Capa do livro: VIDAS AMAZÔNICAS: <br>indígenas e quilombolas <br>Coleção Cadernos Pedagógicos - Volume 1

VIDAS AMAZÔNICAS:
indígenas e quilombolas
Coleção Cadernos Pedagógicos - Volume 1

Autores: Joana d’Arc de Vasconcelos Neves - Maria Mirtes Cortinhas dos Santos - Raquel Amorim dos Santos - Tabita Fernandes da Silva - Terezinha da Conceição Costa-Hübes

livro digital
de R$ 0,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A produção do Caderno Pedagógico I – Vidas na Amazônia – filia-se ao Projeto de Pesquisa intitulada Nas teias da Amazônia: sujeitos, identidades, territorialidades, linguagens e diversidades, vinculado, por sua vez, ao Programa Nacional de Cooperação Acadêmica na Amazônia (Edital N° 21/2018/CAPES/PROCAD/Amazônia) responsável pela implantação de redes de cooperação acadêmica com Programas da Amazônia.
Essa rede, em particular, é constituída por três Universidades: Universidade Federal do Pará (UFPA) – campus de Bragança, por intermédio do Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia (PPLSA); Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), representada pelo Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Ambiente e Qualidade de Vida (PPGSAQ) e Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), por meio do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL).
Com a veiculação do Caderno Pedagógico I pretendemos estabelecer um diálogo com crianças do Ensino Fundamental I – mais especificamente, do 5º ano – para apresentar-lhes um breve panorama da região amazônica. Neste Caderno, em particular, além de apresentar parte da fauna e da flora amazônica, trazemos importantes informações sobre índios e quilombolas que vivem na região.
O objetivo é encurtar distâncias e aproximar mais a educação brasileira desta importante região do país, tornando-a mais conhecida por todos.
Esperamos ter alcançado, assim, nosso propósito.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-5578-626-2
ISBN DIGITAL:978-65-5578-624-8
DOI: 10.24824/978655578626.2
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 88
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

VIDAS AMAZÔNICAS: <br>indígenas e quilombolas <br>Coleção Cadernos Pedagógicos - Volume 1

Autores

JOANA D’ARC VASCONCELOS NEVES
Dr.ª em Educação (UFPA). Pós-doutorado (UFOPA). Prof.ª da UFPA/Campus de Bragança, atua na Faculdade de Educação e no Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Saberes da Amazônia. Coordena o Grupo de Estudo em Educação de Jovens e Adultos e diversidade Amazônica – GUEAJA. Integra o Projeto de Pesquisa Nas teias da Amazônia: sujeitos, identidades, territorialidade, linguagens e diversidade.
 
MARIA MIRTES CORTINHAS DOS SANTOS
Dr.ª em Educação UNICAMP/SP. Pós-doutorado em Linguagem Ambiental na UNIOESTE (Cascavel-PR). Prof.ª de Geografia do Instituto de Ciências da Educação (ICED), atua no Programa de Pós-Graduação Sociedade, Ambiente e Qualidade de Vida (PPGSAQ) na UFOPA e integra o Programa de Pesquisa Nas teias da Amazônia: sujeitos, identidades, territorialidade, linguagens e diversidade.

RAQUEL AMORIM DOS SANTOS
Dr.ª em Educação (UFPA). Professora da UFPA/Campus de Bragança, atua na Faculdade de Educação e no Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Saberes da Amazônia. Pesquisadora do Núcleo de estudos e Pesquisa sobre Formação de professores e Relações Ético-Raciais (GERA-UFPA). Integra o Projeto de Pesquisa Nas teias da Amazônia: sujeitos, identidades, territorialidade, linguagens e diversidade.

TABITA FERNANDES DA SILVA
Dr.ª em Linguística (UnB). Pós-doutorado pela Unioeste. É docente da faculdade de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia (PPLSA) na UFPA/Campus de Bragança. Coordena o projeto Línguas Indígenas e o português na Amazônia Oriental: contato linguístico, educação e tradução.

TEREZINHA DA CONCEIÇÃO COSTA-HÜBES
Dr.ª em Estudos da Linguagem pela UEL e Pós-doutora em Linguística Aplicada pela UFSC. É professora da Unioeste, atua no Programa de Pós-Graduação em Letras e no Programa de Mestrado em Letras (PROFLETRAS). Integra o Projeto de Pesquisa Nas teias da Amazônia: sujeitos, identidades, territorialidade, linguagens e diversidade.