Capa do livro: AS PALAVRAS QUE VOCÊ AINDA NÃO TEM

AS PALAVRAS QUE VOCÊ AINDA NÃO TEM

Autores: Francisco Silva Cavalcante Junior (Org.)

livro impresso
de R$ 58,90 por
livro digital
de R$ 58,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

cabaça: uma convocação dos mortos enquanto solicitação e ulterior mediação de visibilidade entre os vivos | carta: a intimidade assusta porque implica divisão e revelação | descansos: hoje morri pela beleza na delicadeza das palavras | despertar: reconhecer a nós mesmos exige abrir mão de toda a nossa negação | grito: falsas verdades, lições da opressão gritadas, estampadas, escancaradas sem a menor cerimônia na nossa sala, na nossa cara | hiato: à beira do precipício, não há grande diferença entre a outra margem e o fundo | imperfeição: tudo o que já foi, todo o passado carrega em si a perfeição de ter sido tudo o que foi possível ser | redemõno: amálgama de barbárie e crueldade, onde a política encontra-se com a metafísica | impermanência: o verso no inverso quer se declamar | invisibilidades: é preciso saber ver o que nos escapa | letramentos: a leitura rebelada, emancipada do significado e do sentido | miserere: a misericórdia é a experiência mais profunda para despertar, naquilo que é por ela convocado, o reconhecimento da sua própria originalidade | palavreado: enchendo o seu bisaco com os mais diversos palavreados dos lugares | permanecer: o sangue está do lado de dentro, o sangue está misturado com os nossos trejeitos, no modo de falar e sentir | por que: o que seria de minha alma sem a primavera giratória de Van Gogh, na ausência dos sóis em flor que doem e maravilham? | sobrevivências: então, aprendi: todas as orações são selvagens.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-0312-9
ISBN DIGITAL:978-65-251-0309-9
DOI: 10.24824/978652510312.9
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 242
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

AS PALAVRAS QUE VOCÊ AINDA NÃO TEM

Autores

ADRIANA INÊS DE PAULA
Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista/UNESP-Bauru; Especialista em Educação Física Adaptada pela Universidade Estadual de Campinas/UNICAMP; Mestre e Doutora em Ciências da Motricidade Humana pela Universidade Estadual Paulista/UNESP-Rio Claro; Docente do Curso de Educação Física da Universidade Federal do Paraná/UFPR; atua nas áreas de Educação Física Adaptada e Diversidade Humana; Coordenadora do Projeto de Extensão Atividade Física Adaptada e Diversidade Humana; Coordenadora do Comitê de Inclusão de Pessoas com Deficiência/SIPAD-UFPR; Pesquisadora do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros/NEAB-UFPR.

ANDRÉ FEITOSA DE SOUSA (ANDY BEN MENDES)
Andy ben Mendes é um dos nomes de ancestralidade para André Feitosa de Sousa. Doutor em Arte Contemporânea pelo Colégio das Artes da Universidade de Coimbra (Portugal). Artista visual que desenvolve pesquisa na interface da ancestralidade, das instalações e das performances artísticas.

ANTONIO LAYTON SOUZA MAIA
Professor substituto dos cursos de licenciatura e bacharelado em Dança da Universidade Federal do Ceará (UFC), com pesquisa nos campos de História da Arte e Estética. Mestre em Artes pela Universidade Federal do Ceará (UFC), é improvisador e busca experimentar entre as fronteiras das artes, criando textos, cenas, sons, imagens que pensem as relações entre corpo, mundo e filosofia.

BERTA LÚCIA NEVES PONTE (BERTHA GELBER)
Bertha Gelber é um dos nomes de ancestralidade para Berta Lúcia Neves Ponte. Graduada em Psicologia (Universidade de Fortaleza, na primeira turma de 1984-89), pós-graduada em Estudos Literários e Culturais (Universidade Federal do Ceará), com mestrado em Psicologia (Universidade de Fortaleza). Filha de mãe e família mineiras, tornou-se pesquisadora autodidata sobre o corpo literário de João Guimarães Rosa, desde 1986. Atualmente é Doutoranda em Literatura na Universidade de Évora (Portugal), cuja investigação desdobra-se no âmbito da “CASA do Sertão”, atividade gratuita comunitária realizada pela Fabuladora Atelier de Legências. Autora de Desertos & Travessias – uma imersão no silêncio (Armazém da Cultura, 2019). Mãe da Aline, avó do João Antônio e do Luca Ponte.

FERNANDA MARIA MACAHIBA MASSAGARDI
Professora substituta do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, graduada em Artes Visuais (licenciatura e bacharelado) pela Universidade Estadual de Campinas. Doutora em Psicologia Educacional pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (tese: Percursos da literatura na educação: ensinar contando histórias). Pós-doutora em Artes – Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (“Memorial dos sentidos em crônicas e arte”, uma investigação voltada à memória social da terceira idade). Pós-graduanda em Gastronomia e cozinha autoral – Pontifícia Universidade Católica – RS. Autora do material de Arte do programa PEQ do Governo do Estado de São Paulo. Possui curso de extensão universitária em Fundamentos Teóricos e Prática Pedagógica em Educação Infantil e Ensino Fundamental. Tem experiência na área de artes, literatura, artesanato, poesia, projetos sociais e inclusivos e contadores de histórias, com ênfase em arte/educação. Líder do grupo de Pesquisa em Educação Estética do Instituto de Artes da Unicamp, certificado pelo CNPq (2014-2016). Integrante do grupo de pesquisa “Educação para a Paz” – Unicamp. Integrante do grupo de pesquisa “Arte e Espiritualidade” – Universidade de São Paulo. Integrante do grupo de pesquisa “Linguagem, literatura e educação” – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo.

FRANCISCO HÁLLISSON FARRAPO SÁ
Investigador. Alguém que anseia por conhecer a existência e seus mistérios. Professor da rede pública municipal do município de Tianguá há quase uma década. Dedica-se a estudos das temáticas humanas, filosóficas e espirituais desde sua formação em Teologia. Amante de livros e escritor por paixão e fascínio. Graduado em Gestão Empresarial pela Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UEVA). Bacharel em Teologia e licenciado em História e Língua Portuguesa pelo Instituto de Teologia Aplicada (INTA/Sobral). Pós-graduado em Metodologia do Ensino de História e Língua Portuguesa. Psicólogo graduado pela Faculdade Luciano Feijão (FLF/Sobral).

FRANCISCO SILVA CAVALCANTE JUNIOR
Pesquisador-poeta e professor universitário. Há 25 anos dedica-se ao estudo e ao ensino de pesquisas qualitativas, com experiência no uso dos métodos etnográfico, fenomenológico, heurístico e da cartografia. Motivado pelo chamamento de Norman K. Denzin, no livro The Qualitative Manifesto: a call to arms, para que outros modos de escrever sobre o mundo fossem criados se a intenção dos pesquisadores é produzir mudanças, passou a conceber e a praticar a ciência poética desde 2010. Atualmente ensina estudantes dos cursos de graduação em Cinema, Dança, Filosofia, Gastronomia, Jornalismo, Moda, Música, Publicidade e Teatro, nas disciplinas de Metodologia de Pesquisa em Arte, Filosofia e Ciências; Literatura, Cultura e Arte; e Técnicas de Processos Criativos ministradas no Instituto de Cultura e Arte (ICA) da Universidade Federal do Ceará (UFC). É professor-orientador no Programa de Pós-Graduação em Avaliação de Políticas Públicas (PPGAPP) da UFC, com interesse nos métodos pós-estruturalistas de avaliação. Pós-doutor em Comunicação e Produção Literária pela Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB). É Ph.D. em Leitura e Escrita pela University of New Hampshire (EUA), com mestrado em Educação Especial na mesma Universidade e Psicólogo formado pela Universidade de Fortaleza (Unifor). Coordenador da varanda de ciência poética (cipó) e da Comunidade de ações para redesenho dos modos de existência e prevenção do suicídio (CARMENS). Autor de 21 livros, as suas mais recentes publicações são: Ser-tão água (Armazém da Cultura, 2020) e Taís Dorá (Armazém da Cultura, 2020).

HELTON THYERS MELO OLIVEIRA
Padre e religioso, Missionário Redentorista. Psicólogo formado pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e Teólogo pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE). Se dedica à área da Clínica Psicológica na Abordagem Centrada na Pessoa (ACP) e é Psicoterapeuta em Reprocessamento de Memórias Traumáticas (EMDR). Encontra na mística interpessoal da relação de ajuda, a experiência de amplitude do infinito.

MIRIAN NOGUEIRA TAVARES
Professora associada da Universidade do Algarve, Portugal. Com formação académica nas Ciências da Comunicação, na Semiótica e nos Estudos Culturais (doutorou-se em Comunicação e Culturas Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia), tem desenvolvido o seu trabalho de investigação e de produção teórica nas áreas das estéticas fílmica e artística. Como professora da Universidade do Algarve, participou na elaboração do projeto de licenciatura em Artes Visuais, do mestrado e doutoramento em Comunicação, Cultura e Artes e do doutoramento em Média-Arte Digital. Atualmente é Coordenadora do CIAC (Centro de Investigação em Artes e Comunicação) e Diretora do doutoramento em Média-Arte Digital.

PAOLA TÔRRES COSTA
Médica hematologista, professora de Medicina da Universidade Federal do Ceará e da Universidade de Fortaleza. Tem Mestrado e Doutorado em Farmacologia; Pós-Doutorado em Medicina Integrativa na UNICAMP e em Biologia Cultural com Humberto Maturana e Ximena Dávila; título de especialista em Medicina Integrativa pela Universidade do Arizona (EUA); escritora, compositora e cordelista tem um lema: Medicina, Cordel e Cantoria é remédio que veio pra curar. É autora de vários folhetos de cordel abordando temáticas ligadas à medicina e ao câncer e do livro Andei por aí – Narrativas de uma médica em busca da medicina, prefaciado pelo médico Dráuzio Varella, que junto com a autora gravou a série “Sertão de Dentro”, que pode ser assistida no YouTube.

PATRÍCIA MENDES LEMOS
Autora experiencial. Escritora livre. Ouvinte fascinada e leitora de alteridades. Mãe em plenitude. Mulher em construção. Tem se dedicado ao exercício da Psicologia como psicoterapeuta, supervisora clínica, pesquisadora e docente de Cursos de Psicologia na graduação e pós-graduação. Com vasta atuação nas políticas públicas, principalmente nas áreas da Atenção psicossocial e sócio-assistencial. Estas lhe concederam o aprimoramento e o desenvolvimento de atividades interventivas frente a grupos e populações em situações específicas, tais como: pessoas em situação de violência, pessoas com transtorno mental, mulheres em situação de vulnerabilidade social e afetiva, pessoas com comportamento auto-lesivo e suicida. Dedica-se a produção de textos autorais como crônicas e narrativas clínicas, sendo atravessada por uma diversidade de temáticas que versam sobre a subjetividade social e as relações humanas. Graduou-se em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR/CE). Tornou-se mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC/CE). Atualmente ministra disciplinas em curso de graduação em Psicologia nas áreas de Psicopatologia, Psicologia Clínica e Estágio Clínico Supervisionado em Humanismo; e em curso de Especialização em Psicologia Humanista. Atua como psicóloga clínica no âmbito privado.

SAMIRA LIMA DA COSTA
Mãe de Aysha, Melissa e Sofia. Atualmente é Professora Associado II do Departamento de Terapia Ocupacional (FM/CCS) e do Programa de Pós-Graduação em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social (IP/CFCH) da UFRJ. Tem atuado, lecionado, orientado e pesquisado sobre as relações entre memória, território, tradição, comunidades e ocupação. Áreas de interesse: Psicossociologia; Terapia Ocupacional Social; Políticas Públicas Sociais; Ocupações Tradicionais; Papel social da universidade. Possui graduação em Terapia Ocupacional (1995), especialização em Saúde Pública (1996) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (2000). É doutora em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007) e pós-doutora em Antropologia pelo PPGAS da UnB (2017/2018). Foi Professora na Universidade Federal de São Paulo entre 2008 e 2014. É professora colaboradora do Programa de Pós Graduação em Educação em Saúde da UNIFESP-BS e do Programa de Pós Graduação em Antropologia Social da UnB. É líder do Grupo de Pesquisa Laboratório de Memórias, Territórios e Ocupações: Rastros Sensíveis, DGP/CNPq/UFRJ desde 2015.

SÁVIO MARIANO
Graduado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Publicado na coletânea Paginário pela Aliás Editora. Leitor apaixonado. Cineasta realizador de vídeo-poemas e vídeo-performances. Investigador poético da imagem e das dores eróticas, usando o próprio corpo como ponto de partida para suas pesquisas. Busca atravessar e dançar entre as fronteiras que separam e ligam as linguagens artísticas.

TARCILA LIMA DA COSTA
Mãe de Rafael, Tiago, Guilherme, Natália, Kethelyn e Henzo. Atualmente é Professora Assistente Doutora na UNESP-Bauru, no Departamento de Artes e Representação Gráfica (DARG) da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Tem experiência nas áreas de arte, arte-educação e na intersecção entre arte e saúde. Investiga as relações entre arte e vida e espaços de arte como produção de cuidado em saúde. Possui graduação em Educação Artística (Licenciatura/Habilitação em Artes Plásticas) pela Universidade Estadual Paulista (2003). Mestrado em Ciências (Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais - HRAC/USP/ USP - 2012). Doutorado em Ciências, com pesquisa na intersecção entre Arte, Educação e Saúde (HRAC/USP - 2016).

TATIANA PASSOS ZYLBERBERG
Membro da Academia Itajubense de Letras (AIL). Cursou Licenciatura, Bacharelado, Mestrado e Doutorado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp-SP). É membro do comitê científico do GTT2 de Comunicação e Mídia do CBCE. Adora criar caminhos para ensinar a ver com todos os sentidos, por isso, inventou exposições no escuro, as quais fizeram nascer o projeto de extensão “De Corpos no Mundo”, instalado no Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (UFC) onde é docente desde agosto de 2011. Suas intensas dores, decorrentes do diagnóstico tardio de endometriose, fizeram parir o projeto de extensão “Mulheres e Novelos”, o qual promove o acolhimento, a escuta e o empoderamento, principalmente, de mulheres atendidas pela MEAC/SUS. Em 2019 publicou o livro infanto-juvenil O menino que desenhava o invisível pela editora Demócrito Rocha, produção da APDMCE em parceria com UNICEF que atendeu a 62 municípios do Ceará. Na pandemia criou a série #éramosinvisíveis que traz relatos reais de jovens universitários sobre INVISIBILIDADE englobando temáticas como racismo, representatividade, abandono paternal, bullying na escola, padrões de beleza e sentimentos sufocados.  

TEREZINHA TEIXEIRA JOCA
Doutora em Psicologia pela Universidade Autónoma de Lisboa (UAL), com pesquisa desenvolvida com surdos. Mestre em Psicologia, com pesquisa desenvolvida com estudantes dissidentes, oriundos de escola tradicional. Psicóloga formada pela Faculdade de Filosofia do Recife (FAFIRE), dedicada à psicologia e à educação inclusiva há 38 anos. Professora do Curso de Psicologia e Coordenadora do Programa de Apoio Psicopedagógico da Universidade de Fortaleza (PAP/UNIFOR). Mãe de duas filhas e avó de dois netos e três netas.

YURI DE NÓBREGA SALES
Psicólogo, Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e Doutor em Antropologia da Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi pesquisador visitante da Universidade de Toronto (2009/2010), com bolsa do Canadian Bureau for International Education. É psicoterapeuta, com formação em Abordagem Centrada na Pessoa, e possui mais de 10 anos de atuação clínica. É autor de mais de duas dezenas de publicações, entre artigos, livros e capítulos, especialmente sobre psicologia clínica, psicologia humanista e educação. Recentemente tornou-se pai, o que aprofundou sua verve para emulador de poetas inexistentes.