Capa do livro: GLOBAL NATURAL PRODUCTS SOCIAL MOLECULAR NETWORKING (GNPS): <br>Fundamentals and Applications

GLOBAL NATURAL PRODUCTS SOCIAL MOLECULAR NETWORKING (GNPS):
Fundamentals and Applications

Autores: Domingos Tabajara de Oliveira Martins - Neyres Zinia Taveira de Jesus - Fabiana de Freitas Figueiredo - Karuppusamy Arunachalam - Andrés Mauricio Caraballo Rodriguez

livro digital
de R$ 0,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A plataforma GNPS é de uma estrutura pública, de acesso livre e que se constitui numa ferramenta fundamental para auxiliar pesquisas que visem identificar e quantificar qualquer molécula em qualquer amostra, com múltiplas aplicações.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-5868-910-2
ISBN DIGITAL:978-65-5868-911-9
DOI: 10.24824/978655868910.2
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 476
Formato do Livro: 21x28 cm
Número da edição:1

Sumário

GLOBAL NATURAL PRODUCTS SOCIAL MOLECULAR NETWORKING (GNPS): <br>Fundamentals and Applications

Autores

DOMINGOS TABAJARA DE OLIVEIRA MARTINS
Graduação em Farmácia-Bioquímica pela Universidade Federal do Ceará (UFC, 1978-1979), Especialização em Farmacologia de Produtos Naturais pela Escola Paulista de Medicina (EPM, 1985), Mestrado em Farmacologia pela UFC (1982) e Doutorado em Ciências, Área de Biologia Molecular, pela EPM (1990). É Professor Titular de Farmacologia desde 2005 na Universidade Federal de Mato Grosso, com atuação na área de Farmacologia, com ênfases em Farmacologia de Produtos Naturais e Farmacoepidemiologia, nas linhas de pesquisa: etnofarmaologia, atividade anti-infl amatória, antiúlcera, antimicrobiana, cicatrizante de feridas, antitumoral, abuso de drogas e mercado de medicamentos. Diretor Geral do Programa Etno-Fitos: integração ensino pesquisa e extensão que objetiva a implantação da Farmácia Viva e Arranjos Produtivos Locais de Plantas Medicinais e Fitoterápicos no país. É Revisor de 18 importantes periódicos. Foi ou é membro do conselho editorial da Revista Fitos (ALANAC), Revista RBEM e consulto ad hoc das Revistas de Saúde Pública da USP e Epidemiologia e Serviços de Saúde do MS. Consultor da FAPEMAT, MS, FINEP, SUDAM, FAPEAL e FAPES. Tem experiência em Educação Médica, com destaques para Projetos Políticos Pedagógicos de Curso (PPP) e Revalidação de Diploma de Graduação, tendo sido Coordenador Regional Centro Oeste da ABEM (2004-2005). Foi Coordenador do Mestrado e Doutorado em Saúde e Ambiente do ISC (2005-2007) e do Programas de Pós-graduação em Medicina da Faculdade de Ciências Médicas – FCM (2000-2001), em ambas as situações participando como membro fundador dos Programas de Mestrado e Doutorado. Foi Diretor eleito da FCM, durante dois mandatos (20012009), período marcado pela: expansão dos Programas de Residência Médica (passando de 5 para 12 Programas), implantação do Mestrado em Ciências da Saúde (nota 4 da CAPES) e encaminhamento da proposta de Doutorado em Ciências da Saúde (aprovado com nota 4 pelo CTC da CAPES para início em 2010), do encaminhamento do DINTER em Pediatria (20112015), da obtenção de nota máxima do Curso de Medicina da FCM no ENADE 2007 (nota 5) e CPC (nota 5, considerado o melhor Curso de Graduação do país), pela reestruturação física e modernização de equipamentos da FCM e duplicação das vagas do Curso de Medicina (2008), passando de 40 para 80 vagas anuais e pela aprovação do novo PPP de Curso de Medicina (2008), em atendimento às Diretrizes Curriculares do MEC, com aprovação de projetos no REUNI (2008) destinados à construção de novos prédios (em curso) e contratação de novos docentes e técnicos administrativos para a FCM, implantação da Conexão Médica (2004), do encaminhamento do PET Saúde (iniciado em 2010) e Telemedicina (2008-2009), esta última em cooperação com a PROUNIM-UNIMED e HUJM, além de ter colaborado na melhoria da infraestrutura física e material do atual HU e no projeto do novo HU da UFMT (em construção). É idealizador e Presidente das Comissões de criação e implantação das Faculdades de Farmácia, Odontologia e Terapia Ocupacional (todas já aprovadas no Reuni em 2008), sendo Coordenador de Curso de Graduação em Farmácia. Ao longo de 36 anos de trabalho na UFMT tem contribuído para o desenvolvimento da Área de Farmacologia, particularmente em plantas medicinais, fitoterápicos e abuso de drogas, através da produção científica, registro de patentes, formação continuada de pessoas, em todos os níveis, e organização de eventos nacionais e internacionais.

NEYRES ZÍNIA TAVEIRA DE JESUS
Graduada em Farmácia e Bioquímica pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE, 1988-1991), Especialista em Gestão da Assistência  Farmacêutica para o SUS Pela Universidade de Mato Grosso (UNEMAT, 2003), Especialista em Ciências da Saúde pela Universidade de Cuiabá (UNIC, 2006), Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT, 2005-2007) área de concentração Farmacologia de Produtos Naturais. Doutora em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB, 2009-2012), área de concentração Farmacologia. Atualmente é servidora pública da Secretaria de Estado de Saúde- SES-MT, Profissional Técnica de Nível Superior do SUS (PTNSSUS), cargo Farmacêutica, atuando na área de dispensação dos medicamentos do Programa estratégico do Ministério da Saúde para o tratamento da hanseníase, no âmbito da SES-MT, lotada no ambulatório de Dermatologia Sanitária do Centro Estadual de Referência de Alta e Média Complexidade (CERMAC). Atuou como membro efetivo da Comissão de Farmácia e Terapêutica da SES-MT (2013-2019) colaborando para a elaboração e implantação da Relação Estadual de Medicamentos Essenciais do Estado de Mato Grosso (RESME-MT). Foi professora da  Universidade de Cuiabá (UNIC, 1992-2011), ministrando as disciplinas de Bioquímica clínica, Toxicologia e Farmacologia para os cursos de  Farmácia, Medicina, Enfermagem e Medicina Veterinária. Atualmente é professora da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT, vínculo efetivo-adjunto, classe C2) do curso de Medicina. Membro do corpo editorial da Revista de Medicina da UNEMAT. Coordenadora de projeto de pesquisa na área de plantas medicinais antiúlceras pépticas, financiado pela agência de fomento para a pesquisa no estado de Mato Grosso  (FAPEMAT).

FABIANA DE FREITAS FIGUEIREDO
Graduada (2013) em Enfermagem pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Especialista em Obstetrícia pelo Instituto de Educação do Vale de Juruena (2015), em Estatística Aplicada pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT, 2016), Mestra em Ciências da Saúde, Área de Farmacologia, pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT, 2018), e Doutoranda em Ciências da Saúde, Área de Farmacologia, pela Universidade Federal de Mato Grosso. Foi membro da Comissão organizadora de 6 eventos pela UFMT.

KARUPPUSAMY ARUNACHALAM
Graduado em Botânica, Faculdade de Artes e Ciências de Gobi (2002), Pós-Graduado em Fitotecnia (2009), Mestre em Plant Science (2009), Doutor em Filosofia em Botânica pela Universidade Bharathiar (2014). Pesquisador júnior (2011-2013), Pesquisador sênior (2013-2014), no Departamento de Botânica da Universidade Bharathiar, Coimbatore. Pós-Doutor em Ciências da Saúde, Área de concentração farmacologia, com ênfase em Farmacologia de Produtos Naturais e da Inflamação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso (2019). Recebeu o título de Bolsista Nacional Rajiv Gandhi (RGNF) da University Grant Commission (UGC), em Nova Delhi. Premiado como Bolsa de Iniciação Internacional do Presidente (PIFI) pela Academia Chinesa de Ciências (2020). Trabalhou como pesquisador na UFMT, no período de 2014-2019, com uma ampla gama de tópicos, incluindo Etnobotânica, Biotecnologia, Etnofarmacologia e Farmacologia Pré-clínica, com foco principal no desenvolvimento de medicamentos fitoterápicos e/ou fitofármacos. Nos últimos anos, vem trabalhando com Produtos Naturais com ênfase em Fitoquímica e Farmacologia, Neutracêuticos e Polissacarídeos. Publicou mais de 30 artigos de pesquisa em periódicos de renome e 6 capítulos de livros nacionais e internacionais. Membro do periódico Pharmacology and Toxicology (2020), Journal of Gatroenterology and Hepatology (2020) e BMC Complementary and Alternative Medicine (2020). É revisor de 20 revistas e Editor Associado da BMC Comlementary Medicine and Therapy, Springer. Possui 4 registros de patentes, sendo 3 patentes intermacionais (Brasil) e 1 patente nacional concedida (Índia). Foi membro da comissão organizadora de 5 Woorkshops realizados pela Área de Farmacologia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

ANDRES MAURICIO CARABALLO RODRIGUEZ
Graduado em Farmácia pela Universidad Nacional de Colombia, mestrado em Biociências e programa de mestrado em Direito pela Universidad Nacional de Colombia (2010), Mestrado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de São Paulo (2013), Doutorado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de São Paulo (2017). Atualmente é pesquisador de pós-doutorado no laboratório do Prof. Dorrestein, University of California San Diego (UCSD). Seu Ph.D. realizado no laboratório de pesquisa da Profa. Dra. Mônica Tallarico Pupo, envolveu a investigação de interações microbianas entre microrganismos endofíticos. Passou um ano do seu Ph.D. no laboratório do Prof. Dr. Pieter Dorrestein, da Escola Skaggs de Farmácia e Ciências Farmacêuticas - UCSD, para aplicar ferramentas recentes relacionadas à espectrometria de massa, tais como redes moleculares e MALDI-TOF IMS, à sua pesquisa. Tem experiência nas áreas de produtos naturais microbianos, isolamento e elucidação estrutural e técnicas analíticas aplicadas à detecção, espectrometria de massas, cromatografi a, química de produtos naturais, elucidação estrutural, ressonância magnética nuclear e caracterização de pequenas moléculas. Está envolvido em dois projetos de pesquisas: 1) Eliciação da biossíntese de produtos naturais, a partir da interação de microrganismos endofíticos e 2) Acesso a novos produtos naturais mediante a estratégia de cultivos mistos de endofíticos: o fungo Colletotrichum boninense e a actinobacteria Streptomyces albospinus. No último ano, publicou oito artigos científi cos em periódicos internacioanis, dois livros, um capítulo de livro e apresentou três trabalhos em congressos.