Capa do livro: SONS DE OUTRORA EM REFLEXÕES ATUAIS: <br>história da educação e música

SONS DE OUTRORA EM REFLEXÕES ATUAIS:
história da educação e música

Autores: Inês de Almeida Rocha - Susana Cecília Igayara-Souza - Ednardo Monteiro Gonzaga do Monti (Orgs.)

livro impresso
de R$ 59,00 por
livro digital
de R$ 59,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O livro apresenta resultados de pesquisas científicas sobre História da Educação Musical, realizadas por docentes pesquisadores ligados à música e à história da educação. Autores do Brasil, Portugal e Espanha registram saberes consolidados com/nas/pelas práticas pedagógicas cotidianas e investigativas.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3770-4
DOI: 10.24824/978854443770.4
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 272
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

SONS DE OUTRORA EM REFLEXÕES ATUAIS: <br>história da educação e música

Autores

ADEMIR ADEODATO
Doutor em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Mestre em Educação Musical pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), possui Especialização em Musicoterapia – Universidade Federal do Espírito Santo (UFES, 2007), Especialização em Educação Comunitária – Universidade Federal do Espírito Santo (UFES, 2009), e Graduação em Licenciatura em Música – Universidade Federal do Espírito Santo (UFES, 2005). Desde o ano de 2013, atua como Professor Efetivo de Artes/Música e Coordenador do Núcleo de Arte e Cultura (NAC) do Instituto Federal do Espírito Santo (Campus Nova Venécia) e Coordenador do Núcl. Atuou como Coordenador de Projetos em Educação Musical pela Secretaria Municipal de Educação de Vitória (ES) (2006 -2013), como Professor do Curso de Licenciatura e Bacharelado em Música da Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES) (2011-2013) e como Professor Formador em Educação Musical em várias redes de ensino do Estado do Espírito Santo. Foi conselheiro Titular do Conselho Municipal de Cultura de Vitória (2008-2010); Representante Estadual do Espírito Santo (2012-2013) e Coordenador Regional Sudeste (2014-2015) da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM). Também atua, desde 2000, como músico profissional (saxofone e flauta transversal) em diversificados grupos do cenário da música popular capixaba. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Musical (Artes / Música), atuando principalmente no tema: Educação Musical na Educação Básica.

ANA LUÍSA PAZ
É, desde 2015, doutorada em Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (IE-UL), com a tese Ensino da Música em Portugal (1868-1930): Uma história de pedagogia e do imaginário musical (2014), orientada por Jorge Ramos do Ó (IE-UL) e Denice Bárbara Catani (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo). Obteve o Mestrado em Sociologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2005) e Licenciatura em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2000). Presentemente, exerce funções de Professora Auxiliar Convidada no Instituto de Educação da UL e investigadora na Unidade de Investigação & Desenvolvimento em Educação e Formação (UIDEF). Desde 2000, integrou diversas equipas de investigação em história da educação coordenadas por António Candeias (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2000-2004), António Nóvoa (IE-UL, 2005) e Jorge Ramos do Ó (IE-UL, 2009-2017).

EDNARDO MONTEIRO GONZAGA DO MONTI
Doutor em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – ProPEd/UERJ, com período de estágio no exterior financiado pela CAPES, realizado no programa de Pós-Graduação em História da Universidad Alcalá (Madri – Espanha), mestre em Educação pela Universidade Católica de Petrópolis, especialista em Educação Musical pelo Conservatório Brasileiro de Música, especialista em Gestão Escolar e Coordenação Pedagógica pela Universidade Gama Filho. Fez os cursos de Música (piano) e licenciatura em Educação Artística – Habilitação em Música no Conservatório Brasileiro de Música, e o de licenciatura em Pedagogia na Universidade Nove de Julho. Foi membro da equipe que elaborou o currículo de Artes/Música da rede de escolas da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro. Atuou como regente coral do sistema PETROBRAS (2008-2014), Coordenador Geral Acadêmico e professor dos cursos de graduação e pós-graduação do Conservatório Brasileiro de Música. Hoje trabalha como avaliador do Ministério da Educação – MEC/INEP nos processos de regulação para autorização e reconhecimento de cursos de graduação. É professor do Programa de Pós-Graduação em Educação e da graduação em Música da Universidade Federal do Piauí – UFPI. Apresentou trabalhos em eventos científicos internacionais no Brasil, Estados Unidos, Espanha, Portugal, México, Argentina e Colômbia.

GILBERTO VIEIRA GARCIA
Gilberto Vieira Garcia, Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, PPGE, 2018), sob orientação da Professora Dra. Libânia Nacif Xavier. Estágio doutoral na École des Hautes Études en Sciences Sociales, sob supervisão do professor Esteban Buch (EHESS, Centre de Recherche sur les Arts et le Language, 2017). Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Puc-Rio, 2014), sob a orientação da Professora Dra. Patrícia Coelho da Costa. Professor de Didática da Música e Estágio Supervisionado em Música (UFRJ, Faculdade de Educação, 2016-2017). Pesquisador do Programa de Estudos e Documentação Educação e Sociedade (PROEDES/UFRJ), coordenado por Sonia Maria de Castro Nogueira Lopes, e dos grupos de pesquisa Processos Educacionais e História da Profissão Docente (UFRJ), coordenado por Libânia Nacif Xavier. Membro do Grupo de Pesquisas Práticas de Ensino e Aprendizagem e Música (GEPEAMUS), sob coordenação de Inês de Almeida Rocha. Membro do grupo de pesquisa, arte e educação, História através da Música. Coordenador do projeto de sensibilização musical para bebês RimPimPlin. Músico Profissional.

INÊS DE ALMEIDA ROCHA
Professora Titular de Educação Musical do Colégio Pedro II, colaboradora permanente do Programa de Pós-Graduação em Música (PPGM-UNIRIO). Completou Pós-Doutorado com bolsa CAPES, na Universidad Valladolid, Doutora em Educação (UERJ) com Bolsa PDEE-CAPES na Universidad de Alcalá de Henares, Mestre em Música (CBM-CEU) com bolsa CNPq, é líder do Grupo de Pesquisa Práticas de Ensino, Aprendizagem e Música (GEPEAMUS), participando, também, do Grupo GECULT. Vem desenvolvendo pesquisas nas áreas de Artes e Educação, com ênfase em Música, Educação Musical, Musicologia, História da Educação Musical e História da Educação. Com textos publicados no Brasil, Portugal e Espanha. É editora da Interlúdio: Revista do Departamento de Educação Musical do Colégio Pedro II, juntamente com Ricardo Szpilman e João Marcelo Lanzillotti da Silva e Mônica Repsold e Editora Assistente da Revista Debates (PPGM/UNIRIO). As principais publicações são: Canções de Amigo: redes de sociabilidade na correspondência de Liddy Chiaffarelli Mignone para Mário de Andrade, publicado em 2012, fruto de sua tese de doutorado e Ecos e Memórias: histórias de ensinos, aprendizagens e músicas. Atualmente integra o naipe de sopranos do Coro de Câmera da Pro-Arte.

JANE BORGES
Docente e pesquisadora da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) atuando no Departamento de Artes e Comunicação (DAC). Ministra aulas no Curso de Licenciatura em Música, modalidade presencial e no Curso de Licenciatura em Educação Musical, modalidade a distância (UAB/UFSCar) Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo – FE-USP (2009), Mestrado em Artes pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA-USP (2003), Graduação em Música, com Habilitação em Piano pela Universidade do Rio de Janeiro – UNIRIO (1984) e Bacharelado em Música Sacra pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil – STBSB (1980). Concluiu recentemente o pós-doutorado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA-USP (2018). É Coordenadora do Laboratório Coral “Vivo Canto”, aprovado pelo Departamento de Artes e Comunicação da UFSCar em 2015. Foi membro da Comissão de Avaliação da área de música do ENADE junto ao INEP/MEC. Atua em concertos como pianista e regente coral. É associada da Associação Brasileira de Educadores Musicais (ABEM) e da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música (ANPPOM). Tem se dedicado a pesquisas sobre Canto Coral, Educação Musical, Formação de Professores, Práticas de Ensino e Aprendizagem em Música e História da Educação e Música.

MARÍA DEL ROSARIO CASTAÑÓN RODRÍGUEZ
Nació en Palencia (España) en 1963. Profesora de Música (especialidad Piano) por el Conservatorio Profesional de Música de Valladolid en 1981. Graduada en Filología Hispánica por la Universidad de Valladolid en 1986. Premio Extraordinario en 1988. Graduada en Musicología por la Universidad de Valladolid en 1992. Profesora Titular de Universidad en el Departamento de Didáctica de la Expresión Musical de la Facultad de Educación y Trabajo Social de la Universidad de Valladolid desde 1986 hasta la actualidad. Doctora “cum laude” por la Facultad de Filosofía y Letras en la Universidad de Valladolid en 2009 en la especialidad de Historia de la Educación. Tesis doctoral: “La educación musical en España durante el franquismo (1939-1975)”. Doctora Honoris Causa por el Consejo Iberoamericano en honor a la Calidad Educativa (Secretaría de Estado de Educación Superior de la Rep. Dominicana, Universidad Inca Garcilaso de la Vega (Perú), Universidad Católica Boliviana, Universidad Nacional de San Martín (Argentina), Universidad nacional Federico Villarreal (Perú), Universidad Nacional de Educación Enrique Guzman y Valle, Universidad Nacional de Asunción (Paraguay) y Universidad de Tarapacá (Chile). Miembro del Centro Tordesillas de Relaciones con Iberoamérica de la Universidad de Valladolid. Autora de la metodología Leemúsica/Readmusic para introducir el lenguaje musical en edades tempranas a nivel escolar (educación infantil de 3 a 5 años) asociada al proceso lectoescritor y con introducción de las TIC Pianista y clavecinista, colabora con varios grupos de música antigua (Dulsica) y moderna (Coro góspel de Simancas Good News).

NIEVES HERNÁNDEZ-ROMERO
Doctora por la Universidad de Alcalá; premio extraordinario de doctorado. Profesora superior de Piano; Profesora superior de Música de Cámara; Profesora de Solfeo, Teoría de la Música, Transposición y Acompañamiento; Licenciada en Filología. Profesora del Área de Música de la Universidad de Alcalá desde 2002, también ha impartido clases en escuelas de música, colegios e institutos. Como pianista, ha ejercido como miembro de grupos de cámara y como pianista acompañante. Las principales líneas de investigación a las que se dedica actualmente son: música y género, género y educación, música española en los siglos XIX y XX, música y educación, música e industria cultural e innovación docente y nuevas metodologías, formando parte de varios grupos de investigación relacionados con dichos temas. Miembro de la Cátedra de investigación sobre género Isabel Muñoz Caravaca (Universidad de Alcalá-Instituto de la Mujer de Castilla-La Mancha). Ha obtenido el XXII Premio de Investigación María Isidra de Guzmán 2018, concedido por el Ayuntamiento de Alcalá de Henares.

SUSANA CECÍLIA IGAYARA-SOUZA
Docente e pesquisadora do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da USP e Mestre em Musicologia pela ECA-USP. Possui bacharelado em Composição (ECA-USP) e Piano (Mozarteum de São Paulo). É também bacharel em Comunicação Social (Jornalismo) pela ECA-USP. É orientadora plena do Programa de Pós-Graduação em Música, nas áreas de Musicologia e Questões Interpretativas, sendo responsável pelas disciplinas: Biografia e autobiografia na pesquisa em Música e A música como discurso e os discursos sobre música. Na graduação, ministra as disciplinas de Repertório Coral e Práticas Multidisciplinares em Canto Coral. É coordenadora adjunta do Comunicantus: Laboratório Coral, onde atua como supervisora dos coros comunitários (Coral Escola Comunicantus e Coral da Terceira Idade da USP) e coordenadora de Comunicação. Atualmente, coordena o projeto de extensão Fórum de editoração de partituras corais. É líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Multidisciplinares nas Artes do Canto (GEPEMAC) e membro da Comissão de Pesquisa da ECA-USP. Atuou como conferencista na Universidade de Cambridge e Universidade de New Castle, Reino Unido; Universidade de Indiana em Bloomington, EUA; Conservatório Musical de Lisboa, Portugal; Academía de Verano de Dirección Coral y Pedagogía Musical em Las Palmas de Gran Canária, Espanha e Universidade Nacional de Cuyo, Argentina.

VANESSA WEBER DE CASTRO
Doutoranda em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Mestre em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Especialista em Ensino da Arte pela Universidade Veiga de Almeida (UVA), Licenciada em Educação Artística com habilitação em Música pela UNIRIO e técnica em Violão pela Escola de Música Villa-Lobos (EMVL), Vanessa Weber de Castro é professora de Educação Musical do Colégio Pedro II – Campus Tijuca II. Atuou por nove anos como professora docente de Artes do Governo do Estado do Rio de Janeiro, lotada no Colégio Estadual Álvaro Negromonte. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em música, atuando principalmente nos seguintes temas: música, história da educação musical, ensino da arte e prática docente.

WILSON LEMOS JUNIOR
Doutor em Educação pela PUC-PR. Mestre em Educação pela UFPR. Desenvolve pesquisas na linha de História e Políticas da Educação, em especial sobre a história do ensino de música e sobre a história da educação profissional no Brasil. Desde 2014, é líder do grupo de pesquisa certificado pelo IFPR: História e Políticas da Educação Profissional. Possui Licenciatura em Educação Artística com Habilitação em Música pela FAP – Faculdade de Artes do Paraná. É professor efetivo do Instituto Federal do Paraná – Campus Curitiba. É professor permanente do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional (PROFEPT) pelo IFPR – Campus Curitiba. Autor do livro História da Formação de Professores de Música: o contexto paranaense. É músico (contrabaixo acústico) e compositor.