Capa do livro: ENSINO DE HISTÓRIA:<br> linguagens, memória e saberes históricos <br> Coleção Ensino de História em foco - Volume 1

ENSINO DE HISTÓRIA:
linguagens, memória e saberes históricos
Coleção Ensino de História em foco - Volume 1

Autores: Antonio Evaldo Almeida Barros - Júlia Constança Pereira Camêlo - Washington Tourinho Júnior (Orgs.)

livro impresso
de R$ 59,90 por
livro digital
de R$ 59,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O Ensino de História cumpre papel central na construção de um espaço cognitivo e afetivo, social e político, onde o aluno, pensado enquanto sujeito ativo do processo de ensino-aprendizagem, dialoga com as diversas identidades situadas em contextos de desigualdade, observando essas identidades e desigualdades nas suas correlações e significações. Este é o objetivo que o livro “Ensino de História: Linguagens, Memória e Saberes Históricos” pretende alcançar com os temas e assuntos abordados em seus capítulos. Espera-se possibilitar ao leitor uma intensa e vantajosa viagem pelo complexo e sofisticado mundo do Ensino de História e suas implicações para  a sociedade e o contexto atual no Brasil.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-5578-230-1
ISBN DIGITAL:978-65-5578-243-1
DOI: 10.24824/978655578230.1
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 256
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

ENSINO DE HISTÓRIA:<br> linguagens, memória e saberes históricos <br> Coleção Ensino de História em foco - Volume 1

Autores

ALDINA DA SILVA MELO
Licenciada em Ciências Humanas - Sociologia (Universidade Federal do Maranhão - UFMA, 2014), Especialista em Docência no Ensino Superior (Instituto de Ensino Superior Franciscano - IESF - MA, 2015), Mestre em História (Universidade Estadual do Maranhão - UEMA, 2017), Doutoranda em Políticas Públicas (Universidade Federal do Maranhão - UFMA). Desenvolve pesquisas no campo dos Estudos Africanos, com foco para políticas culturais, processos de patrimonialização, memória e processos identitários, relações de gênero e Ensino de História na África do Sul. Desenvolve também pesquisas sobre Ensino de História Africana e Afro-Brasileira. É colaboradora da Ação Escola da Terra no Maranhão (UFMA). Integra o Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão sobre África e o Sul Global (NEÁFRICA). É membro da Associação Nacional de História (ANPUH - Seção Maranhão) e da Associação Brasileira de Estudos Africanos (ABEÁfrica).

ANTONIA DA SILVA MOTA

Possui Licenciatura em História pela Universidade Federal do Maranhão (1990), mestrado (2001) e doutorado (2007) em História pela Universidade Federal de Pernambuco, pós doutorado NEPO/UNICAMP (2015). Atualmente é professora associada do curso de História da Universidade Federal do Maranhão e do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual do Maranhão. Possui experiência na área de História do Maranhão, História das populações e da Família, com a utilização da Demografia Histórica. Com projeto de pesquisa intitulado Cultura Material, Patrimônio histórico e Ensino. Membro do NEÁFRICA - Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão sobre a África e o Sul Global (CNPQ) e do grupo de pesquisa História & Demografia (CNPQ)

ANTONIO EVALDO ALMEIDA BARROS
Licenciado em História (Universidade Federal do Maranhão - UFMA, 2005), Licenciado em Filosofia (Instituto de Estudos Superiores do Maranhão - IESMA, 2009), Mestre e Doutor em Estudos Étnicos e Africanos (Universidade Federal da Bahia - UFBA, 2007 e 2012), tendo realizado estágio de pós-doutorado no Instituto de Estudos Africanos da Universidade de Leipzig, Alemanha (2018-2019). Desenvolve ações de ensino, pesquisa e extensão sobretudo no campo dos estudos africanos e afro-brasileiros e com foco nos sujeitos e grupos sociais em espaços culturais e educacionais, como também a partir dos problemas colocados pela área de Ensino de História, de Educação do Campo e de Educação Quilombola. Suas intervenções acadêmicas enfocam, prioritariamente, algumas vezes em perspectiva cruzada e comparada, o Maranhão, no Brasil, e a África do Sul, mas também Moçambique, na África Austral. Em parceria com os governos federal e estadual, prefeituras municipais e organizações e movimentos da sociedade civil, tem coordenado diversos programas que visam à formação de professores, a exemplo da Escola da Terra (MEC), por meio da qual se oferta, no estado do Maranhão, o curso de aperfeiçoamento em Educação do Campo e Quilombola (180 horas) - http://www.escoladaterra.ufma.br/portal/, e diversos cursos congêneres com ênfase na história e cultura africana, afro-brasileira e indígena, destinados a professores e estudantes da Educação Básica, e ofertados a partir do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão sobre África e o Sul Global (NEÁFRICA), grupo de pesquisa do qual é membro-fundador e que está sediado interinstitucionalmente na UFMA, na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e na Universidade do Estado do Piauí (UESPI). Integra ainda o Grupo de Pesquisa Religião e Cultura Popular (GPMINA), e ainda a equipe de coordenação da Fábrica de Ideias, curso avançado de relações inter-raciais ofertado periodicamente, sediada no Centro de Estudos Afro-Orientais, Universidade Federal da Bahia (UFBA) - https://fabricadeideias.ufba.br/.

BEATRIZ DE JESUS SOUSA
Mestra em Cultura e Sociedade (2012), pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA, possui graduação em Educação Artística (2003) e pós-graduação em História do Maranhão (2006) também pela UFMA. É professora de Arte do Colégio Universitário da UFMA. Integrou o grupo de Estudos e Pesquisas sobre Gênero, Memória e Identidade - Geni (UFMA), o grupo de pesquisas em Pedagogias do Teatro e Ação Cultural (UFMA) e a Rede de Pesquisa da Baixada Maranhense (REBAX). Tem experiência na área de Arte e Gênero, com ênfase em Arte/Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino da arte, cultura, artes visuais, artesanato e gênero.

DIÊGO FERNANDO SILVA RABÊLO
Licenciatura em História - UFMA (2016).Fez Mobilidade no âmbito Nacional para a Universidade Federal de Pernambuco . Participou do Projeto de extensão( PET-CONEXÃO) desenvolvendo atividades em bairros populares. Foi bolsista de Iniciação a Docência - PIBID na escola Liceu Maranhense. Participou do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC).Fez estágio na Procuradoria Geral de Justiça do Maranhão desenvolvendo transcrição, digitação e revisão de ofícios de promotores públicos dos anos 1876- 1893. Participou do grupo de pesquisa NEDHEL -UFMA ( Núcleo de Estudos e Documentação em História e das Práticas Leitoras no Maranhão). Fez parte do grupo de pesquisa do observatório do Mercado de Trabalho - UFMA . Trabalhou na Escola Municipal Maria Rocha - São Luís. Trabalhou como contratado na escola UEB Paranã - Parço do Lumiar (04/04/2018 a 15/01/2019) Tem interesse nas áreas Metodologia do ensino e pesquisa histórica , História da Educação Brasileira, História das populações indígenas nos livros didáticos e manuais escolares e História Indígena e do Indigenismo. Fez mestrado em História na Universidade Estadual do Maranhão-UEMA. Especialista em metodologia do Ensino superior - UFMA. Especialista em Gestão Educacional e escolar - UEMA.

JÚLIA CONSTANÇA PEREIRA CAMÊLO
Possui graduação em História pela Universidade Federal do Maranhão (1997), mestrado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (2010). Atualmente é professora Adjunto IV da Universidade Estadual do Maranhão, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura popular, Literatura de cordel, bumba meu boi, sociedade, história do Maranhão, ensino, educação patrimonial e estágio supervisionado no ensino fundamental e médio.

LUIZ ALBERTO FERREIRA
Possui graduação em HISTÓRIA pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (1989) e mestrado em História pela Universidade Federal de Pernambuco (2002). Atualmente é professor EBTT da Universidade Federal do Maranhão. Tem experiência na área de História, atuando principalmente no Ensino Básico. Fez mestrado em História política, discutindo a organização dos clubes republicanos no Maranhão no final do Império e a importância deste para a propaganda republicana na província maranhense.

MARIA JOSÉ DOS SANTOS
Professora Adjunta da Universidade Federal do Maranhão do Maranhão - Colegiado de Ciências Humanas/ Sociologia - Campus III - Bacabal/MA. Possui graduação em Licenciatura em Pedagogia Hab. Educação de Adultos pela Universidade do Estado da Bahia (1991). Mestrado acadêmico em Educação pela Universidade Federal do Maranhão (2009); Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN (2016). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Fundamentos da Educação; Tecnologias da Informação e Comunicação, mídia, tecnologias digitais, escola, cotidiano escolar e trabalho docente; violência (s) escolar e (IN) disciplina. Membro de projeto de pesquisa com enfase em análise de periódicos maranhenses. Coordena projeto de pesquisa na área de tecnologias digitais e ensino de História na Educação Básica; membro do Grupo de Pesquisa Escrita e Produção e de Saberes (GEEPS).

MARIZE HELENA DE CAMPOS
Possui graduação em História pela Universidade de Mogi das Cruzes - UMC (1989), mestrado em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - FFLCH / Universidade de São Paulo - USP(2001) com bolsa CAPES e doutorado em História Econômica pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - FFLCH / Universidade de São Paulo - USP, com bolsa CNPq. Aprovada na seleção para Doutorado Sandwich - SWE - CNPq, permaneceu entre os meses de novembro de 2007 a fevereiro de 2008 no Instituto de Ciências Sociais - ICS da Universidade de Lisboa - UL. Fez estágio Pós Doutoral no ICS - UL, no período de maio de 2013 a agosto de 2014, com supervisão do Prof. Dr. Nuno Gonçalo Monteiro e financiamento de Bolsa pela CAPES (BEX). Permaneceu como investigadora visitante no Centro de Humanidades (CHAM) / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, no período de 13 de março a 13 de junho de 2017. É Professora Associada do Departamento de História da Universidade Federal do Maranhão - UFMA e Professora do Programa de Mestrado Profissional em Ensino de História (ProfHistória UFMA) - Área de concentração: Ensino de História - Linha de pesquisa: Saberes Históricos em Diferentes Espaços de Memória. Tem experiência na área de História, especialmente em Metodologia do Ensino da História, História da América Portuguesa e História de Portugal setecentista. Coordenadora Voluntária do PIBID História - UFMA 2018 - 2019, subprojeto intitulado QUE HISTÓRIA É ESSA Métodos e técnicas para um ensino de História crítico, reflexivo e participativo. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Ensino de História, Memória e Mulheres, grupo integrante do Núcleo de Pesquisa Mulheres, Gênero e Sociedade: Memória, Escrita e Ensino de História.

MONICA RIBEIRO DE ALMEIDA
Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Maranhão-UFMA. Docente do Curso de Ciências Humanas da Universidade Federal do Maranhão- Campus Grajaú. Coordenadora do grupo de pesquisa Estado, relações interétnicas e dinâmicas culturais. É integrante do grupo de pesquisa "Estado Multicultural e Políticas Públicas" sediado na mesma universidade. Realizou estágio doutorado sanduíche (Financiamento CAPES) no College of William & Mary, VA (EUA,2015).

RAIMUNDO INÁCIO SOUZA ARAÚJO
Doutor em História pelo Programa de Pós-graduação em História da UFPE, possui graduação em História (2003) e Mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Maranhão (PPGCSoc). Atualmente é professor de Educação Básica, Técnica e Tecnológica no Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Maranhão (COLUN-UFMA). Tem experiência nas áreas de História e Antropologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Inclusiva, História do Maranhão e Religiosidades. É membro dos grupos de pesquisa Religião e Cultura Popular (GP MINA) e História, Religião e Cultura Material (REHCULT).
REINILDA DE OLIVEIRA SANTOS
Mestre em História pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Graduada em História pela mesma instituição. Atua como fotógrafa. Tem experiência na área de Patrimônio, Cultura popular e Religiosidades afro brasileiras, com atuação na Comissão Maranhense de Folclore (CMF), Comitê Gestor de Salvaguarda do Tambor de Crioula (CGSTC), Projeto Proprietas, Museu Afrodigital do Maranhão-MAD, no NEÁFRICA: Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão sobre África e o Sul Global.

ROGÉRIO DE CARVALHO VERAS
Doutorado em História pela Universidade Estadual Paulista - UNESP/Assis (2018), Mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Maranhão (2008) , Graduado em Licenciatura em História pela Universidade Estadual do Maranhão (2005), Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (2012). É professor da Universidade Federal do Maranhão, campus de Imperatriz. Desenvolve pesquisas na área de Memória e Biografia, História e Antropologia da Religião com ênfase no protestantismo. Áreas de interesse e atuação profissional: História, Biografia e Memória, História do Protestantismo, História do Maranhão, Antropologia da Religião. Integro os grupos de Pesquisa: História, Religião e Cultura Material (UFMA); Memento: memórias, trajetórias e biografias (UNESP/ASSIS) e o Núcleo de Estudos Sociedade e Cultura na Amazônia Oriental (UFMA).

TELMA BONIFÁCIO DOS SANTOS REINALDO
Possui graduação em Historia pela Universidade Federal do Maranhão (1980), Especialista em Teoria e Produção do Conhecimento Histórico e Docência e Tutoria em Educação à distancia pela Uemanet- São Luis - Maranhão e doutorado em Ciências Pedagógicas pelo Instituto Central de Ciências Pedagógicas - Universidade de Havana - Cuba (2005). Titulo de Doutora em Ciências da Educação reconhecido no Brasil pela Universidade de Brasília - UNB. Atualmente é professor Associada da Universidade Federal do Maranhão além de participar de Bancas de Mestrados e Doutoramentos em instituições portuguesas como Universidade Fernando Pessoa - UFP, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias - ULHT e Universidade da Madeira - UMa. Desenvolve atividades didático pedagógicas em Ciências Humanas e Sociais atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de história; parâmetros curriculares; livro didático; estrutura e funcionamento da educação básica e do ensino superior, competências e habilidades na formação de professores; reforma curricular; formação docente, pesquisa e extensão, metodologia da pesquisa, tecnologias da informação e da comunicação - TIC, Gestão supervisão e orientação escolar e educação comparada. Professora Associada da Universidade Federal do Maranhão - UFMA atua nos Departamentos de História e de Educação I e II, na docência e coordenação dos estágios em licenciatura e bacharelado. Coordena o Programa de Formação de Professores em História-PARFOR. Integrante do Grupo de Pesquisa "Ensino de História: Linguagens e Formação Docente e Discente (ENSINAHISTÓRIA). Professora efetiva do ProfHistória - Mestrado Profissional em História -UFMA/São Luís.Vice Coordenadora do ProfHistória-Mestrado Profissional em História da UFMA e participa do Grupo de Pesquisa Ensina História.

THIAGO LIMA DOS SANTOS
Doutor e Mestre em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Maranhão. Licenciado em História pela Universidade Federal do Maranhão. Professor da Educação Básica, Técnica e Tecnológica no Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Maranhão (COLUN-UFMA). Tem experiência nas áreas de História e Antropologia, abordando temas como sociedade e religião, religião e cultura popular, práticas terapêuticas religiosas e história e cultura afro-brasileira.

WASHINGTON TOURINHO JÚNIOR
Possui graduação em História pela Universidade Federal do Maranhão (1990) e mestrado em Educação pela Universidade Federal do Maranhão (2002) e Doutorado em História social pela Universidade Estadual Paulista (2015). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Maranhão. Tem experiência na área de História, com ênfase em Metodologia da História, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, teoria, história e relação poder/saber. Atualmente é membro do grupo de pesquisa Ensino de História: linguagens e formação docente e discente. (ENSINAHISTÓRIA).