Maria, mestrado em Química Analítica pela Universidade Federal de Santa Maria e é doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela rede BIONORTE. Tem experiência nas áreas de Química Ambiental, Química de Alimentos e Ensino de Ciências.
Afiliação institucional: Professora adjunta da Universidade Federal do Tocantins, curso de Engenharia de Alimentos.

PAULA BENEVIDES DE MORAIS
Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1987), mestrado (1991) e doutorado (1994) em Ciências (Microbiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e pós-doutorado pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente é professora associada no curso de Engenharia Ambiental e nos Programas de Pós-Graduação em Biodiversidade e Biotecnologia (doutorado), Ciências do Ambiente (mestrado) e Biodiversidade, Ecologia e Conservação (mestrado). Atua em pesquisas sobre Biodiversidade de comunidades fúngicas, Processos microbianos de decomposição de detritos em riachos, interação fungo-insetos, com ênfase em mapeamento e identificação da biodiversidade fúngica em ecossistemas brasileiros.
Afiliação institucional: Professora associada no curso de Engenharia Ambiental da Universidade Federal do Tocantins.

PAULO CLÉBER MENDONÇA TEIXEIRA
Doutor em Biodiversidade e Biotecnologia – Rede Bionorte, pela Universidade Federal do Tocantins (2017), Mestre em Tecnologia Energéticas e Nucleares pela Universidade Federal de Pernambuco (2002). Licenciado em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1987). Atualmente pesquisa Cinética de secagem em frutos do cerrado.
Afiliação institucional: Professor Adjunto da Universidade Federal do Tocantins do Curso de Engenharia de Alimentos.

RÔMULO ALVES MORAIS
Graduado em Engenharia de Alimentos pela Universidade Federal do Tocantins, Mestrando em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela mesma universidade, atualmente desenvolve projetos com frutos nativos do cerrado e desenvolvimento de novos produtos alimentícios com alto valor nutricional.

STEFANIE MAUZOLF WETMANN
Graduanda do curso de Nutrição da Universidade Federal do Tocantins;
Presidente da Liga Acadêmica de Ciência e Tecnologia de Alimentos; Diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão da Liga Acadêmica de Plantas Medicinais e Fitoterapia Bolsista do PET-Saúde Interprofissionalidade; Participante do Grupo de Estudos, Pesquisa e Desenvolvimento da Cultura da Mandioca do Tocantins – GEMANTO da UFT; Pesquisadora do Programa Institucional Voluntário de Iniciação Científica - PIVIC
Afiliação institucional: Curso de Nutrição da Universidade Federal do Tocantins.

THIAGO LUCAS DE ABREU-LIMA
Possui graduação em Engenharia de Alimentos pela Universidade Federal de Viçosa (2002), mestrado em Ciências de Alimentos pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005) e doutorado em Biotecnologia pelo RENORBIO (Rede Nordeste de Biotecnologia) na Universidade Federal de Pernambuco (2014). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Tocantins. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos e Biotecnologia Industrial, com foco em fermentação alcoólica e produção e hidrolases.
Afiliação institucional: professor adjunto no curso de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal do Tocantins.

VIRGÍLIO RIBEIRO GUEDES
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Juiz de Fora – MG (UFJF), Residência Médica em Patologia pela Universidade Federal de Juiz de Fora – MG (UFJF), Mestrado em Ciências da Saúde (UFT), Especialista em Patologia pela Sociedade Brasileira de Patologia (SBP), Especialista em Citopatologia pela Sociedade Brasileira de Citopatologia (SBC), Especialista em Saúde da Família, pelo Centro Universitário São Camilo – MG (CUSC). Coordenador dos Laboratórios de Patologia e Histologia – UFT, Coordenador e Professor Assistente das disciplinas de Patologia Geral, Anatomia Patológica I e II do Curso de Medicina-UFT. Médico Patologista do Serviço de Verificação de Óbitos de Palmas – Tocantins (SVO - SESAU).  Atualmente cursa o doutorado em biodiversidade e biotecnologia da rede BIONORTE, desenvolve linhas de pesquisa nas áreas de Saúde Coletiva, Tanatologia, Anatomia Patológica e Patologia Experimental.
Afiliação institucional: Aluno do curso de doutorado PPG-BIONORTE