Capa do livro: A QUEIXA ESCOLAR NA PERSPECTIVA HISTÓRICO-CULTURAL: <br>da educação infantil ao ensino superior

A QUEIXA ESCOLAR NA PERSPECTIVA HISTÓRICO-CULTURAL:
da educação infantil ao ensino superior

Autores: Nilza Sanches Tessaro Leonardo - Silvia Maria Cintra da Silva - Záira Fátima de Rezende Gonzalez Leal - Fauston Negreiros (Orgs.)

livro impresso
de R$ 52,88 por
livro digital
de R$ 52,88 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A coletânea intitulada A queixa escolar na perspectiva histórico-cultural: da educação infantil ao ensino superior traz resultados de estudos e pesquisas relacionadas ao processo de escolarização e à queixa escolar em todos os níveis de ensino, isto é, da educação infantil ao ensino superior, numa interface entre Psicologia e educação, a partir dos preceitos teóricos da Psicologia Histórico-Cultural. Destaca-se que esta perspectiva teórica compreende o desenvolvimento humano como resultante de condições histórico-sociais e empreende uma leitura crítica acerca dos problemas que perpassam o processo de escolarização, buscando contribuir para a elaboração de reflexões e compreensões que possibilitam fazer a contraposição às concepções individualistas, que partem de um viés biologicista e patologizante do desenvolvimento humano, e que culminam na culpabilização de alunos. Com esta obra, vemos aberta a possibilidade de vislumbrarmos uma forma de compreensão e análise das queixas escolares para além do aluno, de forma a não o responsabilizar por todos os obstáculos no processo de escolarização. Dessa forma, o desenvolvimento de pesquisas e publicações sobre esta temática se justifica pela necessidade de refletir sobre a educação que vem se materializando, a qual nem sempre tem se firmado em prol da apropriação do conhecimento e de mediações que oportunizem o pleno desenvolvimento humano.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-5578-145-8
ISBN DIGITAL:978-65-5578-143-4
DOI: 10.24824/978655578145.8
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 214
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

A QUEIXA ESCOLAR NA PERSPECTIVA HISTÓRICO-CULTURAL: <br>da educação infantil ao ensino superior

Autores

SOBRE OS ORGANIZADORES
NILZA SANCHES TESSARO LEONARDO
Graduada em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá.  Mestre e doutora em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas; com estágio pós-doutoral no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia-MG. Atualmente é professora do departamento de Psicologia da UEM e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UEM. Professora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas.

SILVIA MARIA CINTRA DA SILVA
Psicóloga (PUC Campinas), mestre e doutora em Educação (Unicamp), Pós-doutorado (USP). Professora Titular da Universidade Federal de Uberlândia, ministra aulas na graduação e no mestrado do Instituto de Psicologia. Primeira Secretária da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) (gestão 2018-2020). Editora da Revista Psicologia Escolar e Educacional. Membro do GT de Psicologia e Políticas Educacionais da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia – ANPEPP.

ZÁIRA FÁTIMA DE REZENDE GONZALEZ LEAL
Graduada em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá, mestre em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo, com pós-doutorado em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia-MG. Docente do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Estadual de Maringá, Editora Assistente da Revista Psicologia em Estudo.

FAUSTON NEGREIROS
Psicólogo, Mestre e Doutor em Educação pela UFC. Pós-Doutorado em Psicologia Escolar e Desenvolvimento Humano pela USP. Professor Associado da Universidade Federal do Piauí/UFPI dos Programas de Pós-Graduação de Psicologia e Ciência Política. Coordenador do Núcleo de Pesquisas e Estudos em Psicologia Educacional, Desenvolvimento Humano e Queixa Escolar/ PSIQUED. Membro do Fórum sobre a Medicalização da Educação e da Sociedade. Membro do GT Psicologia e Política Educacional da ANPEPP. 

SOBRE OS AUTORES
AIMÉE CRUZ SILVA
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Rondônia. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Escolar, e em Psicologia Clínica de Terapia Cognitivo-Comportamental.

ANA PAULA DA PAZ TAVARES
Graduada em Pedagogia, especialista em Educação Especial, mestra em Psicologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPI) da Universidade Estadual de Maringá (UEM), e Doutoranda no PPI/UEM. É Professora da Educação Especial na educação básica na rede pública e em Cursos de Pós-Graduação na área da Educação.

BÁRBARA MARIA COSTA SILVA
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia em 2016, com formação nas ênfases de Psicologia Escolar e Educacional e Psicologia Clínica. Mestre em Processos Psicossociais em Saúde e Educação, pelo Instituto de Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia, em 2019. Aluna Especial do Programa de Pós-Graduação (Doutorado) da Universidade Estadual de Maringá – UEM.

BEATRIZ LIMA COSTA
Doutoranda em Psicologia na linha de pesquisa “Desenvolvimento humano” do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre em Psicologia, na linha de pesquisa “Psicologia escolar e processos educativos” pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Rondônia. Psicóloga pela Universidade Federal de Roraima.

CAMILA MOURA FÉ MAIA
Possui graduação em Psicologia pela Universidade de Brasília (2010) e mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde pela Universidade de Brasília (2017). Atualmente é analista de gestão educacional – psicóloga – na Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Ensino e da Aprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas: brincadeira, desenvolvimento, práticas emergentes, políticas públicas e psicologia escolar.

CAMILA TRINDADE
Psicóloga, graduada pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Mestre, pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGP – UFSC). Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Psicologia, pela Universidade Estadual de Maringá (PPI-UEM). Participou do Projeto de Vivências e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde do Brasil – VER-SUS/Brasil, no ano de 2013, e da Escuela de Verano de la Facultad de Psicología, na Universidad de la República Uruguay – UDELAR, no ano de 2014. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Escolar e Educacional, Psicologia Social e Psicologia Social do Trabalho.

CAROLINA MARTINS MORAES
Psicóloga, Mestra em Psicologia, Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional e Docência do Ensino Superior. Membra da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE), do Núcleo de Pesquisa e Estudos em Desenvolvimento Humano, Psicologia Educacional e Queixa Escolar (PSIQUED). Tem experiência com Formação de Equipes Multiprofissionais no que se refere à Saúde Mental e Psicologia da Educação; e também, em Psicologia Escolar junto à Secretaria de Educação do Estado do Piauí – SEDUC/PI. Interesse pelos temas Desenvolvimento Humano, Processos Psicológicos, Educação, Psicologia Escolar e Educacional, Políticas Educacionais.

DEYSE CRISTINA VALENÇA GUEDES
Mestranda em Psicologia e graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN.

ERICKALINE BEZERRA DE LIMA
Doutoranda em Psicologia, Mestre em Artes Cênicas, graduada em Psicologia e em Teatro pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN.

FLÁVIA CAROLINE SANTOS CARDOSO PEREIRA
Doutoranda em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá-UEM. Mestrado em Psicologia e Sociedade pela Universidade Estadual Paulista – UNESP. Pós-Graduada em Psicologia Jurídica – Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. Graduada em Psicologia pela Faculdade Ingá (2012). Tem experiência nas áreas de Psicologia Social, Psicologia Jurídica e Políticas Públicas, com ênfase em Sistema Único de Assistência Social, Sistema Socioeducativo-SUAS/SINASE. Atua principalmente com temas: Adolescência, desenvolvimento humano, direitos da criança e do adolescente, práticas na educação, políticas públicas da infância e adolescência, medidas socioeducativas e adolescente em conflito com a lei.

GABRIEL DE NASCIMENTO E SILVA
Mestrando em Psicologia e graduado em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN.

IRACEMA NENO CECILIO TADA
Doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Mestre em Psicologia pela Universidade de Brasília. Graduada em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Professora-associada do curso de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Rondônia. Líder do Grupo de Pesquisa “Centro de Pesquisa em Formação da Pessoa”. Membro da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, e do GT “Psicologia e Políticas Educacionais” da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia.

JOSÉ TADEU ACUNA
Psicólogo pela UNESP/Bauru. Mestre e doutorando pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem, da Faculdade de Ciências – UNESP/Bauru. Bolsista Doutorado Fapesp. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Deficiência e Inclusão (GEPDI/CNPq).

LETÍCIA CAVALIERI BEISER DE MELO
Graduada em Psicologia (Licenciatura, Bacharelado e Formação de Psicólogo) pela Universidade Estadual de Maringá (2003), pós-graduada em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Centro Universitário de Maringá (2007), Mestre em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá (2017), com experiência em Psicologia, com ênfase em Psicologia Escolar, tendo atuado como coordenadora do Programa Bom Aluno de Maringá por 8 anos. Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação da Universidade Estadual de Maringá – UEM, da linha de pesquisa Desenvolvimento Humano e Processos Educativos. Atua como docente no curso de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná e como psicóloga escolar no Colégio Mater Dei.

LÚCIA PEREIRA LEITE
Livre-docente em Psicologia da Educação. Pós-doutorado junto ao Programa de Pós-graduação em Educação Especial (PPGEEs – UFSCar). Doutorado em Educação pela UNESP/Marília. Professora Associada do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem, da Faculdade de Ciências – UNESP/Bauru. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Deficiência e Inclusão (GEPDI/CNPq). Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPq.

MARIA DA APRESENTAÇÃO BARRETO
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, mestrado em Educação e Saúde pela Universidade de Fortaleza; doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e pós-doutorado pela Universidade Estadual de Maringá. Professora do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Psicologia Escolar e Educacional e desenvolve pesquisa no Núcleo de Estudos em Psicologia Histórico-Cultural, principalmente relacionadas aos temas: formação em psicologia, psicologia no ensino superior e psicologia escolar.

NATASHA GARCIA DE OLIVEIRA
Graduanda em Psicologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, bolsista integral pelo programa Prouni. Iniciação Científica na área de Psicologia Escolar, voltada à percepção de alunos sobre o processo educacional (2019). Participação no projeto de extensão Fique Vivo do LEVV (Laboratório de Estudos da Violência e Vulnerabilidade Social), do projeto de intervenção escolar da UPM, do projeto de triagens no Serviço Escola de Psicologia da UPM, bem como do grupo de estudo e de atuação Psicanalítica na relação mão-bebê/criança (2020).

REGINA LÚCIA SUCUPIRA PEDROZA
Graduada em Psicologia pela Universidade de Brasília (1988), graduação em Licenciatura em Psicologia pela Universidade de Brasília (1989), Mestrado em Psicologia pela Universidade de Brasília (1993), Doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília (2003) e Pós-Doutorado em Sciences de lEducation pela Universidade Paris V, René Descartes (outubro 2009 a março de 2010). Atualmente é Profa. Associada da Universidade de Brasília no Instituto de Psicologia. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Desenvolvimento e Psicologia Escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, formação de professor, formação de educadores para educação em direitos humanos, formação da personalidade, o brincar no desenvolvimento humano, psicanálise e psicologia do Esporte. Orientadora de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde. Orientadora de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania. Conselheira do CFP, gestão 2017-2019. Coordena na UnB o PROCAD/Amazônia CAPES/FAPEAM, UFAM, UnB, UNIR. É pesquisadora no CAPES PRINT/UnB, nos planos de trabalho do Ágora Psyché (PGPDS) e do PSICC.

ROSELI DE MELO GERMANO MARQUES DOS SANTOS
Graduada em Administração de Empresas pela Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Apucarana (1992) e em Psicologia pela Universidade Paranaense (2002). É especialista em Educação Especial e em Teoria Histórico-Cultural pela Universidade Estadual de Maringá (2005 e 2008). Mestre em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá (2012). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. Tem experiência clínica (atuação em consultório desde maio de 2003) e no magistério superior.

ROSELI FERNANDES LINS CALDAS
Graduada em Psicologia (1979), especialista em Psicologia Escolar (2002), Mestre em Educação, Arte e História da Cultura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2000) e Doutora em Psicologia Escolar pelo Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano da Universidade de São Paulo (2010). Professora do curso de Psicologia e coordenadora do Programa Universidade Aberta do Tempo Útil (3ª idade) – Pró-reitoria de Extensão da UPM. Experiência voltada para as áreas de Psicologia Escolar, Educação e Formação de Professores. Pertence a grupos de pesquisa vinculados ao CNPq, desenvolvendo estudos e pesquisas nas seguintes áreas: processos de escolarização, medicalização da educação, políticas públicas em educação, formação de professores e atuação do psicólogo na educação. Participa do LIEPPE (Laboratório Interinstitucional de Estudos e Pesquisas em Psicologia Escolar- IP USP). É presidente eleita da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional – ABRAPEE – gestão 2021-2023.

SOLANGE PEREIRA MARQUES ROSSATO
Graduada em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá (2001). Especialização em Educação Políticas Sociais e Atendimento a Família e Mestrado em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá (2010). Doutora pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Estadual Paulista- UNESP/ Assis (2016). Pós--doutorado em Psicologia na Universidade Estadual de Maringá (2017). Atualmente é professora do Departamento de Psicologia da Universidade Estadual de Maringá- PR. Tem experiência na área de Psicologia Clínica, Social, com ênfase em Psicologia Escolar e Educacional; atuação com: educação, educação especial, infância, adolescência e formação de professores. Experiência como docente da Educação Básica e Superior. Pesquisas em Psicologia Histórico-Cultural, sobre queixa escolar na Educação Especial, atividade docente e políticas públicas referentes a esta modalidade de ensino. Projeto de pesquisa sobre a Queixa Escolar no que se refere às dificuldades de aprendizagem, problemas de aprendizagem e alternativas de trabalho do professor.

SONIA MARI SHIMA BARROCO
Graduada em Psicologia (UEM), pós-doutora pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (Instituto de Psicologia – USP), doutora em Educação Escolar (Unesp/Araraquara). É mestre e especialista em Educação (UEM). É professora associada do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicologia da UEM, no qual atuou/atua como coordenadora (2011-2014) e coordenadora adjunta (2008-2011, 2016-2018). Foi professora da rede estadual de educação do Paraná, psicóloga das Secretarias de Educação e da Saúde do Município de Maringá. Tem experiência nas áreas de psicologia e educação, com ênfase em psicologia escolar. Pesquisa no âmbito da psicologia histórico-cultural, aprendizagem e desenvolvimento humano, educação, educação especial e arte. Coordenou cursos de especialização Educação Especial em Contexto de Inclusão e Teoria Histórico-Cultural – turmas IV, V e IX. Coordena o Programa Multidisciplinar de Pesquisa e Apoio à Pessoa com Deficiência e Necessidades Educativas Especiais (Propae). Foi consultora/assessora de propostas no âmbito da educação pelo Estado do Paraná e por municípios. É autora do livro Psicologia Educacional e Arte: uma leitura histórico-cultural da figura humana? (2007), coorganizadora dos livros Intervenções Pedagógicas na Educação escolar indígena: contribuições da Teoria Histórico-Cultural (2008); Escola de Vigotski; contribuições para a psicologia e a educação (2009); e Educação Especial e Teoria Histórico-Cultural: em defesa da humanização do homem (2012). Tem capítulos de livros publicados sob a perspectiva histórico-cultural