Capa do livro: O JOGO DAS LETRAS: <br> práticas esportivas e futebol de mulheres nas páginas do Jornal dos Sports (1931-1941)

O JOGO DAS LETRAS:
práticas esportivas e futebol de mulheres nas páginas do Jornal dos Sports (1931-1941)

Autores: Kelen Katia Prates Silva

livro impresso
de R$ 53,90 por
livro digital
de R$ 53,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A participação das mulheres no campo esportivo, em especial no futebol, não é um fenômeno recente. No início do século XX, o futebol se popularizou no Brasil e as mulheres, inicialmente, ocuparam as arquibancadas atribuindo graça e beleza ao futebol de homens. Entretanto, nota-se a partir da década de 1910, na imprensa do Rio de Janeiro, o aparecimento do “futebol feminino”, demonstrando que nas primeiras décadas do século XX as mulheres já haviam entrado em campo. Envolvidas no universo futebolístico, no qual as características elitistas ainda marcavam essa prática, as primeiras partidas de futebol de mulheres aconteciam nos grandes clubes e eram marcadas pelo caráter beneficente. No final da década de 1920, percebe-se a realização de jogos de futebol de mulheres nos subúrbios. Resultando, nas décadas de 1930 e 1940, em uma série de discussões sobre a participação das mulheres no esporte, sobretudo no futebol, e na publicação do Decreto-lei 3.199, de 14 de abril de 1941. Esta obra aborda, a partir da perspectiva historiográfica, as representações das práticas esportivas e do futebol de mulheres no início do século XX, especificamente entre 1931-1941, tomando como fonte o diário esportivo Jornal dos Sports.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3535-9
DOI: 10.24824/978854443535.9
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 158
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

O JOGO DAS LETRAS: <br> práticas esportivas e futebol de mulheres nas páginas do Jornal dos Sports (1931-1941)

Autores

KELEN KATIA PRATES SILVA
Mestre em História pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD); Especialista em História e Cultura Afro-brasileira e Indígena pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER/EAD); Graduada em História pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).