Capa do livro: PSICOLOGIA, HISTÓRIA CULTURAL E GOVERNAMENTALIDADES: <br>racismo, etnicidade, gênero, sexualidades e corpos Coleção: Transversalidade e Criação - Ética, Estética e Política <br>Volume 11

PSICOLOGIA, HISTÓRIA CULTURAL E GOVERNAMENTALIDADES:
racismo, etnicidade, gênero, sexualidades e corpos Coleção: Transversalidade e Criação - Ética, Estética e Política
Volume 11

Autores: Flávia Cristina Silveira Lemos - Dolores Galindo - Pedro Paulo Gastalho de Bicalho - Aluísio Ferreira de Lima - João Paulo Pereira Barros - Áurea Gianna Azevedo Nobre - Maria Luiza Lemos Azevedo - Antônio Soares Júnior - José Augusto Lopes da Silva - Alanna Caroline Gadelha Alves - Helena Carollyne da Silva Souza - Anderson Reis de Oliveira - Melina Navegantes Alves - Ataualpa Maciel Sampaio - Marcelo Moraes Moreira - Oberdan da Silva Medeiros - Larissa Azevedo Mendes - Patrícia do Socorro Magalhães Franco do Espírito Santo (Orgs.)

livro impresso
de R$ 153,90 por
livro digital
de R$ 153,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Esta coletânea apresenta um conjunto de textos de autorias de pesquisadores de várias áreas e de diversos programas de pós-graduação e universidades.
Apresenta um cuidadoso trabalho de editoração de capítulos que buscam conversar com a Filosofia da Diferença e as práticas de promoção da saúde coletiva.
As linhas, parágrafos, páginas e capa fabricam um ritornelo, conceito de Deleuze e Guattari que nos inspira a tocar e cantar, a sorrir e a agenciar uma multiplicidade de afetos e planos de composições com as letras, os sons, os sabores, os cheiros, as cores, as sensibilidades de tantos perceptos e de uma miríade de conceptos. Constitui-se um campo heterogêneo e singular de práticas sociais, políticas, culturais, subjetivas, econômicas e ecológicas que fazem ecoar notas, acordes e cifras em zonas de vizinhança. Vibra-se com a partitura e desliza-se em platôs de em imanência com a educação em concerto.
É no bojo deste diagrama e de uma micropolítica na produção do desejo que este livro propõe reunir interfaces transdisciplinares das políticas públicas com a promoção da saúde coletiva e da Filosofia da Diferença.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-5868-734-4
ISBN DIGITAL:978-65-5868-739-9
DOI: 10.24824/978655868734.4
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 790
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

PSICOLOGIA, HISTÓRIA CULTURAL E GOVERNAMENTALIDADES: <br>racismo, etnicidade, gênero, sexualidades e corpos Coleção: Transversalidade e Criação - Ética, Estética e Política <br>Volume 11

Autores

ADRIANA ELISA DE ALENCAR MACEDO

Possui graduação em Psicologia pela Universidade da Amazônia (UNAMA). Especialização em Saúde Mental pela Universidade do Estado do Pará (UEPA). Mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Doutora em Psicologia pela UFPA. Doutorado sanduíche na Universidade de Évora - Bolsista CA-PES/2017. PDSE 88881.134010/2016-01. Psicóloga na Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (FASEPA) - 2006 a 2018. Conselheira secretária do VIII plenário, gestão 2013 - 2016 e conselheira vice-presidente do IX plenário, gestão 09/2016-09/2019 pelo Conselho Regional de Psicologia- Pará e Amapá (CRP10). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: direitos humanos, violências, medidas socioeducativas, políticas públicas, SINASE, história oral e pesquisa documental.

 

ALANNA CAROLINE GADELHA ALVES (ORG.)

Psicóloga -UFPA, Mestre em Direito -CESUPA.

 

ALDEMAR FERREIRA DA COSTA

Graduado em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFC. Integrante do Grupo de Pesquisas e Intervenções sobre Violência, Exclusão Social e Subjetivação (VIE-SES/UFC), cadastrado no diretório de grupos de pesquisa do CNPq. Foi bolsista de Iniciação à Docência da Universidade Federal do Ceará (PID/PROGRAD/UFC) em 2017 e 2018, integra a pesquisa guarda-chuva intitulada: Juventude e violência urbana: cartografia de processos de subjetivação na cidade de Fortaleza-CE. Dedica-se aos seguintes temas, a partir de interlocuções com autores(as) da Psicologia Social que mantêm conversações com Foucault, Deleuze, Guattari, Butler, Mbembe e outros(as) que seguem caminhos investigativos semelhantes: violência e modos de subjetivação infantojuvenis na contemporaneidade, biopolítica, governamentalidade e processos de criminalização e extermínio de jovens no Brasil, direitos humanos, pesquisa-intervenção e cartografia de processos psicossociais contemporâneos nos campos das Políticas Públicas.

 

ALEXEY KYLASOV

PhD in Cultural Anthropologies, Russian Heritage Institute, Head of the Center for Traditional Sports and Games; International Journal of Ethnosport and Traditional Games, Editor-in-Chief; President of the World Ethnosport ethnosport.org/

 

ALINE REBOUÇAS AZEVEDO SOARES

Doutoranda em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), bolsista do Programa de Bolsas de Formação Acadêmica – Modalidade Mestrado e Doutorado/FUNCAP. É integrante do Nexos: Teoria Crítica e Pesquisa Interdisciplinar – Nordeste; e do Paralaxe: grupo interdisciplinar de Estudos, Pesquisas e Intervenções em Psicologia Social Crítica. Mestre em Comunicação pela UFC, com bolsa do Programa de Bolsas de Formação Acadêmica – Modalidade Mestrado e Doutorado/FUNCAP. Graduada em Comunicação Social com habilitação em publicidade e propaganda pela Universidade de Fortaleza (Unifor). É também estudante de graduação em Psicologia pela Unifor, onde foi bolsista pelo Programa de ICT/FUNCAP por dois anos com o grupo de pesquisa Museu Virtual do Índio Cearense.

 

ALMIRES MARTINS MACHADO

Especialista em Ensino de Física. Professor de Física da Escola de Aplicação da UFPA.


ALUÍSIO FERREIRA DE LIMA (ORG.)

Doutor em Psicologia Social pela PUCSP. Professor do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Ceará – UFC. Líder do Paralaxe: Grupo Interdisciplinar de Estudos, Pesquisas e Intervenções em Psicologia Social Crítica da UFC. Bolsista de Produtividade CNPq.

 

AMANDA GABRIELLA BORGES MAGALHÃES

Graduada em Psicologia - Formação do Psicólogo na Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestra no Programa de Pós-Graduação em Psicologia na mesma instituição. Atua como Psicóloga Educacional da Universidade Federal do Pará - Campus Breves. Tem interesse nas áreas de Psicologia Escolar/Educacional, Psicologia Social e História da Psicologia. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicologia Social e Política - transversalizando em história, filosofia e educação.

 

ANA LUISA SARAIVA COSTA 

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

 

ANDERSON REIS DE OLIVEIRA (ORG.)

Estudante de Psicologia, oitavo semestre. Bolsista de iniciação científica CNPQ.

 

ANDRÉ BENASSULY ARRUDA

Psicólogo-UNAMA, Mestre em Psicologia e Doutorando em Psicologia pela UFPA. Prof. de Psicologia na UNAMA.

 

ANDRÉ GERALDO RIBEIRO DINIZ

Graduado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas, 2006), Mestre em Psicologia Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG, 2013), com período sanduíche no Programa de Pós-Graduação em Teorías Feministas y de Género da Universidad Nacional de Colombia (2012). Doutor em Psicologia Social pela UFMG, na linha de pesquisa Política, Participação Social e Processos de Identificação (2018). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal do Pará, membro da Faculdade de Psicologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. É Membro colaborador do Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão Conexões de Saberes (FAFICH/UFMG) desde sua fundação (2012). Foi Professor Assistente do Departamento de Psicologia da PUC Minas entre 2013 e 2018. Membro da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO). Desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão nos seguintes temas: fundamentos em psicologia social, psicologia comunitária, psicossociologia da desigualdade, sexualidade, gênero, raça e feminismos, intervenção psicossocial e pesquisa-intervenção, identidade e subjetivação política, juventude e participação, democratização da universidade e ações afirmativas.

 

ANDRÉA BASÍLIO DA SILVA CHAVES

Psicóloga, Mestre e Doutoranda em Estudos da Cultura Contemporânea – UFMT.

 

ANNA AMÉLIA FARIA

Psicóloga, pós-doutora em Artes Visuais pelo Programa de Pós-Graduação em Artes da UNB. Doutora em Letras e Linguística “Documentos da Memória Cultural” pela UFBa. Professora Adjunta do Curso de Psicologia e do Programa de Mestrado Profissional Psicologia e Intervenções em Saúde da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (BAHIANA).

 

ANTÔNIA MARIA RODRIGUES BRIOSO

Mestre em Ensino de História pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Professora de História da Escola de Aplicação da UFPA. Coordenadora do projeto Cartografia da Cultura Afro-brasileira e Indígena.

 

ANTÔNIO SOARES JUNIOR (ORG.)

Especialista em Docência do Ensino Superior pela Universidade Federal do Pará (UFPA); Arte Educador do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de Assistência Social do Guamá (FUNPAPA/PMB); Acadêmico do curso de Psicologia da Universidade Federal do Pará (UFPA).

 

ARTHUR ELIAS SILVA SANTOS

Músico-UEPA, Psicólogo, Mestre em Psicologia e Doutorando em Psicologia-UFPA. Prof. substituto de Psicologia na UEPA.

 

ATAUALPA MACIEL SAMPAIO (ORG.)

Possui graduação (1997) e mestrado (2005) em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Leciona Psicologia Social e Psicologia Aplicada ao Direito no Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM). Atua como psicólogo no Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF3), realizando trabalhos com as equipes de saúde da família e com a população por elas assistidas. Tem experiência e interesse de pesquisa nas áreas de saúde mental e de modelos de atenção e de promoção à saúde.

 

ÁUREA GIANNA AZEVEDO NOBRE (ORG.)

Psicóloga -UFPA, Mestre em Psicologia na UFPA, Prof. assistente na UFMA.

 

BÁRBARA COSSETTIN COSTA BEBER BRUNINI

Docente do Curso de Psicologia da Universidade Paranaense - UNIPAR, Unidade Campus SEDE. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UEM-Universidade Estadual de Maringá. Paraná.

 

BARBARA MIRIÃ CINTRA GOMES

Psicóloga – UFAM.

 

CAMILA SILVEIRA CÂMARA

Graduada em Psicologia pela PUC-Rio (2019). Integrou o “Grupo Internacional de Pesquisa e Intervenção Porta da Lembrança” (PUC-Rio). Especialização em Relacionamentos Abusivos pelo Instituto do Relacionamento (2020). Atualmente, atua como psicóloga voluntária nos projetos Mapa do Acolhimento e Justiceiras, ambos tendo como proposta, dar suporte à mulheres vítimas de violência.

 

CAMILA DOS SANTOS LEONARDO

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Pesquisadora no Grupo de Pesquisas e Intervenções sobre Violência, Exclusão Social e Subjetivação (VIESES/UFC) que e cadastrado no diretório de grupos de pesquisa do CNPq. Foi bolsista do Programa Institucional de Iniciação Científica da Universidade Federal do Ceará (PIBIC/CNPq) de agosto de 2016 a junho 2018. Participou do projeto de extensão Liga de Direitos Humanos do Núcleo Cearense de Estudos e Pesquisas sobre a Criança (NUCEPEC/UFC). Foi bolsista dos projetos de extensão Re-Tratos da Juventude e Entretantos (PREX/VIESES/UFC).

 

CARLOS ALBERTO FERREIRA DANON

Sociólogo, mestre em educação pela Universidade Estadual da Bahia. Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Medicina e Saúde Humana e docente do curso de Psicologia da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (BAHIANA).

 

CAROLINE LUIZA BAILONA DE VASCONCELOS

Graduada em psicologia pela Universidade Federal de Goiás/Regional Jataí. Especialista em gerontologia pela PUC-GO. Psicóloga no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) em Pontalina-GO.

 

CLAUDIA MAYORGA

Doutora em Psicologia Social pela Universidade Complutense de Madri - Espanha com foco em estudo sobre gênero, política e feminismo. É professora do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Minas Gerais e do Programa de Pós-graduação em Psicologia. Coordena o Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão Conexões de Saberes na UFMG. Atualmente é membro da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Federal de Psicologia (2020-2022) e do Comitê Acadêmico da Cátedra AUGM de Direitos Humanos (2019-2022). Atuou como pesquisadora visitante na Universidade Compluten-se de Madrid (2011 e 2012). Atualmente é co-editora da Revista Psicoperspectivas - Chile (Qualis B1). Foi editora chefe da Revista Psicologia & Sociedade (Qualis A2), periódico científico da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO) (2012-2015) e Editora da Revista Interfaces - Revista de Extensão da UFMG (Qualis B3 -Interdisciplinar) de 2015 a 2018. Foi membro do Comitê Editorial de Scielo em Perspectiva - Humanas (2014 e 2015). Foi membro da Diretoria Nacional da Abrapso (2004/2005) e vice-presidente da Abrapso Regional Minas (2006/2007). Como editora da Revista Psicologia & Sociedade, recebeu grant da American Psychological Association (2012/2013). Foi coordenadora da Formação Transversal em Direitos Humanos da UFMG (2017, 2018 e 2019). Áreas de pesquisa e extensão: Psicologia Social e Feminismo com os seguintes temas: análise interseccional da desigualdade social brasileira; psicologia comunitária e intervenção psicossocial; participação social e política; democratização da universidade e ações afirmativas; epistemologia feminista e metodologias participativas. Foi Pró-reitora adjunta de extensão da UFMG (2014-2018). Atualmente é Pró-reitora de Extensão da UFMG (2018-2022).

 

CRISTIANE DE SOUZA SANTOS

Mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Pará. Especialista em Saúde Mental pelo Instituto Brasileiro de Pós-graduação e Extensão, IB-PEX. (2009). Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal do Pará (2007).

 

CYNTIA SANTOS ROLIM

Psicóloga.

 

DAGUALBERTO BARBOSA DA SILVA

Graduando em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará. Bolsista de iniciação científica (PIBIC/CNPq). Integrante do VIESES.

 

DAIANE GASPARETTO DA SILVA

Psicóloga, Mestre e Doutora em Psicologia – UFPA.

 

DANIEL CASTRO SILVA

Graduando de Psicologia da UFPA.

 

DIANNE MAGALHÃES VIANA

Engenheira Mecânica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro - CEFET/RJ (1988), mestre em Engenharia Mecânica pelo Instituto Militar de Engenharia - IME (1991), doutora em Engenharia Civil pela Coppe/ UFRJ (1998). Professora Associada da Universidade de Brasília. Atuou como Vice-chefe do Departamento de Engenharia Mecânica de 2000 a 2004, Coordenadora do curso de graduação em Engenharia Mecânica nos anos de 2005 e 2006, Coordenadora de Estágio da Faculdade de Tecnologia de 2008 a 2011, membra titular do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de Engenharia Mecânica de 2015 a 2019, Coordenadora de Extensão da Faculdade de Tecnologia e membro titular da Câmara de Extensão de 2016 a 2019. Atualmente é professora do curso de Engenharia Mecânica, professora, pesquisadora e orientadora do Programa de Pós-Graduação em Design. Atua em metodologias aplicadas a P&D; metodologias educacionais orientadas por projetos integrando ensino, pesquisa e extensão; e em pesquisa nas áreas de Design e Engenharia de Produto e Processos nos temas: projeto mecânico, robótica modular, design de produto, design biomimético, design e educação, equidade de gênero nas áreas de STEM.

 

DOLORES GALINDO (ORG.)

Possui Pós-Doutorado (2015-2016), Doutorado (2006) e mestrado (2002) em Psicologia Social pela Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), com Doutorado Sanduíche na Universidade Autônoma de Barcelona (2004). Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1999. Atua como Professora Permanente dos Programas de Pós-Graduação em Psicologia e Cultura Contemporânea da Universidade Federal de Mato Grosso. Foi vice-coordenadora e posteriormente Coordenadora do Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Estudos de Cultura Contemporânea. Na graduação, atua como Docente do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Mato Grosso (2013-2014). Lidera o Grupo de Pesquisa Ciências, Tecnologias e Criação (LABTECC). Foi da Diretoria Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social - ABRAPSO (2016-2017).

 

EDILENE SILVA TENÓRIO

Acadêmica do curso de Psicologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

 

EDSON JÚNIOR SILVA DA CRUZ

Psicólogo. Doutor em Psicologia pela Universidade Federal do Pará/Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Pará/Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Bacharel em Serviço Social pela Universidade Federal do Pará. Vice coordenador do Laboratório de Desenvolvimento e Saúde - LADS (CNPq). Cursa especialização em Rorschach pela Sociedade de Rorschach de São Paulo. Atualmente possui interesse de pesquisa nos seguintes temas: desenvolvimento humano (infância e adolescência), dinâmicas familiares em diferentes contextos, temperamento, personalidade e avaliação psicológica. Possui certificação para utilização das Escalas Bayley de Desenvolvimento - III. Membro do GT: Família, Processos de Desenvolvimento e Promoção da Saúde da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia - ANPEPP.

 

EDYR BATISTA DE OLIVEIRA JÚNIOR

Doutor em Antropologia (PPGA-UFPA). Professor na SEDUC-PA. Pesquisador do GEPEM (UFPA).

 

ELAINE LOBATO NERY

Psicóloga.

 

Elaine Soares de Freitas Leitão

Graduanda de Psicologia na Universidade Federal do Delta do Parnaíba – UFDPar, integrante do NuTEPSS (Núcleo Transdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Saúde e Subjetividade).

 

ELEAZAR VENANCIO CARRIAS

Nasceu em 1977, no sudeste do Pará. Publicou artigos sobre relações de gênero e sexualidade na educação, além dos livros de poesia Regras de fuga (2017) e Quatro gavetas (2009), vencedor do Prêmio Dalcídio Jurandir de Literatura 2008. Doutorando em Educação na Amazônia pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e mestre em Educação pela Universidade de Brasília (UnB), atua como pedagogo no Instituto Federal do Pará - Campus Tucuruí. Vive em Breu Branco (PA).

 

ELLEN AGUIAR DA SILVA

Pedagoga, Mestre em Psicologia e Doutora em Educação pela UFPA.

 

Érica de Sousa Peres

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação. PPGED-UFPA.

 

FABIO JOSÉ CARDIAS-GOMES

Professor-Pesquisador de Psicologia na Universidade Federal do Maranhão; Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo; Mestre em Saúde e Ciências do Esporte/Exercício pela Universidade Nacional de Tsukuba (ex-bolsista do Ministério da Educação Japonês), Psicólogo pela Universidade Federal do Pará; Membro da Academia Olímpica Brasileira (ex-bolsista da International Olympic Academy, Grécia) e Embaixador da Ethnosport World para a América do Sul.

 

FELIPE CAZEIRO

Doutorando (2019-atual) e Mestre em Psicologia (2017-2019) pelo PPgPsi da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Graduado em Psicologia (2012-2017) pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) ênfase em Intervenções em Processos de Saúde e Sofrimento Psíquico em Clínica Escola (Adolescentes e Adultos) com Extensão em Processos de Saúde e Políticas para Cidadania na Ala LGBT Arco-Íris do Centro de Ressocialização de Cuiabá-MT. Tenho me dedicado ao Ensino, a Pesquisa e a Extensão em Ciências Humanas, Sociais e da Saúde atuando nos seguintes campos: educação, saúde coletiva, saúde pública, saúde mental, tanatologia, psicossomática, IST/HIV/AIDS, sexualidade, gênero, relações étnico-raciais, estigmas, discriminação e preconceito, decolonialidade, interseccionalidade, ações afirmativas, direitos humanos, políticas públicas e movimentos sociais a partir de referenciais teóricos-metodológicos da Psicologia Social, Crítica e Política e da Hermenêutica.

 

FERNANDO ARTHUR DE FREITAS NEVES

Doutor em História: História Social pela PUC-SP (2009), Mestre em Planejamento do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Pará (1996), Graduado em História pela Universidade Federal do Pará (1989). Diretor Geral do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Professor Associado II da Universidade Federal do Pará. Membro do Programa de Pós-Graduação de História (Mestrado/Doutorado) UFPA. Tem experiência na área de História, com ênfase em: Teoria da História, religião e religiosidade, história da igreja, espiritualidade e secularidade, história contemporânea, história política, crítica do desenvolvimento, gestão democrática, extensão universitária, semiótica e crítica teatral. Membro da ARQPEP (Associação dos Amigos do Arquivo Público do Pará). Sócio da Sociedade Literária e Beneficente “Cinco de Agosto”. Membro do IHGPA (Instituto Histórico e Geográfico do Pará).

 

FLÁVIA CRISTINA SILVEIRA LEMOS (ORG.)

Possui formação em Psicologia/UNESP (1999), Mestrado em Psicologia e Sociedade/UNESP (2003) e Doutorado em História Cultural/UNESP (2007). Foi bolsista FAPESP no Doutorado. Professora na graduação e no Programa de Pós-Graduação em Psicologia/UFPA. Professora colaboradora no Programa de Pós-Graduação em Educação/UFPA. Bolsista de Produtividade do CNPQ-PQ-2. Estuda as relações entre Psicologia, Filosofia contemporânea, História Cultural e Política.

 

FRANCO FARIAS DA CRUZ

Psicólogo pela UNAMA. Mestre e Doutor pela UFPA.

 

GEISE DO SOCORRO LIMA GOMES

Possui graduação em Formação em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (2008), graduação em Licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (2008), graduação em Bacharel em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (2007), mestrado em Psicologia - Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará (2011) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Pará (2017). Tem experiência na área da Saúde Coletiva, atuando principalmente nas seguintes áreas e temas: política de saúde, clínica ampliada, sofrimento psíquico e formadora no Programa Saúde na Escola. Na Psicologia trabalha nas áreas da Psicologia Social: trabalho forçado, Foucault, governamentalidade, biopoder e formação em psicologia. Atuou como conselheira no Conselho Regional de Psicologia durante a gestão 2013-2016.

 

GERFSON MOREIRA OLIVEIRA

Psicólogo graduado pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública - EBMSP (2005), Doutorando em Medicina e Saúde (EBMSP), Mestre em Saúde, Ambiente e Trabalho (UFBA, 2011); Especialização, sob forma de Residência Multiprofissional, em Saúde da Família (2008); Especialização em Avaliação Psicológica (Universidade Paulista, 2012); Especialização em Gestão do Trabalho em Saúde (Universidade Federal Fluminense, 2018) e Especialização em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde - PICS (Cruzeiro do Sul, 2020). Tem experiência na área de Saúde Coletiva, Saúde Mental, Gestão em Saúde, PICS, Psicologia Clínica e do Trabalho. Atualmente trabalha como psicólogo clínico e do trabalho, é professor de graduação e pós-graduação da Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública, Faculdade Ruy Barbosa e Faculdade de Tecnologias e Ciência; Tutor do PET-Interprofissional e do Programa de Residências Integradas em Saúde da Fundação Estatal Saúde da Família (FESF) e Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ).

 

GIANE SILVA SANTOS SOUZA

Coordenadora do curso de Psicologia da Universidade da Amazônia - UNAMA Ananindeua. Possui graduação em Psicologia pela Universidade da Amazônia (2009), graduação em Bacharel em Administração pela União das Escolas Superiores do Pará (1990) e mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (2014). Doutoranda da Universidade Fernando Pessoa em Porto- Portugal. Tesoureira do Conselho Regional de Psicologia - 10ª Região PA/AP nas gestões do VIII plenário (2013-2017) e do IV plenário (2017-2019). Conselheira do CONED- Conselho Estadual sobre drogas no Pará na gestão (2017-2018) e (2018-2019). Docente da UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA - UNAMA Ananindeua. Tem experiência na área dos direitos humanos, violência contra mulher e psicologia clínica e jurídica.

 

GILSON MORAES DA COSTA

Professor Adjunto do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso (Campus Universitário do Araguaia). Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO-UFMT); Mestre em Estudos de Linguagem. É documentarista e desenvolve projetos de produção audiovisual em parceria com movimentos sociais e povos indígenas.

 

GUILHERME AUGUSTO SOUZA PRADO

Doutor em Psicologia (UFF). Professor do Departamento do Psicologia da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPAR). Psicólogo pela Universidade Estadual Paulista, mestre e doutor em psicologia clínica e subjetividade pela Universidade Federal Fluminense com estágio de doutoramento na Universidade Complutense de Madrid. Pesquisador de políticas de subjetivação, clínica ampliada em saúde e esquizoanálise. Coordenador do Núcleo Transdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Saúde e Subjetividade (NuTEPSS) da UFDPar.

 

HÉLDER CÔRREA LUZ

Mestre em Serviço Social (Ufpa); especialista em Saúde Pública (Ufpa).

 

HELENA CAROLLYNE DA SILVA SOUZA (ORG.)

Graduanda do curso de Psicologia da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Bolsista de Extensão Sobre Saúde Mental, da Universidade Federal do Pará (UFPA).

 

HENRIQUE CAMPAGNOLLO DÁVILA FERNANDES

Psicólogo pelo Centro Universitário de Brasília (2014). Mestre em Psicologia Clínica e Cultura pela Universidade de Brasília (2017), com pesquisa sobre o fenômeno da audição de vozes (alucinação auditiva). Doutorando em Psicologia Clínica e Cultura pela Universidade de Brasília. Especialista em Gestão de Pessoas pela Universidade Federal de São João Del Rei (2008), e em psicologia clínica de base fenomenológico-existencial pelo Instituto de Psicologia Fenomenológico-Existencial do Rio de Janeiro (2017). Também possui graduação em Administração, pela UniSul (2011), e em Ciências Militares, pela Academia Militar das Agulhas Negras (2003), com ênfase em Infantaria. É Professor do curso de psicologia do Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos (UniCePlac).

 

HEVELLYN CIELY DA SILVA CORRÊA

Professora Adjunta 2 da Universidade Federal do Pará. Psicanalista. Doutora em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, com estágio de Doutorado Sanduíche na Université Paris VII - Paris Diderot (2017); Mestre em Teoria Psicanalítica também pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (2014); Psicóloga graduada pela Universidade Federal do Pará - UFPA (2011). Detém interesse nas áreas de Psicanálise, Literatura e Teatro; feminino na psicanálise; diversidade sexual e maternidade.

 

HORTÊNCIA SOUSA ROCHA

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e mestranda em Psicologia pela UFMA.

 

IASMIN LINS EMIN

Graduanda de Psicologia da UFPA.

 

IGOR DO CARMO SANTOS

Psicólogo e Mestre em Psicologia pela UFPA. Doutorando de Psicologia, Universidade Federal do Pará. Prof. substituto de Psicologia pela UNI-FESPA.

 

IOLETE RIBEIRO DA SILVA

Graduada em Psicologia pelo Centro Universitário de Brasília (1990), mestre (1998) e doutora (2004) em Psicologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é Professora Associada IV da Universidade Federal do Amazonas, Diretora da Faculdade de Psicologia da UFAM (2012-2016, 2017-2021). Bolsista Produtividade CNPq 2. Atua no Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/UFAM e Programa de Pós-Graduação em Psicologia - PPGPSI/UFAM. Integrante do Conselho Fiscal da Associação Brasileira de Psicologia Escolar/Educacional (2018-2020). Integrante do Conselho Fiscal da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia. É Conselheira (2017-2020) e Presidenta ((2020)) do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescentes. Foi Secretária Adjunta do Fórum Nacional de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente - FORUM DCA (2008/2009, 2012), Integrante do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (2012/2013).

 

IVAN CARLOS FERREIRA NEVES

Especialista em Ensino de Física. Professor de Física da Escola de Aplicação da UFPA.

 

JÁDER FERREIRA LEITE

Graduado em Psicologia pela Universidade Estadual da Paraíba (1998); mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2003), doutorado em Psicologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2008) e estágio pós-doutoral junto ao Núcleo de Psicologia Comunitária (NUCOM) da Universidade Federal do Ceará (2014). É professor associado II, vinculado ao Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com atuação na graduação e pós-graduação (orientações de mestrado e doutorado). Presidente da Associação Brasileira de Psicologia Política (Gestão 2017 - 2018), coordenador e membro do GT Saúde Comunitária da ANPEPP (2017-2018). Atua no campo da Psicologia social e política a partir dos temas: movimentos sociais e relações de gênero em contextos rurais, produções de sentidos e ruralidades.

 

JANAÍNA RABELO MONTEIRO DA SILVA

Psicóloga, Mestranda em Psicologia-UFPA.

 

JANARI DA SILVA PEDROSO

Professor Associado III da Universidade Federal do Pará; Bolsista de Produtividade CNPq, exerce suas atividades acadêmicas na Faculdade de Psicologia, Programa Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento e Programa de Pós-Graduação em Psicologia - na área de concentração: Psicologia. Orientador de mestrado e doutorado. Desenvolve pesquisas com os temas: desenvolvimento humano nos aspectos biopsicosociais, intervenções psicoterápicas, estudo sobre família e saúde mental, processos psicopatológicos e, avaliação diagnóstica dos transtornos do desenvolvimento e da personalidade com os diferentes métodos de avaliação psicodiagnóstica (testes psicológicos, entrevistas, observações, escalas de desenvolvimento e inteligência). Coordena o laboratório de desenvolvimento e saúde (LADS) que adota um caráter interdisciplinar com objetivos de discutir com os diversos saberes das ciências humanas. Os estudos são desenvolvidos a partir dos diálogos entre os modelos teóricos sistêmicos e psicodinâmicos. O LADS em relação a inserção social integra pesquisa, extensão e ensino. As pesquisas são centralizadas no desenvolvimento humano (infância, idosos e família), as atividades de extensão são desenvolvidas no Programa de Ambulatório de Ansiedade e Depressão (AMBAD) do Hospital Bettina Ferro da Universidade Federal do Pará e o ensino nas atividades de docência na graduação e pós-graduação, orientação acadêmica e supervisão de estágio. Participa da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP), no Grupo de Trabalho: Família, Processos de Desenvolvimento e Promoção da Saúde”.

 

JÉSSICA MODINNE DE SOUZA E SILVA

Docente do curso de Psicologia e Educação Física (Bacharelado) da Faculdade Estácio Belém - Campus Nazaré (Belém-PA) e coordenada o grupo de estudos em gênero, sexualidade, raça, classe e território, chamado Ver-O-Gênero, na mesma instituição. Também atuou como coordenadora do Núcleo de Apoio e Atendimento Psicopedagógico da Faculdade Estácio Belém - Campus Nazaré. Doutoranda e Mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGP) da Universidade Federal do Pará (UFPA) e graduada em Psicologia/Formação do Psicólogo pela mesma instituição. Tem experiência e ênfase em Psicologia Social, tanto na área de pesquisa, quanto na vivência em docência. É pesquisadora do grupo de estudos Transversalizando (UFPA). Integrou a Comissão de Gênero do Conselho Regional de Psicologia da 10° Região (CRP/10). Trabalha com os seguintes temas para pesquisa: saúde mental e saúde da mulher na Amazônia; gênero; internet, redes sociais e discursos midiáticos; estudos e métodos foucaultianos; psicanálise e esquizoanálise; Anti-Colonialismo; História Oral; Teoria Feminista Comunitária; Psicologia Social; Psicologia Política; Relações Raciais, de Classe e de Sexualidade. Foi educadora popular e psicóloga no Cursinho Popular da Rede EMANCIPA-PA. Atua também como artista visual, usando as técnicas de colagem digital, desenho e pintura para compor ilustrações, charges e quadrinhos. Membro do coletivo M.AR. - Mulheres Artistas Paraenses.

 

JÉSSICA SILVA RODRIGUES

Graduada em psicologia em 2015 pela Universidade Federal do Ceará (UFC). É Especialista em Saúde Mental pelo programa de Residência Integrada em Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará (RIS - ESP/ CE) concluído em 2017. Tem experiência de trabalho em CAPS Geral e AD, com ênfase em ações de Redução de Danos junto à população de Rua realizadas no projeto “Residência na Rua: Arte, Cultura e Saúde” e na área de Psicologia Comunitária. Atuou principalmente nos seguintes temas: Saúde Mental, Drogas e Saúde Pública. Tem mestrado em psicologia pela UFC discutindo as implicações psicossociais da violência letal nos modos de subjetivação contemporâneos. Atualmente, é professora substituta da Universidade Estadual do Ceará e da Uniateneu. É doutoranda em psicologia pela UFC.

 

JOÃO PAULO PEREIRA BARROS

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Ceará. Coordenador do VIESES: Grupo de Pesquisas e Intervenções sobre Violência, Exclusão Social e Subjetivação.

 

JOSÉ AUGUSTO LOPES DA SILVA (ORG.)

Mestrando em Educação- Linha Formação de Professores e Práticas Pedagógicas pela Universidade do Estado do Pará (UEPA); Acadêmico do curso de Psicologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA);

 

JUAN DE ARAÚJO TELLES

Psicólogo e mestrando do Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), integrante do Grupo Interdisciplinar de Estudos, Pesquisas e Intervenções Porta da Lembrança (PUC-Rio) desde 2016 e membro do Coletivo Nuvem Negra. Foi bolsista de iniciação científica PIBIC/CNPq na PUC-Rio (2017-2019) e estudante bolsista no Programa de Educação pelo Trabalho do Ministério da Saúde/PUC-Rio (2014-2015). Atualmente pesquisa sobre racismo, descolonização, decolonialidade e produção de saberes e práticas em Psicologia.

 

KANÉA EMILIE DE SOUSA GAUTHIER

Psicolóloga pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP).

 

KATIA TAROUQUELLA BRASIL

Possui graduação em Psicologia pela Universidade de Brasília (1993), Maitrise de Psychologie Clínica - Université Lumiere Lyon 2 (1991), Orientação Prof. Dra. C. Vacheret, Diploma de Estudos Aprofundados (DEA) na Université Catholique de Lyon (1992), mestrado em Psicologia pela Universidade de Brasília (1998), orientação Prof. Dr. R. Bucher e Prof. Sandra Francesca Conte de Almeida e doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília (2005), Orientação Prof. Francisco Martins, com estágio Sanduíche em Paris (bolsa CAPES) no Conservatoire Nationale des Arts et Métiers (CNAM), orientação Prof. Dr. C. Dejours. É professora do Departamento de Psicologia Clínica e da Pós-Graduação de Psicologia Clínica e Cultura da Universidade de Brasília. Integra o coletivo Psicanálise de Rua. É pesquisadora associada do laboratório de pesquisa “Centre de Recherche sur les Risques et vulnérabilités- CERReV “ Universidade de Rouen-França e membro da Associação Internacional de Psicodinâmica do Trabalho. Encontra-se em formação na Sociedade Psicanalítica de Brasília, ligada a International Psychoanalytical Assocation- IPA. É autora de várias coletâneas e artigos na temática de intervenção terapêutica, prevenção à saúde mental na perspectiva psicanalítica, psicopatologia, exclusão social e Psíquica, corpo e sofrimento contemporâneo. Se dedicando principalmente aos seguintes temas: Psicopatologia, violência, intervenção terapêutica, corpo e contemporaneidade.

 

LARISSA AZEVEDO MENDES (ORG.)

Possui graduação em Psicologia /UNAMA(2005). Mestra em Psicologia / UFPA (2015). Doutoranda em Ciência da Informação (Universidade Fernando Pessoa-Portugal). Docente na pós-graduação da Escola Superior da Amazônia (Esamaz). Coordenadora do curso de Psicologia da Faculdade Uninorte Pará. Atua como psicóloga clínica. Foi conselheira do Conselho Regional de Psicologia 10ª Região (Gestão 2013-2016). Foi conselheira Estadual da Política sobre Drogas do Estado do Pará (2015-2016). Foi membro suplente na coordenação da Associação Brasileira de Psicologia Social-núcleo PA (Gestão 2016-2017). Coordenou a comissão de plano de saúde do CRP10. Integra a comissão de relações raciais do CRP10. Integra o CEBES (Centro Brasileiro de Estudos de Saúde) núcleo-Pará; Integra o Fórum Popular de Saúde/Pa; Integra o grupo de estudo Saúde na Amazônia (UFPA) e o grupo estudo e pesquisa Psicologia social e Política: transversalizando história, filosofia e educação (UFPA).

 

LAUANY CÂMARA CHERMONT PINHEIRO

Graduada em Psicologia pela Universidade da Amazônia (2017). Psicóloga Clínica. Mestranda em Psicologia (PPGP/UFPA). Pós-graduanda em Psicologia Jurídica na Faculdade Brasil Amazônia (FIBRA). Aprimoramento na Abordagem Centrada na Pessoa pelo Núcleo de Estudos e Práticas Psicológicas - Abordagem Centrada na Pessoa (NEPPSI-ACP) (2018).

 

LEANDRO PASSARINHO REIS JUNIOR

Professor Dr. no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará (PPGP/UFPA).

 

LUANA BORGES TEIXEIRA

Graduanda de Psicologia.

 

LUANNA TOMAZ DE SOUZA

É graduada em Ciências Sociais pela Universidade da Amazônia (UNAMA) e em Direito pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Mestre em Direito na Universidade Federal do Pará, Doutora em Direito pela Universidade de Coimbra - Portugal e Pós-doutora em Direito na Puc-Rio. Atua como Diretora Adjunta do Instituto de Ciências Jurídicas da UFPA e professora da Faculdade de Direito e do Programa de Pós-Graduação de Direito da UFPA. É pesquisadora do Grupo de Estudos sobre Mulher e Relações de Gênero Eneida de Moraes (GEPEM-UFPA). Coordena o Grupo de Estudos em Direito Penal e Democracia (UFPA), a Clínica de Atenção à Violência (CAV/UFPA) e o Núcleo de Estudos Interdisciplinares da Violência na Amazônia (NEIVA-UFPA). Tem experiência na área de Direito Penal, Processo Penal, Criminologia, Sociologia Jurídica, Segurança Pública, Direitos Humanos, Direitos das Mulheres e das Crianças e Adolescentes, Teorias Feministas.

 

LUCAS GABRIEL DE MATOS SANTOS

Psicólogo, mestre em Psicologia, discente do curso de Doutorado do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (bolsista CNPq).

 

LUÍS FERNANDO DE SOUZA BENICIO

Psicólogo (CRP 11/15039) com formação em Psicologia Hospitalar (HUWC/UFC). Mestre em Psicologia (UFC) com regime de mobilidade pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente, é professor substituto da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e cursa doutorado em Psicologia pela UFC. Foi apoiador da política de Educação Permanente em Saúde do Estado do Ceará, atuando no âmbito da gestão na Secretaria Estadual de Saúde do Ceará (SESA/CE); professor da Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará (ESP/CE) e dos cursos de Psicologia do Centro Universitário UNINASSAU e do Centro Universitário UniAteneu. No âmbito da pesquisa-intervenção, é pesquisador do grupo de Pesquisas e intervenções sobre Violência, Exclusão Social e Subjetivação (VIESES/UFC). Co-ordenou o campo da pesquisa “Violência armada na cidade de Fortaleza e suas consequências humanitárias” (Instituto OCA e Comitê Internacional da Cruz Vermelha) e atuou na pesquisa? Fortalecimento da rede de prevenção de homicídios na adolescência? - (Instituto OCA e Open Society Foundations - OSF). Desenvolveu, ainda, um trabalho de Apoio Institucional na Rede de Atenção Psicossocial de Fortaleza (Secretaria Municipal de Saúde) e foi colaborador do projeto Close certo - Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais (Ministério da Saúde). Dedica-se aos temas: violências e modos de subjetivação na contemporaneidade; direitos humanos; práticas sociais/institucionais e micropolítica; pesquisa-intervenção e cartografia de processos psicossociais no campo das políticas públicas; saúde mental e atenção psicossocial, racismo e interseccionalidade.

 

LUIZANE GUEDES MATEUS

Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Fluminense.

 

LYAH SANTOS CORRÊA

Psicóloga, mestranda em Psicologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará (PPGP-UFPA).

 

MARCELE DE JESUS DUARTE MONTEIRO

Graduanda em Direito. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direitos Humanos e Direito Penal.

 

MARCELO MORAES MOREIRA (ORG.)

Possuo graduação em Psicologia pela Universidade da Amazônia (1995), pós-graduação lato sensu pela Universidade Católica de Brasília (2009) e Mestrado em Psicologia Social e Clínica pela Universidade Federal do Pará (2013). Tenho boa capacidade para falar em público e boa experiência como palestrante. Sou professor do ensino superior, com experiência de docência nos cursos de Psicologia, Farmácia, Nutrição, Fisioterapia, Odontologia, Enfermagem, Direito, Educação Física e Administração. Também dou aulas na Pós-graduação lato sensu nas áreas da Educação, Saúde e Engenharias. Já tive a oportunidade de assumir a Coordenação do curso de Psicologia por quase 03 anos numa IES, onde pude aprender muito nas minhas relações com o corpo docente e discente. Atualmente, estou na Coordenação do Curso de Psicologia da Faculdade Estácio Belém, além da docência nesse curso. Sou professor, ainda, na Faculdade Ciência e Conhecimento - FCC, nos cursos de Bacharelado em Educação Física e Tecnólogo em Gestão Desportiva e de Lazer.

 

MARCIO JOSÉ DE ARAÚJO COSTA

Doutor em Psicologia Social (UERJ), Pós-doutorado em Psicologia Clínica (PUC-SP) e Teoria Psicanalítica (UFRJ). Professor permanente do Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFMA.

 

MARCOS ANTÔNIO DE SOUSA RODRIGUES MOURA

Graduando de Psicologia na Universidade Federal do Delta do Parnaíba – UFDPar, integrante do NuTEPSS (Núcleo Transdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Saúde e Subjetividade).

 

MARIA HELENA ZAMORA

Mestra e Doutora em Psicologia Clínica pela PUC-Rio. É professora associada do Departamento de Psicologia da PUC-Rio, desde 2000 e no PPPG em 2012. Professora convidada da National/Global Advisory Board for Faith and Justice in Community and Society, Indiana, USA, entre 2011 e 2015. Iniciou cooperação com o Instituto de Psicologia Cognitiva, Desenvolvimento Vocacional e Social, de Coimbra, em 2012. Em 2017 passa a ser pesquisadora convidada da linha de pesquisa “Acolhimento e inclusão de jovens em risco do IPCDHS/FCT, Univ. de Coimbra e consultora do Laboratório de Intervenção na Comunidade (LInC). É Vice-coordenadora do Laboratório Interdisciplinar de Pesquisa e Intervenção Social (LIPIS, da PUC-Rio) desde 2006. Em 2010, foi Coordenadora Adjunta do ProUnir, Protagonismo Universitário e Empoderamento Profissional, em convênio com a SEPPIR e consultora em 2011. Foi docente do Mestrado em Psicologia Social na UNIVERSO entre 04/2010 e 08/2012. Atuou nas seguintes pós-graduações lato sensu em Psicologia Jurídica: Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ- 2007 a 2011), Universidade Potiguar (UnP- 2007 a 2009) e Universidade da Amazônia (UNAMA - 2009 a 2011), além de ser professora convidada da Especialização em Teorias e Práticas Transdisciplinares e Violência: Direito, Educação e Saúde, da FUNEMAC (Fundação Educacional de Macaé - 2007 a 2009), do Curso de Especialização em Segurança Pública, Cultura e Cidadania da UFRJ e Ministério da Justiça (2007 a 2011), Especialização em Psicologia da Saúde da PUC-Rio (2007 a 2011). Participou do Projeto Justiça Juvenil da ABMP (Associação Brasileira de Magistrados, Promotores de Justiça e Defensores Públicos da Infância e Juventude), de 2008 a 2009. Foi consultora do Projeto? Oficinas de Capacitação em Gestão de Risco? da organização Médicos Sem Fronteiras, de 2008 a 2009. Foi sócia da ABRAP-SO (Associação Brasileira de Psicologia Social) por cinco anos. Membro da ANPEPP desde 2012 e atualmente no GT GT Psicologia e Relações Étnico-Ra. É membro do corpo editorial e consultora de diversas revistas e editoras científicas nacionais e internacionais. É membro da CEDECA-RJ (Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente) desde 2012. Foi colaboradora do CRP-5 (Conselho Estadual de Psicologia) em 2009- 2010 e 2014-2015 e Coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos em 2019. Colaboradora do Núcleo Interdisciplinar de Memória, Subjetividade e Cultura (NIMESC) da PUC-Rio, entre 2014 e 2015. Pesquisadora associada do Núcleo Interdisciplinar de Reflexão e Memória Afrodescendente (NIREMA) da PUC-Rio, desde 2015 e do Núcleo Transdisciplinar Subjetividades, Violências e Processos de Criminalização (TRANSCRIM) da UFF, em 2016. Membro da Comitê Estadual de Prevenção e Combate à Tortura RJ, como suplente do Movimento MOLEQUE de 2015 a 2018. Membro do Conselho Consultivo do Instituto de Cidadania e Direitos Humanos, fundado em 2017, MG. Membro do Comitê de Prevenção de Homicídios de Adolescentes da UNICEF em 02/2019, passando a integrar o Comitê de Ética em 08/2019. Coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia - RJ em 2019.1. Docente nas Pós-graduações Psicologia Hospitalar e da Saúde e Psicologia Junguiana, Arte e Imaginário no ano de 2017 e Práticas Contemplativas e Mindfulness, em 2019. Componente da Cátedra Sergio Vieira de Melo do ACNUR/ONU, da PUC-Rio, em 2017. A partir de atividades em 2016, institui-se em 2020 o intercâmbio com a Universidade Federal do Tocantins (UFT). Pesquisadora convidada da rede de pesquisa SPPREAD Internacional (Social Pedagogy, Practice Research and Development International) sobre socioeducação, com membros no Reino Unido, Dinamarca e Brasil, desde 01/2018.

 

MARIA LUIZA LEMOS AZEVEDO (ORG.) 

Graduanda de Psicologia- UNICEUB.

 

MARILDA CASTELAR

Psicóloga, Doutora em Psicologia Social pela PUC-SP, Docente da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

 

MARLIZE RUTH ALBUQUERQUE PACHECO

Psicóloga.

 

MATEUS MORAES DE OLIVEIRA

Psicólogo.

 

MELINA NAVEGANTES ALVES (ORG.)

Graduanda de Psicologia da UFPA.

 

MÔNICA DANTAS DE MACEDO RÊGO

Bacharela em Psicologia pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e advogada.

 

MÔNICA RAMOS DALTRO

Psicóloga, psicanalista, doutora em Medicina e Saúde Humana, professora titular do curso de Psicologia, do doutorado em Medicina e Saúde Humana e coordenadora do Mestrado em Psicologia e Intervenções em Saúde, na Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (BAHIANA).

 

NAZARÉ CRISTINA CARVALHO

Doutora em Educação Física e Cultura- UFG.

 

OBERDAN DA SILVA MEDEIROS

Doutorando no Programa de Pós-graduação em Educação na Universidade Federal do Pará (PPGED/UFPA), mestre em Educação, título obtido junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação e Cultura (PPGEDUC) da mesma Universidade, possui graduação em Ciências Sociais (Bacharelado e Licenciatura Plena) com ênfase em Ciências Políticas pela Universidade Federal do Pará-UFPA (2006), Bacharelado em Educação Religiosa pela Faculdade Gamaliel-FATEFIG (2001) e acadêmico do curso de Bacharelado em Direito pela Faculdade Pitágoras (2019). Professor efetivo do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA.

 

PATRÍCIA DO SOCORRO MAGALHÃES FRANCO DO ESPÍRITO SANTO (ORG.)

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (1995), Especialista em Psicomotricidade pela Universidade do Estado do Pará (1998), Mestre em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2003), Doutora em Psicologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2006). Experiência na área de Psicologia, com ênfase em docência, atuando principalmente nos seguintes temas: Abordagem Centrada na Pessoa, Psicologia da Saúde, Psicologia Humanista, Fenomenologia e Políticas Públicas. Atualmente é docente da Universidade Federal do Pará.

 

PAULO SÉRGIO DE ALMEIDA CORRÊA

Doutor em Educação. Professor Titular. Faculdade de Educação. Instituto de Ciências da Educação. Universidade Federal do Pará. Poeta. Músico. Compositor.

 

PAULO VICTOR TELLES DE ALMEIDA

Graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Amazonas e mestrado em Psicologia pela mesma Universidade, na linha de pesquisa Processos Psicossociais, com ênfase em Psicologia Política. Tem experiência na área de Psicanálise, com foco em Freud e Lacan, saúde mental do/a trabalhador/a, Psicologia e movimentos sociais e políticos, e violência e preconceito no âmbito escolar. Interessado no diálogo entre Psicanálise e sociedade, além das discussões entre processos psicopolíticos e psicossociais e saúde do/a trabalhador/a. Atualmente, é Secretário de Políticas da Saúde da Federação Nacional dos Psicólogos - FENAPSI e atua na clínica psicanalítica.

 

PEDRO PAULO GASTALHO DE BICALHO (ORG.)

Psicólogo, especialista em Psicologia Jurídica, mestre e doutor em Psicologia. Professor do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, vinculado ao Programa de Pós-graduação em Psicologia e ao Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas em Direitos Humanos. Bolsista de produtividade em pesquisa (CNPq).

 

RAFAELE HABIB SOUZA AQUIME

Psicóloga, Graduada pela Universidade da Amazônia (UNAMA), Mestra em Psicologia pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará (UFPA) e Doutoranda em Psicologia pelo mesmo Programa. Atualmente é Professora Efetiva da Universidade Federal Rural da Amazô­nia (UFRA) e ministra disciplinas nos campos da educação, organizações, ética e formação docente. Interesses em estudos sobre educação, infâncias, juventudes, políticas públicas e direitos humanos. Atuou como Conselheira do Conselho Regional de Psicologia 10ª Região, gestão 2016-2019, sendo presidenta da Comissão de Ética (COE).

 

ROBENILSON MOURA BARRETO

Psicólogo, Especialista em Educação Especial e Inclusiva, Mestre em Psicologia e Pesquisador do Laboratório de Psicanálise e Psicopatologia Fundamental da Universidade Federal do Pará (LPPF – UFPA).

 

ROBERT DAMASCENO RODRIGUES

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal do Pará (PPGP/UFPA).

 

ROVANA PATROCINIO RIBEIRO

Mestranda em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Espírito Santo.

 

SIMONE CARDOSO PASSOS

Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia (2006). Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia (1999). É professora assistente do Curso de Enfermagem da Bahiana e do Curso de Especialização em Terapia Intensiva e Alta Complexidade e coordenadora do curso de graduação em Enfermagem da Bahiana desde 2018, coordena também o curso de Especialização em Enfermagem em Terapia Intensiva e Alta Complexidade. Professora Assistente do curso de Enfermagem da Universidade Estadual da Bahia (UNEB) desde 2018. Com experiência docente na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde Mental, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, cuidados de enfermagem, saúde mental, educação em saúde e práticas integrativas e complementares em saúde. Atua também como membro do Centro de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CEPICS) da Bahiana desenvolvendo atividades em grupo pautadas na Análise Bioenergética. Tem formação em coordenação de grupo de exercícios em Análise Bioenergética. Membro do Grupo de Trabalho de Praticas Integrativas e Complementares em Saúde do Coren - BA.

 

SIMONE LISNIOWSKI

Professora Adjunta da Universidade de Brasília na Faculdade de Educação, no Departamento de Teoria e Fundamentos. Atua nas disciplinas de Psicologia da Educação e Psicologia Social, com ênfase em educação popular, cultura, identidade e processos grupais. Possui publicações e pesquisas nos seguintes temas: educação popular, gestão do estudo, gênero e educação, identidade e teatro do oprimido na educação. Graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná (1999), Especialização em Educação a Distância (2000 e 2001), Aperfeiçoamento em Política Pública e Social (2009), Especialização em Direção Teatral (2019), Mestrado em Direito pela Universidade Federal do Paraná (2004), Doutorado em Sociologia pela Universidade de Brasília (2010) e Pós-doutorado em Educação pela Universidade Católica de Brasília (2017).

 

STEPHANIE CAROLINE FERREIRA DE LIMA

Doutoranda e mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Ceará (UFC), bacharela em Ciências Sociais (UFC). É membro do Grupo de Estudos, Pesquisas e Intervenções em Psicologia Social Crítica (PARALAXE - UFC) e pesquisadora vinculada ao NEXOS - Teoria Crítica e Pesquisa Interdisciplinar, no núcleo Nordeste (UFC).

 

TANIA MARA CAMPOS DE ALMEIDA

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Juiz de Fora-UFJF (1989), mestra e doutora em Antropologia pela Universidade de Brasília-UnB (respectivamente, 1994 e 2001), com pós-doutorado em Representações Sociais pela UnB (Instituto de Psicologia, 2006), pela Université de Provence e pela EHESS (França, 2007). Atualmente, é pesquisadora e professora adjunta IV do Departamento de Sociologia -UnB, bem como é integrante do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Mulheres (NEPeM) da mesma universidade. No período de 2012 a meados de 2016, foi editora-adjunta da Revista Sociedade e Estado. De 2016 - 2018, atuou como coordenadora dos bacharelados em Sociologia e Ciências Sociais do Departamento. Tem experiência e publicações na área das Ciências Sociais e Humanas, com ênfase nos seguintes temas: gênero, violência, trabalho, saúde e religião. É bolsista produtividade PQ2 do CNPq.

 

TATIANA MACHIAVELLI CARMO

Professora no curso de Psicologia da Universidade Federal Catalão (UFCAT) e professora colaboradora do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Doutora (2012) e Mestra (2009) em Serviço Social pela Unesp/Franca. Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia (2003). Membro do GT ”A Psicologia sócio-histórico e o contexto brasileiro de desigualdade social” (Anpepp). Mãe de dois filhos, esteve em licença maternidade em 2011 e 2019.

 

TELMA AMARAL GONÇALVES

Doutora em Antropologia. Professora da Faculdade de Ciências Sociais (UFPA) e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA/UFPA). Pesquisadora do GEPEM (UFPA).

 

THIAGO DANIEL MONTEIRO PAIXÃO

Graduando de Psicologia.

 

VALBER LUIZ FARIAS SAMPAIO

Possui graduação em Psicologia pela Universidade da Amazônia (UNAMA); Especialista em Gestão e Planejamento de Políticas Públicas em Serviço Social pela Escola Superior da Amazônia (ESAMAZ); Mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA) na linha de “Psicologia, sociedade e saúde” e, atualmente, é doutorando pela Universidade Federal do Pará - UFPA na mesma linha. Docente do curso de Psicologia e de Serviço Social da Faculdade UNINASSAU (Belém). Foi docente da Pós-Graduação da Faculdade de Educação Superior de Paragominas (FACESP); Conselheiro do Conselho Regional de Psicologia 10ª Região, PA/AP (CRP 10) na gestão de 2016-2019 e atualmente faz parte diretoria na gestão de 2109-2022; Representante do CRP 10 na Comissão Nacional de Psicologia na Assistência Social (CONPAS) e no Grupo de Trabalho do Conselho Federal de Psicologia (CFP) de Medidas Socioeducativas. Coordenador da Comissão de Psicologia e Políticas Públicas do CRP10; Conselheiro suplente do Centro de Referências Técnicas em Psicologia e Políticas Públicas? CREPOP do CRP 10; integrante dos GT’s, do CRP 10, de Saúde Mental, Crack, Álcool e outras Drogas; do GT de Infância e Juventude e Psicologia e Assistência Social. Foi integrante da Comissão de Ética (COE) do CRP. Agrega experiências em atividades voltados às Políticas Públicas, com ênfase na Política Nacional de Assistência Social, Psicologia Social, Infância e Juventude, Psicologia da Saúde e Saúde Mental com ênfase na Política Sobre Drogas.

 

VALÉRIE GANEM

Mestrada em sociologia, psicologia do trabalho e doutorada em psicologia, orientada por Christophe Dejours. Ela é, hoje, Mestra de conferência titular à Universidade Paris 13, Unidade Transversal de Pesquisa em Psicogênese e Psicopatologia (UTRPP), ( EA 4403 ), F- 93430, Villetaneuse, France. Ela é também associada à Universidade Paris 5-Descartes, Sorbonne Paris cité, Psicologia Clínica, Psicopatologia, Psicanalise ( PCPP), (EA 4056 ) THEMA “ Sociedade, Violência, Trabalho “ - 92774 Boulogne - Billancourt, France. No âmbito de suas pesquisas sobre a relação subjetiva ao trabalho em Guadeloupe-Caribe, ela pode colocar em evidência uma estratégia de defesa coletiva, jamais descrita até o dia de hoje, que passa pela resistência e pela desobediência ao trabalho assalariado. A particularidade desta estratégia coletiva de defesa é que ela se mostra transversal às profissões e ao gênero, contrariamente às estratégias analisadas previamente por sua equipe no Laboratório de Psicologia do Trabalho e da atuação do C.N.A.M dirigido por C. Dejours. Ela foi, deste modo, levada à estudar as relações entre adultos e crianças, no seio das famílias daqueles que tinham participado de suas primeiras enquetes coletivas sobre o trabalho. Esta investigação lhe permitiu propor um novo conceito que qualificou pelos termos de Assinalação da cor da pele. O processo psicológico assim descrito possui similaridade com aquele da assinalação do Gênero, descrito precedentemente por J. Laplanche. Esse processo de assinalação se mostraria polimórfico: ele abrangeria tanto o gênero quanto a cor da pele e poderia exercer um papel determinante na percepção e na experiência de uma “ condição”, no sentido Gestalt social, e de maneira geral, ele não seria sem consequência para as experiências de relações de dominação, no trabalho em particular. Através desse processo, os adultos contribuiriam, na verdade, para a reprodução das relações de dominações presentes na sociedade. Hoje, Ganem, empreende uma pesquisa comparativa entre Guadeloupe e Brasil afim de estabelecer que há uma ligação entre uma situação histórica como aqui a escravidão, “ A situação antropológica fundamental “ no sentido de Jean Laplanche e a relação subjetiva ao trabalho e a dominação. Seus primeiros trabalhos no Brasil lhe permitiram colocar em evidência uma relação subjetiva ao trabalho especifica à luta pela sobrevivência e uma estratégia coletiva de defesa não descrita até este dia, esta da alegria para não ter que pensar a condição de trabalhador explorado. Paralelamente a isso, ela perseguiu, desde o início, pesquisas em psicopatologia e psicodinâmica do trabalho, as quais ela procura colocar à serviço da ciência da gestão e medicina do trabalho. Desde 2016 ela empreende também uma pesquisa comparativa entre França e Brasil sobre o tema da saúde, do trabalho e da imigração. Ministra aulas de psicologia do trabalho aos estudantes de Gestão de Recursos Humanos, aos estudantes de psicologia em nível master da Universidade Paris 13 e aos estudantes em psicologia do trabalho em nível master no Conservatoire National des Arts et Métiers. No Brasil, ensina também para estudantes da faculdade de tecnologia da UnB, para estudantes de pós-graduação em educação e psicologia da UCB e para estudantes de graduação e pós-graduação em medicina da UnB.

 

VALESKA ZANELLO

Possui graduação em Filosofia pela Universidade de Brasília (2005), graduação em Psicologia pela Universidade de Brasília (1997), e doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília (2005) com período sanduíche de um ano na Université Catholique de Louvain (Bélgica). Professora Associada 1 do departamento de Psicologia Clínica da Universidade de Brasília. Coordenadora do programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura (PPGPSICC)/UnB. Orientadora de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura (PPG-PSICC). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em SAÚDE MENTAL e GÊNERO. Coordena o grupo de pesquisa “Saúde Mental e Gênero” (foco em mulheres) no CNPq, o qual realiza uma leitura do campo da saúde mental sob um viés feminista das relações de gênero (e interseccionalidades com raça e etnia) no que diz respeito à epistemologia, semiologia, diagnóstico psiquiátrico e prática profissional. Foi representante do Conselho Federal de Psicologia no Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (SPM) e no GEA (Grupo de Estudos do Aborto) no período de 2014 a 2016. Membro do Grupo de Estudos Feministas (GEFEM) da UnB. Participou do TEDx Universidade de Brasília com o talk “Por que xingamos homens e mulheres de formas diferentes?” e do Pint of Science/ Brasília com a fala “Por que as mulheres sofrem tanto no amor? Uma análise psicossocial”. Gravou o (vídeo aula) ORIENTAPSI, do Conselho Federal de Psicologia, sobre o tema “Saúde Mental e Gênero”.

 

VITÓRIA GABRIELLE MARQUES DA SILVA

Psicóloga.

 

WARLINGTON LUZ LOBO

Psicólogo clínico, Professor e Mestre em Psicologia.

 

WILLIAN DOS SANTOS SOUZA

Psicólogo graduado em Psicologia na Universidade Federal do Delta do Parnaíba – UFDPar, integrante do NuTEPSS (Núcleo Transdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Saúde e Subjetividade).

 

WLADIRSON RONY DA SILVA CARDOSO

Doutor em Antropologia Social [PPGA/UFPA]; Mestre em Direitos Humanos e Inclusão Social [PPGD/UFPA] e Bacharel/Licenciado em Filosofia [IFCH/UFPA]. Professor auxiliar I da Universidade do Estado do Pará [UEPA] e ex Coordenador de Interiorização do Campus XI UEPA-São Miguel do Guamá, entre 07/2013 a 12/2014. Possui experiência de ensino em diversas áreas da Filosofia, em especial da Filosofia Prática [Ética, Política, Cidadania, Teorias da Justiça e Direitos Humanos], desenvolvendo pesquisas também no campo da Antropologia da(s) Sexualidade(s) e no campo das Ciências da Educação - com destaque para a formação de professores da educação básica. É Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Filosofia Moderna e Contemporânea - COGITANS, tendo integrado - na condição de colaborador - a Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil no estado Pará [OAB/PA] entre os anos de 2017 e 2018, destacando-se em atividades de pesquisa e militância pelos Projetos Diálogos de Luta e Resistência - Análise e Diagnóstico das Violências de Gênero e Homofobia presentes nas falas dxs alunxs das Escolas Públicas de Educação Básica da Cidade de Belém e Gênero, sexualidade e envelhecimento: um estudo multimétodos sobre políticas públicas em educação, saúde e direitos humanos. É Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação Básica (PPEB) do Núcleo de Estudos Transdisciplinares em Educação Básica (NEB) da Universidade Federal do Pará (UFPA). Atualmente, é Coordenador Pedagógico e Administrativo do Curso de Licenciatura Plena em Filosofia da Universidade do Estado do Pará [UEPA/CCSE/DFCS - Campus I/Belém].