Capa do livro: VIOLÊNCIA NOS CONTEXTOS INSTITUCIONAL, SOCIAL E ECONÔMICO

VIOLÊNCIA NOS CONTEXTOS INSTITUCIONAL, SOCIAL E ECONÔMICO

Autores: Olga Ceciliato Mattioli - Maria de Fátima Araújo (Orgs.)

livro impresso
de R$ 64,90 por
livro digital
de R$ 64,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Os textos apresentados neste livro resultam de parte da produção científica do NEVIRG – Núcleo de Estudos sobre Violência e Relações de Gênero (UNESP/ASSIS/CNPQ) e relatam pesquisas empíricas, práticas profissionais e reflexões sobre uma variedade de temáticas, agrupadas em duas principais vertentes: a violência presente em diferentes contextos institucionais, sociais e econômicos, e o surgimento de novas metodologias de produção do conhecimento científico. Tais estudos abordam questões relacionadas à Violência contra a Mulher, Violência contra a Criança e Adolescente, Relações de Gênero e Políticas Públicas, e traz estudos inéditos sobre o impacto do crescimento da violência no entorno da construção de grandes obras como as Usinas Hidrelétricas.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3679-0
DOI: 10.24824/978854443679.0
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 250
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

VIOLÊNCIA NOS CONTEXTOS INSTITUCIONAL, SOCIAL E ECONÔMICO

Autores

AMANDA GABRIELLA BORGES MAGALHÃES
(UFPA). Graduada em Psicologia – Formação do Psicólogo na Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Psicologia na mesma instituição. Atua como Psicóloga Educacional da Universidade Federal do Pará – Campus Breves. Tem interesse nas áreas de Psicologia Escolar/Educacional, Psicologia Social e História da Psicologia. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicologia Social e Política – transversalizando em história, filosofia e educação. Foi bolsista CNPq (2014-2015) investigando a construção social da vitimização de mulheres no Sistema de Justiça Criminal, e bolsista PIBIC/CNPq, pesquisando práticas do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) acerca da Educação Infantil no Brasil (1990-2015), por meio da arqueogenealogia foucaultiana. Atualmente pesquisa a recepção e usos de Michel Foucault na Psicologia Social no Brasil, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Flávia Cristina Silveira Lemos.

ANDRÉ ELIAS MORELLI RIBEIRO
Psicólogo, doutor em Psicologia e professor na Universidade Federal Fluminense, polo de Rio das Ostras. É membro do Núcleo de Estudos de Violência e Relações de Gênero (NEVIRG), do grupo de pesquisa Epistemologia e Psicologia: processos e contextos de desenvolvimento humano, da Associação Brasileira de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias (ESOCITE) e da Sociedade Brasileira de História da Psicologia (SBHP).

ARTHUR ARRUDA LEAL FERREIRA
Psicólogo, doutor em Psicologia e professor na Universidade Federal do Rio de Janeiro, atuando como Diretor do Instituto de Psicologia da mesma instituição. É presidente da Sociedade Brasileira de História da Psicologia (SBHP).

CLAUDIO EDWARD DOS REIS
Psicólogo, Professor Assistente Doutor junto ao Departamento de Psicologia Experimental e Trabalho – FCL – Unesp-Assis. Professor das disciplinas de Psicologia Organizacional e Trabalho, Diagnóstico Organizacional e Terapia Cognitivo-comportamental. Vice-coordenador do NEVIRG. Pesquisador na Área de Segurança e Contextos Familiares.

DAIANE GASPARETTO DA SILVA
Graduada em psicologia pela Universidade Federal do Pará, mestra e doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará. Realiza pesquisa sobre produção de subjetividade e modos de existência nas cidades. Integrante do Grupo de Pesquisa Transversalizando, do Grupo de Trabalho "Saúde Mental, Álcool e outras drogas" (CRP-10) e da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO), tendo coordenado, de 2015 a 2017, o núcleo Belém da referida associação. Em 2015 atuou como docente no Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR) e trabalhou, de 2015 a 2017, como professora substituta na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Pará. Atualmente atua como professora substituta do Departamento de Psicologia da Universidade do Estado do Pará. Possui experiência em artes, principalmente em dança contemporânea e composição de canções.

DÊNIS AUGUSTO SANTANA REIS
Biomédico – Universidade Estadual de Londrina (UEL); Mestre em Farmacologia – Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP); Graduando do curso de Direito – Universidade Estadual de Londrina (UEL); Pesquisador do Núcleo de Estudos sobre Violência e Relações de Gênero – NEVIRG – UNESP/Assis – SP. Aprovado no XXVIII Exame da Ordem dos Advogados. Dedica-se aos estudos de temáticas envolvendo neurodireito e violência;

DOLORES GALINDO
(UFMT). Possui Pós-Doutorado (2015-2016), Doutorado (2006) e mestrado (2002) em Psicologia Social pela Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), com Doutorado Sanduíche na Universidade Autônoma de Barcelona (2004). Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1999. Atua como Professora Permanente dos Programas de Pós-Graduação em Psicologia e Cultura Contemporânea da Universidade Federal de Mato Grosso. Foi vice-coordenadora e posteriormente Coordenadora do Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Estudos de Cultura Contemporânea. Na graduação, atua como Docente do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Mato Grosso (2013-2014). Lidera o Grupo de Pesquisa Ciências, Tecnologias e Criação (LABTECC). Foi da Diretoria Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social – ABRAPSO (2016-2017), Conselheira Alterna da ULAPSI (2016-2017) e integrou a Coordenação da Red Latinoamericana de posgrados en estudios sobre la cultura – ReLaPec (2014-2016). Compõe o GT Conhecimento,Subjetividade,Práticas Sociais da ANPEPP. Foi Vice-Presidente da Regional Centro-Oeste da Associação Brasileira de Psicologia Social – ABRAPSO (2012-2013) e Secretária (2014-2015). É membro associada da ESOCITE.BR – Associação Brasileira dos Estudos Sociais das Ciências e Tecnologias, da ABRAPSO – Associação Brasileira de Psicologia Social e SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Editora de seção da Athenea Digital: revista de pensamiento y investigacion Social (UAB-Espanha). Possui experiência em Psicologia como área interdisciplina, com o interesse de pesquisa voltado às epistemologias feministas em ciência, tecnologia e sociedade, em diálogo com estudos foucaultianos, orientadas à problematização de relações de poder, saber e colonialidades.

EDUARDO MOURA DA COSTA
Psicólogo, Mestre em Psicologia e Doutorando em Psicologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Estadual Paulista (UNESP/Assis). Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

ÉRIKA CECÍLIA SOARES OLIVEIRA
Doutora em Psicologia e Sociedade pela Universidade Estadual Paulista (2013). Pesquisadora do Núcleo de Estudos sobre Violência e Relações de Gênero – NEVIRG – UNESP/Assis – SP. Atualmente é Professora Adjunta no Instituto de Psicologia da Universidade Federal de Alagoas e Professora Permanente no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFAL.

FÁBIA SARMENTO DUARTE GOMES
Psicóloga. Coordenadora do Projeto Girassol no Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Maria dos Anjos – CDCA/RO.

FLÁVIA CRISTINA SILVEIRA LEMOS
Possui graduação em Psicologia/UNESP (1999). Licenciada em Pedagogia/CESB-GO (2017). Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional/UNEB (2017). Mestre em Psicologia e Sociedade/UNESP (2003). Doutora em História Cultural/UNESP (2007). Realizou pós-doutorado em Psicologia e Subjetividade, na UFF, sob supervisão da Profa. Dra. Maria Lívia Nascimento, em 2016. Foi bolsista FAPESP no Doutorado. É professora associada II, na Graduação e no Programa de Pós-graduação em Psicologia/UFPA. Foi professora colaboradora no Programa de Pós-graduação em Educação/UFPA. Integra a Comissão de Direitos Humanos do Conselho Federal de Psicologia (2017-2019). Integrante do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade. Foi Conselheira Titular no Conselho Federal de Psicologia (gestão 2011-2013). Foi coordenadora do Programa de Pós-graduação em Psicologia/UFPA (gestão 2011-2013). Foi vice-coordenadora do Programa de Pós-graduação em Psicologia/UFPA (gestão 2010-2011). É Bolsista de Produtividade do CNPQ-PQ-2, desde 2013. Integra o GT ANPEPP Psicologia Política. Compõe o GT Deleuze da ANPOF. Foi membro da Diretoria Nacional da ABRAPSO (2016-2017). Integra a Diretoria Nacional da ABEP (2017-2019).

GIOVANA PRIVATTE MACIERA
Graduanda em Psicologia na UNESP/Assis com ênfase em Políticas Públicas e Clínica Crítica e Subjetividade, Trabalho e Administração do Social. Bolsista de iniciação científica com a pesquisa intitulada "Violência contra a mulher: um estudo sobre o perfil dos agressores", financiada pela FAPESP. Atua principalmente nos seguintes temas: violência de gênero, Lei Maria da Penha, perfil dos agressores e subjetividade masculina;

HUGO MARQUES CORREIA
Graduado em Psicologia (PUC-GO), Especialista em Impactos da Violência na Saúde (FIOCRUZ-RJ) e Mestrando em Ciências da Saúde (UFT) e membro do grupo de pesquisa Qualidade de Vida e Saúde/QUAVIS/UFT/CNPq;

JÉSSICA MODINNE DE SOUZA E SILVA
Psicóloga-UFPA; Mestre em Psicologia-UFPA; Doutoranda em Psicologia-UFPA.

LEANDRO PASSARINHO REIS JÚNIOR
(UFPA). Doutor em Educação – Currículo, Epistemologia e História pela UFPA. Mestre em EDUCAÇÃO pela UEPA. Possui graduação em PSICOLOGIA pela Universidade Federal do Pará (1998), graduação em PEDAGOGIA pela Universidade do Estado do Pará (1999) e Graduação em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS pela Universidade Federal do Pará. Atualmente é Professor Adjunto I da Faculdade de Biologia do Instituto de Ciências Biológicas – ICB/UFPA e Professor do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará – UFPA, Linha de Pesquisa: Psicologia, Saúde e Sociedade. Também atua como professor/orientador do Mestrado Profissionalizante no Ensino de Biologia – PROFBIO UFMG/UFPA. Tem experiência na área de EDUCAÇÃO com ênfase em Currículo, Epistemologia, História e PSICOLOGIA SOCIAL, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação, EDUCAÇÃO AMBIENTAL, Educação Inclusiva, Educação em Saúde, Mal-Estar Docente, Psicologia da Educação, Psicologia Social e da Saúde, Perspectivas Foucaultianas e Modos de Subjetivação. Membro da Associação Brasileira de Psicologia Social – ABRAPSO e da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia-ANPEPP. Consultor Ad hoc de Pesquisa da Universidade do Estado do Pará – UEPA.

LEILA RUTE OLIVEIRA GURGEL DO AMARAL
Pós-doutora em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP). Psicóloga. Professora Associada I do Curso de Medicina e do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Pesquisadora do Núcleo de Estudos sobre Violência e Relações de Gênero – NEVIRG – UNESP/CNPQ – Assis; Líder do grupo de pesquisa Qualidade de Vida e Saúde/QUAVIS/UFT/CNPq.

LUÍS FERNANDO DA ROCHA
Promotor de Justiça no Estado de São Paulo/Brasil; Mestre e Doutor em Psicologia (Faculdade de Ciências e Letras – FCL/UNESP/Assis – São Paulo – Brasil); Pós Doutor em Direito (USP – SP); Professor de Direito e de Psicologia Jurídica na Universidade Paulista – Campus de Assis – São Paulo – Brasil; Professor de Direito da Escola Superior do Ministério Público do Estado de São Paulo; Professor de Pós-Graduação em Direito e em Psicologia Jurídica; Pesquisador do Núcleo de Estudos Violência Relações de Gênero (FCL/UNESP/ Assis – São Paulo – Brasil).

KÉSIA DOS ANJOS ROCHA
Graduada em História, Mestra em Educação, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe – UFS – São Cristovão/SE.

MANOELLA CANAAN CARVALHO CLEOPHAS CUNHA
Psicóloga-UFPA; Mestre em Psicologia-UFPA.

MARIA BERENICE ALHO DA COSTA TOURINHO
Doutora em Psicologia Social e do Trabalho. Professora Associada do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Rondônia (UNIR).

MARIA DE FÁTIMA ARAÚJO
Psicóloga, Mestre em Psicologia Clínica (PUC-SP), Doutora, em Psicologia Social (IPUSP)) e Pós-Doutora em Saúde Coletiva (FMUSP), Docente aposentada da UNESP. Pesquisadora do NEVIRG.

MARIA LÚCIA CHAVES LIMA
Doutora em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade de São Paulo. Professora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará. Pesquisadora com experiência nas áreas de Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: diversidade sexual, relações de gênero, processos de medicalização da vida e e modos de subjetivação. Coordena o grupo inquietAÇÕES: arte, saúde e educação. É integrante do Núcleo de Práticas Discursivas e Produção de Sentidos da PUC-SP, membro da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO) e do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade.

MARILENE PROENÇA REBELLO DE SOUZA
Doutora em Psicologia Escolar e Educacional. Professora Titular do Departamento de Psicologia da Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade do Instituto de Psicologia, USP (IPUSP). Doutora em Psicologia Social e do Trabalho. Professora Associada do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Rondônia (UNIR).

MARITA PEREIRA PENARIOL
Psicóloga, Mestre e Doutoranda em Psicologia e Sociedade pela Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista – FCL/UNESP Assis, SP. Professora Colaboradora do Departamento de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO – Paraná).

MICHELLE RIBEIRO CORRÊA
Psicóloga (2004) e Bacharela em Direito (2014) pela Universidade da Amazônia, aprovada do XVII Exame de Ordem Unificado (2015), da Ordem dos Advogados do Brasil. Mestranda em Psicologia na Universidade Federal do Pará. Pós-graduada em Metodologia da Educação Superior pela Universidade Estadual do Pará (2003) e Psicopedagogia Institucional pela Universidade da Amazônia (2005). Participa do Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicologia Social e Política – Transversalizando em História, Filosofia e Educação. Mediadora Judicial. Servidora Pública Estadual da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, desempenhando atividades na assessoria técnica do "Programa Começar de Novo".

NILVA MENEZES CARVALHO
Graduada em psicologia pela Universidade Federal de Goiás/Regional Jataí. Participou do projeto de extensão “Violência dói e não é Direito: (Des)construindo Conceitos” nos anos de 2016 a 2018, prestando atendimentos psicossociais a mulheres em situação de violência e homens agressores no Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher.

OLGA CECILIATO MATTIOLI
Psicóloga, Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP, Doutora em Educação pela UNESP/Marília, Professora Voluntária do Departamento de Psicologia Clínica da FCL/Assis (UNESP), Coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Violência e Relações de Gênero (NEVIRG-FCL Assis UNESP), Líder do Grupo de Pesquisas do CNPQ “Violência e Relações de Gênero”.

PAULA TAMMY NAKAMURA MORIYA
Médica – (Universidade Regional de Blumenau (FURB) – (Blumenau – SC), Especialista em Pediatria – (Associação Médica Brasileira), Plantonista dos Hospitais Evangélico e Coração (Londrina – PR), plantonista do Hospital São Francisco (Cambé – PR), Pediatra da Clínica Dei Bambini – (Londrina – PR).

RENATO MIKIO MORIYA
Médico – Universidade Estadual de Londrina (UEL – PR), Especialista em Pediatria e Medicina do Adolescente – (Associação Médica Brasileira), Mestre em Medicina e Ciências da Saúde – (UEL – PR), Professor Assistente do Departamento de Pediatria e Cirurgia Pediátrica – (UEL – PR). Especialista em Medicina do Adolescente – (PUC – PR), Especialista em Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes – (USP – SP), Especialista em Saúde Mental – (UEL – PR), Especialista em Terapia de Casal e de Família – (ISBL – PR), Especialista em Neuropsicologia – (CDN – SP), Especialista em Neurociências – (UEL – PR). Coordenador da Comissão Permanente de Defesa da Criança e do Adolescente Vítima de Violência – (UEL- PR), Vice-coordenador do Comitê de gestão colegiada da rede de cuidado e de proteção social das crianças e dos adolescentes vítimas ou testemunhas de violência do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescentes (Londrina – PR), Membro da Comissão Regional de Enfrentamento às Violência contra Crianças e Adolescentes, Membro do Departamento de Segurança da Criança e do Adolescente da Sociedade Paranaense de Pediatria (Curitiba – PR), Pediatra na Clínica Dei Bambini – (Londrina – PR), Pesquisador do Núcleo de Estudos sobre Violência e Relações de Gênero – NEVIRG (Assis – SP).

TALITA BUTTARELLO MUCARI
Doutora em Ciências pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Bióloga. Professora Associada I do Curso de Medicina e do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Membro do grupo de pesquisa Qualidade de Vida e Saúde/QUAVIS/UFT/CNPq;

TATIANA MACHIAVELLI CARMO SOUZA
Adjunta III no curso de Psicologia da Universidade Federal de Goiás/Regional Catalão. Foi professora no Programa Pós-graduação em Psicologia e no Programa de Pós-graduação em Educação na mesma universidade. É Doutora e Mestre em Serviço Social (2012) pela Unesp/Franca; Especialista em Psicopedagogia (2007); e possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia (2003). Apresenta experiência profissional em Processos Psicossociais, atuando principalmente nos seguintes temas: gênero e violência contra mulheres, sociedade, políticas públicas e subjetividade.